segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Márcia Lucena paga servidores nesta terça

 
O pagamento dos salários do mês de janeiro de funcionários e funcionárias da Prefeitura de Conde acontece nesta terça-feira, 31. A confirmação foi feita na manhã de hoje pela prefeita Márcia Lucena durante entrevista em seu gabinete. O pagamento sempre acontecerá no último dia do mês, conforme compromisso assumido pela gestora ainda durante a campanha.
Sobre o pagamento do mês de dezembro, não realizado pela gestão anterior e em atraso, a prefeita disse que os recursos já estão disponíveis, que a data correta será anunciada, mas que não pode liberar os salários ainda porque as Secretarias da Administração e da Fazenda dependem do empenho que deveria ter sido gerado pela gestão anterior, o que não foi feito até agora”. Sem esse empenho, que é o documento que cria a obrigação do município de pagar os salários, o pagamento não pode acontecer. A ex-prefeita responsável pelo atraso do pagamento tem o prazo até esta terça-feira, 31 para apresentar a prestação de contas ao Tribunal de Contas do Estado (TCE).
“A equipe econômica trabalhou em regime de plantão permanente na última semana para que o pagamento de janeiro acontecesse sem problemas neste dia 31, e todos e todas vão receber os salários, tanto os efetivos quanto os comissionados e prestadores de serviço”, informou a prefeita.
Ressaltou a possibilidade, ainda sobre o salário deste mês, de alguém ficar sem receber: “Identificamos que há servidores e servidoras que não encaminharam a documentação, sempre acontecem equívocos de registro, um número que é digitado incompleto, mas todos esses problemas serão resolvidos através de uma folha complementar”, assegurou tranquilizando antecipadamente alguém que não venha a receber o salário.
Sobre os salários atrasados pela gestão anterior, ela adiantou que “foi feita uma auditoria minuciosa na relação de pessoas a receber, os nomes foram checados criteriosamente porque algumas pessoas receberam enquanto outras, do mesmo setor de trabalho, não receberam, e com isso tivemos que ter o máximo cuidado para evitar repetições, o que obrigaria a pessoa a ter que devolver o valor recebido irregularmente”.
A prefeita alertou para o fato de “sem o empenho que a gestão anterior deveria ter providenciado, teremos que formalizar a situação através de um processo encaminhado ao Tribunal de Contas e fazer um empenho relativo a dezembro, que é uma espécie de cheque geral do pagamento, para que os funcionários possam receber.”
Informações do SECOMD

No Conde briga acaba em tentativa de Homicídio por atropelamento

  O caso criou repercussão na internet  onde uma jovem vitima de atropelamento foi socorrida para o hospital de Emergência e Traumas Senador Humberto Lucena vitima de atropelamento em frente a sua residência no Carnaúba na cidade de Conde na paraíba.   O caso aconteceu na noite de Sexta-feira por volta das 18h00min horas. A mãe esposa de Beto Bocão afirma em rede social que sua filha foi atropelada por Jaciara Patrícia que estava discutindo com sua filha e na mesma hora pegou o carro  um Meriva preto placa RN e passou por cima de sua filha a jovem Caroline Souza por várias vezes, atropelando a moça e ainda teve a frieza de voltar a passar novamente por cima da jovem mais uma vez. A vitima do atropelamento discutiu com a suposta amante do pai a Jaciara. Segundo informações a acusada mantinha um caso amoroso com o pai da vitima o Beto Bocão.  A acusada fugiu do local do crime sem prestar nenhum socorro a vitima e se encontra foragida a policia esta a sua procura, quem tiver informações ligar para o 190. Quanto a vitima, a Caroline o seu estado de saúde é grave onde a mesma passou por cirurgia, até o fechamento dessa matéria não tivemos mais informações do caso.

Municípios são obrigados a fazer levantamento de infestação por Aedes Aegypti

Resolução do Ministério da Saúde publicada nesta sexta-feira (27) no Diário Oficial da União torna obrigatória a realização de levantamento entomológico de infestação por Aedes aegypti em todos os Municípios do país. O texto também estabelece que as informações sejam enviadas às secretarias estaduais de saúde e, posteriormente, ao Ministério da Saúde.

