sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Kassab: governo vai começar a impor limite à banda larga em 2017

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, afirmou em entrevista nesta semana que o governo federal deverá adotar a partir do segundo semestre regulamentação que permitirá que as operadoras de banda larga fixa vendam pacotes com limites de dados ao serviço.
Em entrevista ao site Poder360 nesta semana, o ministro afirmou que o “objetivo é beneficiar os usuários (…) para o usuário ter melhores serviços (…) As empresas têm seus limites”, disse Kassab. Não ficou claro na entrevista como os usuários poderão se beneficiar com a imposição de limites ao uso da banda larga.
Questionado especificamente se haverá um período de adaptação em que os assinantes de banda larga fixa passarão a ter limite no pacote de dados, o ministro respondeu: “Exatamente.”

Geddel e Cunha formaram quadrilha na Caixa, diz MPF

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira a operação “Cui Bono?”, expressão em latim que significa “a quem interessa?”, que deixou o Planalto de cabelo em pé. Na mira dos investigadores, está o ex-ministro Geddel Vieira Lima, responsável, até pouco tempo atrás, por fazer a articulação política entre o governo de Michel Temer e o Congresso. O peemedebista baiano é suspeito de ter participado de uma quadrilha que arrecadava propinas na Caixa Econômica Federal entre 2011 e 2013, período em que ocupou o cargo de vice-presidente de pessoa jurídica do banco estatal. Também são apontados como integrantes do esquema criminoso: o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, o doleiro Lúcio Funaro, ambos presos na Operação Lava Jato, e o vice-presidente da instituição financeira pública Fábio Cleto, além de empresários interessados em receber recursos do banco estatal.
“Os elementos de prova colhidos até o presente momento apontam para a existência de uma organização criminosa integrada por empresários brasileiros e agentes públicos que, ocupando altos cargos na Caixa Econômica Federal e no Parlamento brasileiro, desviavam de forma reiterada recursos públicos a fim de beneficiarem a si mesmos, por meio do recebimento de vantagens ilícitas, e a empresas e empresários brasileiros, por meio da liberação de créditos e/ou investimentos autorizados pela Caixa Econômica Federal em favor desses particulares”, escreveu o procurador Anselmo Henrique Cordeiro Lopes, em sua representação.
Segundo o Ministério Público, Geddel, enquanto ocupava o cargo de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa entre 2011 e 2013, agia internamente “de forma orquestrada” para beneficiar empresas como a BR Vias, a Oeste-Sul Empreendimentos Imobiliários, a Marfrig e companhias do grupo JBS, entre outras. Depois de defender os pleitos de cada companhia, Geddel repassava informações confidenciais para os demais integrantes da quadrilha, como Eduardo Cunha e Lúcio Funaro, para que pudessem achacar  empresas que pleiteavam recursos do banco estatal.
A principal prova da atuação da quadrilha está em mensagens enviadas do celular de Cunha para Geddel. As trocas de informações entre os dois aliados peemedebistas reforçam os indícios de que recolhiam propinas das empresas que buscavam liberação de créditos ou investimentos junto à Caixa e ao FI-FGTS, fundo com recursos dos trabalhadores administrados pelo banco estatal. As propinas eram pagas tanto em contas na Suíça como em dinheiro vivo e para empresas do operador Lúcio Funaro.
Ao discutirem o caso Marfrig, em julho de 2012, Geddel reporta ao ex-deputado que o “voto sai hj”, em referência à liberação dos recursos que beneficiariam a empresa. Um mês depois, a Marfrig, quando estava com a corda no pescoço e prestes a se desfazer de alguns negócios para quitar a sua dívida, fechou um empréstimo de 350 milhões de reais com Caixa. “As empresas Marfrig e Seara se beneficiaram do esquema ilícito para a obtenção de recursos da caixa mediante contraprestação, sendo que dessa vez, ficou ainda evidente que os repasses foram realizados por meio das empresas do operador Lucio Bolonha Funaro”, diz o MPF.

Ricardo diz que está muito feliz com presença de esposa de Vené na gestão: "Ela agrega um valor muito grande"

O governador Ricardo Coutinho (PSB) destacou em evento desta semana, a importância e motivos que lhe levaram nomear Ana Cláudia Vital do Rêgo, esposa do deputado federal, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) que já ocupara o cargo de superintendente Fundação Nacional de Saúde (Funasa), durante o governo de Dilma Rousseff (PT) para a pasta Executiva da Casa Civil.


