terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Preso idoso acusado de comandar tráfico de menores no país

Policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado no Piauí (Greco), em parceria com a Polícia Civil do Maranhão, prenderam nesta terça-feira (22), Sebastião Soares da Silva, 61 anos, acusado de comandar uma quadrilha de tráfico de menores no país. A prisão aconteceu na cidade de Francisco Macêdo, localizada na região Sul do estado, a 391 quilômetros de Teresina.
De acordo com o delegado Menandro Pedro, presidente da Greco, Sebastião é acusado de sequestrar Pedro Paulo Lemes, de 5 anos em Imperatriz, no Maranhão, em junho do ano passado.
A polícia descobriu que Sebastião estava no Piauí planejando o sequestro de um empresário na cidade de Picos, localizada na região Sul do estado.
O homem será apresentado na tarde desta terça-feira na sede do Grupo de Repressão ao Crime Organizado no Piauí. "A polícia do Maranhão quer fazer o recambiamento do preso antes que ele seja apresentado à Greco. Entretanto, ele foi preso no Piauí e precisamos fazer aqui no estado os trâmites normais antes dele ser conduzido para São Luís", disse Menandro Pedro.
Com o acusado, a polícia apreendeu a quantia de R$ 5 mil, além de documentos falsos e uma espingarda (Foto: Divulgação/SSP MA)
Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP), Sebastião Soares da Silva deve ser transferido e apresentado em São Luís, ainda nesta terça-feira, na sede da SSP.
Com o acusado, a polícia apreendeu a quantia de R$ 5 mil, além de documentos falsos e uma espingarda (Foto: Divulgação/SSP MA)
Pedro Paulo (Foto: Arquivo pessoal)Pedro Paulo foi sequestrado de dentro de casa, no
Centro de Imperatriz  (Foto: Arquivo pessoal)
Entenda o caso
Pedro Paulo Lemes, de cinco anos, foi sequestrado de dentro de casa, no centro de Imperatriz, a  626 km de São Luís, no dia 27 de junho de 2012. Dois homens em uma moto levaram a criança e a babá como reféns. A quadrilha foi presa após ações das polícias do Maranhão, Pará e do Tocantins. O menino foi libertado no dia 10 de julho no distrito de Cicilândia, na cidade de Palmeirante, no Tocantins.
No dia 11 de julho, o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes, afirmou em entrevista coletiva, que o principal mandante do sequestro do menino Pedro Paulo Lemes, seria um ex-funcionário do pai da criança, o empresário Jurandir Mellado.
As primeiras testemunhas do caso do sequestro do menino Pedro Paulo Lemes, começaram a ser ouvidas no mês de novembro do ano passado, em Imperatriz. Os acusados que respondem pelos crimes de sequestro qualificado e formação de quadrilha estão presos na central de custódia de Davinópolis. A pena dos envolvidos pode chegar a 20 anos de prisão.

Morre aos 88 anos atriz Lídia Mattos

A atriz carioca Lídia Mattos, conhecida por importantes papéis em novelas da TV Globo, morreu aos 88 anos na madrugada desta terça-feira (22), devido a uma pneumonia. Ela estava internada no Hospital Espanhol, no Centro do Rio, onde sofreu uma trombose na perna, segundo a família.
A neta de Lídia, Vanessa Lóes, também atriz, informou que a avó vinha sofrendo com a doença desde o fim do ano passado, próximo ao Natal. Ela chegou a ficar internada por cerca de 10 dias, mas foi liberada. Segundo a neta, após uma semana em casa, a avó percebeu que a doença não havia sido curada e retornou ao hospital.
Lídia Mattos deixa quatro filhos – entre eles a atriz e cineasta Dilma Lóes –, sete netos e três bisnetos. A atriz, que começou a carreira na década de 40 e estudou canto com o compositor Heitor Villa-Lobos, trabalhou em novelas de sucesso como "A próxima vítima" (1995), "O bem-amado" (1973) e "Selva de pedra" (1972). Em 2000, Lídia Mattos também recebeu o prêmio de melhor atriz coadjuvante no Festival de Gramado pelo filme "Eu não conhecia Tururu".

Jovem sofre acidente ao empinar moto no Conde

Jovem com outro na garupa empina moto e sofre acidente grave na PB018 no centro do município 
Um jovem aparentando ter 19 a 20 anos sofreu um grave acidente na PB 018 no centro da cidade de Conde. Em frente ao posto de combustível no centro, segundo testemunha, o mesmo vinha em sua moto de João Pessoa a Carapibus Litoral sul, quando ao empinar a moto (uma CG FAM 125 de cor preta com a placa NQJ 5154 de João Pessoa), sofre grave acidente perdendo o controle do veículo o jovem ao cair no no asfalto teve um corte profundo nopé que quase é decepado. Sentindo muitas dores foi socorrido pela unidade móvel SAMU  que foi acionada para socorrer a vitima, sentindo muita dor o motociclista gritava de agonia ao ser atendido pelo socorrista Edcarlos e o condutor Josenildo.
Após os primeiros atendimentos ainda no local do acidente, o jovem foi encaminhado para o hospital  do Trauminha em Mangabeira.
O passageiro que também caiu da moto nada sofreu. Matéria adaptada e fotos do j1



