quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Professora morre ao conectar cabo de celular em computador

Uma professora de 27 anos de idade morreu no município de Guarabira (a 85 quilômetros de João Pessoa), na região do brejo paraibano, após sofrer uma descarga elétrica quando conectou um cabo de celular ao CPU (Unidade de Processamento Central)de um computador. De acordo com a Delegacia da cidade, Aline Silva Pereira, sofria de problemas cardíacos. A fatalidade ocorreu na noite desta terça-feira (11).
Segundo informações de familiares, a professora estava na casa de uma prima quando foi conectar seu celular ao CPU para transferência de dados. Aline Silva sofreu uma descarga elétrica e ainda foi socorrida por uma outra mulher que, ao tocar-lhe, também sofreu um choque.
Familiares e vizinhos socorreram Aline Silva para o Hospital Regional de Guarabira, onde ela já chegou sem vida.
De acordo com informações da delegacia da cidade, o corpo da professora foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal de João Pessoa para ser necropsiado.

Tenente Costa morre em acidente

Tenente Costa, da Polícia Militar da Paraíba, morre na manhã desta terça-feira, 11, vítima de acidente ocorrido na BR-230, próximo a entrada para o distrito de Galante, região de Campina Grande.
O acidente aconteceu no momento que chovia bastante e o tenente Costa, juntamente com mais dois militares, sargento Aguinaldo e Soldado Costa se dirigiam para uma região em Campina Grande quando a viatura policial derrapou na pista e, desgovernado o veículo caiu numa ribanceira, provocando a morte do oficial.
O tenente coronel Souza Neto, comandante do 2º Batlahão de Campina Grande, informou que os três militares se dirigiam para aquela cidade onde iriam participar de uma reunião.
Equipes do Samu, da Polícia Rodoviária Federal e da própria Polícia Militar estiveram no local para prestar socorros as vítimas e controlar o trânsito.

Acidente gravíssimo na Avenida Presidente Tancredo Neves

Um acidente gravíssimo aconteceu na tarde desta terça-feira (11) na Avenida Presidente Tancredo Neves, no Bairro dos Ipês na Capital, envolvendo dois veículos e um ônibus da empresa Transnacional. Cinco pessoas foram encaminhadas para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.
O acidente aconteceu no momento que um Honda Civic, um Gol e o coletivo passavam por uma curva na movimentada avenida.
O Civic perdeu o controle e foi para cima do ônibus que foi desviar e acabou batendo e derrubando um poste. O poste caiu em cima do segundo gol. Já o Civic ainda entrou em uma oficina e bateu em um carro que estava suspenso e caiu em cima do Honda e de dois mecânicos que trabalhavam em baixo dele. Os mecânicos sofrem fraturas expostas.
O Corpo de Bombeiros e o Samu chegaram ao local, onde tiraram os feridos das ferragens e logo em seguida, limparam a parte da avenida que estava com destroços do acidente.


Os policiais da Força Tática e agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) também estiveram presentes e controlam o trânsito, já que os dois sentidos ficaram parados.

Moradores usam bilhetes para denunciar tráfico e omissão da PM em área de chacina

Um dos moradores da Chatuba disse que um PM chega a receber até R$ 15 mil de propina para não reprimir a venda de drogas.
— Ele [policial] recebe de R$ 10 mil a R$ 15 mil para não deixar os militares subirem o morro. Todos os moradores sabem. No domingo [9] mesmo havia vários traficantes de moto com fuzil circulando na comunidade. Isso é um absurdo, mas ninguém pode falar nada senão é morto. Por causa desse esquema, o tráfico permanece lá.
Outro morador também fala de uma área usada como cemitério clandestino.
— Claro que existe. Todos sabem que jogam os corpos lá. Se forem lá, vão ver que existem corpos pendurados em árvores. Dos mais antigos aparecem só os ossos.
Um outro bilhete, também entregue no cemitério, relata supostos abusos por parte de policiais militares que "se aproveitam da situação" para achacar moradores no bairro do Cabral.