De acordo com a publicação, a decisão foi tomada levando em consideração os diversos condicionantes que permitem a manutenção de criadouros do mosquito, a cocirculação de quatro sorotipos da dengue no país e a existência de grande contingente populacional exposto previamente a infecções pelo vírus, aumentando o risco para ocorrência de epidemias com formas graves da doença e elevado número de óbitos.

A pasta também considerou a identificação de casos de febre chikungunya, com transmissão autóctone comprovada em alguns municípios e risco iminente de expansão, além do surto do vírus Zika e sua rápida dispersão para todas as regiões do país, provocando epidemias importantes acompanhadas de graves manifestações neurológicas em adultos e recém-nascidos.

Ainda segundo o ministério, levantamentos de índices de infestação devem ser utilizados como ferramenta para direcionamento e qualificação das ações de prevenção e controle do mosquito. A proposta é que municípios infestados com mais de 2 mil imóveis realizem o Levantamento Rápido de Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), enquanto as cidades infestadas com menos de 2 mil imóveis terão de fazer o Levantamento de Índice Amostral.

Já localidades onde não há infestação deverão realizar monitoramento por ovitrampa ou larvitrampa (armadilhas que identificam a presença de mosquitos na região) ou outra metodologia validada. As informações geradas após cada levantamento realizado deverão ser consolidadas pelas secretarias estaduais de saúde e enviadas ao ministério. A resolução entra em vigor hoje.

Em 2016, das 3.704 cidades aptas a participar do LIRAa, 2.284 integraram a edição – o equivalente a 62,6% do total. Os dados mostram que, até novembro do ano passado, pelo menos 885 municípios brasileiros estavam em situação de alerta ou de risco de surto para dengue, Zika e chikungunya. O número representa 37,4% das cidades pesquisadas.

PB tem 2,1 mil casos de câncer de pele e verão é época mais perigosa

O verão costuma trazer de volta a preocupação com a proteção da pele aos paraibanos. A exposição excessiva ao sol vem fazendo com que os casos de câncer de pele, melanoma, chegassem aos 2,1 mil entre 2016 ano e o começo deste ano, segundo estimativas da Secretaria de Saúde do Estado.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de pele é divido em dois tipos. O melanoma é o que apresenta a menor porcentagem dos cânceres registrados, mas é o mais grave, com alta possibilidade de metástase, que ocorre quando o câncer se propaga por outras partes do corpo. Se identificado em fase inicial, a chance de cura é considerada boa.

O outro tipo de câncer de pele é o não-melanoma, o mais frequente no Brasil, porém de menor taxa de mortalidade, e que atinge 30% de todos os casos de tumores malignos no Brasil.

Conforme o Inca, o câncer de pele não-melanoma é mais comum em pessoas com mais de 40 anos, sendo relativamente raro em crianças e negros, com exceção daqueles já portadores de doenças cutâneas anteriores.

Pessoas de pele clara, sensível à ação dos raios solares, ou com doenças cutâneas prévias são as principais vítimas. Se identificado em fase inicial, as chances de cura são consideradas boas.

Câncer de pele na Paraíba

Na Paraíba, os dados da Saúde mostram que tanto homens como mulheres são afetados quase que da mesma proporção pela doença, com estimativa de 1.050 casos para cada gênero.

O que muda é o tipo de câncer, com os homens sendo afetados mais pelo melanoma do que as mulheres, com estimativa de 40 casos em homens e 30 em mulheres. Já o câncer não-melanoma deve afetar 1.010 homens e 1.020 mulheres.

Com relação a mortes, a Saúde contabilizou 153 mortes por câncer de pele, sendo 91 casos em 2015 e 62 em 2016, até o dia 20 de dezembro.

Cuidados

Segundo a dermatologista Flávia Estrela, a exposição ao sol sem os devidos cuidados com a pele podem acarretar problemas agudos e crônicos.

“Nos riscos agudos temos desidratação, insolação, queimaduras solares que vão até segundo grau se as pessoas se descuidarem. Já os danos crônicos você só vai ver daqui a 20 ou 30 anos [após a exposição indevida ao sol], que são o câncer de pele e o fotoenvelhecimento”, afirmou a dermatologista.

