segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Prefeitura de Conde apresenta documentos e prova que é dona de imóvel alvo de estelionato


A celeuma em torno da cobrança indevida de um aluguel de um imóvel que já pertence a prefeitura do município de Conde, no Litoral Sul da Paraíba, ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira (21), após a gestão municipal apresentar toda a documentação que comprova que está sendo alvo de estelionato por parte de um vereador da cidade.
O Blog do Ninja teve acesso a todos os documentos que comprovam que o imóvel onde funciona a policlínica de Conde e a Secretaria Municipal de Saúde é mesmo de propriedade da gestão municipal. ]
Na últimas semana a gestão da prefeita Márcia Lucena (PSB) , encaminhou ao Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECO), uma representação contra o vereador Fernando Araújo, conhecido como Fernando Boca Louca, a ex-prefeita do município, Tatiana Lundgren Correia e dirigentes da Associação de Proteção e Assistência a Maternidade (APAMI), sob acusação dos crimes de estelionato e fraude contra a administração pública municipal.
Na representação, foi denunciado que no dia 13 de fevereiro de 2017, a Associação, através de seu representante, Ranilson Neves de Araújo, solicitou do município o pagamento do aluguel do imóvel onde funcionam a Policlínica Central e a Secretaria Municipal de Saúde de Conde, situado na Rua Manoel Alves, 414, Centro, mas o  prédio em questão já pertence ao município, sendo indevida a cobrança de qualquer quantia à gestão municipal.
Conforme a denúncia, o vereador teria se apropriado irregularmente de recursos correspondentes ao aluguel do prédio e, por isso, poderá ser condenado a pena de até cinco anos pelo crime de estelionato juntamente com a ex-gestora, já que os dois teriam se associado para que o vereador alugasse o imóvel pertencente ao município de Conde.
O Blog do Ninja se coloca à disposição para ouvir o outro lado da denúncia.
VEJA TODA A DOCUMENTAÇÃO QUE COMPROVA QUE O IMÓVEL É DA PREFEITURA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!