terça-feira, 6 de novembro de 2012

Ex vereador do Conde morre de ataque cardíaco

Francisco de Assis Gomes de Lira conhecido por Bigode morre na madrugada desta terça-feira ( 06 de Novembro), no hospital de Emergencia e Traúma da capital de Ataque cardíaco. 
O seu corpo se encontra em visitação pública no Centro paróquial da cidade de Conde na Paraíba

XIV Festival de Danças populares da UFPB

O  XIV Festival de Danças populares da UFPB, será realizado nesta quarta-feira, dia 7 de novembro das 13h às 17h no centro de vivências da Universidade Federal da Paraíba, com entrada aberta ao público. Este grande evento que vem a sete anos fazendo sucesso e já fez dançar na UFPB,  mais de 4000 crianças de 110 diferentes escolas públicas de João Pessoa.
 Assim propagando a cultura popular brasileira, por meio de apresentações de danças populares. Este ano estará presente mais de 400 crianças, de 16 escolas da grande João Pessoa. 
Esse festival é fruto uma ação pedagógica, de estágio de ensino da Disciplina Manifestações Culturais 2012.1 e neste ano, também  do Projeto Proext Nacional do Grupo ImburanaContamos também com a participação  das disciplinas Capoeira do Bacharelado/Licenciatura e de Danças Populares Brasileiras.
Neste evento teremos 400  crianças de 16 escolas da Grande João Pessoa, que  ensaiaram coreografias com a turma daDdisciplina Manifestações culturais  2012.1, supervisionada pelo Prof. Dr. Marcello Bulhões, e se apresentarão no XIV Festival de Danças Populares da UFPB, que acontecerá nesta quarta-feira, 07 de novembro de 2010, das 13h30 às 17h, no Centro de Vivências, do Campus I da UFPB.
O evento contará ainda com a participação Especial do Grupo Imburana, com seu espetáculo “Cocos e Cirandas do Nordeste Brasileiro”, bem como se apresentará uma Grande roda de Capoeira dos alunos   da disciplina Capoeira Licenciatura e Capoeira Bacharelado. Traremos também as crianças do projeto: Ações da Cultura Popular no Desenvolvimento da Cidadania, projeto  Ligado ao PROEXT-MEC,   projeto de  extensão do MEC em que o Grupo Imburana teve  o 1º  Lugar em Seleção Nacional entre todas as universidades do País. Um grande Evento da cultura popular que entra em seu 7° ano consecutivo!   Teremos também a apresentação de um curta  metragem  sobre a vida de Mestre Zequinha do Cavalo Marinho de Bayeaux, recentemente falecido. Este XIV m Festival,  presta sua homenagem à este grande mestre da cultura Popular Paraibana e a ele é dedicado este evento.
A entrada é franca.
 Coordenação Prof. Dr. Marcello Bulhões tels 88522867 ou 96137666

Dançam  neste evento:

Escola  de Educação Básica  da UFPB -
   Caranguejo (Vanessa Lee e Gisely Holanda)
   Balaio (Josenilda Medeiros e Suênia inglid)
   Escola Municipal  Matias Freire
   Pezinho (Leys Eduardo e Roberto Lucena)
   Dança do Café (Erick Lisboa e Janio dos 
Santos)
   Escola Munic. Cônego  João de Deus
   Tira o Chapéu (Cleyton Fonseca e Danilo Pitsch)
    Escola Municipal Seráfico da Nóbrega
   Araruna (Bruna Leite e Thiago Dantas)
   Escola Munic. Índio Piragibe
   Dança do Camaleão ( Alanna Soares e
Jornandes Pacheco )
   Escola Municipal General Rodrigo Otávio
    Chote Carreirinha ( Sthênio Barbosa    e 
Jéssica Rodrigues ) 
   Escola Fenelon Câmara
   Pilar Café (Elida Cris e   Mayara Andrade)

   ESCOLAS DO PROEXT– GRUPO IMBURANA

Projeto AFEI (Ação Fraternal de Educação Integrada)
(Edvaldo Felix )

Escola Municipal Duque de Caxias
(Ozanara Silva )
 ESCOLA MUNICIPAL CAPISTRANO DE ABREU
(Ozanara Silva)

Centro Educacional Ebenézer
(Alana  Francisco da Silva)
 ESCOLA MAJOR  JOSÉ DE BARROS MOREIRA(Raquel de Lima)
Escola Municipal Cônego João de Deus
(Semirames Coqueijo)
ESCOLA ALMIRANTE BARROSO
(Pacelly / Diego Cunha)
ESCOLA ALMIRANTE TAMANDARÉ
Felipe Mendonça
ESCOLA UBIRAJARA TARGINO BOTO
  Cinthya Nascimento
Ass. Circo Peranbularte / Projeto
Folia do batuque Avoador
(Lucas Dan)