Ainda de acordo com a dermatologista, as pessoas devem evitar a exposição ao sol entre às 10h e às 16h, considerado o período mais perigoso e de maior incidência de raios ultravioletas, causadores do câncer de pele.

“Temos visto pessoas cada vez mais novas [com câncer de pele]. Isso é uma questão de descuido, de falta de proteção. A proteção é feita com o protetor solar, mas ele não é passaporte para o sol. Ele deve ser aplicado a cada duas ou três horas, ou se for para o mar ou realizar exercício físico que soe muito tem que reaplicar nas horas corretas, com Fator de Proteção Solar (FPS) no mínimo de 30 ou acima”, contou a dermatologista.

Além da proteção na praia, a dermatologista também afirmou que as pessoas devem usar protetor solar ou bonés diariamente, prevenindo a exposição excessiva ao sol.

Tratamento

De acordo com a Saúde do Estado, a Paraíba possui quatro hospitais ativos que realizam o tratamento do câncer de pele e de outras doenças cancerígenas, sendo dois locais em João Pessoa, o Hospital Napoleão Laureano e o Hospital São Vicente de Paula, e dois em Campina Grande, sendo o Hospital Universitário Alcides Carneiro e a Fundação Assistencial da Paraíba (FAP).

Além deles, a Paraíba também conta com o Hospital de Oncologia de Patos, que está pronto, mas não funciona por falta de equipamentos. A previsão é de que o hospital comece a atender a partir de 2017.

SEMAM faz campanha de conscientização para período de andada do caranguejo-uçá

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente está realizando uma campanha de conscientização com os pescadores e comerciantes do litoral de Conde para o período de defeso, chamado popularmente de “andada”, do caranguejo-uçá. A captura, industrialização, transporte e comercialização do crustáceo fica proibida durante este período, de acordo com a Instrução Normativa Ministerial publicada no Diário Oficial da União no dia 23 de janeiro.

            A secretária de Meio Ambiente, Aurora Figueiredo, afirmou que “as equipes da secretaria vão alertar os comerciantes e pescadores sobre a andada, que é o período em que os caranguejos saem das tocas para andar pelo manguezal e acasalar”. Em 2017, estão previstas mais duas andadas nos meses de fevereiro e março.

            De acordo com a Lei de crimes ambientais nª 9605/1998 e o Decreto nª 6514/2008, aqueles que sejam flagrados pescando ou comercializando o caranguejo-uçá nas datas proibidas, poderá ser autuado com detenção de um a três anos e multas que variam de 700 a 100 mil reais além de apreensão dos animais e pagamento de R$ 20 por cada unidade do caranguejo.

Em 2017, os períodos de andada são:

1° Período: 13 a 18 de janeiro e 28 de janeiro a 02 de fevereiro;

2° Período: 11 a 16 de fevereiro e 17 de fevereiro a 04 de março;

3° Período: 13 a 18 de março e 28 de março a 02 de abril.

Ex-presidiário é morto a tiros e facadas e duas jovens ficam feridas na cidade de Alhandra

Na madrugada deste domingo (29), uma ocorrência de homicídio e duas tentativas foram registradas na cidade de Alhandra, Litoral Sul da Paraíba.
Uma menor de 14 anos e sua irmã de 19 anos foram feridas a tiros quando homens invadiram a residência onde elas moravam, para matar o padrasto das jovens na comunidade do Oiteiro.
De acordo com informações, quatro homens invadiram a casa procurando por Reginaldo José Belo, 30 anos, ex-presidiário de Igarassu, Pernambuco, ele tentou fugir pelo telhado e diversos disparos foram efetuados dentro da residência, atingindo as duas jovens.
Segundo a Polícia Civil, o ex-presidiário havia saído do estado de Pernambuco para morar na cidade paraibana, havia uma semana. Ele já havia sido preso por tráfico de drogas e dois homicídios. Com base nestes histórico, a Polícia Civil suspeita de vingança ou acerto de contas.
A vítima de homicídio foi ferido e caiu no quintal da casa onde foi morto a golpes de faca e facão, além de tiros.
As vítimas feridas foram socorridas para o hospital de Trauma da Capital

Polícia investiga morte de estudante de medicina em queda de prédio nos Bancários

Um estudante de medicina foi encontrado morto na tarde deste domingo (29) na área externa de um condomínio residencial Renascença, no bairro dos Bancários, em João Pessoa.
As informações é que o jovem que teria se jogado de uma das torres do condomínio, se chama Vítor Rosal, de 23 anos. Ele caiu do 4º andar.
Moradores relataram que a delegada responsável pela delegacia de homicídios da região esteve no local, no intuito de investigar se o jovem teria realmente se jogado do apartamento onde morava.

