sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Ricardo Barbosa reclama de omissão da AL sobre problema do desabastecimento de combustíveis na PB


Ricardo Barbosa 2O deputado estadual, Ricardo Barbosa, comentou em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação que a Assembleia Legislativa deve se reunir para tratar do desabastecimento de combustíveis na Paraíba e da possibilidade da retirada da tancagem do Porto de Cabedelo.
Para Barbosa, o motivo do esvaziamento no plenário hoje que definiria a comissão de recesso, se deveu ao “período de luto oficial”, devido a morte do ex-deputado e ex-presidente da Assembleia, Valdez dos Santos Lima. “Não saiu nenhum comunicado oficial, do meu conhecimento, deste luto, mas talvez tenha sido o motivo da ausência dos deputados”, explicou.

Ricardo explicou que tentou tratar com o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), para que seja marcada uma sessão extraordinária com os deputados para tratar do desabastecimento de combustíveis em todo o Estado. “Este assunto carece de posicionamento”, afirmou lembrando que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Porto de Cabedelo e da Petrobras.

“Nos reunimos ano passado por volta de novembro e vou propor a Galdino que encontremos uma brecha no regimento interno para convocarmos extraordinariamente a Assembleia para que urgentemente essa casa possa se posicionar em função deste grave problema não é aceitável que a Paraíba vivendo um problema dessa gravidade, a Assembleia fique omissa”, disse.

Para Barbosa, os deputados precisam se reunir a exemplo do Ministério Público nesta terça-feira (5) e do governador Ricardo Coutinho (PSB), que está em reunião para tratar dessa questão.

“A Assembleia precisa se posicionar, ir para a vanguarda desta luta, a população não pode ficar a mercê deste desabastecimento. A Petrobras esteja desativando, e nos parece que é isso, o suprimento de combustível do Porto é por demais grave, o governador tem uma relação muito próxima e parceira com Dilma, temos que solicitar... sugeri ao governador que vá à presidenta, ao presidente da

Petrobras, para evitar esse traslado, esse desvio de abastecimento via Porto de Cabedelo para Suape que parece que este é o cerne do problema”, concluiu.

Marília Domingues

Polícia detém suspeitos de roubo a correspondente bancário em Paulista


Policiais do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM) detiveram, na manhã desta quinta-feira (7), Rafael Araújo da Silva, de 25 anos, e um adolescente de 17 anos, suspeitos de roubo a um correspondente bancário no município de Paulista. Com os dois, foi apreendida uma pistola e munições.

Os suspeitos deixaram a motocicleta em que chegaram escondida na mata e seguiram a pé para o correspondente bancário, onde chegaram por volta das 7h30, antes da abertura do estabelecimento, surpreenderam os funcionários e roubaram o dinheiro do caixa. Na fuga, roubaram outra motocicleta e seguiram em direção às proximidades da mata.

A Polícia Militar saiu em perseguição aos suspeitos. Durante a perseguição, os dois caíram do veículo e entraram na mata, seguindo até a rodovia que liga os municípios de Pombal e Paulista, onde pegaram um carro alternativo. Os suspeitos continuaram a fuga, mas foram interceptados pelos policiais militares, que detiveram os dois e recuperaram o dinheiro roubado.

Com os suspeitos foram encontrados também a pistola calibre 7.65, utilizada no roubo, e 22 munições, a motocicleta roubada após o assalto e a motocicleta em que chegaram, que também era roubada.

De acordo com os policiais que realizaram a ação, foi constatado que Rafael Araújo da Silva já respondeu por tráfico de drogas no estado da Bahia e se encontrava em livramento condicional. Os suspeitos foram conduzidos à delegacia responsável pela área.
Secom-PB

Maranhão diz que candidato do PMDB em Bayeux será definido por pesquisa


O presidente do Diretório Estadual do PMDB na Paraíba, senador José Maranhão, reafirmou nesta quinta-feira 7, que o critério de escolha do candidato do partido a prefeito de Bayeux será a pesquisa interna. Ou seja, quem estiver em melhores condições no momento da definição, será o escolhido.


De acordo com Maranhão esse é o critério que tem sido usado há muito tempo no partido, por ser o mais justo. “Há muito tempo optamos por esse mecanismo, por ser o mais justo, já que o nome que tiver melhor colocado na pesquisa, ou seja, que tiver maiores chances de vencer a eleição, é o escolhido”.