Cidades na PB vão ter racionamento de água

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) divulgou, no final da manhã desta segunda-feira (05), a lista dos 15 municípios e nove distritos que enfrentarão racionamento de água na Paraíba. Algumas cidades, a exemplo de Esperança e Bananeiras, já enfrentam o período de racionamento.
De acordo com a Diretoria de Operação e Manutenção, o racionamento irá perdurar até que o nível de água dos mananciais esteja recuperado.
As cidades abastecidas pelo manancial de Vaca Brava, já enfrentam racionamento desde o dia 23 de outubro. São elas:  Esperança, Remígio e distritos de Lagoa do Mato, Cepilho e São Miguel. A falta de água acontece das 6h das segundas-feiras, às 6h das quartas-feiras.

Já nas cidades abastecidas pelo manancial Lagoa do Matias,  Distrito Rua Nova (Belém), Caiçara e Logradouro, a falta de água acontecerá nas terças-feiras e será normalizada às 7h das sextas-feiras.  Nas localidades rurais, Cachoeirinha e Braga (Campo de Santana), a água só chegará às torneiras nas quartas-feiras.

Os municípios abastecidos pelo manancial Cafístula II, que correspondem a Bananeiras, Solânea e Cacimba de Dentro sofrem com o racionamento de água desde o dia 27 de outubro. Nessas regiões o fornecimento será mantido apenas nos finais de semana, no período das 18h do sábado até às 18h da segunda-feira.

Na cidade de Triunfo, o abastecimento encontra-se em colapso, e a população não tem previsão de quando a situação poderá ser normalizada. Devido a estiagem, o manancial Gamela, responsável pelo fornecimento de água no município, secou. De acordo com a Cagepa, o abastecimento está sendo feito pela Defesa Civil, por meio de carros pipa.

A irmã do jogador paraibano Givanildo Vieira de Souza (Hulk) que está desaparecida

O delegado Henry Fábio, titular da Roubos e Furtos de Campina Grande está investigando o caso 

Após algumas horas sem notícias da irmã do jogador paraibano Givanildo Vieira de Souza (Hulk) que está desaparecida desde 14h desta segunda-feira (5), o jogador e a família estão apreensivos com o sumiço da jovem e aguardam contato dos sequestradores.
De acordo com o superintendente da Polícia Civil de Campina Grande, Marcos Paulo Vilela, família do atleta temendo a integridade da estudante de nutrição, Angélica Aparecida Vieira de Sousa de 22 anos, irmã de Hulk, pediu o afastamento da polícia.
O superintendente já trata o caso como sequestro e vai trabalhar paralelamente sem a ajuda da família. A estratégia dos policiais será esperar para ser traçada uma linha a ser seguida. Os suspeitos até as 19h50 ainda não haviam feito contato com a família. 
Hulk foi informado do desaperecimento da irmã na Rússia, onde joga atualmente pelo Zenit e ficou apreensivo. Ele aguarda maiores detalhes para tomar alguma providência se virá ou não ao Brasil. O atleta atualmente está lesionado e com não jogará pelo clube e nem pela Seleção Brasileira, há uma possibilidade dele vir para sua cidade natal, Campina Grande (localizada a 118 km de João Pessoa). 
Segundo a mãe do jogador, Maria do Socorro, a família aguarda contato com os possíveis sequestradores. "Estamos aguardando algum contato, mas nesse momento prefiro o silêncio", disse aflita a mãe de Hulk.
As policias Civil e Militar da cidade de Campina Grande continuam mobilizadas para localizar a irmã do jogador Hulk. Segundo a polícia ela foi sequestrada por volta das 14h desta segunda-feira, em frente a um restaurante, no bairro do Catolé.
O bairro do Catolé, onde ocorreu o sequestro da irmã de Hulk é uma das áreas mais nobres de Campina Grande. O bairro há vários shoppings, restaurantes. 
A irmã de Hulk é estudante de nutrição e estava estagiando em uma empresa da área. No momento do sequestro ela estava visitando um restaurante de Campina Grande.
De acordo com major Alecssandro Medeiros, sub-comandante do 2º BPM, por volta das 14h, o Comando de Operações da Polícia Militar ( Copom) foi comunicado sobre o sequestro praticado por homens armados que se aproximaram do veículo onde a vítima estava e a retiraram do carro sob a mira de armas.
“Ela estava sozinha dentro do carro esperando o gerente de um atacadão, quando foi sequestrada. Hélio Pereira da Silva estava retornado para o carro quando presenciou a amiga sendo raptada por homens armados”, comentou o policial.
Ainda segundo o major, viaturas da Polícia Militar estão fazendo rondas na cidade, mas até o momento a irmão do jogador e os sequestradores ainda não foram localizados. Familiares da vítima disseram que ainda não foram contatados pelo sequestradores para possível resgate.
O delegado Henry Fábio, titular da Roubos e Furtos de Campina Grande está investigando o caso. Porém, o superintendente da Polícia Civil de Campina, Marcos Paulo Villela, informou que a família do jogador ainda não prestou queixa sobre o seqüestro.
Hulk é, atualmente, considerado o jogador mais caro do mundo e joga no time russo do Zenit. O paraibano é também o titular da Seleção Brasileira de Futebol, comandada por Mano Menezes.
O atleta também é conhecido por ser muito próximo a família. No último dia 10 de setembro quando o Brasil jogou no Recife um amistoso contra a China no estádio do Arruda, Hulk aproveitou a oportunidade e levou toda a família para assistir a partida.
Essa não é a primeira vez que jogadores conhecidos sofreram violência urbana. Atletas como Robinho, Valdívia, Romário, Luis Fabiano, Grafite, Ricardo Oliveira e Rogério já vivenciaram a mesma situação.

