terça-feira, 26 de junho de 2012

Mãe confessa que empurrou os 2 filhos do 15º andar

Mãe é acusada de empurrar 2 filhos do 15º andar porque 'se cansou deles'

A Russa Galina Ryabkova chamou as crianças para brincar com aviões de papel.
Vizinhos já encontraram as crianças de 4 e 7 anos mortas.

Uma mãe foi presa neste domingo (24) na Rússia, acusada de ter matado seus dois filhos, de quatro e sete anos, ao empurrá-los do 15º andar do prédio onde moravam porque estava "cansada deles", segundo o "Russia Times".
Galina Ryabkova foi filmada pela câmera de segurança do prédio descendo ao térreo logo após seus filhos caírem em uma área externa do edifício.

Ela encontrou outros moradores, que a impediram de sair do local, e confirmou a autoria do crime a eles, segundo a polícia, que a deteve logo depois.
De acordo com a investigação, ela contou que matou os filhos porque estava "cansada" deles e que então decidiu "livrar-se deles".
A família mora no 8º andar, e a mãe convenceu os filhos a ir ao 15º chamando-os para brincar com aviões de papel. Conforme a publicação, Galina havia tentado matar as crianças no mesmo dia tentado eletrocutá-los na banheira.
O marido de Galina estava em uma viagem de negócios e não falou com a mulher após saber do episódio, ainda de acordo com o portal.

No Sertão da Paraíba a Energisa esta proibida de cortar 'gatos'

A Energisa Paraíba está proibida de suspender o fornecimento de energia elétrica das unidades consumidoras, em decorrência de procedimento administrativo de recuperação de consumo (situação em que a concessionária constata suposta fraude na medição de energia, popularmente chamada de “gato”). A proibição vale para os municípios de Pombal, Cajazeirinhas, Lagoa, São Bento de Pombal e São Domingos de Pombal (que compõem a Comarca de Pombal), no Alto Sertão da Paraíba.
Gatos em Camboinha
Gatos de energia (Foto: Arquivo)
A Energisa também deverá restabelecer o fornecimento de energia elétrica aos moradores dessas cidades que tiveram o fornecimento de luz elétrica cortado por conta dessa situação. As medidas foram determinadas, no dia 6 de junho, pela juíza Daniela Falcão Azevedo, que atendeu ao pedido de antecipação de tutela feito pela Promotoria de Justiça de Pombal, através de uma ação civil pública ajuizada em maio deste ano contra a distribuidora de energia elétrica.
O descumprimento da decisão judicial implicará em multa correspondente a R$ 500,00 por unidade de consumo afetada.
Ação civil pública
A ação civil pública foi ajuizada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) em resposta às várias reclamações de consumidores recebidas na Promotoria de Justiça de Pombal e do insucesso na solução extrajudicial do problema.
Segundo o promotor de Justiça, Leonardo Fernandes Furtado, a conduta da Energisa desrespeitou o devido processo legal, o princípio da ordem econômica de defesa do consumidor e os artigos 6º e 42º do Código de Defesa do Consumidor (CDC). “Pela legislação, fica evidente que na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça. Este é um direito básico do consumidor: contar com a proteção contra métodos comerciais coercitivos e contra práticas abusivas, de acordo com o CDC”, argumentou.
Na sentença, a juíza Daniela Azevedo considerou “inadmissível” o corte do fornecimento de energia pela concessionária de serviço público, em virtude de débito anterior, uma vez que a Energisa pode ajuizar ação de cobrança contra os consumidores inadimplentes. “A suspensão do fornecimento de energia só é admitida quando há o inadimplemento atual do consumidor, após aviso prévio de corte”, disse.

Em Santa Rita carreta com carga de móveis derruba seis postes

Uma carreta que transportava uma carga de móveis derrubou seis postes da Energisa. O acidente aconteceu no Centro da cidade de Santa Rita na manhã desta terça-feira (26), tendo provocado uma explosão e um princípio de incêndio.
carreta3

O acidente aconteceu nas proximidades da antiga delegacia de Polícia Civil e da atual sede do Banco do Brasil, no Centro da cidade. Os fios de alta tensão provocaram explosões e um princípio de incêndio, chamando a atenção da população.
carreta poste

A Energisa foi comunicada sobre a ocorrência e está tomando as providências para fazer a remoção da fiação e dos postes que ficaram no meio da rua. A empresa informou que a previsão da normalização no fornecimento de energia elétrica é para o início da noite de hoje.
Acidente
O acidente aconteceu quando um fio da TV a cabo GVT ficou preso à carga de móveis que era transportada pela carreta. Populares gritaram avisando ao motorista o que estava acontecendo, mas ele não entendeu.
Com a partida do caminhão e a fiação presa à carga, os fios foram puxados e os postes começaram a cair ao logo da rua. A Energisa informou que o prejuízo provocado pelo acidente soma mais de R$ 50 mil. Ninguém ficou ferido. Foram registrados apenas danos materiais.

