sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Sen. Caiado insinua publicamente que senador Lindbergh Farias, usa drogas

O PT entrou com uma representação no Conselho de Ética do Senado contra o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) por ter insinuado publicamente que o senador Lindbergh Farias (PT-) estava sob efeito de drogas durante uma das sessões do julgamento da ex-presidente Dilma. O presidente do colegiado, João Alberto Souza (PMDB-MA), pediu à advocacia do Senado um parecer prévio sobre o caso para decidir se dá início ou não ao processo.
Na sessão de 25 de agosto, quando o Senado começou a julgar Dilma, Caiado sugeriu que Lindbergh estava drogado durante um bate-boca. “Tem que fazer antidoping. Fica aqui cheirando, não”, disse o líder do DEM na ocasião.
Em nota, o senador goiano disse que reagiu a uma provocação do atual líder da oposição. “Essa ação do PT não está cheirando bem. Não foi praticada qualquer conduta incompatível com o decoro parlamentar. Foi um debate duro, que se limitou a reagir de forma imediata,  proporcional, num ambiente politicamente conflagrado a várias provocações perpetradas por Lindbergh e seus aliados”, afirmou por meio de nota.
A discussão começou quando a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) declarou que “metade do Senado” não tinha moral para julgar a então presidente afastada.
Caiado interrompeu a senadora petista e disse que ele e seus colegas não eram “assaltantes de aposentados”. “É [assaltante] de trabalhador escravo”, respondeu a petista, em alusão a denúncias contra parentes do senador, que é produtor rural.
Lindbergh acusou Caiado, então, de ter ligações com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, pivô da cassação do ex-senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO). Foi então que o líder do DEM sugeriu que o petista fizesse exame antidoping.
Não foi a primeira vez que Caiado fez esse tipo de acusação contra Lindbergh. Em julho, os dois também bateram boca durante uma votação. O senador fluminense chamou o goiano de “cara de pau” por mudar de posição em relação a um projeto que previa o reajuste dos servidores da Defensoria Pública.
Caiado respondeu de maneira indireta e ressaltando que falava como médico – não apenas como parlamentar. “Eu tenho notado que ele, ultimamente, está salivando muito, com as pupilas muito dilatadas. Ele deveria, primeiro, apresentar em que condições está aqui no plenário para poder aqui, sim, enfrentar um debate de conteúdo”, atacou.

Ladrão se passa por cliente e rouba 2mil de loja no centro de J.Pessoa

Um homem armado fingiu ser cliente e roubou cerca de R$ 2 mil, na tarde desta sexta-feira (21), de um dos caixas de uma loja de móveis e eletrônicos que fica Rua Barão Abiaí, no Centro de João Pessoa.
De acordo com a Polícia Militar, o suspeito chegou na loja e pediu ajuda a um funcionário para poder pagar um conta. Indicado para se dirigir ao caixa, o suspeito esperou na fila e, ao ser atendido, sacou um revólver e exigiu o dinheiro do caixa.
Câmeras de monitoramento interno foram vistoriadas para que a polícia conseguisse identificar o suspeito. Ainda segundo a Polícia, após cometer o crime o suspeito conseguiu fugir.

Mat. do portal correio

Operação LAVA JATO Sarney, Lobão e Collor teriam sido beneficiados por ação de grupo alvo da PF


Os senadores Fernando Collor (PTB), Edison Lobão (PMDB) e o ex-presidente José Sarney (PMDB) teriam sido beneficiados pela ação do grupo de policiais legislativos pesos na manhã desta sexta-feira (1) pela policia federal. Todos os três políticos são alvos de investigação no âmbito da Lava Jato.
A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira (21) diligências no Senado na Operação Métis. Quatro policiais legislativos foram presos por suspeita de atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato e em outras ações da Federal.
São eles: Pedro Ricardo (diretor), Geraldo Cesar de Deus Oliveira, Everton Taborda e Antonio Tavares.
Estão sendo cumpridos nove mandados judiciais, todos em Brasília, sendo quatro de prisão temporária e cinco de busca e apreensão, um deles nas dependências da Polícia do Senado. Os mandados foram expedidos pela 10ª Vara Federal do Distrito Federal.
"Foram obtidas provas de que o grupo, liderado pelo Diretor da Polícia do Senado, tinha a finalidade de criar embaraços às ações investigativas da Polícia Federal em face de senadores e ex-senadores, utilizando-se de equipamentos de inteligência", informou a Federal em nota.
O Ministério Público Federal informou em nota nesta sexta que um policial legislativo afirmou, em delação premiada, que, em quatro ocasiões, servidores públicos - utilizando equipamentos do Senado - fizeram varreduras em imóveis particulares e funcionais ligados a três senadores e um ex-parlamentar investigados na Operação Lava Jato.
O objetivo, segundo as declarações do colaborador, era fazer a chamada contrainteligência: localizar e destruir eventuais sistemas utilizados para escutas telefônicas e ambientes.
Segundo a PF, o diretor da Polícia do Senado "ordenou a prática de atos de intimidação à Polícia Federal, no cumprimento de mandado expedido pelo Supremo Tribunal Federal em apartamento funcional de Senador".
Os investigados responderão por associação criminosa armada, corrupção privilegiada e embaraço à investigação de infração penal que envolva organização criminosa (art. 2º, §1º, da Lei 12.850/2013). Somadas, as penas podem chegar a 14 anos e seis meses de prisão, além de multa.
O nome da operação faz referência à Deusa da proteção, com a capacidade de antever acontecimentos.

