segunda-feira, 21 de novembro de 2016


Bombeiros encontram corpo em decomposição dentro de poste

Um corpo, ainda não identificado, foi encontrado dentro de um poste de ferro, no Setor Jardim Europa, em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, vizinhos sentiram um forte odor e acionaram os bombeiros, que encontraram o corpo no local já em avançado estado de decomposição.
O cadáver foi achado na noite de domingo (20), no canteiro central da Avenida Viena. Segundo o delegado Francisco Costa Júnior, que esteve no local, o poste é usado em redes de alta tensão. Como ele é oco, possui uma abertura embaixo. “O poste estava deitado no canteiro central. Agora como essa pessoa entrou lá dentro eu ainda não sei”, disse ao G1.
Ainda conforme Costa Júnior, a suspeita é que a pessoa tenha morrido há cerca de 15 dias. Há alguns dias, moradores da região já tinham acionado os bombeiros diante do cheiro forte.
“Como o odor ficou ainda mais evidente, a corporação foi acionada novamente e teve que serrar o poste para ver o que havia dentro dele. Quando isso ocorreu encontraram, o corpo”, disse o delegado.
Peritos estiveram no local para recolher os restos mortais e levá-los ao Instituto Médico Legal (IML). A identificação só será possível após a realização da necropsia.

Casal suspeito de violar caixas eletrônicos é preso dentro de banco em Campina Grande

Um casal, de 43 e 44 anos, que utilizava um equipamento para reter e resgatar envelopes de depósitos efetuados nos caixas eletrônicos de agências bancárias da cidade de Campina Grande, no Agreste do estado, foi preso na manhã desta segunda-feira (21), por policiais militares do 2º Batalhão.

Os dois estavam na agência da Caixa Econômica Federal da Avenida Presidente Getúlio Vargas, no bairro da Prata. Com eles, foi apreendido um equipamento que era instalado para reter os envelopes, um alicate de bico e uma chave de fenda grande, além de vários envelopes de depósitos de clientes.
De acordo com o sargento Alberes Pereira, do 2º Batalhão, a dupla agiu desde a noite desse domingo (20), aproveitando o fato de que no fim de semana os envelopes não são recolhidos pelas agências.
“Na noite desse domingo recebemos duas solicitações informando da presença deles nas agências, mas não encontramos os suspeitos, tendo nesta segunda-feira, às 6h20 da manhã, conseguido prendê-los em flagrante depois que o Ciop [Centro Integrado de Operações Policiais] recebeu uma ligação da central de monitoramento da Caixa informando que os dois tinham violado os caixas, colocado um equipamento que fazia a retenção dos envelopes para resgatá-los”, detalhou.
Os dois foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil, em Campina Grande.

Presos no Rio de Janeiro mais dois suspeitos de matar Vivianny Crisley, em JPessoa

A Polícia Civil da Paraíba prendeu nesta segunda-feira (21), no Rio de Janeiro, Jobson Barbosa da Silva Júnior e Fagner das Chagas Silva, suspeitos de matar a vendedora Vivianny Crisley, 29 anos, depois de saírem de um bar no bairro dos Bancários, Zona Sul de João Pessoa, na madrugada do dia 21 de outubro.


De acordo com a Polícia Civil da Paraíba, a dupla estava escondida no morro do Acarí, Zona Norte do município do Rio de Janeiro. Os suspeitos estavam com mandados de prisão em aberto e foram cumpridos por policiais civis do estado com a colaboração da polícia do Rio. Os suspeitos deverão ser recambiados para a Paraíba ainda nesta segunda-feira (21).

Prefeita de Conde discute medidas para ampliar a segurança no município

  A prefeita de Conde Márcia Lucena reuniu-se na manhã desta terça-feira (5) com autoridades policiais do Estado para discutir a amp...