terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Vereador Malba garante melhorias para agricultura de Conde



O vereador Malbatan Neto do Solidariedade (Malba de Jacumã) visitou a superintendência do INCRA  nesta Segunda-feira (21.02), na tentativa de facilitar as DAPS
Em conversa com o mais novo superintendente do INCRA do estado da Paraíba Reinaldo Maranhão que também é vice-presidente do partido Solidariedade em João Pessoa, Reinaldo assegurou que irá atender todas as reivindicação do vereador Malba ao município de Conde inclusive segundo o vereador todas as DAPS que estão bloqueadas dos agricultores no INCRA o superintendente garantiu ao vereador que irá organizar o processo para desbloquear o DAPS,  segundo o vereador o superintendente também vai fornecer horas máquinas para o município assim como construções de  caixas d’água nos assentamentos e consertos para  as que estiverem com rachaduras.  terá um atendimento todo especial para os pedidos do vereador.  

A prefeita Marcia Lucena fala do desafio como gestora de poder garantir um futuro melhor para as crianças



A prefeita Marcia Lucena abre o ano letivo na Escola Lina Rodrigues em Gurugi com agradecimento a equipe organizadora do evento ao seu secretariado. Assim como outras escolas do município começaram nesta segunda.
  A gestora diz em seu discurso que encontrou a cidade num abandono total devido às gestões passadas que não se preocuparam em garantir ao menos o básico no ensino fundamental, às carteiras quebradas as poucas que encontramos em algumas salas, nas creches as nossas crianças estavam dormindo no chão em colchões apodrecidos até com bichos, vasos quebrados e outras unidades faltando os ventiladores e alguns quebrados outros sem funcionar e outros jogados no lixo, um verdadeiro abandono. As escolas foram saqueadas levaram quase tudo só deixaram o lixo pra trás. O que encontramos foram dívidas e saques.  
Marcia fala que não esta focada na política, mas que esta centralizada na administração pública que é um negócio que envolve  toda a população. “Tudo o que for feito dentro da prefeitura diz respeito à população. Onde eu puder esta relatando as pessoas os negócios que nos estamos fazendo e os negócios que foram feitos com o dinheiro do povo  eu estarei passando a população”. Disse Marcia.
A secretária de educação Municipal  Cida Uchoa diz que encontrou muitos problemas nas escolas que estavam sem mobílias, sem  freeses,  sem fogão, nos estamos começando na garra e na coragem dessas pessoas de Conde que querem começar e dar o melhor. Nossos alunos têm enfrentado muitos desafios. Para terem uma ideia, nos não encontramos carteiras suficientes, nem pia nos banheiros, vasos muitos deles quebrados, banheiro depredado sem portas tem escolas que encontramos apenas um banheiro para 1.000 alunos um absurdo.   Sala com teto caído. São inúmeras dificuldades que nos estamos enfrentando  e que vamos resolver,  os pais aceitaram esse desafio.


Adolescente vivia sendo abusada pelo avô desde dos 04 anos segundo o conselho tutelar

Um aposentado de 66 anos foi preso nesta segunda-feira (20) suspeito de praticar o crime de estupro de vulnerável. Segundo a polícia, os abusos começaram quando a criança tinha quatro anos. Hoje ela tem 12.  Caso aconteceu na cidade de Patos, no Sertão da Paraíba.
A polícia começou a investigar o suspeito depois de receber uma informação repassada pelo Conselho Tutelar do município de que ele poderia estar praticando o crime de estupro contra uma neta. Os conselheiros foram até a casa dele e lá encontraram a vítima que confirmou a violência sexual cometida pelo avô. A criança, que hoje tem 12 anos, foi levada para a casa do pai, que é separado da mãe dela.
O caso aconteceu na sexta-feira (17) e depois de ouvir as testemunhas e a vítima o delegado Galdencio Neto solicitou à Justiça o mandado de prisão. “Ele foi preso na casa dele. Na delegacia, confessou a violência sexual praticada contra a neta e disse que a primeira vez que abusou da menina ela tinha apenas quatro anos. Mesmo morando na mesma casa com a mãe da menina, que é filha dele, ela não desconfiou de nada porque sofre de distúrbios mentais”, disse o delegado.
No mesmo dia, a polícia também prendeu um homem de 21 anos suspeito de ter cometido homicídio em 2015. O crime ocorreu em Patos.
Os dois foram levados para o Presídio Procurador Romero Nóbrega de Patos para aguardar pela sentença da Justiça.
Portal Correio