Para o senador, cabe aos interessados em disputar o cargo de prefeito da querida Bayeux trabalharem para viabilizarem seus nomes.
Assessoria 

Assaltos: Onda de violência pode levar CBTU a suspender tráfego de trens no bairro de Mandacaru

A onda de violência em Mandacaru, em João Pessoa, pode levar a Companhia de Trens Urbanos, (CBTU) a suspender o tráfego de trens no bairro. O alerta foi dado na tarde desta quinta-feira (7) por um representante do Sindicato dos Ferroviários que pediu para não se identificado temendo sofrer represálias por parte dos bandidos. “Eles, (os bandidos) conhecem todos os funcionários da CBTU e a gente teme pela nossa vida porque constantemente recebemos ameaças deles”, disse o sindicalista.

De acordo com ele, desde 2013 que o problema de insegurança com a onda de assaltos no estilo arrastão acontece dentro dos vagões. Depois de uma audiência com o Ministério Público a situação foi controlada, mas agora voltou acontecer.

O último assalto aconteceu nesta quinta-feira (7) quando um vigilante da CBTU foi agredido fisicamente por bandidos durante um assalto. De acordo com o sindicalista, os assaltantes aproveitam o momento em que acontece um atraso no cruzamento das locomotivas para agir. “Eles chegam a ameaçar de morte os passageiros e os funcionários da CBTU que ligarem para a polícia informando sobre os assaltos”, disse.

Por causa do assalto ocorrido na tarde desta quinta-feira (7), a estação de Mandacaru está sem nenhum funcionário da CBTU e os trens estão parando apenas para embarque e desembarque “e se a situação não for resolvida os trens poderão deixar de trafegar pela área”, alertou o sindicalista.

O Tenente Gama, subcomandante da Unidade de Polícia Solidária (UPS) de Mandacaru disse que todas as vezes que o trem passa e feita a ronda exterior. “ Quanto às abordagens dentro da locomotiva esse trabalho é de competência da segurança da CBTU, mas se formos autorizados a entrar nos trens, faremos o mesmo trabalho preventivo que é feito na parte externa da estação”, disse o comandante.
Redação

Petrobras e MPPB garantem que crise da gasolina na PB acaba nesta sexta-feira


Navio vai trazer mais 14 toneladas de combustíveisA crise de abastecimento de combustíveis nas Paraíba deve acabar nesta sexta-feira (8) após uma reunião nesta quinta (7) entre a Gerência de Distribuição da Petrobras e os gerentes de terminais do Porto de Cabedelo. Os órgãos assumiram o compromisso de trabalhar ininterruptamente para garantir o transporte do combustível do navio com 14 mil toneladas que chega nesta sexta à Paraíba.


Também nesta quinta, o procurador-geral de Justiça, Bertrand de Araújo Asfora, recebeu do procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, o documento da Petrobras se comprometendo a continuar atendendo aos pedidos de combustível das distribuidoras do porto.

Glauberto Bezerra acrescentou que a descarga do combustível do navio deve ocorrer no fim de semana. Ele informou ainda que o gerente de Abastecimento da Petrobras do Nordeste, João Braga, assegurou que outro navio já está sendo carregado para transportar combustível ao Porto de Cabedelo, cujo cronograma será encaminhado ao MP-Procon.

O promotor informou ainda que, mesmo tendo sido resolvido o problema da crise, o MP-Procon vai continuar investigando para verificar o dano moral coletivo causado pelo desabastecimento que foi reconhecido pela Petrobrás, além da questão da aplicação de multa. Outro ponto destacado pelo diretor do MP-Procon é a apuração da omissão da Agência Nacional do Petróleo (ANP) quanto ao problema.

Chefes e auditora do Detran-PB são presos suspeitos de fraudes no órgão


Central de Polícia em João PessoaServidores do Departamento (Detran-PB) foram presos, na madrugada desta quinta-feira (7), suspeitos de participar de uma organização criminosa responsável por fraudes em processos realizados no órgão. Entre os suspeitos, estão dois servidores que ocupam cargos de chefia e uma auditora de processos. A operação que desmantelou a quadrilha foi deflagrada por volta das 3h, pela Polícia Civil e Corregedoria do Detran. Foram cumpridos mandados judiciais em João Pessoa e Santa Rita.


