terça-feira, 24 de abril de 2012

Um momento de prazer e satisfação ao lado da família Gomes

 Laços de família 
Tudo é motivo para comemorar. Comemorado na residencia de André com convidados especiais e alguns membros da família Gomes, uma alegria contagiante
 A família é tão importante para a formação de uma pessoa quanto um alicerce é pra um prédio, se o alicerce é mal feito , mal estruturado, o prédio com certeza vai desmoronar um dia, vai virar ruínas. da mesma forma é com a família, se ela não for sólida, não for forte e segura, a pessoa que ali convive tende a ter um caminho não muito salutar para a construção de uma boa índole, a família é base é sustentação por isso que é tão díficil para crianças abandonadas serem adotadas e se adaptarem, justamente porque não possuem vinculos afetivos.
 É no seio familiar, que vamos adquirir os valores que vão nos acompanhar por toda vida. Honestidade, sinceridade, verdade, fraternidade, tudo isto, você receberá de sua família, como também alguns valores negativos, quando o egoísmo por exemplo, faz parte do mundo familiar. Por isso, a família deve ser preservada e muito orientada, para que possa gerar bons frutos no futuro.
almoço na residencia do meu irmão André Gomes na foto com a esposa Alta






jornalista Ana Gomes de óculos ao lado dos familiares



Paraíba recebe recursos federal para o combate a seca em 200 municípios

foto de populares da cidade de Conde que sofre com as constantes falta dágua

Combate a seca: 200 municípios paraibanos receberão recursos do Governo Federal

O governador Ricardo Coutinho revelou que 80% das propostas do Estado da Paraíba foram contempladas dentro do Plano Emergencial apresentado pelo governo Federal, durante reunião da presidenta Dilma Rousseff com os governadores nordestinos, em Aracaju, Sergipe.
Serão disponibilizados R$ 2,7 bilhões para ações de combate aos efeitos da seca que atinge os estados do Nordeste e quase 200 municípios paraibanos.
OUÇA RICARDO COUTINHO
No início da reunião realizada no Palácio do Governo de Sergipe, o governador Ricardo Coutinho entregou a presidenta Dilma Rousseff um documento contendo propostas como a antecipação e a concessão de uma parcela extra do programa Garantia Safra 2011/2012, a disponibilização de mais recursos para a operação carros-pipas e recuperação de poços e para o Programa Água Para Todos. Todas essas propostas serão atendidas pelo Governo Federal.
    
Pronaf - Outra proposta apresentada pelo governador Ricardo Coutinho foi a criação de uma linha de crédito de custeio e investimento emergencial agropecuário do Pronaf B. Durante entrevista, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra,  anunciou a abertura de crédito de R$ 1 bilhão para pequenos,médios e grandes agricultores dentro do Pronaf com crédito de até R$ 12 mil para pequenos agricultores e até R$ 100 mil para médios e grandes produtores dentro do programa.
Água para todos - Ricardo comemorou o aumento dos recursos disponibilizados dentro  programa Água Para Todos como a liberação, até dezembro, de R$ 799 milhões para os estados nordestinos. "Com o acréscimo dos recursos, poderemos avançar mais o desafio de levar água para a população paraibana. Ele lembrou que a Paraíba havia sido contemplada anteriormente com 4 mil cisternas, mais 270 sistemas simplificados de água e 206 barreiros", completou.
Recursos para poços - A Paraíba será contemplada com R$ 3 milhões para a recuperação de poços artesianos. Ricardo avaliou que a reunião foi positiva para ações emergenciais como a destinação de recursos para a recuperação de poços artesianos e também de obras como barragens e adutoras, que vão impedir que esse fenômeno da seca ocasione efeitos tão graves, como a falta de água até para consumo humano.
Segundo levantamento da Defesa Civil, a Paraíba possui 3 mil poços artesianos, sendo 2 mil particulares e 1 poço público. "Tínhamos solicitado R$ 9 milhões para a construção dos poços, e garantimos R$ 3 milhões, ficando o restante para análise do governo federal".
Segundo o ministro Fernando Bezerra, mais de 1.100 municípios e cerca de 12 milhões de nordestinos deverão sofrer os efeitos da estiagem nos próximos meses. "Estamos tomando essas medidas emergenciais, mas também estamos desenvolvendo medidas efetivas como a transposição das águas do Rio São Francisco e a construção do canal ligando a barragem de Acauã e Araçagi na Paraíba", exemplificou Bezerra.  
Estiagem - O governador Ricardo Coutinho informou que, dos 223 municípios da Paraíba, 143 estão gravemente atingidos pela estiagem e outros 67 sofrem de forma mais atenuada. "Temos uma população de 2,6 milhões de pessoas morando no perímetro da seca e uma previsão de nove meses sem chuvas. Essa será uma das secas mais rigorosas das últimas décadas, mas acreditamos que essa proatividade do Governo federal e do Governo da Paraíba com disponibilização de crédito, do Garantia Safra, do Bolsa Estiagem vão ajudar a minorar a situação das famílias", completou.  
   
