quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Acusados de matar menino em Sumé, aguardam julgamento


Os quatro acusados de terem envolvimento na morte do menino Éverton Siqueira, encontrado morto em Sumé, no Cariri da Paraíba, quando tinha cinco anos, ainda guardam julgamento. Foram denunciados a mãe da criança, o padrasto, um amigo da família e um homem apresentado como pai de santo. O Ministério Público da Paraíba afirma que o menino foi usado em um ritual. O crime completa um ano nesta quinta-feira (13).
O menino foi achado no dia 13 de outubro por moradores. O sangue da criança foi retirado, de acordo com o resultado da perícia. Segundo o inquérito da Polícia Civil, ele foi assassinado na madrugada do dia 11 de outubro próximo a um boqueirão na Zona Rural horas após a desaparecer.
De acordo com informações do cartório da Vara Única da Comarca de Sumé, as alegações finais da promotoria e dos defensores públicos dos acusados já foram entregues. O processo agora aguarda sentença de pronúncia da juíza Giovanna Lisboa e logo em seguida os quatro vão a júri popular. Ainda não há data definida.
Uma audiência de instrução foi realizada no dia 18 de maio pela juíza responsável pelo processo à épova, Michelini Jatobá.  Após isso, novas diligência foram feitas. Atualmente, o suposto pai de santo está preso em um presídio de Catolé do Rocha, o padrasto e o amigo da família no Complexo Prisional de Jacarapé, o PB1, e a mãe de Éverton na Penitenciária de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão, ambos em João Pessoa.
Acusação
O promotor do caso até a conclusão das alegações finais do MP foi Pedro Alves da Nóbrega. Para ele, não há dúvidas que os quatro participaram da morte da criança. Eles são acusados dos crimes de morte por motivo torpe, crime cruel praticado mediante tortura, impossibilidade de defesa da vítima, ocultação e destruição de cadáver, humilhação a cadáver e associação criminosa. Segundo ele, há provas contundentes e participação material.
"Eu considero a mãe a pior que tem entre os acusados. Ela colheu o sangue do menino durante todo o ritual. A criança foi usada e morta de forma cruel. Foi um crime horroroso. A pena para eles vai ser muito alta. Perto de 30 anos para cada, dependendo da dosagem que será utilizada", disse Pedro Alves da Nóbrega. O atual promotor é Diogo D'arolla, que preferiu não se pronunciar.

Mais crimes
O padrasto da criança que está preso é suspeito de outros crimes, segundo a polícia. Ele teria cometido um latrocínio no ano de 2007 na cidade de Rio Tinto e depois fugiu da cadeia pública do município. Anos depois morou em Areia, no Brejo paraibano, e também é suspeito de agredir uma ex-companheira.
Depoimento da mãe
A mãe da criança prestou depoimento à policia no dia 16 de outubro e teria assumido que presenciou a morte do menino. Segundo a polícia, a mãe teria confessado a participação no assassinato durante depoimento dado depois que soube da confissão de um outro suspeito do crime. Ela ainda teria admitido que a irmã da criança, que tem sete anos de idade, também seria morta.
Ainda segundo a polícia, a mãe contou que os suspeitos riram durante a ação. Ela teria falado também que o menino 'ciscava' enquanto era esfaqueado. “Um homem o agarrou pelas costas e o padastro o golpeou de faca", disse em depoimento.
Sangue da criança
Segundo o delegado Paulo Ênio, “durante o depoimento, a mãe afirmou que suspeitava que o sangue do menino iria ser oferecido e não bebido".
"Este homem que confessou tudo, o padrasto, a mãe e o vizinho que está preso pegaram a criança e levaram ela até um riacho, onde fizeram todo o ritual de sacrifício. O menino foi banhado e, usando uma faca de seis polegadas, o padrasto abriu o tórax da criança. O que leva a crer que foi um ritual de magia negra é que o pênis da vítima foi decepado", explicou o delegado Paulo Ênio.
Morto era inocente
O delegado ainda esclareceu que um homem com problemas mentais, que era apontado como um dos suspeitos, não tinha envolvimento com o caso e era inocente. Ele foi preso e morto dentro do presidio pelo padrasto do menino.

"O padrasto mentiu em seu depoimento quando disse que viu o deficiente mental próximo ao corpo da criança no matagal. O padrasto queria colocar a culpa neste homem, mas quando viu que a versão deles estava caindo por terra, resolveu estrangular ele dentro da cela", contou.