Alternativo e ônibus da Santa Maria provocam acidente no Conde

Mais um acidente é registrado com um ônibus da empresa Santa Maria, de placa LPA 1017 de João Pessoa, na cidade de Conde. Dessa vez o ônibus colidiu na lateral de um Palio de Placa MMW 5196 de Conde, que faz transporte alternativo. O fato aconteceu no centro da cidade de Conde na manhã desta Terça( 22)
Segundo informações, o Palio estava estacionando quando uma passageira não percebeu que o ônibus vinha atrás, e abriu a porta do veiculo Palio ocasionado uma colisão.
Nervosos passageiros e motoristas tentavam a todo o custo explicar o acontecido.
Infelizmente o caso sobrou para os Policiais da BPTRANS que foram acionados para atender a ocorrência do sinistro.
Essa não é a primeira vez que ônibus da empresa Santa Maria se envolve em acidente no município, outros acidentes como recentemente em menos de um mês outro ônibus saiu da pista na BR 101 deixando vários passageiros feridos decorrentes do acidente. A anos atrás uma mulher teve sua perna esmagada em plena praça ao ser atropelada pelo ônibus, motorista ao dar rê no veiculo provocou o acidente. 
Dessa vez foram apenas danos materiais cabe a PB

POLICIA INVESTIGA SE SANGUE ENCONTRADO EM CASA ABANDONADA É DA MENINA FERNANDA ANÁLISE SAI ESTA SEMANA

A amostra começou a ser examinada pelos peritos do Laboratório de DNA do IPC no último dia 14 e será comparada com o material genético da mãe da garota
Completou nesta segunda-feira (21), duas semanas desde o desaparecimento da menina Fernanda Ellen, de 11 anos, no Alto do Mateus, na Capital. Até a próxima sexta-feira (25), o Instituto de Polícia Científica (IPC) deverá divulgar o resultado da análise do sangue encontrado em uma casa abandonada na Comunidade Jardim Mônica, localizada no mesmo bairro.
O material pode ser da estudante Fernanda Ellen, de 11 anos, que sumiu no dia 7 de janeiro, após sair da escola. A amostra começou a ser examinada pelos peritos do Laboratório de DNA do IPC no último dia 14 e será comparada com o material genético da mãe da garota.
O diretor geral do IPC Humberto Pontes disse que a pesquisa está dentro do prazo e que, para que a análise seja satisfatória, leva pelo menos 15 dias. “Ainda esta semana, no máximo até a sexta-feira, o resultado deve sair. É um trabalho que exige cuidado e paciência. A equipe está trabalhando com prioridade neste caso”, afirmou.
Para que pudesse ser feito o cruzamento das informações genéticas, foi coletada amostra bucal da mãe de Fernanda. Mesmo que não seja confirmado o parentesco entre as amostras, as informações ficarão armazenadas no banco de dados do IPC e poderão ser comparadas com outros casos de crianças desaparecidas, dentro do Programa DNA ProKids.
O material que está sendo analisado no IPC foi encontrado no último dia 11, durante as buscas à estudante. Os policiais militares verificaram que dentro de uma residência abandonada, que fica no Alto do Mateus, havia um colchão com vestígios de sangue.  No local, também foi encontrada uma tiara, mas os familiares disseram não ser da garota desaparecida.
Enquanto é feita a análise do material, a Polícia Militar permanece realizando buscas. “Estamos à procura. Continuamos recebendo várias outras ligações, mas até agora não obtivemos nenhuma informação que pudesse nos levar até Fernanda. Apesar disso, a esperança da polícia é de que ela esteja viva, já que nenhum corpo foi localizado”, declarou o sargento Aurélio Sousa, comandante da Unidade de Polícia Solidária (UPS) do Alto do Mateus.
A família também se mantém na expectativa de que a estudante apareça a qualquer momento. Fábio Júnior Cabral, pai de Fernanda, disse que está acompanhando todas as buscas feitas pelos policiais militares. “Estamos sem novidades, mas confiamos em Deus e acreditamos que ela vai aparecer. Todos nós estamos cansados, porém mantemos a fé”, resumiu.
Fernanda Ellen desapareceu há 15 dias. Ela voltava da escola onde havia ido buscar as notas das provas finais. Desde o sumiço da menina, a Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds) está empenhada com todas as forças policiais para localizá-la.

Polícia apreende 18 quilos de drogas enterradas dentro de tonel

    Políciais militares da Força Tática do 7º Batalhão aprenderam, neste domingo (22), aproximadamente 18 kg de uma substância se...