quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Lula: ‘Se eu for candidato, vou ser pra vencer'


O ex-presidente Lula voltou a animar a militância ao praticamente deixar claro que será candidato à presidência da República em 2018. Criticando as medidas do governo de Michel Temer (PMDB) e a "cassação dos direitos sociais" conquistados em seus mandatos, Lula afirmou que "se for necessário" será candidato outra vez.
"Se eu for, não é só para disputar, é para ganhar as eleições e fazer o país voltar a acreditar na reforma agrária, no financiamento para pequenos produtores", disse Lula em discurso no 29º Encontro Nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), no Parque de Exposições de Salvador nesta quarta-feira (11).
Mas o ex-presidente ponderou que espera que o PT também tenha outras opões além dele.
"Fico pedindo a Deus que apareçam outras pessoas para serem candidatas. Eu tenho 71 anos de idade, mas não parece. Estou me sentindo um menino, me sinto como um moleque de 35 anos. Temos um ano e pouco pela frente, este ano vou andar o país. Primeiro para recuperar a imagem do meu partido, e para recuperar a minha imagem".
Lula afirmou que programas sociais criados pelo PT como o Bolsa Família e o Luz Para Todos não são gastos, mas investimentos.
"Pessoas são a verdadeira razão da construção de uma nação. Uma nação onde as decisões das coisas boas e das cosias ruins serão coletivas. Em que as pessoas mais humildes possam participar dizer: 'eu quero assim ou eu quero assado'. Esse país aprendeu em pouco tempo que é possível a gente levar benefício para as pessoas mais humildes. E um programa como o 'Luz para Todos' só pode ser feito se o estado assumir a responsabilidade dos custos. Levar energia para uma pessoa tratar o leite, ferver água dar um banho numa criança lá no fim do mundo é tão importante quanto levar água quente para uma madame tomar banho na Avenida Paulista ou Copacabana", afirmou o ex-presidente.


Ministro Gilberto Kassab debate ciência e tecnologia nesta quinta-feira em JP


O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, recebe nesta quinta-feira (12) a visita do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, para debater questões relativas a projetos na área na capital paraibana. O encontro acontece às 12h na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no bairro do Altiplano.
 A visita também vai contar com a presença de representantes do setor de comunicações, o diretor do Instituto Nacional do Semiárido (Insa), Salomão Medeiros, e a presidente do Conselho de Secretários Nacionais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), Francilene Garcia, além de deputados federais.
 De acordo com Durval Ferreira, secretário de Ciência e Tecnologia (Secitec) da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), a vinda do ministro Gilberto Kassab a Capital representa uma grande oportunidade para que o governo municipal possa apresentar projetos desenvolvidos para o setor, a fim de que possam receber apoio para que sejam executados.
 “Inclusive já temos a sinalização de uma liberação de recursos por parte do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que visam justamente viabilizar a execução dos projetos que estamos desenvolvendo na secretaria. Portanto, é um encontro que comemoramos e esperamos que seja muito proveitoso”, afirmou Durval Ferreira.

Efraim Filho participa de encontro nacional em defesa de vaquejadas em João Pessoa

A Associação Brasileira de Vaquejada – ABVAQ, realizou no auditório da FIEP em João Pessoa o seu 3º Congresso Nacional. O evento que se iniciou no dia 10, reuniu cerca de mil representantes da categoria de todo o Brasil, especialmente da região Nordeste.
Presidida pelo paraibano Paulo Ferreira “Cuca”, o evento trouxe na pauta a nova regulamentação que preza pela preocupação com o bem estar dos animais, combate aos maus tratos e a defesa da #Vaquejada, com foco no acompanhamento dos projetos no Congresso e do debate jurídico no STF.
Quem proferiu palestra durante o evento foi o deputado federal Efraim Filho (DEM/PB), referência na defesa da cultura e do esporte da Vaquejada. Em sua fala, afirmou: “Proibir não é solução e a regulamentação é a melhor forma de manter o desenvolvimento sustentável da atividade. Com o regulamento será possível fiscalizar, coibir e punir os maus tratos aos animais, prática já não aceita pelos amantes da Vaquejada.”
Outro aspecto importante abordado pelo Deputado Efraim em sua fala foi “a necessidade de aliar a manifestação da cultura que gera emprego e oportunidades especialmente no Nordeste, com a integridade e o bem estar físico dos animais. São mais de 700 mil famílias que dependem da atividade e não se pode desconsiderar o importante impacto sócio econômico da Vaquejada para a Paraíba e o Nordeste.”
Além dos vaqueiros e criadores de animais, o evento contou ainda com a participação de juristas, membros do Ministério Público, médicos veterinários, jornalistas e outros setores interessados no debate do tema.

