sexta-feira, 8 de junho de 2012

A mulher maça Gracy Kelly mostra que é ecológica

A funkeira Gracy Kelly, mais conhecida como Mulher Maçã, resolveu entrar no clima da Rio+20, conferência sobre o clima e meio-ambiente que será realizada na próxima semana no Rio de Janeiro.

Para homenagear o evento organizado pela ONU (Organização das Nações Unidas) que reúne líderes de todo o mundo e protestar contra o desmatamento da Amazônia e o aquecimento global, a bela fez um ensaio todo natureba.

Em um cenário cheio de verde, Mulher Maçã tirou toda a sua roupa e posou apenas com uma folhinha tampando as suas partes íntimas e, é claro, sua maçã. Só que desta vez ela é verde.

Tudo pela natureza e pela conscientização ambiental. Obviamente!

Evangélicos modernos até demais


No Conde agora tem uma bela fonte luminosa na praça


Pela primeira vez, populares poderão apreciar o mais novo ponto turístico na cidade de Conde uma bela fonte luminosa foi inaugurado ontem (07. 06.2012), a noite ficou até mais atrativa. Conversamos com algumas pessoas que se encontravam próximo apreciando o local onde se expressaram dizendo que a demora da conclusão foi compensada pela beleza que ficou.
 Praça Pedro Alves é a mais antiga da cidade de Conde e estava abandonada porém só agora foi construído nela uma uma fonte luminosa que servirá de atração para os moradores  que ali ficam nas noites namorando ou apreciando e vendo o tempo passar. 
Fotos e matéria de ana maria gomes

Festa de Corpus Christi em Conde ano de 2012

A tradicional Procissão de Corpus Christi este ano atraiu milhares de fieis na cidade de Conde na Paraíba.  

Pelas ruas principais da cidade uma multidão seguia os guardiãs  da sagrada eucaristia ao som das canções religiosas da igreja sem parar e sem sentir cansaço, idosos, crianças  e vários jovens e adultos seguiam pelas ruas General Perouse, descendo pela Manoel Alves até o final em frente a Panificadora Santo Antonio, voltando pela rua de trás até voltar novamente pela mesma rua ( a Manoel Alves) passando novamente pela Policlínica, seguindo pela Praça até a rua Nossa Senhora da Conceição até a Matriz onde foi celebrada antes da procissão uma missa em ação de graças ao Santíssimo Sacramento no Altar adoração e louvor celebrados pelo padre Eliezer. 
Muitos aplausos e emoção marcaram o final da procissão. 
   
Você sabe o que é a eucaristia?
A Eucaristia é um dos sete sacramentos e foi instituído na Última Ceia, quando Jesus disse: "Este é o meu corpo...isto é o meu sangue... fazei isto em memória de mim". Porque a Eucaristia foi celebrada pela primeira vez na Quinta-Feira Santa, Corpus Christi se celebra sempre numa quinta-feira após o domingo depois de Pentecostes.
Na véspera da Sexta-Feira Santa, a morte na cruz impede uma festa solene e digna de gratidão e doutrinação. Porque a Última Ceia está no Novo Testamento, os evangélicos lhe têm grande consideração, mas com interpretação diferente.
  A Festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV com a Bula "Transiturus" de 11 de agosto de 1264, para ser celebrada na quinta-feira após a Festa da Santíssima Trindade, que acontece no domingo depois de Pentecostes.
O Papa Urbano IV foi o cônego Tiago Pantaleão de Troyes, arcediago do Cabido Diocesano de Liège na Bélgica, que recebeu o segredo das visões da freira agostiniana, Juliana de Mont Cornillon, as quais exigiam uma festa da Eucaristia no Ano Litúrgico.
Juliana nasceu em Liège em 1192 e participava da paróquia Saint Martin. Com 14 anos, em 1206, entrou para o convento das agostinianas em Mont Cornillon, na periferia de Liège. Com 17 anos, em 1209, começou a ter 'visões', exigindo da Igreja uma festa anual para agradecer o sacramento da Eucaristia. Com 38 anos, em 1230, confidenciou esse segredo ao arcediago de Liège, que 31 anos depois, por três anos, se tornaria o Papa Urbano IV (1261-1264), tornando mundial a Festa de Corpus Christi, pouco antes de morrer. 
Matéria de Ana e fotos de Jhoanderson