Família luta para conseguir cirúrgia pelo SUS na cabeça de bebê

O bebê Davi Gabriel precisa de uma cirurgia na cabeça, mas os pais não têm condição financeira ou um plano de saúde para cobrir os custos da operação. Eles recorreram ao Sistema Único de Saúde (SUS), que informou não ter os equipamentos necessários para o procedimento. Por conta disso, a família vive uma batalha diária pela saúde do filho.
Davi Gabriel vai completar um ano de idade na próxima quarta-feira (27) e logo após seu nascimento foi detectada hidrocefalia pelos médicos, um acumulo de água dentro do crânio. Uma cirurgia foi feita para tratar do problema e, logo em seguida, outro problema foi encontrado. Um fechamento prematuro dos ossos do crânio conhecido como cranioestenose, que impede o crescimento normal do cérebro, podendo causar deformidade e lesões neurológicas.
O SUS informou que não tem o material necessário para fazer a operação, equipamento que chega a custar R$ 7 mil. Os pais estão lutando para que o processo seja realizado há quatro meses, pois, segundo os médicos, as chances de sucesso da cirurgia são maiores quando feita antes de a criança completar um ano.
No último dia 20, Cibele Neves, mãe do garoto, entrou com o pedido através de um protocolo da Secretaria de Saúde da Paraíba, solicitando a compra do material, mas até hoje (25), não obteve nenhuma resposta ainda. “Ultimamente ele está sempre sonolento, tendo dores de cabeça e até vômitos”, informou Cibele, que continua aguardando uma resposta.
A diretora do Hospital Arlinda Marques, Ana Márcia Fernandes, confirmou que a família fez o pedido no dia 20 deste mês e garantiu que a compra dos equipamentos já foi providenciada, mas continuou sem informar uma provável data para a cirurgia.

Menor São João do Mundo arrecada água para vítimas da seca no Centro Histórico de João Pessoa

Entrada para o evento é 1,5 litro de água.
Governo decretou emergência em 195 cidades.

Zefirina Bomba é a atração principal desta quinta-feira (Foto: Divulgação)Zefirina Bomba é a atração principal da quinta-feira (Foto: Divulgação)
O evento “Menor São João do Mundo”, que acontece até este sábado (30) no Centro Histórico de João Pessoa, vai arrecadar água para as cidades que estão sofrendo com a seca no interior da Paraíba. Para assistir aos shows no Espaço Mundo, que costumam ser gratuitos, o público terá que trocar uma garrafa de 1,5 litro de água mineral pelo ingresso.
Na noite desta quinta-feira (28), se apresentam as bandas Zefirina Bomba e Mutreta. Na sexta tem Cabruêra, Casamento da Quadrilha e Kazee Dub. Para encerrar o evento, no sábado, animam a noite Coiteros e Licenciosa.

O “Menor São João Mundo” acontece em paralelo às atrações apresentadas pela Prefeitura de João Pessoa no Ponto de Cem Réis, sempre às 23h.

A maioria das cidades sofre os efeitos da seca na Paraíba e o Governo do Estado decretou estado de emergência em 195 dos 223 municípios paraibanos. Inclusive, alguns reduziram ou cancelaram as festas juninas, tradicionais em muitos deles. O governador Ricardo Coutinho já chegou a dizer que essa é a maior seca que atinge o estado nos últimos 30 anos.

Ricardo Coutinho também anunciou a liberação de R$ 10 milhões para ações de enfrentamento à estiagem. O Ministério da Integração Nacional também autorizou o repasse de R$ 10 milhões para as ações de combate à seca na Paraíba.

Grupo Musical A Galinha Pintadinha se apresenta no Teatro Santa Rosa

A Galinha Pintadinha tem músicas de domínio público (Foto: Divulgação)Últimas apresentações serão neste sábado e domingo (30 e 1º).
Grupo já gravou dois DVDs com canções de domínio público.



O musical infantil A Galinha Pintadinha, famoso em seu formato de DVD, chega à capital paraibana em forma de espetáculo teatral. O espetáculo já ficou em cartaz nos dias 16 e 17 de junho e chega às últimas apresentações neste sábado e domingo (30 e 1º) no Theatro Santa Roza, sempre às 17h.

A Galinha Pintadinha já gravou dois DVDs com canções de domínio público. Os personagens já conhecidos por adultos e crianças vão alegrar o público com as músicas preferidas dos pequenos como: A Barata, A Galinha e o Galo Carijó, Alecrim, Formiguinha, Mariana Conta, Meu Lanchinho, O Sapo, Pintinho Amarelinho, Quem está Feliz, Sapo Cururu, Se essa Rua Fosse Minha e outras.