Foragido pede para ser preso porque a vida na rua 'não estava fácil'

Um foragido da Justiça foi preso pela Polícia Militar (PM) nesta quarta-feira (11), em Curitiba, após se entregar no Hospital da PM, no bairro Jardim Botânico, por volta das 7h45. Segundo a polícia, ele chegou ao local e disse ter um mandado de prisão em aberto.

“Após consulta no sistema, verificamos que ele tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo agravado”, conta o sargento Adolfo dos Santos. Segundo o sargento, o rapaz estava tranquilo. “Ele apenas disse que queria voltar para a prisão porque na rua a vida não estava fácil”, explica.
“Fiquei surpreso, pois nestes 33 anos de Polícia Militar nunca presenciei uma situação destas”, acrescenta.
Uma equipe do 20º BPM foi acionada e encaminhou o foragido para a Delegacia de Vigilância e Capturas (DVC) para as medidas necessárias.

Ricardo ameaça exonerar secretários acomodados: “Não tem arranjo político que o mantenha no cargo”

O governador Ricardo Coutinho (PSB) ameaçou exonerar secretários e diretores de obras que “estiverem acomodados”.Durante a primeira reunião deste ano, que acontece na tarde desta quarta-feira (11), na Escola dos Servidores Públicos do Estado da Paraíba  (Espep), em Mangabeira.
“Quero, e vai ser dessa forma, que este governo chegue no último mês com o afã, o compromisso, e a mesma vontade do primeiro mês de gestão. Eu como governador, como comandante dentro do Estado,  não admito que tenha alguém dentro do governo que não tenha esse mesmo compromisso. Se por acaso eu perceber, eu peço o cargo, na hora.  Não há espaço pra isso no meu governo. Não há nenhum arrumado político que mantenha”, afirmou.
Coutinho ainda ressaltou que “Nossa tarefa se encerra em 31 de dezembro de 2018.  Não é porque está faltando seis meses para acabar o governo, que ninguém vai ficar acomodado. Vamos entregar um Estado enxuto e muito melhor.É preciso ter fôlego e compromisso”, disse.

Moradores do Conde podem trocar lâmpadas gratuitamente em projeto da Energisa

Moradores do município do Conde, na Grande João Pessoa, vão poder trocar gratuitamente lâmpadas incandescentes ou fluorescentes antigas por novas, mais econômicas, nesta quarta (11), quinta (12) e sexta-feira (13). A ação faz parte do projeto ‘Nossa Energia’, realizado pela Energisa.

Para participar, é necessário que o cliente esteja em dia com a conta de energia e seja cadastrado no programa de Tarifa Social da Energia Elétrica. Além disso, é necessário que o cliente leve os documentos originais (identidade, CPF, cartão do benefício e última conta de energia elétrica paga).

Segundo a Energisa, é possível que o cliente receba até quatro novas lâmpadas, desde que leve as antigas.

O serviço é realizado entre às 9h30 e às 16h, nesta quarta e sexta, e entre às 13h30 e às 19h, nesta sexta, na Rua Nossa Senhora da Conceição.

Show com a banda "Os Gonzagas" e Feira de Escambo e Mangai são os destaques das comemorações do aniversário de 54 anos do município de Conde

  Feira de Escambo e Mangai e show com a banda “Os Gonzagas” são destaques nas comemorações dos 54 anos de Conde               ...