Participaram da reunião com a presidente Dilma Rousseff os governadores Ricardo Coutinho (Paraíba), Eduardo Campos (Pernambuco), Rosalba Chialini (Rio Grande do Norte), Marcelo Deda (Sergipe), Cid Gomes (Ceará), Teotônio Vilela (Alagoas), Jacques Wagner (BA), Wilson Martins (Piauí) e o vice-governador do Maranhão, Washignton Luiz.
Os ministros da Integração, Fernando Bezerra; do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS), Tereza Campello; de Planejamento e Gestão, Mirian Belchior; do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas; e das Minas e Energia, Edson Lobão, também participaram da reunião.

Protesto: Estudantes da UFPB querem melhorias na estrutura do Campus

Conflito na UFPB: estudantes fecham campus e impedem entrada dos professores

Protesto na UFPBEstudantes do Centro de Ciências Agrárias - Campus II da Universidade Federal da Paraíba - localizado na cidade de Areia, no brejo paraibano, realizam um protesto na manhã desta terça-feira (24).

Os manifestantes pedem melhorias na estrutura do Campus e fecharam as quatro entradas principais do local, impedindo os professores de entrarem na instituição. Apenas os funcionários administrativos conseguem 'furar' o bloqueio.
O objetivo é chamar a atenção das autoridades para vários problemas enfrentados pelos alunos. Um deles é a falta de água. Segundo um dos estudantes, o Centro conseguiu uma parceria para 10 carros-pipa abastecerem o CCA diariamente, mas a água é de péssima qualidade, inclusive, já foram encontrados coliformes fecais.
Outro problema que os estudantes enfrentam é o da segurança pública, onde os assaltos são frequentes no local. Também a infra-estrutura sofre problemas estruturais, com banheiros e alojamentos sem portas e janelas.
O diretor do Campus, Djail Santos, não foi encontrado para comentar a manifestação.

3 homens presos acusados de Zoofilia em Bayeux

Homens detidos acusados de zoofilia em Bayeux

Foto: Bayeux em FocoJá estão em liberdade os três homens detidos nesta segunda-feira (24), no município de Bayeux, Grande João Pessoa, acusados de zoofilia (prática de manter sexo com animais). Os três foram denunciados pela vizinha que suspeitou do barulho.
José Severino dos Santos, 62, Marcos Antônio Pereira, 43, e Severino da Silva, 64 anos, moradores da rua Gustavo Maciel Monteiro, no centro do município, foram detidos acusados de abusarem de quatro galinhas e dois patos.  Os acusados e os animais foram levados para delegacia.
Maria de Lourdes Felício, vizinha dos acusados, afirmou que os homens estavam bebendo na casa quando ela ouviu o barulho das galinhas e patos que tentavam fugir. Quando ela foi ver, flagrou os acusados praticando atos obscenos e chamou a polícia.
Esse é o segundo caso de zoofilia em Bayeux em menos de uma semana.

CQC faz piadas ao time do flamengo tecnico se irritado

O técnico do Flamengo Joel Santana concedeu uma entrevista coletiva no último domingo (22/4) após a eliminação do clube do Campeonato Carioca. O repórter do “CQC” Ronald Rios estava presente e fez uma pergunta que irritou o comandante da equipe rubro-negra, informou o site Bahia Notícias.
Humorista irritou Joel Santana ao fazer piada com eliminação do Flamengo no campeonato carioca
Nos instantes finais da coletiva, Ronald Rios fez uma pergunta sarcástica a Joel, fazendo referência ao jogador Ronaldinho Gaúcho e ao comercial que o técnico fez para uma marca de refrigerantes. “Joel, Ronaldinho ganha muito dinheiro para ficar faltando aos treinos, ‘pode to be’?”, perguntou o repórter.
O comandante do clube carioca irritou-se com a brincadeira e chegou a pedir a prisão do humorista. “Quem deixou esse maluco entrar aqui? Isso é coisa séria. Tem que prender. Estou sendo bombardeado de todos os lados e uma coisa dessa acontece”, desabafou Joel.

