quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Menina de 9 anos deu á luz bebê

Uma criança de nove anos deu à luz bebê de quase 3 kg no oeste do México, informaram na terça-feira (5) seus familiares e autoridades do Estado de Jalisco, onde nasceu o bebê.
"A menina tinha oito anos e alguns meses quando ficou grávida. O pai é um jovem de 17 anos, mas não o encontramos porque fugiu", comentou a mãe da menor, que informou que as autoridades já foram notificadas e iniciaram uma investigação para localizar o responsável pelo ato.
"Queremos localizar o jovem que foi responsável para saber sua versão. Estamos com um pressuposto de estupro ou de abuso sexual infantil", explicou Jorge Villaseñor, agente do Ministério Público da promotoria local.
O nascimento ocorreu no dia 27 de janeiro no hospital de Zoquipan da capital de Jalisco, Guadalajara. Dafne, como foi identificada a jovem mãe, deu à luz uma menina de 2,7 kg e 50 cm.
Ambas receberam alta no fim de semana, aparentemente em boas condições de saúde, mas o hospital informou que acompanhará de perto o desenvolvimento do bebê devido à pouca idade de sua mãe.

Contorno de Jacumã é liberado nesta sexta sem ser concluido


Governo vai liberar de forma provisória contorno de Jacumã na próxima sexta Por causa do Carnaval e obras faltam ser concluídas


 Os foliões que forem brincar o Carnaval nas praias do Litoral Sul da Paraíba este ano terão uma válvula de escape para fugir do histórico congestionamento que acontece na chegada a Jacumã.
É que neste ano, o governo do Estado vai liberar, de forma provisória, o contorno de Jacumã, durante os festejos de Momo.
De acordo com o diretor do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Carlos Pereira, a população já vai ter liberado o trajeto de 4,8 km a partir da sexta-feira (8).
Carlos Pereira explicou que a liberação será somente durante o Carnaval, pois, na quinta-feira (14), a via será novamente interditada para que os trabalhos sejam concluídos.
O contorno de Jacumã funcionará como mão e contramão. A obra que custou quase R$ 5,5 milhões será entregue de forma definitiva em março.

Menina continua desaparecida e comandante da PM fala que o caso não esta esquecido

menina desaparecida (Fernanda Ellen) caso completou 30 dias
Nesta quinta-feira (07), o sumiço da jovem estudante Fernanda Helen completa 30 dias. Em entrevista ao programa Rádio Verdade, o comandante da Polícia Militar da Paraíba, Coronel Euller Chaves afirmou não acreditar no esquecimento do caso. “Não percebo esta tendência, pois é preciso que se veja os graus de responsabilidades. Nós temos um secretário extremamente responsável, consciente com o cumprimento do dever, e a delegada geral de Polícia Civil, Ivanisa Olímpio, que merece o nosso respeito. A polícia de investigação está debruçada neste caso”, garantiu Coronel Euller.

Afirmando se tratar de um caso diferente de outros que ocorreram e que até já foram esquecidos, o comandante da PM falou sobre o caso atual. “É um caso que a todos chama atenção e a polícia militar eventualmente tem suplementado essa ação. Estamos acima de tudo com a polícia ostensiva, a fim de mudar inclusive a concepção da polícia investigativa”, declarou Euller.

Para o comandante, o papel da inteligência policial seria o de antever os casos, buscando orientar o policiamento ostensivo e ajudando, inclusive, no processo decisório dos comandos. “Estamos mudando esta concepção com o apoio da secretaria de segurança que, em breve deverá ter aprovado uma legislação específica que doutrine e discipline a atividade inteligência em toda segurança pública da Paraíba”, afirmou o comandante.

Indagado sobre a continuação da investigação, o Coronel Euller diz não acreditar que este será um caso sem elucidação. “Eu acredito sempre na elucidação. Porque cada caso é um caso e há um conjunto de situações que precisam ser analisadas, como o fato do corpo não ter aparecido. Para isso que a investigação está sendo feita”.  O coronel afirma ter mantido contato com os familiares, por se tratar de um caso diferente. “As pessoas estão buscando a solução. Até então não conseguimos elucidar esse fato, mas acredito que não vai cair no esquecimento”, finalizou. 

Adolescente é ferida c/ facadas pelo namorado

Uma adolescente de 17 anos foi ferida com 12 golpes de faca na tarde desta quarta-feira (6), quando conversava com uma amiga no bairro Ernani Satiro, em João Pessoa. O principal suspeito pelo crime é o ex-namorado dela Gleison da Silva, de 18 anos, que foi espancado pela população.
Segundo informações do 5º BPM, a vítima estava na companhia de uma amiga quando o acusado chegou e iniciou uma discussão com a ex-namorada.
A polícia disse que Gleison efetuou os golpes por não aceitar o fim do relacionamento. Ao ver a adolescente sendo agredida, populares reagiram e lincharam o jovem que ficou desacordado.
 A adolescente foi socorrida em estado grave para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. O acusado também foi encaminhado para o Trauma da Capital, pelo Samu.  Assessoria de imprensa da unidade hospitalar informou que os feridos estão em atendimento médico e o estado de saúde será divulgado às 17h.