Segundo o socialista, a posse de Ana Cláudia já era para ter ocorrido, mas por motivos burocráticos foi retardada.


“O deputado Veneziano Vital do Rêgo, já faz parte do arco de alianças e graças a Deus pude trazê-la para uma função muito importante que vai gerir a organização interna do Governo e não tenho duvidas de que ela tem uma capacidade enorme comprovada na Funasa. Então, sei do seu compromisso e ela agrega um valor muito grande ao nosso Governo”, disse RC, destacando ainda estar muito feliz com essa nomeação.

Manoel Jr chegou a ‘apelar’ para que secretário ficasse na Saúde

O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (PMDB) chegou a apelar para que o médico José Carlos Evangelista não entregasse ao prefeito Luciano Cartaxo (PSD) o comando da Secretaria de Saúde. Em entrevista ao Portal MaisPB, na manhã desta sexta-feira (13), o peemedebista afirmou que conversou com o ex-secretário antes do pedido de demissão.
“Ele tinha conversado comigo, eu tinha apelado para que ele não tomasse a decisão, mas ele disse que era uma questão de ordem pessoal e com amigo a gente não pode pressionar, a gente tem que aceitar as decisões”, explicou.
Manoel Junior destacou que a administração continua em seu ritmo. “A pasta da saúde é importante e nós vamos continuar apoiando e ajudando, como médico e vice-prefeito”, afirmou.
MaisPB

Abandono de animais: crime pode ser denunciado anonimamente


O Centro de Vigilância em Saúde Ambiental e Zoonoses alerta que o abandono e maus tratos de animais é crime. Nesta época do ano é muito comum as pessoas saírem de férias e não incluírem nos planos os animais de estimação. O cidadão que presenciar o abandono de animais domésticos ou exóticos pode ir à delegacia mais próxima ou realizar a denúncia anônima.
 
De acordo com a médica veterinária do Zoonoses, Layse Wanderlei, duas situações são comuns neste período: o abandono do animal nas ruas e o animal trancado em residências sem receber os cuidados básicos, como água e alimento, por vários dias.
 
“A maioria dos animais abandonados são fêmeas, principalmente após o nascimento de filhotes. Isso é crime. As pessoas precisam entender que os animais necessitam de cuidados até o fim de suas vidas. O Zoonoses não é abrigo de animais, trabalhamos com a prevenção de doenças e o monitoramento”, ressaltou Wanderlei.
 
No Zoonoses, apenas no ano passado, 1.700 cães e gatos receberam atendimentos através dos serviços de esterilização de animais e realização de exames de Leishmaniose visceral, mais conhecido como calazar, e raiva, através da vacinação e observação de animais.
 
A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605 de 1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pode resultar na pena de detenção de três meses a um ano e multa. São considerados maus-tratos, entre outras práticas, abandonar, espancar, envenenar, não dar comida diariamente, manter preso em corrente, local sujo ou pequeno demais os animais domésticos.
 
A Lei determina que qualquer pessoa que for testemunha de um abandono de animais domésticos ou exóticos, pode ir à delegacia mais próxima. A Promotora de Justiça permite a denúncia anônima.
 
Caso o animal esteja abandonado em um terreno baldio ou propriedade particular, por exemplo, não hesite em invadir o local para salvar o bichinho, a sua ação será amparada pela lei. O decreto de lei número 2.848/40, artigo 24, considera a invasão para salvamento de um animal em perigo uma atitude de necessidade e, portanto, não haverá nenhum tipo de punição.

