segunda-feira, 30 de abril de 2012

A imprensa divulga nota repudiando o atentado ao radialista Vinícius Henrique

A Associação Paraibana de Imprensa (API) divulgou uma nota na tarde deste sábado se manifestando sobre o atentado ocorrido na madrugada de hoje, na residência do radialista e repórter policial Vinícius Henriques.

De acordo com o comunicado, a entidade repudiou o ato e intitulou o crime como uma ameaça contra a liberdade de expressão e contra o Estado Democrático de Direito.
Na nota, a associação espera uma rápida apuração dos fatos que têm indícios de represália às denúncias sobre o crime organizado no Estado

Confira abaixo a nota na íntegra:
A Associação Paraibana de Imprensa (API) repudia o ato violento praticado contra o radialista Vinícius Henriques que teve sua casa crivada de tiros de espingarda calibre 12 durante a madrugada deste sábado (28), fato ocorrido por volta das três horas, quando motoqueiros armadas de revolveres e espingarda, dispararam tiros na residência do profissional que perfurou o portão da casa, atingindo ainda um veículo e objetos que estavam na garagem.
Ato dessa natureza configura-se uma ameaça contra a liberdade de expressão e contra o Estado Democrático de Direito. Nós, que fazemos a API, reforçamos o compromisso com a informação ética, responsável e temos envidado esforços para construir uma cultura de paz na Paraíba, através do diálogo permanente com outras entidades da sociedade civil que também defendem o respeito aos direitos humanos. Portanto, julgamos inadmissível qualquer forma de intimidação aos direitos individuais ou coletivos, garantidos constitucionalmente.
Ao mesmo tempo em que a API se solidariza com o colega Vinicius Henriques, exige do poder público, em todas as esferas, uma rápida apuração dos fatos que têm indícios de represália às denúncias sobre o crime organizado no Estado, conforme atribui o próprio radialista que comanda um programa policial na Rádio Arapuan.
Marcela Sitônio

Acidente grave envolvendo 2 veículos em Alhandra motoqueiro morreu na hora

Jovem morreu na horaCarro mata motoqueiro após livrar de buracos no Litoral Sul

Um grave acidente ocorrido entre os municípios de Alhandra e Caaporã, Litoral Sul do Estado, envolvendo um carro e uma moto deixou um jovem morto. A fatalidade ocorreu na noite deste domingo (29).
Jovem morreu na hora
De acordo com testemunhas, o veículo Meriva teria desviado de um buraco na pista e bateu de frente com o motoqueiro que vinha sentido contrario. Na hora do acidente, a vítima não usava capacete.
O motoqueiro não foi identificado.

Aos 80 anos oficial da força aérea faz cirúrgia para mudar sexo


Oficial da Força Aérea Real muda de sexo aos 80 anos

Um oficial da Força Aérea Real britânica é o primeiro homem do mundo a se submeter a uma cirurgia para mudar de sexo aos 80 anos, revelou o jornal “The Sun” deste domingo. Antes chamado de James, ele já vive como Ruth Rose e disse que desde os 9 anos tem vontade de ser uma mulher. Mas somente agora, depois de uma carreira de sucesso como piloto, criou coragem para transformar seu sonho em realidade.

- É lindo pensar que finalmente serei o que sempre quis. Minha vida floresceu. Além disso, tenho tido muito reconhecimento desde que tomei a decisão de fazer a cirurgia - disse James.

Ele contou ser sido casado por 42 anos, até a esposa descobrir que gostava de vestir-se como mulher em casa. Em público, o visual feminino foi adotado há dois anos por esse pai de três filhos. A cirurgia para a mudança ainda mais radical está marcada para outubro do ano que vem, quando já tiver completado 80 anos. O piloto disse já ter se cansado de fingir ser o que não é:

- Eu sabia que a feminilidade estava dentro de mim. Agora, só quero ir em frente. Meu coração e pressão arterial estão em boas condições e os médicos disseram que eu não sou muito velho.