De acordo com o delegado Luis Eduardo, a organização criminosa foi descoberta a partir da prisão de Alexandre Batista, ocorrida há três meses. Ele é marido de uma ex-funcionária do Detran e foi apontado como autor do furto de um veículo.

Homem suspeito de estuprar crianças é morto em rebelião de presídio na Cidade de Patos


PM conteve à rebeliãoUm homem, 53 anos, que estava preso sob a acusação de estuprar duas crianças, 3 e 6 anos, foi assassinado na manhã desta quinta-feira (7), durante uma rebelião no Presídio Romero Nóbrega, na cidade de Patos, no Sertão do estado.

Segundo o major Sérgio Fonseca, chefe do Sistema Penitenciário da Paraíba, o detento assassinado chegou na unidade nessa quarta-feira (6). “Ele estava preso suspeito de estuprar duas meninas. Quando apenado chegou na unidade, os presos não se manifestaram, conforme informou à direção. Hoje (7), durante o banho de sol, os presos assassinaram o detento”, disse.

Ainda de acordo com o major, os presos atearam fogo em colchões. A rebelião foi controlada com a chegada das forças de segurança. “Acreditamos que os presos incendiaram os colchões para dificultar a autoria do assassinato. Entretanto, a inteligência do sistema penitenciário já está trabalhando para identificar a autoria”, avisou.

Viaturas do Samu, Corpo de Bombeiros e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) estiveram no presídio. Até as 09h40, o corpo do apenado ainda estava dentro do presídio à espera da perícia da Polícia Civil.

Cajazeiras tem maior índice de chuvas e Aesa apura se houve granizo no Seridó



Granizo teria caído na Zona Rural de JuazeirinhoAs chuvas registradas no fim da tarde e na noite dessa quarta-feira (6) contribuíram para o registro de até 129,8 milímetros (mm) de precipitações em Cajazeiras, no Sertão paraibano, a 485 km de João Pessoa, e uma possível queda de granizo na Zona Rural do município de Juazeirinho, no Cariri paraibano, a 223 km de Capital. O caso do granizo ainda é investigado pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). Veja vídeo e fotos abaixo.

A Aesa informou que outros municípios também registraram bons índices de chuvas*, como Coremas, com 111,5 mm; Piancó, com 96,7 mm; Aparecida, com 84,7 mm; São José da Lagoa Tapada, com 78,8 mm; Vieirópolis, com 77 mm; Emas, com 76,2 mm; Cacimba de Areia, com 73 mm; Ouro Velho, com 70 mm; São Francisco, com 60,6 mm; e Lagoa, com 60 mm.

Em Juazeirinho, que teve 62 mm de chuva, a população relatou que houve chuva de granizo em sítios da Zona Rural.

“A chuva durou pouco mais de uma hora e foi com bastante intensidade. Ficamos sabendo que houve granizo em um sítio que fica próximo aqui da cidade”, disse a vendedora Natália Daiane.

A também vendedora Julianne Costa relatou que amigos que moram em três sítios da Zona Rural de Juazeirinho perceberam barulhos nos telhados e pedras de gelo que caiam dentro de casa.

"Uma amiga minha tirou fotos das pedrinhas que caíram e chegaram a passar por brechas no telhado. Ela relatou que a chuva de granizo durou um bom tempo e o barulho das pedras caindo era forte. Ficamos sabendo que, ao menos, três sítios registraram granizo aqui no município", contou Julianne.

A Aesa não confirmou se houve chuva de granizo, mas adiantou que o fenômeno deve ter ocorrido, já que o tipo de nuvens que ficaram sobre a região durante a chuva é ideal para formação do granizo.

“É bem provável que tenha ocorrido o granizo, já que o tipo de nuvem que se formou no momento da chuva é típico para gerar chuvas de granizo. Estamos investigando. Não é frequente o fenômeno, mas é em início de período chuvoso que isso acontece”, informou a meteorologista da Aesa Carmen Becker.

* O índice de chuva ou pluviométrico é medido em milímetros e obtido por meio da soma da quantidade de chuva, neve ou granizo em determinado local, dentro de um espaço de tempo. Para medir o índice de chuva, a Aesa usa um instrumento chamado de de pluviômetro.