quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Suspeitos de roubar R$ 3 milhões em joias de loja no Pará são presos na Paraíba

Quinta-feira 10/12/215 Blog Da Rádio J.A
GOEQuatro pessoas foram presas, na manhã desta quarta-feira (9), nos municípios de Cabedelo e Campina Grande, suspeitas de participação no roubo de uma joalheria no estado do Pará. O crime aconteceu dentro de um shopping e os bandidos teriam levado joias, que, juntas, somavam os valores de R$ 3 milhões.

A prisão dos suspeitos foi realizada através de uma operação conjunta da Polícia Civil da Paraíba e da Polícia Civil do Pará.

Segundo o delegado Allan Terruel, titular do Grupo de Operações Especiais (GOE), três bandidos foram reconhecidos com a utilização das câmeras de segurança da loja e uma mulher foi presa por receptação das joias furtadas.

“Essas pessoas são suspeitas de envolvimento no furto da joalheria, no qual foram levadas joias avaliadas em milhões. Imagens do circuito interno do estabelecimento ajudaram na identificação dos responsáveis pelo crime. Com um dos suspeitos, foi encontrado um cordão de ouro e com uma mulher um cordão e um anel”, contou o delegado.

Ainda segundo o delegado Allan Terruel, há indícios de que o grupo esteja envolvido em crimes do mesmo tipo registrados nos estados do Piauí e Rio Grande do Norte.

Os presos foram encaminhados à sede GOE, em João Pessoa e, posteriormente, devem ser enviados para o estado do Pará.

Justiça autoriza quebra sigilos de filho de Lula e do ex-ministro Gilberto Carvalho

Quinta-feira 10/12/215 Blog Da Rádio J.A

A LFT, de Luis Cláudio, teria recebido R$ 1,5 mi de lobistaA Justiça Federal do Distrito Federal autorizou a quebra dos sigilos bancário e fiscal, desde 2009, de Luis Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e do ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República Gilberto Carvalho no âmbito da Operação Zelotes da Polícia Federal.

O sigilo da LFT Marketing Esportivo, de propriedade do filho de Lula, também foi quebrado. A decisão, que atende a um pedido do MPF (Ministério Público Federal), é do último dia 20 de novembro.

Em nota, o escritório Teixeira, Martins Advogados, que defende o filho do ex-presidente Lula, informou que os dados de Luis Cláudio "já foram analisados pelas autoridades" em inquérito, "que já se encontra encerrado e que não atribuiu a ele a prática de ato ilícito" (leia a nota completa na íntegra logo abaixo).

Esta não foi a primeira vez que o filho de Lula foi alvo da Justiça Federal. Em outubro, a Justiça Federal do Distrito Federal acatou o pedido da Receita Federal e quebrou o sigilo do material apreendido em empresas do filho do ex-presidente Lula.

Em nota, a juíza Célia Regina Ody Bernardes, da 10ª Vara Federal do DF, lembrou que autorizou o pedido de busca e apreensão nas empresas LFT Marketing Esportivo, Touchdown Promoção de Eventos Esportivos e Silva e Cassaro Corretora de Seguros. Em seguida, ressaltou a quebra do sigilo do material apreendido.

“Em relação a todo o material apreendido no dia 26/10/15, determinei o afastamento do sigilo fiscal, bancário e sobre o fluxo de comunicações e de dados em sistemas de informática e telemática de todo o material apreendido, de maneira que a Polícia Federal possa examinar computadores e mídias, e, se for o caso, sujeitá-los à perícia. Portanto, afastei os sigilos de tudo quanto tiver sido apreendido, inclusive nas três empresas acima referidas”, disse a magistrada.

A juiza disse que a decisão facilita o trabalho de investigação da Polícia Federal, que cumpriu os mandados em São Paulo, na última segunda-feira (26).

Relembre o caso

A 3ª fase da Operação Zelotes da PF investiga a atuação de lobistas para ‘comprar’ medidas provisórias que beneficiaram o setor automotivo. A LFT teria recebido cerca de R$ 1,5 milhão de Mauro Marcondes, um dos lobistas presos pela suspeita de negociar a edição e aprovação da MP 471 durante o governo Lula.

Luís Cláudio sustenta que os valores se referem a projetos desenvolvidos para uma empresa de Mauro Marcondes, a Marcondes e Mautoni Empreendimentos, em sua “área de atuação”, o esporte. Mas nunca deu detalhes dos serviços prestados.

Os advogados de Luís Cláudio protocolaram junto ao Tribunal Regional Federal de Brasília uma medida judicial questionando as “manifestas ilegalidades” presentes na decisão que autorizou a busca e apreensão em seu escritório, em São Paulo.

As primeiras fases da Zelotes investigaram a manipulação de julgamentos do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), ligado ao Ministério da Fazenda. A PF estima que foram desviados mais de R$ 19 bilhões.

No entanto, durante o desenrolar das investigações, a polícia e o MPF encontraram indícios sobre a suposta negociação na edição de três medidas provisórias que beneficiaram empresas do setor.