Assista: Record exibe vídeo mostrando exato momento em que Rodolpho atropelou Diogo

A reportagem da semana do programa Domingo Espetacular, da TV Record, neste domingo (29), exibiu, com exclusividade, um vídeo mostrando o exato momento em que o estudante Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva, 24 anos, atropelou o matou o agente de trânsito Diogo Nascimento de Souza, 34, durante uma blitz da Operação Lei Seca, no bairro do Bessa, em João Pessoa, na semana passada.
A matéria revelou, ainda, que Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva gastou mais de R$ 500 em um restaurante de luxo de João Pessoa. Na nota fiscal fornecida pelo estabelecimento às investigações da Polícia Civil no Caso Porsche, o maior consumo foi de bebida alcoólica. Foram pagas doses de Gim, caipirinhas, vinho e o uísque Old Parr.
Com a nota fiscal, aumentam os indícios de que Rodolpho estava embriagado no momento do crime. De acordo com funcionários do restaurante, ele estava acompanhado de uma mulher.
Ainda de acordo com a reportagem especial exibida pela Record, o Ministério Público da Paraíba deve denunciar Rodolpho Gonçalves Carlos nesta segunda-feira (30). A denúncia será por homicídio doloso, quando há a intenção de matar.
O motorista do Porsche que atropelou Diogo chegou a ter a prisão decretada, mas a Justiça o libertou em uma decisão polêmica.
Relembre o caso
Na madrugada do último dia 21, Rodolpho Carlos atropelou o agente de trânsito Diogo Nascimento de Souza. Após sair de um bar e ser parado na blitz de trânsito, testemunhas disseram que ele acelerou seu carro, um Porsche avaliado em R$ 500 mil, atropelou a vítima e deixou o local sem prestar socorro. Diogo chegou a ser levado com vida para o hospital, mas morreu um dia depois.
Nas primeiras horas do sábado, a juíza plantonista Andréa Arcoverde Cavalcanti Vaz, do 1º Juizado Especial Misto de Mangabeira, decretou um mandado de prisão temporária alegando “medida de extrema relevância para elucidação dos fatos criminosos e apuração de sua participação no crime ora em apuração”.
A magistrada destacou em sua decisão que “o acusado evadiu-se do local do crime sem prestar socorro à vítima, demonstrando a intenção de furtar-se a sua responsabilidade penal pelos fatos praticados”.
Na madrugada de sábado para domingo (22), contudo, o desembargador Joás de Brito Pereira Filho, do Tribunal de Justiça da Paraíba, atendeu a um habeas corpus impetrado pela do advogado de Rodolpho e, antes mesmo de o jovem ser preso, emitiu um salvo-conduto “para que o paciente não venha a ser preso em decorrência da prisão temporária”.
O desembargador alegou em sua decisão “não existir justa causa a justificar o cerceamento do direito de locomoção”, a não ser que “fatos novos” justifiquem a “medida extrema”.
Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva é herdeiro do Grupo São Braz, a maior empresa alimentícia do Estado. A família também é proprietária da Rede Paraíba de Comunicação, afiliada da TV Globo.
O grupo é comandado pelo empresário José Carlos da Silva Júnior, que já foi vice-governador da Paraíba (1983-86) e primeiro suplente de senador pelo PMDB, entre 1995 e 2003, assumindo o cargo em duas ocasiões, por um breve período, em 1996 e 1999..

