segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

O TRE da PB conclui julgamento sobre o prefeito da cidade de Esperança

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) concluiu nesta segunda-feira (25) o julgamento dos recursos referentes aos registros de candidatura de Nilber Acioli de Almeida, a prefeito, e de José Bronzeado Sobrinho Neto, a vice-prefeito, do município de Esperança, com substituição de candidato por renúncia. Com a decisão, Nilber e seu vice, que obtiveram o segundo lugar nas eleições municipais de 2012, com 49,7% dos votos válidos, devem assumir a prefeitura da localidade,

Na ocasião, a Corte do Tribunal decidiu, por maioria, dando provimento parcial ao recurso para deferir as candidaturas e anular, de ofício, a sentença em relação aos demais pontos. O relator dos processos, Márcio Accioly de Andrade, que vinham sendo julgados em bloco, também votou pelo desprovimento dos mesmos.

Desde o último dia 1º de janeiro, o município de Esperança vem sendo administrado pela presidente da Câmara Municipal, Cristiana Almeida (PSB), em função da decisão da juíza da 19ª Zona Eleitoral, Lua Yamaoka Mariz Maia Pitanga, que indeferiu os registros dos candidatos ao cargo de prefeito, Anderson Monteiro Costa e de Nilber Acioli de Almeida, que disputaram no pleito de 2012.

Relembrando

A eleição em Esperança teve uma reviravolta a menos de 12 horas de realização do pleito municipal de 2012. O prefeito Nobson Almeida (PSB) desistiu da candidatura e apresentou como substituto, o sobrinho Nilber. Ele, no entanto, teve seu registro de candidatura impugnado pela juíza Lua Yamaoka Mariz Maia. A magistrada alegou que o socialista não teria apresentado a documentação necessária dentro do prazo previsto por lei, o que impediria a sua participação no pleito.

Ele tinha como principal concorrente o deputado estadual Arnaldo Monteiro, que por volta das 17h00 do sábado, véspera da eleição, se retirou do pleito e apresentou a candidatura do filho Anderson.

Outro lado

Na ocasião, a situação do opositor, Anderson Monteiro (PSC), que conquistou 50,93% dos votos válidos, também está pendente na Justiça. Ele teve o registro de candidatura impugnado por ter uma condenação transitado em julgado por uma doação considerada ilegal, feita ao pai, Arnaldo Monteiro (PSC). O repasse foi feito durante a campanha eleitoral de 2013, quando Arnaldo foi candidato a deputado estadual.

Ainda existe contra Anderson a aplicação de uma multa não paga de R$ 153,72, e que foi inscrita na dívida ativa da União. A candidatura de Anderson também foi registrada de última hora. Ele substituiu o pai, que também renunciou ao posto de candidato.

Orla na capital ganhará câmeras para o combate de explorações sexual infantil

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, se reuniu na manhã desta segunda-feira (25) com o procurador regional do trabalho, Eduardo Varandas, para discutir medidas de combate a exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo. Para enfrentar a questão, a Prefeitura vai criar o núcleo combate à exploração sexual infantil, que vai incluir diversas secretarias em um projeto permanente de ação.

“Cuidar das nossas crianças e jovens é um dever do Poder Público, por isso será importante ter o Ministério Público do Trabalho como parceiro. Discutimos alternativas e muitas demandas pensadas pelo órgão já vinham sendo conversadas em nosso Governo, que tem dado total atenção ao tema”, afirmou Luciano. “Com a criação deste núcleo poderemos unificar os esforços e elaborar ações e medidas incisivas”, completou. Ele disse ainda que a cidade investe no turismo ecológico, ambiental e da melhor idade, mas nunca no turismo sexual.

Núcleo - O núcleo vai envolver as secretarias municipais do Turismo, do Desenvolvimento Social e das Mulheres, além de outros setores do Governo Municipal. Entre as principais ações pensadas estão a instalação de câmeras na orla da Capital e em avenidas paralelas, a realização de campanhas de combate ao turismo sexual e a criação do selo “Hotel Amigo da Criança”. O projeto prevê a orientação e capacitação dos funcionários da rede hoteleira para impedir o acesso de crianças e adolescentes sem a companhia dos pais ou de responsáveis devidamente identificados.
Orla da Capital também ganhará câmeras de alta resolução para ajudar no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo, principalmente durante a realização das copas das Confederações e do Mundo, que acontecem nas Capitais vizinhas de Recife e Natal.

O procurador Eduardo Varandas afirmou ter saído satisfeito e esperançoso do encontro, que aconteceu no gabinete do prefeito no Paço Municipal. “Se todas as medidas que discutimos forem aplicadas, tenho certeza de que a cidade de João Pessoa vai estar imunizada contra a exploração sexual infantil”, declarou.

Sertanejos paraibanos matam a fome comendo tamanduá

As chuvas que caíram semana passada em praticamente toda Paraíba não foram suficientes para aliviar o sofrimento da maioria dos paraibanos, principalmente os sertanejos. O Padre Djacy Brasileiro, uma voz que clama no Sertão paraibano surpreendeu a todos nesta tarde ao postar no seu Facebook, fotos de um animal que foi abatido e estava sendo despelado em uma comunidade rural.
Nada de anormal se o animal em questão não fosse um tamanduá. Isso mesmo, com o gado morrendo de fome e sede, e com as galinhas ficando cada vez mais escassas, os sertanejos encontraram no tamanduá, uma oportunidade de garantir alimento para suas famílias.
A cena pode parecer grotesca ou selvageria, mas para quem convive com o drama diário da seca, sabe que está cada vez mais difícil garantir alimentação.
A reportagem tentou contato com o padre Djacy por telefone para colher mais informações, mas ele não atendeu e no seu post, não revelou em qual cidade foi registrado o fato.
Na rede social, o padre disse apenas que fazia mais uma de suas peregrinações pelas comunidades rurais do interior da Paraíba, quando se deparou com a cena. Ao indagar as pessoas por que eles estavam fazendo aquilo, a resposta foi seca: “Para comer".

Este homem de boa aparencia esta sendo procurado pela polícia cívil


Cantora Elizama lira e familiares sofrem acidente uma criança filho da cantora morre na hora

Um grave acidente na madrugada deste domingo (24), na PB 095, nas imediações do município de Itatuba, no Agreste paraibano, deixou três evangélicos feridos e uma criança de 3 anos morta. Entre os feridos, está à cantora Elizama Lira.
Segundo informações da Companhia de Polícia Militar de Ingá, a família vinha de um culto realizado na cidade de Pombal, no Sertão do Estado, quando ao trafegar pela rodovia, o motorista do Ford Fiesta identificado como sendo o cabo da PM Severino Antônio Lira Filho perdeu o controle do veículo e caiu em um barranco.
“Acho que ele deve ter cochilado no volante tendo em vista que o policial não bebe porque é evangélico. No carro vinham três pessoas e a criança que, infelizmente, morreu”, comentou um policial militar.
O veículo capotou várias vezes. Unidades do Samu estiveram no local e levaram os feridos para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Porém, Rubens Samuel não resistiu aos ferimentos e morreu. As outras vítimas não correm risco de morte.  Todos são naturais de Itatuba.
Carro envolvido no acidente no Agreste

Vereadores de oposição de Alhandra fazem duras cobranças ao prefeito Renato Mendes

O vereador Edielson Nunes do PMDB da cidade de Alhandra usou da tribuna da casa na noite desta segunda-feira (20.11), cobrando ...