Boletim policial informa 4 feridos em tentativa de assalto no parque do povo só nessa madrugada

Muita gente aproveitou o feriado para ir ao Parque do Povo, mas a noite não foi das mais tranquilas. A Central de Operações da Polícia Militar (Copom) informou que pelo menos quatro pessoas ficaram feridas na madrugada desta sexta-feira (8) depois de sofrer tentativas de assaltos na festa de São João de Campina Grande.
As quatro pessoas sofreram facadas e espancamento e foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas para o Hospital de Trauma da cidade. As vítimas são dois adolescentes de 17 anos e dois homens de 19 e 24 anos.
A Polícia Militar informou que está com um efetivo maior que o necessário, mas que a responsabilidade pela revista dos visitantes é da empresa particular que faz a segurança do evento. A organização da festa disse que, apesar dos acontecimentos, há uma revista rigorosa na entrada dos visitantes no parque. As vítimas desta sexta estão na ala vermelha do Hospital de Trauma. Não foi informado o estado de saúde deles.

Chacina em boca de fumo em Mangabeira na PB 5 mulheres foram assassinadas

Cinco pessoas – dentre elas uma mulher grávida – foram assassinadas a tiros dentro de uma boca de fumo que funcionava em um prédio abandonado da Sucam, no bairro Mangabeira 1, em João Pessoa, na madrugada desta sexta-feira (8). O local mora muitas famílias.
Mulheres mortas na cracolândia
Mulheres mortas na cracolândia ( foto: Portal 190PB
De acordo com a Delegacia de Homicídios, as mulheres foram identificadas pelos pré-nomes de Jacineide Ferreira, Maria de Jesus, Jaqueline Rodrigues e Gabriela, que estava grávida de quatro meses.
Segundo informações da polícia, por volta das 2h, cerca de seis homens armado em carro e moto, chegaram ao local e executaram primeiro o gerente da boca de fumo – que estava na porta do prédio.
Vítima executada na Capital
Vítima executada na Capital ( foto: Portal 190 PB)
Em seguida, os assassinos invadiram o local e mataram a tiros a chefe do tráfico identificada como Baby, que estava grávida de quatro meses. De acordo com a polícia, a vítima guardava as pedras de crack nas partes íntima.
Outras três mulheres foram mortas no prédio. Uma das mulheres foi assassinada quando dormia com o filho. Ele não presenciou o crime e apenas acordou quando a perícia chegou no local.
Peritos da Gemol estiveram no local e encontraram pedras de crack e maconha nos seios das vítimas.
A Delegacia de Homicídios está investigando o crime. Até o momento, ninguém foi preso.

Governo Federal repassou só este ano para 12 prefeituras da PB 1.18bilhão

De janeiro a abril deste ano, o governo federal repassou mais de 2,7 bilhões à Paraíba. Do total, R$ 1,08 bilhão foram transferidos para o governo do Estado e R$ 1,18 bilhão para os 223 municípios.
Dos recursos transferidos para as cidades, cerca de R$ 355 milhões foram para 12 prefeituras, o que representa quase 30%.
As maiores fatias ficaram com João Pessoa (R$ 143 milhões) e Campina Grande (R$ 58,4 milhões). Os dados constam no portal da transparência do governo federal.
No quadrimestre de 2012, a gestão de Luciano Agra (PSB), na capital, recebeu R$ 77 milhões do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), R$ 26 milhões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e R$ 20 milhões para o Bolsa Família. Em relação a obras, a União destinou R$ 5 milhões para saneamento básico e R$ 2,5 milhões para habitação, entre outros repasses.
Para Campina Grande, administrada pelo prefeito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), a União repassou R$ 20 milhões do FPM, R$ 14 milhões do Fundeb e R$ 10 milhões do Bolsa Família.
Nos quatro primeiros meses de 2012, Campina recebeu R$ 3,4 milhões para obras de saneamento básico e R$ 546 mil para programas habitacionais. Em relação ao fomento à pesquisa e desenvolvimento em áreas básicas e estratégicas, o governo federal enviou R$ 1,9 milhão para a PMCG.
A terceira maior fatia com Santa Rita: R$ 26 milhões. Na sequência, aparecem Patos (R$ 25,9 mi), Bayeux (R$ 17,9), Sousa (13,8), Cajazeiras (R$ 13,8 mi), Sapé (R$ 13,4 mi), São Bento (R$ 12,9 mi), Cabedelo (R$ 11,6 mi), Queimadas (R$ 11,9 mi), Mamanguape (R$ 11,1 mi), Guarabira (R$ 10,9 mi) e Pombal (R$ 10,4 mi).