Renan quer liderança do PMDB e Raimundo Lira é procurado para desistir do cargo

 
 O movimento assustou o senador Raimundo Lira (PB), que também pleiteia a vaga. A aliados, Lira afirmou ter sido procurado por três senadores que já haviam prometido o voto. O compromisso, no entanto, tinha ganhado condicional: desde que a disputa não fosse com Renan.
A plateia, que incluía o presidente Michel Temer e outros expoentes do governo, entendeu o recado. Renan não estava fazendo campanha. Apenas comunicava o que pretende fazer.
O estilo do parlamentar, que deixa o comando do Senado na quarta (1º), é resumido por um auxiliar de Temer: "Renan vai ser o que ele quiser". E o que ele quer agrada ao Planalto.
Temer sabe que precisa estar afinado com a Casa –e com a bancada de seu partido, de 20 dos 81 senadores– se quiser aprovar medidas como as reformas da Previdência e trabalhista e a indicação do novo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal).
Presidente do Senado desde 2013, ainda no governo de Dilma Rousseff, Renan conhece cada meandro da Casa e procura se posicionar onde acredita que terá mais projeção, sem perder poder.
Senadores do PMDB dizem que ele não é unanimidade e, caso o voto fosse secreto, poderia se desgastar se vencesse com votação apertada.
Até o início da semana, as articulações ainda eram discretas. Mas horas antes do jantar com Temer, Renan resolveu ser assertivo e se reuniu com senadores do PMDB, como Marta Suplicy (SP), Rose de Freitas (ES),
Edison Lobão (MA), João Alberto (MA) e Katia Abreu (TO), aliada antiga e uma das principais entusiastas de sua candidatura.
Não chegou a pedir voto, mas, como definiu um senador, comportou-se como o major de um ditado nordestino: "Todo mundo é bom, mas o major é melhor".
A candidatura do presidente do Senado ganhou corpo e seu provável sucessor, Eunício Oliveira (CE), intensificou articulações para contemplar peemedebistas sem disputas. Nesse xadrez, Lira deve ficar com a presidência da Comissão de Constituição e Justiça.
Aliados de Eunício afirmam que Renan na liderança não é o ideal. Os dois mantêm relação cordial, mas é sabido que o parceiro preferencial de Renan é Romero Jucá.
 

Polícia Militar apreende drogas e fecha ‘boca de fumo’

Policiais da 3ª Companhia do 7º Batalhão apreenderam seis tabletes de maconha, nesse sábado (28), durante ação que desarticulou mais uma boca de fumo, na cidade de Sapé. O ponto de venda funcionava em uma casa, no bairro de Santa Maria.
No local, foram encontrados mais de 2,5 kg da droga e uma balança de precisão.
Os suspeitos conseguiram quando as viaturas estavam entrando no bairro, mas alguns deles já foram identificados e estão sendo procurados.
A droga apreendida foi levada para a Delegacia de Polícia Civil, em Sapé.

Homem é preso suspeito de agredir mulher em João Pessoa

Um homem foi preso, em flagrante, na manhã deste domingo (29), suspeito de agredir e estuprar uma mulher no bairro de Manaíra, em João Pessoa.
De acordo com a Polícia Militar, o rapaz foi reconhecido pela vítima, que foi levada para o hospital Ortotrauma, em Mangabeira.
Na Central de Polícia, o suspeito informou que o que teria acontecido foi uma briga entre os dois, que serão levados para o IML, onde passarão por exames.

Paraibanos se mobilizam para receber Jair Bolsonaro

O polêmico deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) deve participar de um evento nos dias 8 e 9 de fevereiro, em Campina Grande.
A presença do parlamentar foi confirmada por uma página no Facebook, moderada pelo grupo Direita Paraibana. O encontro irá começar às 14h no Aeroporto João Suassuna.
O parlamentar estará acompanhado de seu filho, o também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP).

Ricardo e ministro da Integração visitam obras da transposição do São Francisco

O governador Ricardo Coutinho e o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho vistoriam, na manhã desta segunda-feira (30), as obras em duas estações elevatórias em Pernambuco e, em seguida, se dirigem à Paraíba, onde visitarão os açudes de Poções e Camalaú, obras que integram o projeto de integração do Rio São Francisco. De acordo com o Governo Federal, as águas do Rio São Francisco chegarão ao município de Monteiro no início do mês de março e, em aproximadamente 30 dias, vão abastecer o açude de Boqueirão, que atende a Campina Grande e outras cidades paraibanas.
 