IBGE aponta numeros alarmantes de pessoas sem empregos no país


No segundo trimestre deste ano, a força de trabalho existente no país, formada por ocupados e desocupados, somava 102,4 milhões de pessoas. Desse total, 90,8 milhões estavam empregadas e 11,6 milhões, desempregadas.
Já a população fora da força de trabalho, ou seja, que não estava trabalhando nem procurando emprego, chegava a 63,9 milhões de pessoas no segundo trimestre: sendo 57,7 milhões fora da força de trabalho potencial, mais 6,2 milhões que integravam a força de trabalho potencial (pessoas que gostariam de trabalhar, mas não procuraram trabalho, ou que procuraram mas não estavam disponíveis para trabalhar).
O IBGE explica que, ao somar os 11,6 milhões de desocupados mais os 6,2 milhões da força de trabalho potencial, o total chega a 17,8 milhões, o que representava 10,7% do contingente total de 166,3 milhões de pessoas em idade de trabalhar. Esse é o maior percentual da série, que teve início em 2012.
Os dados fazem parte de um novo conjunto de indicadores sobre estatísticas de trabalho resultantes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua). A  mudança tem como objetivo seguir recomendações internacionais da Organização Internacional do Trabalho (OIT).
No segundo trimestre, a taxa da força de trabalho potencial atingiu 16,4%.
Insuficiência de horas
De acordo com o IBGE, dentro dos 90,8 milhões de pessoas ocupadas, há um grupo considerado "subocupados por insuficiência de horas trabalhadas" - são pessoas que estão ocupadas, mas têm uma jornada menor do que 40 horas semanais. Essa fatia chegou a 4,8 milhões de pessoas no segundo trimestre.
Dessa forma, a soma de desocupados com subocupados por insuficiência de horas totalizava 16,4 milhões de pessoas, ou 9,9% do contingente total de pessoas em idade de trabalhar.

O país em crise e o presidente Michel Temer viaja pela 4ª vez para o exterior.

Desde 31 de agosto, quando assumiu como presidente, em razão do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, Temer já viajou á China, onde participou da cúpula do G20; aos Estados Unidos, para a Assembleia geral da ONU; e, em uma viagem relâmpago de um dia, á Argentina e ao Paraguai, para se reunir com os presidentes dos dois países.
O presidente da República, Michel Temer, fará nesta semana sua quarta viagem internacional desde que assumiu o cargo e embarcará, na madrugada desta sexta-feira (14), para Goa (Índia), onde participará, nos dias 15 e 16, da cúpula do Brics, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.
Pela programação, informada pela assessoria de imprensa da Presidência, além da cúpula do Brics nos dias 15 e 16, Temer se reunirá, no dia 17, com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi.
Mesmo ainda sem confirmação oficial, a Secretaria de Imprensa já informou que há a previsão de a primeira-dama, Marcela Temer, compor a delegação brasileira.
Além de Temer e Marcela, a comitiva brasileira deverá ser composta pelos ministros José Serra (Relações Exteriores), Henrique Meirelles (Fazenda) e Marcos Pereira (Indústria, Comércio Exterior e Serviços) e pelo secretário do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), Moreira Franco.

Brics

A VIII Cúpula do Brics está marcada para os dias 15 e 16, em Goa, no oeste da Índia. A previsão é que o presidente Temer chegue ao país na manhã de sábado para participar, já no período da tarde, do Fórum de Diálogo Índia, Brasil e África do Sul (Ibas).
No domingo, o presidente dedicará a agenda aos encontros da cúpula, que terá como objetivos neste ano "institucionalização do bloco"; "implementação de decisões de encontros anteriores"; "integração entre mecanismos existentes"; "inovação de acordos"; e "continuidade de atos".

Fãs ficam revoltados com a cantora Anita e atiram latas na cantora

Anita pagou caro ao decidir terminar um show após cantar apenas três músicas em Cabo Frio, no Rio de Janeiro.
A cantora levou um banho de bebida atirada pelo público, que ficou revoltado com o fim prematuro da apresentação na madrugada desta quarta-feira (12).
Um fã que estava no local registrou o momento do ataque contra Anitta e logo as imagens começaram a circular pelas redes sociais.
"Infelizmente eu tenho outro compromisso e as pessoas aqui não respeitaram", disse a artista ao classificar a atitude do público como "falta de respeito" e deixar o palco.