Marília Mendonça zera o jogo da sofrência com EP ao vivo e três clipes de músicas novas; ouça

Se esse verão tivesse um prêmio de álbum mais sofrência, já teríamos uma grande favorita. Marília Mendonça acaba de lançar um EP, que ganhou o nome de "Marília Mendonça (Ao Vivo)" e tem quatro faixas pra dor de cotovelo nenhuma botar defeito. Uma delas é o hit "Eu Sei De Cor", mas o mais bacana é que as outras três são inéditas e, como o povo costuma dizer, são pra enfiar o chifre no chão e sair arando neste fim de semana! 
Marília abre o EP contando as dificuldades de quem só se apaixona por pessoas casadas em "Amante Não Tem Lar". Depois, apresenta uma espécie de DR que não tem fim em "De Quem É a Culpa". A terceira música nova é um bregão bonitão, que conta a história de quem foi traído e não vai perdoar, "Traição Não Tem Perdão". Por fim, ela fecha com o sucesso "Eu Sei De Cor". 
<iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/sS2yCCi2Mek" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

Segundo dia de Fest Verão tem Safadão, Bell Marques, Matheus & Kauan e Pedrinho Pegação

Neste domingo (15), a festa continua na arena Fest Verão, na Praia de Campina. Agora, Wesley Safadão e Pedrinho Pegação animam o público com o forró, Bell Marques traz o seu axé inconfundível, e Matheus & Kauan apresentam o sertanejo, ritmo que está mais presente nos três dias de festival.
Wesley Safadão já vem se tornando, junto a outros artistas, a marca do Fest Verão. Para este show, o cantor traz repertório baseado no seu mais recente trabalho, o DVD “WS em Casa”, onde as músicas “A Dama e o Vagabundo”, “Tá Cronometrado”, “Ela Domina o Rá Tum Tum” e “Meu Coração deu PT” são destaques. Mas, ele não deve deixar de fora as que mais tocaram em 2016: “Aquele 1%", “Camarote", “Vou Dar Virote", “Sou Ciumento Mesmo“, entre outras.
Também retornando ao festival, Bell Marques mostra novo trabalho para consolidar de vez sua carreira solo, com a turnê “Fênix”. Entre as músicas, estão “Cê Quer Fazer Amor”, “Desce Coladinho” e um dos grandes sucessos do último Verão, “Minha Deusa (Cabelo de Chapinha)”, além, claro, de outras várias inéditas e grandes sucessos dos mais de 30 anos de carreira.
A dupla goiana Matheus & Kauan se apresenta pela segunda vez no Fest Verão Paraíba. Eles também trazem novidades, é que eles estão perto de lançar o novo DVD “Na Praia 2” e já estão com duas músicas de trabalho desse material: “Te assumi pro Brasil” e “Oitava Dose”. Mas eles também tocam seus sucessos, como “O Nosso Santo Bateu”, “ A Rosa e o Beija-flor” e “Face a Face”.
O cantor potiguar Pedrinho Pegação completa o time do dia com o seu forró, cantando, entre outras, “Nasci Pra Ser Solteiro”, “Vaqueiro Desmantelado” e “Vídeo na Balada”. No intervalo das apresentações do palco principal, a DJ Larissa Lahw não deixa a animação cair. A abertura dos portões acontece às 16h.
Serviço
Fest Verão 2017
Atrações: Wesley Safadão, Bell Marques, Matheus & Kauan e Pedrinho Pegação
Abertura dos portões: 16h
Pontos de venda: bilheterias da Domus Hall, loja Ellus do Mangabeira Shopping e loja Taco do Partage Shopping, em Campina Grande.
Valor dos Ingressos
Dia 15/01
Arena: R$ 140,00 (Inteira) / R$ 70,00 (Meia)
Promocional Amigo Fest: R$ 75,00
Camarote Frontstage: R$ 320,00 (inteira) / R$ 160,00 (meia)
Promocional Amigo Fest: R$ 170,00
Lounge Domus Hall: ESGOTADO
Dia 22/01
Arena: R$ 100,00 (Inteira) / R$ 50,00 (Meia)
Promocional Amigo Fest: R$ 55,00
Camarote Frontstage: R$ 200,00 (inteira) / R$ 100,00 (meia)
Promocional Amigo Fest: R$ 110,00
Lounge Domus Hall: R$ 250,00 (CADA DIA)

Assessoria

Quatro homens morrem e um fica em estado grave por suposta água envenenada de poço na PB

