quinta-feira, 20 de abril de 2017

Sindicato da Cagepa pede renúncia de Cássio por delação da Odebrechet


Os trabalhadores da Cagepa, através do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb), divulgou nota, nesta quinta-feira (20),pedindo a renúncia do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), devido a citação do seu nome na deleção da Odebrecht para a Operação Lava Jato.
"Os trabalhadores da Cagepa, através do seu Sindicato, vem mostrar o repúdio e a indignação de todos os trabalhadores, representados por esta Entidade de Classe, pelas últimas notícias que foram veiculadas pelo STF, autorizadas pelo Ministro Edson Fachin, onde o ex-presidente do grupo Odebrecht Ambiental, Fernando Luiz Ayres da Cunha Santos Reis, afirmou categoricamente que o Senador Cássio Cunha Lima, havia formalizado uma troca, em benefício próprio, de receber R$ 800 mil (oitocentos mil reais) em detrimento de ceder a CAGEPA, pela modalidade Parceria Público Privado, para o domínio do Grupo Odebrecht Ambiental", diz a nota.
"Diante do exposto, o Stiupb reivindica que o senador apresente sua renúncia. É o que o povo da Paraíba exige", acrescenta.
N O T A
Os trabalhadores da Cagepa, através do seu Sindicato, vem mostrar o repúdio e a indignação de todos os trabalhadores, representados por esta Entidade de Classe, pelas últimas notícias que foram veiculadas pelo STF, autorizadas pelo Ministro Edson Fachin, onde o ex-presidente do grupo Odebrecht Ambiental, Fernando Luiz Ayres da Cunha Santos Reis, afirmou categoricamente que o Senador Cássio Cunha Lima, havia formalizado uma troca, em benefício próprio, de receber R$ 800 mil (oitocentos mil reais) em detrimento de ceder a CAGEPA, pela modalidade Parceria Público Privado, para o domínio do Grupo Odebrecht Ambiental.
Conforme depoimento, o valor foi pago, em duas parcelas, de forma que a promessa do Senador Cássio Cunha Lima era a entrega da CAGEPA ao Grupo Odebrecht.
Os Trabalhadores da CAGEPA, sentem-se traídos e vítimas de uma atitude que entendem ilícita e irresponsável do Senador Cássio Cunha Lima, que assumiu o compromisso, com a Odebrecht, de privatizar a CAGEPA, entregando-a à Odebrecht que de forma pública, se constitui como uma das maiores corruptoras deste País.
Imbuído no espírito cívico e no sentimento de decepção, o Sindicato, vem de público, exigir ao Senador Cassio Rodrigues da Cunha Lima, a Renúncia do Cargo de Senador da República pelo Estado da Paraíba.
O mandato de Senador da República pelo Estado da Paraíba, não deve ser exercido por quem utiliza o cargo para uso de caixa dois, e se beneficiar com valores ilícitos, frutos de corrupção.
O mandato de Senador da República foi outorgado pelo povo, para que, em Brasília, possa defender os interesses maiores da sociedade.
O Senador Cássio Cunha Lima, com a referida prática, deixa claro que não representa o Povo Brasileiro, tampouco o Estado da Paraíba, e muito menos os interesses do Povo Paraibano, que expressou o voto em favor do parlamentar, com a esperança de uma representação independente e voltada ao compromisso com os interesses da Nação.
O Senador não representa o Povo Paraibano.
É por essas e outras que, no próximo dia 28, a categoria estará em Greve Geral, em defesa dos interesses da classe trabalhadora e contra a reforma da Previdência e trabalhista.
Diante do exposto, o Stiupb reivindica que o Senador apresente sua renúncia. É o que o Povo da Paraíba exige!
Wilton Maia Velez
Presidente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Show com a banda "Os Gonzagas" e Feira de Escambo e Mangai são os destaques das comemorações do aniversário de 54 anos do município de Conde

  Feira de Escambo e Mangai e show com a banda “Os Gonzagas” são destaques nas comemorações dos 54 anos de Conde               ...