Fraudes do leite na Paraíba

Só na Paraíba, o Programa do Leite teve R$ 285 milhões repassados desde 2005 pelo Ministério do Desenvolvimento Social à FAC

No canto da casa de apenas um cômodo, Esmeralda, nascida há um ano, dorme envolta por um pano à tarde, e não é porque faz frio — estamos no semiárido paraibano, na cidade de Boa Vista.
O pano é para impedir que a menina fique coberta de moscas, presenças constantes, pois, além do calor, a casa não tem banheiro nem fossa. A família “vai aqui do lado no mato”, conta a mãe, Silene Ferreira da Silva. Ela tem mais três filhos, que fazem de Bibita, uma cabra da vizinha, o seu animal de estimação.
É a miséria de Silene e Esmeralda que está sendo explorada por fraudes ocorridas no Programa do Leite no estado, onde 112 mil famílias de baixa renda estão sem receber o leite do programa desde maio. Naquele mês, o programa foi suspenso na Paraíba após a Operação Amalteia, da Polícia Federal, da Controladoria Geral da União e do Ministério Público Federal, descobrir fraudes como laranjas, adição de água no leite e até de soda cáustica, para estender sua validade.
Há pouco mais de uma semana, a PF enviou inquérito sobre as fraudes à 3ª Vara Federal de João Pessoa: 13 pessoas foram indiciadas — entre elas uma ex-presidente e uma ex-diretora de Operações da Fundação de Ação Comunitária (FAC), órgão estadual que coordena o programa, e um técnico da Emater-PB; os outros indiciados são ligados a indústrias que pasteurizavam o leite vindo dos pequenos produtores.
Segundo estimativas da PF, os desvios podem chegar a cerca de R$ 10 milhões. As fraudes no Programa do Leite, parte do Programa de Aquisição de Alimentos, um dos que compõem o plano Brasil Sem Miséria, são tema da segunda reportagem da série que O GLOBO publica desde ontem sobre irregularidades em programas para o público-alvo do plano.
Só na Paraíba, o Programa do Leite teve R$ 285 milhões repassados desde 2005 pelo Ministério do Desenvolvimento Social à FAC. Após a suspensão em maio, com a Amalteia, o ministério retomou o programa em agosto, depois que o governo estadual assinou termo de compromisso com a pasta que prevê o recadastramento dos agricultores fornecedores do leite. No entanto, diz a FAC, não há previsão de quando a distribuição do leite será normalizada.
— Com a suspensão do programa, a cadeia produtiva do leite no estado ficou desarticulada. Além disso, nos últimos meses, a seca se agravou, o que está fazendo muito agricultor produzir menos ou se desfazer de vacas e cabras. Boa Vista e outros 158 municípios ainda não voltaram a receber o leite, e não sabemos quando voltarão — diz Severino Ramalho Leite, presidente da FAC.
— Sem esse leite (do programa), a gente fica só com cuscuz mesmo. Não tem dinheiro pra outras coisas — afirma Silene Ferreira da Silva sobre a alimentação dos filhos, que quase não comem carne. Os R$ 184 por mês do Bolsa Família são a única fonte certa de renda da casa.

Show com a banda "Os Gonzagas" e Feira de Escambo e Mangai são os destaques das comemorações do aniversário de 54 anos do município de Conde

  Feira de Escambo e Mangai e show com a banda “Os Gonzagas” são destaques nas comemorações dos 54 anos de Conde               ...