terça-feira, 9 de abril de 2013

Prefeita de Conde recebe visita da desembargadora do TJ da PB




Hoje (terça 09.04.13), pela manhã quem esteve no município para ver as instalações do prédio onde funcionará a comarca  foi a desembargadora Maria de Fátima Bezerra,  em entrevista para o jornal da J.A a desembargadora falou que vai facilitar para que outras pessoas que não tem condições de se locomover a cidade vizinha Alhandra. As pessoas serão mais assistidas além de atendimentos do judiciário vamos possibilitar quem precisar de acesso ao judiciário. Essa parceria que a prefeitura da pessoa de Tatiana tem nos proporcionado mostrar que os poderes públicos  tem uma visão muito ampla, estamos para servir a comunidade, nos mulheres temos um olhar sensível. Disse isso se referindo ela e a prefeita Tatiana de Conde.
A prefeita Tatiana Correia em sua entrevista para o nosso jornal mostrou uma mega satisfação de poder, beneficiar pessoas que nem se quer tem uma passagem de ônibus e bem humorada nos disse: “Eu como prefeita juntamente com a desembargadora do TJ não vamos medir esforços para já no próximo mês inaugurar o fórum aqui na sede provisória porque nós temos um só pensamento e somos mulheres guerreiras  gostamos de nos doar pelos mais carentes.” Disse a prefeita.
 O terreno onde será construído o furúm fica na Rua Projetada Loteamento Nossa Senhora da Conceição proximo a serralharia de sr. Expedito em frente ao prédio da Caixa.

Logo após as visitas as comitivas da Prefeita juntamente com a Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, foram participar de um almoço servido na Pousada Aruanã em Carapibus litoral Sul do estado. 
Quem estava juntos a prefeita e a desembargadora,além dos secretáriados e coordenadores do municipio foramos os 11 vereadores.   

Juiz visita as instalações do forúm de Conde


prefeita Tatiana ao lado do Juiz Reinaldo camisa branca


                       Início de semana proveitoso para a prefeita Tatiana Correia
Um fórum cívico e  penal será construído na cidade de Conde segundo o juiz Reinaldo Queiroga que fez questão de vir pessoalmente para conhecer as instalações do fórum na cidade que funcionará provisoriamente  no prédio da casa da cultura( localizado na rua Manoel Alves centro de Conde), enquanto ficará pronto o  prédio definitivo. O juiz visitou também o terreno onde será construído  o prédio do fórum.
                      Na entrevista o reporte Wagner Assunção perguntou ao juiz: Após o fórum pronto virá uma cadeia pública? E o que o Sr acha de termos um batalhão de policia aqui na cidade?
Em resposta o juiz disse: Sim com toda certeza não poderemos funcionar sem uma cadeia pública.  Em dependente do fórum esse batalhão virá, até porque o Conde faz divisa com outro estado, o litoral sul já suporta um batalhão de polícia. Para abranger toda essa localidade turística.

                     A prefeita tem recebido muitos elogios pela iniciativa de trazer o fórum para o município ela falou do orgulho de em tão poucos dias de administração realizar o tão desejado e sonhado órgão estadual. O Conde tem hoje 49 anos de emancipação política, vários outros políticos já passaram por aqui e não conseguiram realizar esse sonho.
                     Estavam no local: A prefeita Tatiana Correia; o Juiz Reinaldo Queiroga; Empresário da Pousada Aruanã Hotom; Ex-vereador e assessor jurídico Marcos Formiga e Chefe de Gabinete da prefeitura Eudes Felix.

                     Aproximadamente 10 anos atrás na gestão do presidente do TJ Marcos Solto Maior foi inaugurado na cidade de Conde um anexo do TJ, mais não teve sucesso. Durou pouco tempo.




TSE diminui 2 deputados federais e 6 estaduais da PB

TSE diminui dois deputados federais e seis estaduais da Paraíba

Além da Paraíba, outros sete Estados perdem parlamentares: Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) votou em sessão na noite desta terça-feira (9) a favor da alteração da composição das bancadas dos Estados na Câmara dos Deputados a partir de 2015. Com isso, a Assembleia Legislativa da Paraíba terá uma redução em um sexto dos deputados estaduais, passando de 36 para 30. Já a representação paraibana na Câmara Federal perde dois deputados federais, passando de 12 para 10.
O único voto contra foi o do ministro Marco Aurélio Mendes de Farias Mello. Os outros ministros - José Antonio Dias Toffoli, Fátima Nancy Andrighi, Laurita Hilário Vaz, Henrique Neves da Silva e Luciana Christina Guimarães Lóssio. A ministra Carmen Lúcia Antunes Rocha foi a presidente da sessão plenária e não votou.
Segundo o ministro Marco Aurélio Mello, a mudança atinge 13 das 27 unidades da federação. A Petição (PET) 95457, da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, pedia a redefinição do número de deputados federais por Unidade da Federação e, como consequência, a adequação da composição das Assembleias Legislativas e da Câmara Distrital.
Além da Paraíba, outros sete Estados perdem parlamentares: Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul; já os que ganham somam cinco Estados: Amazonas, Ceará, Minas Gerais, Pará e Santa Catarina. São Paulo mantém o mesmo número de parlamentares.

O assassino confesso de Fernanda Ellen será encaminhado ao Roger nesta Quarta

O juiz Wolfram da Cunha Ramos decretou no final da tarde desta terça-feira (9) a prisão preventiva do assassino confesso da estudante Fernanda Ellen, Jefferson Luís de Oliveira Soares, 25 anos. Por causa do horário em que o decreto de prisão foi assinado, o acusado, que está preso na sede do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE), foi levado para a Central de Polícia, onde passará a noite. Na quarta (10), ele será levado para o Presídio Desembargador Flósculo da Nóbrega (Róger), onde aguardará julgamento. O decreto de prisão atribui a Jefferson os crimes de latrocínio e ocultação de cadáver.
Á polícia, o acusado disse que estrangulou a estudante Fernanda Ellen, de 11 anos, depois que ela se recusou a lhe dar R$ 20 para comprar pedras de crack.
Segundo relatos do acusado, ele resolveu matá-la para ficar com o aparelho celular, vendê-lo e trocá-lo pela droga e nega que tenha cometido qualquer tipo de estupro. Apesar disso, a polícia não descarta essa hipótese e aguarda o resultado da perícia médica do Instituto de Polícia Científica (IPC), que deve sair em até 15 dias.
Coletiva de imprensa na manhã desta terça-feiraDepois de estrangular a criança, ele teria colocado o corpo de Fernanda embaixo da cama de casal onde dormia e só o enterrou no quintal na madrugada do dia seguinte.
Estes foram os detalhes mais chocantes do crime relatados na entrevista coletiva concedida pelo delegado adjunto do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (Goe), Aldrovilli Grisi, junto com o secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima e o comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, na Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espepe), em Mangabeira, zona sul da Capital, na manhã desta terça-feira (9).
As autoridades informam que ele está à disposição da secretaria estadual de segurança porque ainda será ouvido sobre outros crimes que tenha cometido no passado, como um provável estupro contra uma estudante universitária, em 2010.
Jefferson Luís morava há três anos no endereço onde cometeu o crime, no Alto do Mateus, zona Oeste de João Pessoa, e é pai de duas filhas, uma de 3 outra de 8 anos.