sábado, 9 de março de 2013

Chacina em Jacumã 4 pessoas foram mortos

As vítimas foram identificadas como Jaemerson Ferreira da Silva, 26 anos; Ivânia Tavares Pessoa, 34 anos; além da filha dela, de 16 anos; e a amiga, identificada apenas como Renata 
Uma chacina foi registrada na madrugada deste sábado (9) na praia de Jacumã, no município de Conde, Litoral Sul da Paraíba. De acordo com a polícia, três mulheres e um homem foram executados com vários tiros. A casa onde aconteceu a tragédia fica localizada na rua projetada do Poço. As vítimas foram identificadas como Jaemerson Ferreira da Silva, 26 anos; Ivânia Tavares Pessoa, 34 anos; além da filha dela, de 16 anos; e a amiga, identificada apenas como Renata - que não teve a idade divulgada.

De acordo com informações de testemunhas, Jocelia da Silva e Severino Ferreira da Silva, ambos de 52 anos e naturais de Itapissuma (PE), receberam uma mensagem no celular informando que o irmão dela, identificado como Edvaldo Vicente da Silva - que mora na casa de Jacumã - havia sofrido um acidente de moto e estava em estado grave.

Na madrugada deste sábado, Jocelia e Severino vieram à Paraíba para socorrer o parente. O filho do casal, Jaemerson Ferreira da Silva, e a namorada dele, uma adolescente de 16 anos por nome de Daniela, também vieram prestar socorro a Edvaldo.

Quando os dois casais chegaram à casa de Edvaldo, Jaemerson pulou o muro da casa porque estava silenciosa. Neste momento, quatro homens renderam Jocelia, Severino e a adolescente, os amarraram e os colocaram nos fundos da residência.

"Logo quando estávamos amarrados nos fundos da casa, ouvimos os gritos de Jaemerson e vários tiros vindos de dentro da casa”, informou Jocelia. Severino conseguiu se desamarrar e soltar a esposa e a nora. Assim que entraram na casa, encontraram Jaemerson e a sobrinha de Jocélia, uma adolescente de 16 anos que era filha de Edvaldo e Ivânia, mortos.
VEJA O DEPOIMENTO DA MÃE DE UMA DAS VITIMAS:
 
Ao perceberem que o portão da casa estava aberto e o farol de um carro estava ligado, eles correram em direção à entrada da casa e encontram a esposa de Edvaldo, Ivânia Tavares Pessoa, de 34 anos, gravemente ferida, e a amiga dela - conhecida como Renata - morta. Ivânia ainda chegou a ser socorrida pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.

O Major Lucas informou que o crime pode estar relacionado com o tráfico de drogas, devido a vários esconderijos de drogas e dinheiro na casa. "Esta história está muito complexa e será investigada a fundo pela Polícia Civil. Na casa, foram encontrados vários compartimentos secretos que continham sacos vazios que seriam usados para guardar drogas e dinheiro", revelou.
O que chama a atenção, é o fato de como as vitimas foram mortas, existem muitas contradições e uma moto foi encontrada suja de sangue perto da casa onde ocorreu a chachina. matéria e fotos do jairo silva
VEJA AS FOTOS EXCLUSIVAS:







 

Polícia apreende 18 quilos de drogas enterradas dentro de tonel

    Políciais militares da Força Tática do 7º Batalhão aprenderam, neste domingo (22), aproximadamente 18 kg de uma substância se...