quinta-feira, 13 de setembro de 2012

ENTREVISTA COM O CANDIDATO A PREFEITO DA CIDADE DE CONDE DR. QUINTINO RÉGIS CONFIRA e CLICK O LINK AO LADO

A ENTREVISTA FOI REALIZADA ONTEM DIA 12 DE SETEMBRO de 2012
 ELEIÇÕES 2012 CONFIRA AQUI NA J.A

Menino de 9 anos foge com medo dos pais e dos irmãos que são envolvidos com a criminalidade

Um menino de 9 anos foi encontrado na BR-230, na divisa entre os estados da Paraíba e Pernambuco, tentando fugir de bicicleta na noite da quarta-feira (12). Ele contou para Polícia Rodoviária Federal na Paraíba que os familiares têm envolvimento com drogas e que ele era agredido constantemente pelo irmão mais velho.
O garoto havia sido levado para uma casa de acolhimento para crianças e adolescente no Bairro dos Estados, em João Pessoa e há dois dias o menino estava desaparecido. O inspetor Walter Mota, da Polícia Rodoviária Federal explicou que o garoto foi encontrado por pessoas que passavam pela BR-230. “Ele quase foi atropelado por esse usuário que se compadeceu”, Walter disse que o motorista resolveu levar o menino até o posto mais próximo da PRF.
Os agentes da Polícia Rodoviária Federal encaminharam o menino para o Conselho Tutelar do bairro Geisel na capital, onde ele já recebe acompanhamento desde os 6 anos de idade. O conselheiro Evilásio Lacerda explicou que a famlília do garoto tem envolvimento com drogas e esta não é a primeira vez que ele foge do abrigo. “Ele já tem irmãos que já vivem no mundo do crime. Já fizemos de tudo para mudar a vida dele. A mãe já foi solicitada e já encaminhamos ela para o Ministério Público para tomar as devidas providências ”, disse o conselheiro.

Operação da Rota em Várzea Paulista, 9 mortos acusados de tráficos de drogas

O bairro onde fica a chácara está todo cercado (Foto: Reprodução / TV Globo)
Nove pessoas morreram nesta terça-feira (11) em um tiroteio com policiais da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), a tropa de policiamento ostensivo da capital, em Varzea Paulista (SP). Todos os mortos seriam criminosos.
Segundo nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (leia abaixo, na íntegra), uma denúncia anônima chegou ao setor de inteligência do batalhão informando sobre uma reunião com criminosos em uma chácara. Dois pelotões da Rota, com 40 policiais em 10 viaturas, foram deslocados para o município.
De acordo com as informações da Rota, houve tiroteio com os suspeitos em uma chácara na Vila Bahia. O bairro onde fica a chácara foi cercado. Um caminhão do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) também foi deslocado.
Os policiais apreenderam durante a ocorrência, segundo balanço divulgado pela Polícia Militar, uma metralhadora, duas espingardas calibre 12, sete pistolas, quatro revólveres, uma granada, cinco veículos produtos de roubo, 20 quilos de maconha e uma quantidade ainda não calculada de explosivos.  
Leia na íntegra a nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP).
"Policiais militares da Rota, Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar, enfrentaram uma quadrilha na tarde de hoje, em Várzea Paulista, a pouco mais de 50 km da Capital.

Uma denúncia anônima chegou ao setor de inteligência do batalhão informando que, numa chácara, integrantes de uma quadrilha fariam uma espécie de "tribunal" para julgar um suposto estuprador.

Dois pelotões da Rota, com 40 policiais em 10 viaturas, chegaram em Várzea por volta de 16h30. No endereço passado pela denúncia, eles viram dois carros fugindo em direções opostas e alta velocidade. Uma parte ficou e outra foi atrás dos veículos.

Os criminosos nos dois carros atiraram contra os policiais, que revidaram. Num, dois suspeitos morreram e outro acabou preso. No outro carro, dois morreram e dois foram presos. Na chácara, quem ficou também atirou contra a Rota. Cinco foram detidos e cinco morreram.

Depois do enfrentamento, os PMs apreenderam duas espingardas calibre 12, uma metralhadora, 9 pistolas e maconha, que estava dentro de uma geladeira.

Dentro da chácara, além dos criminosos, havia uma mulher e uma criança. A polícia encontrou dinamite e granadas. O Gate, Grupo de Ações Táticas Especiais, foi chamado para realizar a coleta do material.

No total, 8 suspeitos foram presos e nove acabaram mortos. De todos esses, seis já foram identificados e possuem inúmeras passagens pela polícia.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Roberval França, dará entrevista coletiva nesta terça-feira (11) na sede do Comando Geral, na Luz, para falar sobre o caso". 

O bairro onde fica a chácara está todo cercado (Foto: Reprodução / TV Globo)

Dezenove pessoas morre após a queda de um elevador na China

Destroços de elevador que despencou em obra na cidade chinesa de Wuhan nesta quinta-feira (13) (Foto: Reuters)Dezenove pessoas morreram nesta quinta-feira (13) após a queda de um elevador que estava no 30° andar de um edifício residencial em construção, na província chinesa de Hubei, informou a agência oficial 'Xinhua'.
De acordo com os bombeiros, o acidente ocorreu às 2h26 (horário de Brasília) em uma obra em Wuhan, capital da província de Hubei. Todas as pessoas que estavam no elevador morreram.
Destroços de elevador que despencou em obra na cidade chinesa de Wuhan nesta quinta-feira (13) (Foto: Reuters)
Wuhan, uma das cidades mais povoadas da bacia do Yang Tsé, com 10 milhões de habitantes, vem construindo nos últimos anos, como muitas outras grandes cidades, muitos arranha-céus.
Além disso, há um projeto de construção da Wuhan Greenland Tower, um edifício que terá 660 metros de altura, um dos maiores do mundo, que tem previsão para ficar pronto em 2013.

Estelionatário é preso aplicando golpes em escolas de JP

Policiais civis da Delegacia de Defraudações e Falsificações, em João Pessoa, prenderam nesta quarta-feira (12) Geraldo Gonçalves Filho, 36 anos, que vinha aplicando golpes em escolas particulares da Capital.
De acordo com o delegado Gustavo Carlito, o acusado foi preso no bairro Costa e Silva, quando estava prestes a aplicar mais um golpe. “Ele se apresentava nas escolas em nome do Ministério do Meio Ambiente e vendia projetos ecológicos educacionais, com coleta seletiva de lixo. As escolas pagavam pelo projeto e ele desaparecia”, explicou o delegado.
O acusado chegou a concretizar o golpe em pelo menos seis escolas particulares de João Pessoa. Com base nas denúncias, os policiais fizeram investigações que levaram até o paradeiro de Geraldo Filho.
Na delegacia, os policiais descobriram que o acusado já tem contra ele dois mandados de prisão em aberto no estado de São Paulo, onde também responde a outros 13 processos criminais, todos por estelionato, apropriação indébita e crimes similares.
O acusado ficará preso e responderá pelos crimes praticados na capital paraibana. Depois, deverá ser transferido para São Paulo, onde responderá pelos crimes cometidos naquele estado.