Mãe de menina baleada aponta genro como autor do tiro


A mãe da criança de 10 anos que teria sido baleada pela irmã  segunda-feira dia 20 no Jardim Planalto, em João Pessoa, não acredita que o caso tenha sido um acidente. Para ela, o crime foi praticado pelo cunhado da menina ferida, que morava com a irmã dela e agredia constantemente a namorada. A polícia, no entanto, informa que o jovem, de 16 anos, ainda não era considerado suspeito até a manhã desta terça-feira (21). A menina segue internada no Hospital de Emergência e Trauma em estado considerado grave.
A criança foi atingida com um tiro e a versão oficial até esta terça-feira é de que a irmã dela manuseava a arma. A bala atingiu o rosto da criança, ao lado do nariz, e saiu pela parte de trás da cabeça, segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

"Ela [a filha] disse: 'Eu não quero morar com ele mais não porque ele deu uma pisa (sic) em mim, ele botou uma arma na minha cabeça. Ele queria me matar. E eu não quero morar mais com ele", sustenta a mãe, que não quis se identificar.

Ainda de acordo com a sogra do rapaz, ele não aceitava que a garota quisesse se separar. "Desde domingo passado [19 de fevereiro] que ele diz que vai matar. Ela diz que não quer morar com ele. Ele diz: 'Você vai. Se não for morar, eu mato você'. Aí ele veio para matar", conclui.

O delegado da Infância e da Juventude, Gustavo Carleto, confirma as informações prestadas pela mãe da criança, mas diz que ainda não há uma suspeita oficial sobre o rapaz. "A linha mais forte é a de que foi um acidente, mas estamos analisando tudo, se há outra situação", afirma. Apesar disso, o adolescente vai responder pelo crime de porte ilegal de arma. Já a irmã da criança, 14, que teria manuseado o revólver na frente dela, foi autuada por tentativa de homicídio. Os dois foram apreendidos.
À polícia, o rapaz afirmou que a namorada dele, a irmã mais velha da menina ferida, tinha fugido da casa onde moravam após uma briga. "Segundo ele, a família sabia que ele andava armado. Ele estava procurando ela e, para a família não achar que ele ia tentar matá-la, pediu para o irmão das meninas esconder o revólver na casa delas", detalha o delegado. A namorada dele, que é a irmã mais velha da vítima, não tinha prestado depoimento até a manhã desta terça-feira.
Entenda o caso
Segundo a polícia identificou até esta terça-feira, as crianças encontraram a arma dentro de casa e começaram a manuseá-la, quando a irmã mais velha, de 14 anos, teria disparado um tiro que atingiu o rosto da irmã mais nova. Segundo o Samu, ao chegar no local a equipe encontrou a criança desacordada ao chão.
De acordo com a Polícia Militar, a arma pertencia ao cunhado das irmãs, de 16 anos, que recentemente cumpriu medida socioeducativa. Quando a polícia chegou ao local, o jovem tentou fugir, mas foi apreendido junto à menina que fez o disparo. Ambos foram encaminhados para a Delegacia da Infância e Juventude para prestar depoimento.

Empresa ligada a Padilha faturou R$ 13 milhões em contratos


A empresa Explorer Call Center, com sede em Porto Alegre e ligada ao ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, recebeu R$ 13 milhões da estatal gaúcha Corsan (Companhia Riograndense de Saneamento) em contratos sob investigação. Entre os indícios de irregularidades encontrados por auditorias realizadas pelo TCE-RS (Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul), estão o pagamento por serviços não prestados e uma "procrastinação" para a realização de nova licitação.
Por meio de sua assessoria de imprensa, Padilha disse que não iria se pronunciar sobre o caso. Procuradas, a Corsan e a Explorer não retornaram as ligações feitas pela reportagem. O TCE-RS, por sua vez, disse que já notificou os responsáveis pelas irregularidades e que aguarda o julgamento dos casos.
A Corsan é uma das maiores estatais do Rio Grande do Sul. Ela é responsável por fornecer água e esgoto a 6 milhões de pessoas em 316 municípios. Por ser estatal, a empresa precisa submeter suas contas à aprovação do TCE-RS. Segundo o tribunal, a avaliação das contas da companhia está atrasada desde 2010.
A Explorer Call Center foi aberta em setembro de 2009. Desde então, sua sede funciona em um prédio alugado que pertence à Gaivota Participações LTDA, empresa que tem Padilha e sua mulher, a advogada Simone Camargo, como sócios.
Um relatório da PF sobre a Operação Lava Jato mostrou mensagens de texto enviadas por Padilha para tentar captar negócios para a Explorer Call Center junto à operadora Oi em 2014, então controlada pela Andrade Gutierrez. Padilha admitiu sua atuação em favor da Explorer, mas negou qualquer irregularidade.