A quinta vítima da tragédia que matou quatro pessoas, em Barra de São Miguel, no Cariri paraibano, segue internada no Hospital de Trauma de Campina Grande.
De acordo com o Serviço Social da unidade, o estado de saúde da vítima é considerado “comprometido”, que, segundo eles, é um grau entre grave e estável. O nome do rapaz não foi divulgado pela unidade hospitalar.
O acidente
Quatro pessoas morreram na tarde dessa quinta-feira (12), no distrito de Riacho Fundo, município de Barra de São Miguel, no Cariri da Paraíba. A principal suspeita é que a água de um poço, supostamente envenenada, tenha sido a causa da morte das vítimas.
Entre os homens que morreram que estão dois irmãos. As vítimas foram identificadas como: Evandro Lauro Dutra, 43 anos; Lucas Lima Rolim, 28 anos; Rodrigo Lima Rolim, 27 anos e Itamar, de 42 anos.

Homens armados e usando coletes de Mototáxi trocam tiros com a Polícia Civil no Sertão





Dois Homens armados e usando coletes de mototáxi trocaram tiros com uma Guarnição da Polícia Civil no Município de São João do Rio do Peixe no início da tarde desta quinta-feira (12).

A Polícia Civil teria recebido ligações de que dois Indivíduos estavam portando drogas e em uma motocicleta andavam pelas Ruas da Cidade. Os Civis ao se deslocarem ao local encontraram os dois Suspeitos, que, ao avistar a Guarnição da Civil tentaram empreender fuga.

Houve troca de tiros entre a Polícia e os Suspeitos durante a perseguição e os Criminosos ao perceberem que iam ser presos arremessaram a arma de fogo e possivelmente a droga em um matagal. A Polícia Civil conseguiu prender os dois Elementos e os encaminhou a Delegacia.
Repórter PB

PRF prende motorista no Sertão da Paraíba após flagra em ultrapassem proibida

A Polícia Rodoviária Federal, durante uma abordagem nessa quinta-feira (13), no Km 403 da BR 230, em Pombal flagrou um caminhão realizando uma ultrapassagem indevida. A informação é do Chefe de Patos, F. Gomes.
Após a abordagem e os procedimentos de praxe, os agentes seguiram para uma verificação mais minuciosa e encontraram com o motorista, um revólver com a numeração raspada, a munição dá arma, anfetamina (rebite) e certa quantia em dinheiro.
Foi dada voz de prisão ao condutor e encaminhado à Delegacia de Polícia de Pombal.

Acidente na Paraíba mata criança e deixa cinco feridos, todos da mesma família

Cinco pessoas ficaram feridas e uma morreu, no fim da manhã desta sexta-feira (13), em um capotamento registrado em um trecho da rodovia PB-393, que liga os município de Cajazeiras e São João do Rio do Peixe, ambos no Sertão paraibano, respectivamente a 485 km e 476 km. As vítimas são pai, mãe e quatro filhos, sendo que uma das crianças morreu.

De acordo com o Hospital Regional de Cajazeiras, a família estava em um carro quando ele teria sido trancado por outro veículo, fazendo com que o motorista perdesse o controle, ocasionando o capotamento.

Após o acidente, ambulâncias do Corpo de Bombeiros foram ao local e fizeram o resgate da família. O pai, a mãe e três dos quatro filhos deram entrada no hospital e passaram por procedimentos médicos de urgência. Já o quarto filho morreu enquanto passava por cirurgia.

O Hospital Regional de Cajazeiras não informou qual o estado de saúde das vítimas sobreviventes.

Ciclistas sofrem arrastão durante passeio em JP e têm bicicletas e objetos roubados

Ciclistas que integram um grupo que realiza passeios por João Pessoa sofreram um arrastão e tiveram quatro bicicletas, pertences diversos e equipamentos roubados na Praia do Sol, no bairro Valentina Figueiredo, na Zona Sul da Capital, na noite desta quinta-feira (12).

Segundo a polícia, quatro suspeitos do crime chegaram a pé ao local anunciando o assalto. Os ciclistas foram obrigados a se deitar no chão enquanto tinham objetos roubados.
Os criminosos fugiram em seguida trafegando nas bicicletas roubadas sem ser identificados. Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido detido e os objetos roubados não foram recuperados.

PRF aponta irregularidades em veículos escolares de 20 Municípios e do Estado

O Ministério Público da Paraíba recebeu, na última segunda-feira (16), um relatório da Polícia Rodoviária Federal com informações rela...