Leia a nota do escritório Teixeira, Martins Advogados na íntegra:

"Nota

Os dados bancários e fiscais de Luís Cláudio Lula da Silva já foram analisados pelas autoridades no âmbito do Inquérito nº 1.424/15, que já se encontra encerrado e que não atribuiu a ele a prática de ato ilícito.

Não há qualquer elemento a justificar nova medida invasiva. É importante registrar que a busca e apreensão nas empresas de Luís Cláudio, autorizada pela 10ª. Vara Criminal de Brasília, foi considerada ilegal pela Desembargadora Neusa Alves, do TRF1, por estar alicerçada apenas em “ilações” de dois membros do Ministério Público Federal.

Assim que tiverem acesso à íntegra da decisão, os advogados de Luís Cláudio tomarão as medidas cabíveis para impugnar a quebra de sigilo, para que ela também seja reconhecida ilegal pela instância superior.

Cristiano Zanin Martins"

Jovem é preso no Sertão da PB e confessa que matou a própria mãe por enforcamento

Quinta-feira 10/12/215 Blog Da Rádio J.A


Um jovem de 28 anos, suspeito pelo assassinato da própria mãe, de 68 anos, na última segunda-feira (7), foi preso no início da tarde desta quarta-feira (9), na Zona Rural da cidade de Paulista, no Sertão da Paraíba, a 410 km de João Pessoa. O crime ocorreu no mesmo município e, ao ser preso, o suspeito chegou a confessar à polícia que foi o autor do homicídio, que teria sido executado por enforcamento.


O jovem detido passou a ser o principal suspeito do homicídio por ter fugido depois da localização do corpo da idosa, no bairro Alto da Boa Vista. Desde então, a polícia iniciou uma série de buscas pela região até encontrá-lo. No momento da prisão, segundo a Polícia Militar, ele confessou que usou um cadarço de sapato para enforcar a mãe. Em seguida, quis voltar atrás e negar a autoria do crime.

Segundo pessoas conhecidas da família, o suspeito é usuário de drogas e as discussões entre ele e a mãe eram constantes, porque ele queria que ela fornecesse dinheiro para suprir o vício. O salário da aposentadoria pode ter sido o motivo da última confusão entre os dois, culminando na morte da vítima.

Ronaldo Gomes, Com Portal Coreio

Aeroclube da Paraíba sofre incêndio em ampla área e presidente faz apelo

Quinta-feira 10/12/215 Blog Da Rádio J.A


Fumaça se espalhou pelas redondezas do AeroclubeO Aeroclube da Paraíba, que dá nome ao bairro onde se localiza, na Zona Leste de João Pessoa, sofreu um incêndio em uma ampla área de vegetação no lado leste da pista utilizada pelas aeronaves, no início da noite desta quarta-feira (9). Em contato com a redação do Portal Correio, o presidente da entidade, Rogério Iazaby Lubambo, revelou o que pode ter causado o fato e fez um apelo para que casos como este não se repitam. Confira abaixo um vídeo da ocorrência gravado por internautas e compartilhado através do aplicativo ‘WhatsApp’.

Segundo o gestor, suspeita-se que apenas uma ‘piola’ de cigarro possa ter causado o incêndio, que se espalhou rapidamente devido ao vento que atinge a área, que é bastante aberta.

“Todo ano isso acontece. A vegetação no entorno da pista é muito seca e rasteira. Qualquer foco de incêndio se espalha rápido. É importante que as pessoas tenham consciência de que não se deve jogar lixo na área do Aeroclube para que isso não ocorra mais”, pediu o presidente.

Lubambo informou que solicitou a presença do Corpo de Bombeiros no local o quanto antes, procurando evitar que as chamas atingissem as instalações do clube. Ao comparecerem ao local, os agentes, com a ajuda de funcionários do estabelecimento, controlaram o fogo sem dificuldade.

De acordo com o presidente, o incêndio não comprometeu as operações normais do Aeroclube e nenhuma área teve que ser isolada. Apesar de ter provocado muita fumaça, o acontecimento não teve registro de pessoas intoxicadas.

Ronaldo Gomes, Com Portal Coreeio

Grávida é ferida a facadas após discussão com idoso de 80 anos, na Paraíba


Quinta-feira 10/12/215 Blog Da Rádio J.A

Crime aconteceu no município de Santa Luzia
Uma mulher grávida foi ferida a facadas, na tarde desta quarta-feira (9), por um idoso de 80 anos de idade. O caso aconteceu no município de Santa Luzia, no Sertão paraibano, a 272 km de João Pessoa.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a Polícia Militar, a agressão teria sido motivada por uma discussão entre a vítima e o suspeito, mas os motivos que levaram a briga ainda não são conhecidos.

Ainda segundo a polícia, a grávida foi socorrida para a maternidade municipal e o estado de saúde não foi divulgado. Até as 17h50, viaturas da PM realizavam rondas na região para tentar encontrar o suspeito.

Prefeita de Conde discute medidas para ampliar a segurança no município

  A prefeita de Conde Márcia Lucena reuniu-se na manhã desta terça-feira (5) com autoridades policiais do Estado para discutir a amp...