Os autores dos bilhetes pediram para não ser identificados. Por medo de represália, eles também não registraram os supostos crimes em delegacias.
O R7 procurou a Polícia Militar do Rio para que a corporação se manifeste sobre as denúncias, mas até a publicação desta reportagem a assessoria de imprensa não havia respondido às perguntas.
Buscas
Desde a terça-feira, a PM, o Bope (Batalhão de Operações Especiais) e fuzileiros navais realizam operação na favela da Chatuba para localizar traficantes que seriam os responsáveis pela morte dos jovens. Eles também buscam um rapaz de 18 anos que está desaparecido desde o fim de semana. Até a noite de terça, 18 suspeitos foram detidos e cinco acampamentos do tráfico localizados.
Os traficantes da comunidade espalharam o terror na região durante o fim de semana. Além dos jovens encontrados mortos com marcas de tiros e tortura às margens da rodovia Presidente Dutra, os assassinatos de um cadete da PM e de um pastor evangélico também entram na conta dos criminosos. Segundo a polícia, o rapaz desaparecido seria testemunha da morte do religioso.

Além das buscas na favela, os PMs fazem varreduras no Parque Natural de Gericinó. Os seis jovens mortos desapareceram na tarde de sábado depois que foram a uma cachoeira do parque vizinha à comunidade. Na favela, será montada uma Companhia Destacada da PM com mais de cem homens.

Filha de 13 anos é violentada e espancada até a morte pela própria mãe

O Diabo esta solto
A polícia deve ouvir novamente, nesta quarta-feira (12), o depoimento de Ana Luiza Ferreira, de 28 anos, suspeita de ter ajudado a namorada a assassinar a própria filha, uma menina de 13 anos, em Praia Grande, litoral de São Paulo. A mulher está detida no presídio de Tremembé, no interior do Estado. O delegado Evandro Medeiros irá até o local.
Medeiros informou que pretende confrontar o depoimento da mãe da vítima com o prestado pela namorada dela, uma boxeadora, na terça-feira (11). Segundo o delegado, a lutadora Elizabeth Fernandes dos Santos confessou o crime e disse que a garota era abusada pela própria mãe e pelo padrasto. Esse seria, inclusive, um dos motivos pelos quais a menina foi assassinada. A menor chegou a dizer aos pais que iria denunciá-los pelos abusos sexuais.
Em depoimento na terça, a boxeadora contou que a garota foi morta por ela e sua namorada. Enquanto a segurava a vítima pelo pescoço, a lutadora aplicava murros e chutes na vítima. As duas teriam ainda se revezado no espancamento.
O padrasto da criança também é acusado de envolvimento. Ele está preso em São Bernardo do Campo, no ABC. O homem é suspeito de ter descartado o corpo da garota em uma rodovia. Ele afirma ter sido ameaçado por Elizabeth e pela ex-mulher para "despachar" o cadáver. A polícia, no entanto, não descarta a participação do homem também no assassinato.
A polícia trabalha com três hipóteses para o crime. A adolescente teria sido morta após ameaçar denunciar os pais pelos abusos sexuais sofridos. A segunda é que o crime teria sido provocado porque a menor não se conformava com o relacionamento da mãe com a boxeadora. A última hipótese é a de que a menina foi morta porque teria perdido uma mochila com drogas.
Uma reconstituição do crime já foi feita com a mãe, mas uma nova será realizada com a boxeadora, na próxima terça-feira (18).
Ainda segundo o delgado do caso, os três suspeitos devem ser indiciados por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. O corpo da menina foi achado no dia 15 de agosto, na altura do km 42 da rodovia Anchieta, na região de Riacho Grande, em São Bernardo do Campo.

Mais de 236 pessoas morreram no incêndio em fábrica têxtil no Paquistão

Mais de 236 pessoas morreram em um incêndio que atingiu uma fábrica têxtil da populosa cidade de Karachi, no sul do Paquistão, na madrugada desta quarta-feira (12), informou a polícia.
O chefe de polícia, Iqbal Mahmood, disse que as equipes de resgate já controlaram o fogo.
Mas eles ainda estão tentando obter acesso a algumas partes da fábrica, e o número de mortos pode aumentar.
Os bombeiros afirmaram ao jornal "Express Tribune" que a intensidade das chamas ameaça a integridade do imóvel, onde se suspeita que havia 1,5 mil trabalhadores quando o incêndio começou.
 "As pessoas começaram a gritar por suas vidas", disse Mohammad Asif, de 20 anos. "Todo mundo vinha para a janela. Eu pulei do terceiro andar"
Prédio da fábrica têxtil ficou totalmente destruído. (Foto: Fareed Khan / AP Photo) Desde o início, as equipes de resgate tiveram grandes dificuldades para enfrentar o incêndio por sua magnitude, que tornava impossível entrar no edifício, e pelo fato de que só havia uma porta de acesso à fábrica.
Este é o pior incêndio da história de Karachi, disse uma fonte do ministério da Saúde da província de Sindh.
Karachi é uma megalópole do sul do país com 17 milhões de habitantes e centro do setor industrial paquistanês.
Este acidente é o segundo de grande envergadura que ocorre no Paquistão nas últimas 24 horas depois que ontem uma explosão em uma fábrica de sapatos da cidade oriental de Lahore causou a morte de mais de 20 pessoas.
O primeiro-ministro Raja Pervez Ashraf apresentou condolências às famílias das vítimas das duas tragédias, que evidenciam a vulnerabilidade do setor manufatureiro paquistanês, um dos pilares da economia do país de mais 180 milhões de habitantes e fortemente limitado por problemas de produção de energia.

