sábado, 29 de setembro de 2012

A apresentadora Hebe Camargo morre aos 83 anos

A apresentadora Hebe Camargo morreu em São Paulo, neste sábado (29), aos 83 anos. Ela lutava contra o câncer desde 2010 e morreu, segundo a assessoria do SBT, após sofrer uma parada cardíaca, ao se deitar para dormir, nesta madrugada.
Carro funerário chega à casa de Hebe Camargo, para retirar o corpo da apresentadora, morta neste sábado, 29 de setembro de 2012 (Foto: Tadeu Meniconi/G1)Carro funerário chega à casa de Hebe por volta
das 16h15
Hebe é um dos maiores ícones da televisão brasileira e ficou internada pela última vez por quase duas semanas em agosto, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Nos últimos dois anos passou por várias cirurgias e tratamentos contra o câncer.
O velório será realizado no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, no Morumbi, a partir das 18h deste sábado – o carro funerário chegou à casa da apresentadora por volta das 16h15. Já o sepultamento está marcado para as 9h30 deste domingo (30), no cemitério Gethsemani, segundo funcionários do local e o governo do Estado de São Paulo.
A morte da diva causa repercussão entre artistas e políticos brasileiros nesta tarde. A apresentadora Ana Maria Braga publicou no Twitter uma homenagem: “Os amigos do Sorriso da TV brasileira, Hebe, choram a Estrela que se vai. Saudade”, escreveu."Uma mulher estupenda, corajosa, e uma entrevistadora franca e leal. Vai deixar muitas saudades. O exemplo dela foi dignificante", declarou o deputado federal pelo PP de São Paulo, Paulo Maluf. Já o apresentador Jô Soares comentou a impressão que Hebe causava nas pessoas: "Uma vez, eu fui intérprete de uma entrevista dela com várias pessoas. E todas se referiam a ela como uma grande senhora, uma grande estrela. Ela realmente tinha uma certeza do que fazia que era sensacional. Ela estava acima do bem e do mal”.
Em mais de 60 anos de história na televisão brasileira, a apresentadora tinha um estilo próprio de entrevistar as pessoas. Ela se tornou popular com a expressão “gracinha”, usada para elogiar convidados. Outra marca registrada de Hebe era dar selinhos nos entrevistados que passavam por seu famoso sofá.
“Estamos perdendo uma mulher que é um marco da televisão brasileira (...). Nos acostumamos a tê-la como uma de nós”, disse a atriz Irene Ravache, completando que estar com Hebe era "uma festa".
Biografia
Nascida em Taubaté (SP), a 130 km da capital, Hebe Maria Monteiro de Camargo Ravagnani começou a carreira cantando. Entrou para a TV logo após a fundação da primeira emissora brasileira, a TV Tupi, onde ela fazia aparições nos programas como cantora.
Estreou como apresentadora em 1955, no programa “O mundo é das mulheres”, na TV Carioca, a primeira atração voltada especialmente para mulheres. Antes disso, havia substituído Ary Barroso no programa de calouros apresentado por ele.

Depois disso, a apresentadora ficou afastada da TV por um período, até que em 1966 estreou o dominical que levava seu nome na TV Record. A atração contava com o músico
Caçulinha e era líder de audiência. Foi responsável por dar espaço para novos talentos ligados à Jovem Guarda.
Para dedicar-se ao filho, Hebe ficou afastada da televisão por cerca de dez anos, quando voltou a aparecer na TV Bandeirantes. Em 1985, aceitou o convite do SBT para comandar uma atração na emissora. Em quatro de março de 1986, entrava no ar o “Programa Hebe”, comandado por ela até 2010. Em dezembro do mesmo ano, Hebe assinou contrato com a RedeTV e estreou na emissora em março de 2011, onde ficou até este mês, quando acertou retorno ao SBT.
Segundo a assessoria do SBT, ela estava muito feliz com a volta à emissora.

