sexta-feira, 1 de junho de 2012

Aluno do municipio de Conde é selecionado para o Rio Mais 20


 O estudante Washington Luiz de Oliveira de Guaxinduba é classificado pelo MEC para o Rio Mais 20 no Rio de Janeiro entre os mil e duzentos projetos o de Washington foi o melhor.
 O Conde se orgulha de você.
Primeiro lugar. Está é classificação dada pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC)  ao município de Conde na área de Educação, no ano passado. A cidade de Conde está em alta também na escala internacional. É que o estudante Washington Luiz de Oliveira, residente na comunidade de Guaxinduba, estará presente na  Rio Mais 20 (Conferência  das Nações Unidas Sobre Desenvolvimento Sustentável) que acontecerá este mês, entre os dias 13 e 22, no Rio de Janeiro.
Washington garantiu sua participação no evento com a classificação de projeto denominado “Consumo Elétrico para o Desenvolvimento Sustentável”, que ficou entre os cento e vinte classificados internacionalmente. Foram mais de  mil e duzentos projetos concorrentes.
A Rio Mais 20 tem como objetivo discutir e definir a agenda de desenvolvimento sustentável para a próxima década, que consiste em tirar propostas  para  a melhoria na qualidade de vida da população mundial. “E Washington que estudou na nossa rede municipal de ensino está entre os dois paraibanos escolhidos para participar dessa conferência”, ressalta Maria Elizete, Secretária de Educação do município. 
Washington estuda na Escola Profissionalizante Presidente Médici, em João Pessoa, e conta com apoio financeiro da Prefeitura de Conde. “Nós oferecemos transporte, fardamento e uma bolsa de estudo no valor de R$ 100  como ajuda de custo”, declara.
Para Elizete esses resultados, apresentando a cidade nos primeiros lugares em níveis nacional e internacional, “são mais um ponto positivo que demonstra o esforço de toda a equipe que leva educação a sério no município de Conde”.
Resumidamente o projeto propõe a diminuição da quantidade de energia consumida nas residências da cidade de João Pessoa, através da construção de um software (simulador de consumo) e, consequentemente, diminuição dos impactos ambientais geradox por uma usina hidrelétrica.  Para desenvolver uma melhor aprendizagem do aluno e complementar do conhecimento adquirido em sala de aula, o professor Jeimes Ferreira Campos, conjuntamente com os estudantes Washington Luis de Oliveira e Vitor Damasceno Ferreira, alunos do 3° ano do curso Técnico  em Suporte e Manutenção em Informática da Escola Estadual Presidente Médici, elaboraram esse projeto de economia de energia.  
   

Exploração sexual e abuso infantil na PB meninas trocam sexo até por celular

Adolescentes trocando sexo até por um aparelho celular. A constatação foi feita pelo Ministério Público do Trabalho em parceria com a Polícia Rodoviária Federal na Br-230 e ainda, no calçadão no bairro nobre, Manaíra, em João Pessoa. A operação ‘Mitang 2’ ocorreu entre os dias 7 e 11 deste mês. Por meio do trabalho de um policial a paisana, a investigação abordou menores de idade entre 14 e 16 anos. Além de flagrar uma das jovens que havia cobrado um aparelho celular em troca da relação sexual, os depoimentos das demais adolescentes confirmaram que a média do valor cobrado por elas aos clientes é de R$ 50 por ‘programa’. De acordo com o procurador do MPT – Eduardo Varandas – a operação constatou situações pontuais. A divulgação da existência da exploração sexual e abuso infantil em João Pessoa, visa mostrar para a sociedade a gravidade do problema. Ainda segundo Varandas, serão acionadas a Delegacia da Infância e Juventude, além do Ministério Público Estadual para aprofundar as investigações e cobrar medidas que coíbam este tipo de ação na Capital paraibana. Confira vídeo abaixo com declarações impressionantes:

Carro derruba poste na av. Epitácio Pessoa e deixa trânsito lento em João Pessoa

  Um carro derrubou um poste na avenida Epitácio Pessoa com o cruzamento da rua Prefeito José Leite, nas imediações do bairro Bri...