Aniversário de Mangabeira JP Paraíba

Mangabeira, o bairro mais populoso de João Pessoa, completou 29 anos

Avenida Josefa Taveira, uma das principais do bairro de Mangabeira, Paraíba (Foto: Inaê Teles/G1)
Com cerca de 76 mil habitantes o Conjunto Habitacional Tarcísio de Miranda Burity, conhecido popularmente como bairro de Mangabeira, é o mais populoso da Paraíba e nesta segunda-feira (23) completa 29 anos. Caso fosse uma cidade, o bairro de Mangabeira seria a 6ª em número de habitantes e perderia apenas para João Pessoa (723.515 habitantes), Campina Grande (385.213), Santa Rita (120.310), Patos (100.674) e Bayeux (99.716).
Pelos dados do Censo 2010 do IBGE, 94,40% da população do bairro é alfabetizada e deixa Mangabeira em 26ª posição no ranking de escolaridade. A renda per capita é de R$ 846,84, a 36ª maior renda de João Pessoa.
Bairro de Mangabeira completa 29 anos em João Pessoa, Paraíba (Foto: Inaê Teles/G1) A maior parte da população, 10,31%, é composta por pessoas com idades que variam entre 25 e 29 anos, o que corresponde a 7.835 habitantes. A menor parte, 0,01%, é composta por  6 pessoas que estão com 100 anos ou mais. As mulheres são maioria no bairro e somam 40.144 moradores. Os homens somam 35.844 habitantes.
Mangabeira fica na Zonal Sul de João Pessoa e conta com 1.893 domicílios. Sendo que mais da metade deles, 87,17%, são casas. O bairro é subdividido em oito partes que vão de Mangabeira I até VIII. O início do bairro, que tem uma área de 1.069 hectares, é no colégio CAIC Damásio Franca e termina na metade da ladeira conhecida como Valentina/Mangabeira. Segue ainda a leste do sítio Laranjeiras e termina na área do Centro de Convenções.
Mercado Público de Mangabeira em João Pessoa, Paraíba (Foto: Inaê Teles / G1) De acordo com o IBGE, o bairro abriga o 2º maior mercado público de João Pessoa, perde apenas para o Mercado Central, e a 2ª maior avenida da cidade, a Josefa Taveira, que abriga um grande número de estabelecimentos comerciais.
Avenida Josefa Taveira, uma das principais do bairro de Mangabeira, movimenta o comérico de João Pessoa
As sedes da Academia da Polícia Militar e Civil, Detran, Inmetro, Unidade Prisional de Segurança Média e Máxima e Casa da Cidadania são encontradas no bairro. Agências bancárias, clínicas particulares e restaurantes também são encontradas nas principais ruas e avenidas de Mangabeira.
O presidente da associação de moradores de Mangabeira, Wallace Gonçalves de Albuquerque, aponta diversos pontos positivos do bairro. "Mangabeira tem 90% do bairro saneado e tem uma infraestrutura invejável", disse.
Em relação a saúde, o presidente da associação disse que o bairro tem hospitais de referência, como o Ortotrauma, mas necessita de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com atendimento 24 horas. "O hospital é muito bom, mas a demanda é muito grande. Com uma UPA vai melhorar muito", disse Wallace Gonçalves de Albuquerque.
A iluminação pública também é uma questão, que segundo o presidente da associação, os moradores apontam como um item que precisa melhorar. "Tem quase 30 anos que a gente precisa de um reparo na rede de iluminação pública do bairro. As luminárias da avenida principal e das ruas secudárias precisam ser trocadas", disse Wallace Gonçalves. A insegurança também preocupa os moradores, mas não é uma questão isolada do bairro. Segundo ele, a insegurança é um problema que atinge os moradores de todo Brasil.
Entre os projetos futuros para o bairro está a construção de um shopping. "Mangabeira está crescendo e tem muito ainda para crescer", disse Raimundo Nonato, aposentado que vive há 29 anos em Mangabeira.