A Caixa Econômica esta sendo obrigada a quitar contratos de habitação

Os mutuários da Caixa Econômica Federal (Caixa) com contratos de financiamento habitacional, com cobertura do Fundo de Compensação de Variações Salariais (FCVS), celebrados até 31 de dezembro de 1987, e cuja última prestação já tenha sido paga e ainda têm saldo residual, terão seus contratos quitados e ainda receberão de volta o que pagaram desde outubro de 2000. As informações são da Agência Brasil.
A decisão, da 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, julgou favorável apelação proposta pela Associação Brasileira dos Mutuários de Habitação (AMBH), que pedia a quitação dos contratos com essas características que tenham cobertura do Fundo de Compensação de Variações Salariais. A associação já tinha recebido uma sentença desfavorável em primeiro grau, mas foi atendida pela 5ª Turma do tribunal no pedido de apelação.
Os desembargadores entenderam que cobrir saldos residuais de financiamentos cuja última prestação já tenha sido paga é uma das finalidades do fundo. Além disso, embasados por uma medida provisória convertida em lei em outubro de 2000, a 5ª Turma também determinou à Caixa e à Empresa Gestora de Ativos (Emgea) que devolvam os valores eventualmente cobrados e efetivamente pagos pelos mutuários a partir da edição da medida provisória.
As duas instituições têm prazo de 60 dias para cumprirem a decisão, sob pena de pagarem multa de R$ 1 mil por dia de atraso. Procurada, a Caixa ainda não tinha um posicionamento sobre a decisão. A Agência Brasil não conseguiu contato com a Emgea para falar sobre o assunto.
 

Madrugada de muita chuva na capital que provocou alagamento

 Pelos dados da Defesa Civil, foram quase 10 horas de chuva entre a quarta (6) e a quinta-feira (7), em João Pessoa.
As chuvas que caíram na madrugada de quinta-feira em João Pessoa resultaram em 60 pontos de alagamentos, sendo 25 considerados mais graves. A Defesa Civil do Município também registrou um princípio de deslizamento no Bairro São José e uma família chegou a ser alertada sobre a necessidade de remanejamento, mas resistiu à ação.
Sobre os alagamentos, o assessor técnico do órgão, Alberto Sabino, disse que as partes que mais chamaram atenção foram o anel interno da Lagoa, a avenida João Machado, a Beira Rio, a Tito Silva, o acesso Valentina-Mangabeira e o próprio bairro São José.
No último, a água chegou a invadir as casas.
Em alguns trechos, o trânsito também sofreu intervenções. A Superintendência Executiva da Mobilidade Urbana (Semob) interditou, na manhã de ontem, o trecho final da avenida Beira-Rio, próximo ao rio Jaguaribe. "Esses problemas são resultado de mais de dez horas de chuvas, consideradas atípicas para esse período. Acredito que essas chuvas ficaram acima da média histórica”, avaliou Alberto Sabino.
No fechamento desta edição, o metereologista Alexandre Magno, da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), informou que o órgão ainda não possuía o índice pluviométrico das chuvas que caíram na capital da quarta até a quinta-feira.

PRF aponta irregularidades em veículos escolares de 20 Municípios e do Estado

O Ministério Público da Paraíba recebeu, na última segunda-feira (16), um relatório da Polícia Rodoviária Federal com informações rela...