Sete deputados estão disputando prefeituras da PB entre eles Branco Mendes

Nas eleições deste ano sete deputados estaduais estão disputando prefeituras de cinco municípios da Paraíba. No entanto, eles não são os únicos membros da Assembleia Legislativa que estão envolvidos diretamente no pleito. Outros 15 parlamentares estão 'investindo' em familiares  na briga pelas administrações municipais. Filhos, irmãos, esposas e outros parentes de deputados são candidatos.
A maior parcela de parentes de parlamentares na disputa de outubro é formada por esposas e esposos. São seis conjugues de deputados estaduais que lutam para se manter ou conquistar as prefeituras municipais.
 Na cidade de Alhandra, por exemplo, a mulher de Branco Mendes (PEN), Gorete Mendes (PSDB), está na disputa par tentar substituir Renato Mendes (DEM), que é sobrinho do deputado.
Em Bayeux, na Grande João Pessoa, a esposa do deputado Domiciano Cabral (DEM), Sara Cabral (DEM), tenta voltar a prefeitura da cidade. No entanto, ela teve a candidatura barrada com base na Lei da Ficha Limpa  e ainda está recorrendo da decisão para participar do pleito. Já em Guarabira, quem concorre é o ex-prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), que é casado com a deputada e também ex-prefeita  Léa Toscano (PSB).
Nas cidades de Areia de Baraúnas e Monteiro as prefeitas Vanderlita Guedes (PSDB), a Dequinha Mineral, e Edna Henrique (PSDB) querem continuar no poder. As duas são casadas respectivamente com Antônio Mineral (PSDB) e João Henrique(DEM). Em Pocinhos, a candidata a vice-prefeita Eliane Galdino (PSB) é esposa do deputado Adriano Galdino (PSB), que governou a cidade por três mandatos. Já o prefeito e candidato à reeleição Arthur Galdino (PSDB) é sobrinho do parlamentar.

Limpador de janelas ficou pendurado a uma altura de 60 mt


O Corpo de Bombeiros da Paraíba conseguiu concluir com sucesso o resgate do limpador de janelas Paulo Pereira de Alcântara, 34 anos, que ficou pendurado a uma altura de 60 metros depois que o cabo de aço que o segurava enquanto fazia seu trabalho em um prédio na avenida João Câncio, bairro de Manaíra, em João Pessoa, se soltou.
Segundo o major do Corpo de Bombeiros, Nazareno de Oliveira, que comandou o resgate, 15 homens foram envolvidos na operação. Toda área foi isolada para afastar os curiosos. O autônomo ficou à altura do 19º andar, pendurado por uma corda de segurança.
De acordo com o major Oliveira, que comandante do 1º Batalhão dos Bombeiros em João Pessoa, os policiais desceram pela lateral do prédio, utilizando a técnica do rapel, para alcançar o trabalhador e levá-lo com segurança ao solo. 
O trabalhador foi atendido por uma equipe do Samu, mas estava fisicamente bem, apresentando apenas sinais de nervosismo por causa da situação vivida.
Segundo depoimento do próprio trabalhador, ele estava lavando as janelas do prédio e como estava ventando muito na altura em que estava o cabo que o segurava começou a balançar violentamente, fazendo com que perdesse o equilíbrio e ficasse pendurado.
Mesmo correndo risco de morte, o trabalhador conseguiu manter a calma e gritar por socorro. O Corpo de Bombeiros chegou rapidamente ao local e fez o resgate, que durou cerca de 40 minutos.
O prédio tem 25 andares e está em fase de acabamento.
Manaíra é um bairro nobre da Zona Leste da cidade João Pessoa, capital da Paraíba. Na orla marítima, é um dos bairros com melhor IQV (Índice de qualidade de vida) do Estado.
O bairro apresenta densa verticalização e ainda é muito procurado pelas construtoras. É apontado coo um dos mais verticalizados de João Pessoa.

Show com a banda "Os Gonzagas" e Feira de Escambo e Mangai são os destaques das comemorações do aniversário de 54 anos do município de Conde

  Feira de Escambo e Mangai e show com a banda “Os Gonzagas” são destaques nas comemorações dos 54 anos de Conde               ...