Jovem suspeito de assassinar família paraibana confessa crime

O jovem François Patrick Nogueira Gouveia, de 20 anos, confessou ter assassinado e esquartejado seus tios e primos na Espanha no mês de setembro. De acordo com a imprensa espanhola, a confissão foi feita à Guarda Civil espanhola nesta sexta-feira (21) em Guadalajara.
Ainda hoje, às 16h, ele deve ser disponibilizado ao titular do Tribunal de Instrução número 1 Guadalajara para contar sua versão do caso. À Guarda Civil ele não forneceu muitos detalhes do crime.
Patrick Nogueira se entregou voluntariamente às autoridades espanholas na última quarta-feira (19). Ele estava em João Pessoa, na casa de seus pais, e desembarcou no Aeroporto de Madri, onde foi preso imediatamente.
Os familiares do jovem teriam convencido ele a contar a verdade às autoridades. Ele é o único suspeito pelo assassinato do casal de paraibanos e seus dois filhos, de um e quatro anos, em Pioz, na região central da Espanha. Marcos Nogueira e Janaína Diniz e os dois filhos foram encontrados esquartejados dentro de sacos plásticos no chalé onde moravam no dia 18 de setembro. Patrick vivia com os parentes e já tinha antecedentes criminais por agressão. As investigações ainda apontaram que o jovem tem um “caráter violento”, característico de “psicóticos”.

Muído para escolha do novo presidente da Câmara de Conde



Anda rolando no facebook enquetes sobre quem seria o novo presidente da câmara municipal da cidade de Conde Casa Comendador Cícero Leite. A polêmica sobre nomes estão exposta quem vai levar a melhor nessa história só saberemos ano que vem (em 2017).

Apostadores garantem que dessa vez a atual gestora Tatiana que teve seu registro de candidatura cancelado dessa vez leva a melhor por ter feito a maioria dos vereadores, foram 6 eleitos de sua bancada contra 3 de Aluísio Régis que ficou em segundo lugar nas eleições deste ano , já Marcia Lucena prefeita eleita obtendo uma votação bem favorável na majoritária (que assume em 2017), ela fez apenas 2 vereadores.

Nomes de candidatos a presidência da casa já foram lançados entre eles estão o vereador do PT reeleito Ednaldo Barbosa conhecido por Naldo Ceel, da coligação de Marcia Lucena, entra na disputa o atual presidente vereador Luzimar Nunes da bancada de Tatiana Correia e possivelmente o vereador eleito mais bem votado com quase 800 votos o Malbatan de Jacumã da coligação do ex-prefeito Aluísio Régis. Estamos no aguardo para publicar o vencedor da disputa. 
Matéria de Ana Maria Gomes e foto do portal Conde News

Secretário de Estado entrega cargo após suposta agressão a namorada de 17 anos

O radialista Célio Alves não é mais secretário-executivo da Comunicação Institucional da Paraíba. Ele entrou o cargo nesta sexta-feira (21) após vídeos divulgados nas redes sociais denunciarem uma suposta agressão envolvendo uma adolescente de 17 anos, que seria namorada dele. Em postagem em sua conta do Facebook, ele se disse vitima de uma “trama” política para denegrir a imagem dele.

Em trecho da nota, Célio informa que a decisão é irrevogável, pois precisará de tempo para se dedicar a sua defesa no caso. “Em razão da escancarada exploração política da trama arquitetada contra mim, e para ter o tempo dedicado à cobrança da rigorosa apuração de tudo”.

Célio informa ainda que no dia 18 deste mês fez o registro policial do fato que teria ocorrido no dia 12 no mesmo mês. Em outro trecho da nota ele informa que o governador Ricardo Coutinho já foi comunicado da decisão. “comuniquei ao governador Ricardo Coutinho, na manhã desta sexta (21), minha irrevogável decisão de me afastar do cargo de secretário-executivo da Comunicação Institucional da Paraíba, que até então ocupei com afinco e probidade”.