Ataque a consulado em Benghazi nos EUA mata embaixador e 3 funcionarios

O diplomata americano J. Christopher Stevens em 7 de junho (Foto: AFP) O embaixador dos Estados Unidos na Líbia,J. Christopher Stevens, e três funcionários também americanos morreram no ataque ao consulado do país em Benghazi, na Líbia, na noite de terça-feira, disseram nesta quarta-feira (12) autoridades locais.
"O embaixador e três funcionários morreram no ataque", afirmou o vice-ministro líbio do Interior, Wanis al-Sharef. A morte de Stevens foi confirmada por um tweet do vice-premiê líbio Mustafah Abu Shagur, e também por testemunhas americanas no local.
Na noite de terça-feira, manifestantes armados atacaram o consulado e lançaram foguetes contra o edifício, informaram fontes líbias, que em um primeiro momento informaram a morte de um americano e outro ferido.
Os manifestantes protestavam contra um filme considerado ofensivo para o islã.
Os demais funcionários foram retirados do local.
Segundo o porta-voz da Alta Comissão de Segurança do Ministério do Interior, Abdelmonoem al-Horr, as forças de segurança tentaram controlar a situação quando foguetes RPG foram disparados contra o consulado a partir de uma propriedade próxima.
"Dezenas de manifestantes atacaram o consulado e incendiaram o prédio", disse Omar, um morador de Benghazi, que escutou tiros em torno do edifício.
Chamas tomam conta do consulado americano em Benghazi (Foto: Esam Al-Fetori/Reuters)Chamas tomam conta do consulado americano em Benghazi (Foto: Esam Al-Fetori/Reuters)
Outra testemunha confirmou os disparos em torno do consulado e revelou que homens armados, incluindo militantes salafistas, bloquearam as ruas que dão acesso ao prédio.
O ataque foi confirmado pela embaixada americana em Trípoli.
A Líbia enfrenta instabilidade política desde a revolta popular que, no ano passado, com apoio ocidental, derrubou e matou o ditador Muammar Kadhafi.

Estudo com moscas fêmeas mostra benefícios do sexo à saúde

Cópula entre duas moscas (Foto: Divulgação)Um estudo feito com moscas fêmeas e publicado nesta terça-feira (11) traz novos indícios de como o sexo pode fazer bem à saúde. Foram registrados benefícios não só em funções relacionadas à reprodução, como a fertilidade e a libido, mas também na imunidade, na alimentação e na qualidade do sono.
Cópula entre duas moscas (Foto: Divulgação)
O que causa esses benefícios nas moscas fêmeas é uma proteína presente no sêmen dos machos. Essa substância, chamada pelos cientistas de “peptídeo do sexo” estimula alterações nos genes da fêmea, que se manifestam em diferentes momentos da vida dela.
Entre os genes beneficamente afetados, os pesquisadores da Universidade da Ânglia Oriental, na Inglaterra, destacaram os ligados à ovulação, à percepção de nutrientes e à maneira como o organismo reage à luz – que tem influência direta sobre a regulação do sono.
Para os autores do estudo publicado pela revista “Proceedings of the Royal Society B”, isso mostra que o sêmen pode servir como um regulador das funções da fêmea. O macho também sai ganhando com isso, pois mantém a parceira saudável e garante que ela vá ser um bom investimento de longo prazo, pensando na reprodução.
Teoricamente, mecanismos parecidos podem valer para todas as espécies em que o macho ejacula dentro do corpo da fêmea – como ocorre também entre os humanos. Novos estudos são necessários para comprovar se isso realmente ocorre.

PRF aponta irregularidades em veículos escolares de 20 Municípios e do Estado

O Ministério Público da Paraíba recebeu, na última segunda-feira (16), um relatório da Polícia Rodoviária Federal com informações rela...