Sertão e Cariri paraibano chuvas tão esperadas pelo nordestino chegaram

O mês de fevereiro não poderia ter sido melhor para os paraibanos, principalmente para os moradores do Sertão e do Cariri. As chuvas tão esperadas pelo nordestino, chegaram trazendo alegria e esperança dos agricultores. Muitos reservatórios receberam um bom volume de água. Em alguns cidades, a água que jorrou rio abaixo e chegou a formar cascatas, proporcionando um espetáculo da natureza. Alguns moradores chegaram a publicar fotos e vídeos nas redes sociais mostrando a chegada das águas nos açudes.

De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA), nas últimas 72h choveu forte em parte do Estado, sendo que em três cidades o índice pluviométrico ficou acima dos 100 milímetros. Conforme o levantamento, os maiores índices pluviométricos foram detectados nas cidades de Condado (170 mm); Catingueira (140 mm) e Malta (125 mm).Na noite desta segunda-feira voltou a chover forte em algumas áreas do Cariri paraibano.

Segundo informações, na cidade de Monteiro choveu aproximadamente 30 mm, porém em localidades próximas as precipitações ultrapassaram os 100 mm.

O açude de Livramento, no Cariri, estava seco, mas com a chuva dos últimos dias, recebeu muita água. Em Taperoá, também no Cariri, os moradores ficaram felizes com a água que chegou ao açude Manoel Marcionilo durante o fim de semana.

No caso de Catingueira, além de renovar a esperança da população de que o período chuvoso desse ano seja regular e interrompa o ciclo de pelo menos quatro anos consecutivos de seca, a chuva do final de semana também elevou consideravelmente o nível do Rio Serra Branca. Segundo moradores, há anos o rio não registrava elevação tão significativa em seu volume.

No município de Condado, no Sertão paraibano, as precipitações pluviométricas alcançaram a marca de 170 mm em apenas uma noite de chuva. Tanta água fez o açude Engenheiro Arcoverde, que estava praticamente seco receber mais 5 milhões de m³ de água.

Na cidade de Catingueira, no Sertão do estado, o resultado da chuva foi visto neste começo de semana. Após oito anos, o Rio Serra Branca, um dos mais importantes da cidade, amanheceu com uma grande cheia. A chuva de 140mm garantiu água e o açude da região está sangrando.

A perspectiva é que o Açude Epitácio Pessoa em Boqueirão, que abastece a região de Campina Grande, receba uma nova recarga a qualquer momento.

FGTS não foi depositado corretamente para cerca de 7 milhões de trabalhadores

Cerca de 7 milhões de trabalhadores não tiveram depósitos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), incluindo contas ativas e inativas, feitos corretamente por seus empregadores. São 198,7 mil empresas devedoras de depósitos de FGTS, segundo informações da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), órgão vinculado ao Ministério da Fazenda.
Com isso, muitos trabalhadores que quiserem sacar o saldo do FGTS de uma conta inativa podem ter problemas. Só em São Paulo, são 52,8 mil empresas devendo depósitos no FGTS de seus empregados e ex-empregados, em um total de R$ 8,69 bilhões em débitos. No Rio de Janeiro, as dívidas chegam a R$ 4,1 bilhões, distribuídos entre 27,7 mil empresas inadimplentes.

De acordo com a procuradoria, só em inscrições de empresas na dívida ativa, existe um débito de R$ 24,5 bilhões. Contudo, nem todas as empresas listadas entre as devedoras estão inscritas na dívida ativa, ou seja, o valor desse débito é maior. Uma empresa só é inscrita na dívida ativa quando não faz acordo com o Ministério do Trabalho, ou fazer o acordo, mas não o cumpre.

O rombo nas contas dos trabalhadores poderia ser ainda maior. Entre 2013 e 2016, a Procuradoria da Fazenda conseguiu recuperar R$ 466,9 milhões, efetuando a cobrança junto às empresas.

Caso o trabalhador verifique que a empresa para a qual trabalha ou trabalhou não fez os depósitos corretamente, ele deve procurar a própria empresa. Outra dica é ir a uma Superintendência Regional do Trabalho, vinculada ao Ministério do Trabalho. O ministério é o órgão responsável pela fiscalização dos depósitos nas contas do FGTS dos trabalhadores.

'Biomas brasileiros e defesa da vida' é tema da Campanha da Fraternidade deste ano


A Igreja abre a CF sempre no primeiro dia da quaresma, visando o período propício de oração e reflexão para que o tema proposto seja mais trabalhado e discutido nas comunidades.