Por fim agradece a confiança do governador de nomeá-lo par ao cargo e arremata. “É hora de lutar pelo prevalecimento da verdade, preservando meu nome e buscando reparação cível e criminal, na Justiça, contra os que a trama engendraram e os que a propagam”. Matéria e foto do portal Correio

Motorista de alternativo é morto a tiros na feira do Grotão

Um homem foi assassinado a tiros na noite dessa quinta-feira (20) no bairro do Grotão, em João Pessoa. Segundo o delegado Bruno Germano, a vítima bebia com amigos em uma feirinha quando dois homens se aproximaram a pé e efetuaram os disparos, por volta das 22h. Em seguida, eles fugiram em um carro que os esperava na esquina de onde ocorreu o crime.

Ainda conforme a autoridade policial, o homem assassinado trabalhava como motorista de veículo alternativo para transporte de pessoas. Segundo Bruno Germano, a vítima não tinha antecedentes criminais, nem há indícios que ele tinha envolvimento com tráfico de drogas ou outras atividades ilícitas.
Por essa razão, as motivações do crime e possível autoria permaneciam um mistério para a polícia até a publicação desta matéria. O caso será investigado pela Polícia Civil. Matéria do Portal Correio

Chuva de 20 minutos faz desabar teto de escola e lona de circo no Sertão



Uma chuva de cerca de 20 minutos causou estragos na cidade de Bonito de Santa Fé, no Sertão paraibano. De acordo com a Polícia Militar, o teto de uma escola, de um posto de combustíveis e a armação de um circo desbaram por causa do temporal na quinta-feira (20).
Segundo o sargento Francisco Barros, a chuva foi rápida. "Começou por volta das 17h. Fazia muito tempo que tinha chovido. Foi muito forte e acabou causando esses estragos. Algumas casas também perderam o teto. Sorte que ninguém se machucou".
O Corpo de Bombeiros de Cajazeiras, que é responsável pela área Bonito de Santa Fé, não registrou nenhum ocorrência. Devido à queda do teto, a direção da escola suspendeu as aulas nesta sexta-feira (21).
De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), foram registrados 17 milímetros de chuva e a causa do temporal foi ocasionado na pela atuação de vórtice ciclônico de altos níveis. O órgão ainda prevê mais chuvas nesta sexta-feira. Matéria e fotos do G1Pb

Dnit instala lombada na BR-230 na PB após protestos


Após protestos devido ao atropelamento que causou a morte do garçom Marcelo da Silva, uma lombada física foi instalada na quinta-feira (20) nas proximidades do km 3,8 da BR-230, em Cabedelo, na Grande João Pessoa. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o redutor de velocidade é uma medida emergencial para reduzir acidentes no local. A lombada foi colocada nos dois sentidos da rodovia.
O acidente que deixou o garçom de 20 anos morto foi registrado no início da noite de segunda-feira (17), no km 3,8 da rodovia federal. Segundo testemunhas informaram à Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro de luxo envolvido no acidente seguia em alta velocidade, acima dos 80km/h permitidos como limite na rodovia federal. Marcelo da Silva foi arremessado, não resistiu ao impacto e morreu no local.
Em nota, o Dnit havia informado que um processo de licitação está aberto com objetivo de promover reformas e melhorias no trecho urbano da BR-230 na região da Grande João Pessoa. Na adequação de capacidade estão previstas a criação da terceira faixa, construção de viadutos e passarelas, criação de novos acessos e instalação de uma ciclovia.
Um estudo deve ser feito pelo órgão para avaliar a possibilidade de novas barreiras eletrônicas na rodovia. O objetivo das adequações é diminuir a letalidade do trecho. Ainda de acordo com o Dnit, não foi informado um prazo para que todo o processo seja concluído e as obras mais contundentes sejam iniciadas.
Matéria do G1PB

Bandidos se passam por clientes e assaltam clínica em J.P

Funcionários e clientes de uma clínica médica foram vítimas de um assalto na manhã desta sexta-feira (21) no Centro de João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, os dois assaltantes teriam se passado por clientes antes de anunciar o assalto.
O caso foi registrado por volta das 8h10 (horário local), na Avenida Camilo de Holanda. Uma cliente do estabelecimento, que preferiu não se identificar, contou como aconteceu a ação. “Quando eu cheguei tinha pouca gente no local. Peguei a ficha e em menos de cinco minutos, eles levantaram e começou a abordagem”, disse a vítima.

Segundo a mulher, um dos assaltantes estava armado e rendeu primeiro o vigilante, tomando a arma dele e entregando para o outro assaltante. “Em seguida eles pediram para todo mundo entregar os celulares, ameaçando com as armas. Depois eles levaram a gente para uma sala nos fundos da clínica e disseram para que ninguém se levantasse. Ainda chegaram a tomar um malote de uma funcionária antes de fugir”, completou.
De acordo com a Polícia Militar, a pessoa que acionou os policiais contou que os homens entraram na clínica, se passaram por clientes, pegaram fichas para aguardar o atendimento e esperaram que mais clientes chegassem, antes de anunciar o assalto. A polícia realizou rondas pela região, mas até as 11h10, ninguém foi preso.