O Governo do Estado está realizando obras complementares da transposição que incluem a construção de canais, adutoras e sistemas de esgotamento sanitário, com destaque para o Canal Acauã-Araçagi, realizada em parceria com o Governo federal, cuja primeira etapa está praticamente pronta. Além disso, já foi concluída a limpeza do leito do Rio Paraíba, no trecho entre a Barragem de São José e Poções, e até a chegada das águas no estado, o trecho entre Poções e o açude de Boqueirão deverá estar concluído.
 
Às 16h, o governador e o Ministro da Integração participam de um evento realizado pela Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), em Campina Grande. Na ocasião, o ministro Helder Barbalho apresentará um cronograma sobre o andamento das obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco e anunciará ações para minimizar os efeitos da seca no Estado.

Dupla é presa suspeita de agredir e estuprar mulher em Esperança, PB


Dois homens de 20 e 29 anos foram presos em flagrante suspeitos de violentarem uma mulher na cidade de Esperança, no Brejo paraibano. A vítima teria sido encontrada seminua e com vários ferimentos pelo corpo. Segundo a Polícia Civil, existe uma suspeita de que ela tenha sido estuprada. O crime aconteceu na manhã deste sábado (28) e os suspeitos foram presos durante a noite. Eles estavam com dois revólveres.

De acordo com as informações divulgadas pelo Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), a vítima foi encontrada por volta das 6h20 (horário local), com sintomas de embriagues.
Ela foi levada para o Hospital Municipal de Esperança e só foi identificada depois que um filho dela chegou na unidade hospitalar, depois que teria percebido uma demora no retorno da mãe para casa.
O filho informou à Polícia Militar, que a mulher teria saído de casa na manhã da sexta-feira (27) para beber. Os policiais militares questionaram a mulher sobre o que teria acontecido, mas ela não disse que não lembrava. Durante a noite do sábado, os dois suspeitos foram localizados pela Polícia Civil de Esperança. Eles estavam com dois revólveres calibre 38 e foram autuados em flagrante.

Polícia prende quadrilha com arma e drogas em Campina Grande

A Policia Militar de Campina Grande, prendeu uma quadrilha com armas e drogas no bairro do Pedregal neste domingo (29).
Com o grupo, foram apreendidos um revólver calibre 38, 5kg de maconha, 20g de cocaína, um rádio comunicador, quatro celulares, um computador e uma balança de precisão, além de máscaras, luvas e um coldre.

Homem é morto e mulheres ficam feridas após casa ser invadida na Grande JP



Duas mulheres ficaram feridas e um homem foi morto a tiros, na madrugada deste domingo (29), após homens armados invadirem uma casa no município de Alhandra, na Grande João Pessoa.
Segundo a polícia, as vítimas estavam dormindo quando os bandidos invadiram o local e iniciaram os disparos.

O homem morto foi atingido por cerca de 14 disparos e as duas mulheres, uma de 14 e outra de 19 anos, foram atingidas por ao menos um tiro.

Ainda segundo a polícia, após o crime os bandidos fugiram. As mulheres feridas foram socorridas para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Preso mata agente da Polícia Civil a tiros dentro de delegacia na Paraíba

O agente da Polícia Civil Klaus Cruz de Lima, de 34 anos, foi assassinado a tiros na manhã deste domingo (29) dentro da Delegacia de Homicídios de Patos, Sertão paraibano, a 316 km de João Pessoa. O autor dos disparos foi um homem que havia sido preso e aguardava para prestar depoimento.  
Até a publicação desta matéria, ainda não havia confirmação sobre qual arma o preso usou para cometer o crime. O Portal Correio entrou em contato com o delegado regional Sílvio Rabello, mas ele disse que ainda não tinha chegado à cidade de Patos e não adiantou detalhes do caso.
Sílvio Rabello apenas confirmou que, depois de atirar contra o agente Klaus, o preso foi baleado por outro policial. O agente teria sido atingido na região da cabeça e morreu na hora. Já o preso ainda foi socorrido para um hospital da cidade, mas chegou morto à unidade de saúde.

Prefeita de Conde discute medidas para ampliar a segurança no município

  A prefeita de Conde Márcia Lucena reuniu-se na manhã desta terça-feira (5) com autoridades policiais do Estado para discutir a amp...