O formato do projeto promove uma aproximação entre gerações, já que as crianças cantam as canções que seus pais cantavam na infância. A duração do espetáculo é de 50 minutos. Os ingressos são vendidos na bilheteria do teatro no dia de cada apresentação.

Irmão de jonas Ex-BBB, foi morto e será sepultado hoje

O irmão do ex-BBB Jonas Sulzbach, Rafael Noronha, será enterrado às 9h de terça-feira (26) no Cemitério Municipal de Lajeado, cidade que fica a 112 quilômetros de Porto Alegre. O jovem de 20 anos foi encontrado morto perto de um campo de futebol no centro do município do Vale do Taquari, por volta das 4h desta segunda-feira (25). Desde o final da tarde, familiares e amigos de Rafael lotam a Capela Mortuária, no bairro Florestal, para o velório.
Jonas BBB morte irmão (Foto: Reprodução/RBS TV) O ex-participante do reality show chegou a Lajeado no final da tarde acompanhado da mãe, Marlene. Ambos vieram de São Paulo. O pai, Fernando Sulzbach, os aguardava na capela. Muito abatido pela morte do irmão, Jonas não quis falar com a imprensa.
Madrasta de Rafael, Maristela Born estava inconformada com a morte do jovem. "Todos estão muito tristes com a morte do Rafael. Queremos justiça. Nada justifica uma morte dessa forma”, afirmou a madrasta.
Rafael era irmão por parte de mãe do ex-BBB Jonas. Segundo a Polícia Civil, ele foi morto com nove tiros. Moradores da região ouviram os disparos. Em contato com o G1, o delegado responsável pelo caso, Silvio Huppes, disse que a morte do jovem é tratada como execução.
“Em princípio, tratamos como uma execução. Agora, estamos apurando a motivação do crime. Ele (Rafael) tinha envolvimento com drogas. Já temos alguns suspeitos e vamos ouvir pessoas próximas a ele para tentar colher mais informações”, revelou Huppes.
O modelo Jonas participou da edição de 2012 do Big Brother Brasil, da TV Globo. Ele conquistou o terceiro lugar do reality show, após ser eliminado no dia 27 de março.

Menina Brenda desaparecida em igreja foi encontrada por vizinho

Um vizinho da menina Brenda Gabriela, que desapareceu durante um evento religioso no Centro de São Paulo,  viu o momento em que um homem passava com a garota na Rua Vergueiro, na região da Liberdade, também no Centro, e pediu ajuda à Polícia Militar na tarde de segunda-feira (25). O rapaz tentou agarrar o homem, mas ele abandonou a criança e fugiu. A polícia procura o suspeito.
“Eu a vi, peguei saí correndo atrás. Ele estava do lado, pedindo o lanche. Quando falei que ia chamar a polícia ele saiu correndo”, contou o repositor Alex Ramos de Carvalho.
A menina estava com o cabelo mais curto do que no dia em que desapareceu durante evento da Igreja Pentecostal Deus é Amor. De acordo com a mãe da criança, Geiza Mari Silva, Brenda relatou maus tratos. “Ele deixava a criança debaixo das cobertas o dia inteiro. Ela passava fome e frio. Disse que batia nela, beliscava ela”, disse. Brenda foi levada para o hospital para ser examinada, e deve passar por novos exames médicos e psicológicos nesta terça-feira (26).
O reencontro com a família ocorreu no 5º Distrito Policial, para onde a menina foi levada. A mãe chorou muito ao pegar a filha no colo.
Após sair da delegacia, Brenda foi para casa com a mãe – onde a mulher vive com ela e mais cinco filhos em dois cômodos. Elas foram recebidas pelos vizinhos. Ao entrar, a menina correu para o avô, a quem recebeu com um sorriso, e para seus brinquedos. “Graças a Deus, o meu sonho era esse, trazer a menina para ficar nos braços da mãe dela”, disse Nabor Monteiro, avô de Brenda. A criança também se emocionou ao encontrar um dos irmãos.
Geiza espalhou cartazes pelas ruas da Mooca com a imagem da criança - ela deixou de trabalhar para procurar a menina. No dia 13 de junho, o irmão de Brenda ajudou a elaborar o retrato falado de um homem que teria se aproximado e feito um carinho na cabeça da menina durante o evento.
No templo onde a criança foi vista pela última vez, o registro de desaparecimento foi feito no dia 10 de junho, às 23h. Desde então, a igreja começou uma campanha na internet pedindo ajuda dos fiéis pra encontrar a menina.