Segundo a equipe da cantora, a organização do evento atrasou o show em uma hora e a apresentação precisou ser mais curta porque a artista tinha um compromisso agendado para a manhã desta quarta em São Paulo.
Os organizadores admitiram que os fãs jogaram latas e tentaram evitar que Anitta deixasse o local. Sobre o atraso no show, que começou às 3h58, os responsáveis pelo evento disseram que estava acordado que a cantora deveria iniciar a apresentação entre 3h e 3h30. 
Além de Anitta, o evento contou com o cantor Belo, o Grupo Tá na Mente e MC Nandinho e MC Nego Bam. Nas redes sociais, a maioria dos internautas saiu em defesa de Anitta.

Pagamento de boletos vencidos prazo é estendido até sexta


O prazo para pagamentos de boletos vencidos durante a greve dos bancários foi estendido até a sexta-feira (14). De acordo com a Prefeitura de João Pessoa, o motivo é que a Secretaria da Receita Municipal (Serem) estendeu o prazo aos pessoenses que não conseguiram quitar os débitos com os cofres municipais em virtude da greve dos bancários.
De acordo com a portaria publicada pela Serem, podem ser pagos até a próxima sexta-feira todos os títulos vencidos, como Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Taxa de Coleta de Resíduos (TCR), Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS), entre outras cobranças referentes aos tributos e demais receitas devidas ao município sem nenhum acréscimo de juros.
“O contribuinte que estiver com seu boleto vencido pode efetuar o pagamento em qualquer agência do Banco do Brasil sem nenhum acréscimo. Já se a pessoa perdeu ou teve o documento danificado, pode requerer um novo título em qualquer um dos nossos postos de atendimento”, explicou o secretário da Receita Municipal, Adnilson de Oliveira.
Quem preferir a emissão da segunda via nos postos de atendimento da Prefeitura, deve procurar os locais no horário das 8h às 14h.

Bandidos fortementes amardos intimida PM durante assalto a Correios no agreste da Paraíba

PMs de Serra Redonda, Agreste paraibano, a 89 km de João Pessoa, foram intimidados por assaltantes na madrugada desta quinta-feira (13). O grupo chegou à cidade por volta das 2h para ataque a uma agência dos Correios e efetuou vários disparos contra o destacamento de polícia.

Apenas dois policiais estavam de plantão e não ficaram feridos, mas também não tiveram como reagir. A polícia acredita que pelo menos 10 criminosos tenham participado da ação. As informações são do sargento Ramos, da Polícia Militar em Ingá. Segundo ele, um dos policiais que ficou acuado informou ter visto que os bandidos usaram três carros e três motos na ação.
Os criminosos fugiram levando o cofre da agência. O valor armazenado no equipamento não foi divulgado. “Na saída da cidade, o bando ainda espalhou grampos para dificultar as buscas. Mas equipes de Serra Redonda e Itabaiana seguem empenhadas em localizar esses suspeitos”, contou o sargento, ao Portal Correio.
De acordo com o Sindicato dos Bancários na Paraíba, este é o 82º ataque à instituição financeira registrado neste ano.

Leilão: Energisa leiloa carros, motos e ate caminhões lances a partir de R$ 300

A Energisa colocou em leilão eletrônico 276 lotes de carros, caminhões, motos e carrocerias. Os itens têm lances que variam entre R$ 300 e R$ 43 mil e estão localizados em João Pessoa, Campina Grande, Patos, Aracaju, Cataguases, Cuiabá, Bragança Paulista, Presidente Prudente, Catanduva e Guarapuara.
Os destaques para o leilão são um caminhão guindaste, com lance inicial de R$ 43 mil; um caminhão cesto aéreo com lance inicial de R$ 40,5 mil; uma caminhonete com lance inicial de R$ 26,5 mil; além de motos com lances iniciais de R$ 1,8 mil.

O pregão está disponível e os lances podem ser efetuados até as 11h do dia 17 deste mês, através do Superbid.

Também é possível realizar os lances pessoalmente na sede da companhia, em São Paulo, localizada na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, número 105, Edifício Berrini One – 4° Andar. Mais informações podem ser adquiridas no telefone (11) 4950-9400.

Polícia apreende 18 quilos de drogas enterradas dentro de tonel

    Políciais militares da Força Tática do 7º Batalhão aprenderam, neste domingo (22), aproximadamente 18 kg de uma substância se...