quarta-feira, 18 de abril de 2012

Prefeito de Conde diz que desconhece trio canibal

 Minutos após ser entrevistado pela Band no Brasil Urgente reporte Datena,  O prefeito ligou para o nosso  reporte Wagner Assunção do Sistema J.A de Comunicação disse ao mesmo que em momento algum conhecia o trio canibal e que viu falar do assunto mais que não reconhece o trio, e que talvez  tenha falado com algum deles mais que não se recordava em momento algum. Disse ainda que no período do carnaval ele chegava  a cumprimentar  milhares de pessoas, a cidade tem uma migração muito grande de pessoas de outros estados e até de outros países, não tem como monitorar quem entre e quem sai. Disse Aluísio. 

Confira a matéria:

Canibais revelam: prefeito paraibano convidou trio assassino para morar no Litoral Sul

Aluísio Régis
Aluísio Régis
O prefeito do município do Conde no Litoral Sul da Paraíba, Aluísio Régis, teve o nome citado no diário escrito por um dos integrantes do grupo canibal descoberto na cidade de Garanhuns em Pernambuco.
Um caderno escrito por uma das acusadas, Bruna Cristina Oliveira da Silva, de 25 anos, relata que o prefeito teria chamado o grupo, que na época residia em Olinda, para morar no Conde, cidade que ele administra.

Prefeito nega
O prefeito negou amizade com os ‘canibais’ e afirmou que caso tenha ocorrido algum contato entre eles, só pode ter ocorrido em alguma audiência pública, diante da sua função de gestor do município.
“Essas pessoas têm distúrbios e devem ser analisadas. A única seita que faço parte é a católica, religião da qual faço parte”, declarou Aluísio em entrevista a um programa de rede nacional na noite desta segunda-feira (18).
Morte no Conde
Uma paraibana, identificada apenas como Iolanda e residente do Litoral Sul do Estado, teria sido vítima do grupo.
A polícia investiga se a vítima seria do Conde e se a data de seu desaparecimento coincide com a época em que o trio morava na cidade.
O delegado responsável pelo caso, Weslei Fernandes, afirma que pelo menos oito mulheres foram vítimas do trio, mas os pedaços dos corpos de apenas duas delas foram encontrados até agora.

Falta água em Conde reunião

Atenção o Pastor Ricardo convoca todos os moradores para nesta quinta-feira dia 19 na igreja Prisbitériana da rua Manoel Alves, (após a praça Ilza Ribeiro), as 19hs e 30mn.
Assunto: "A falta d´água em Conde"
Não faltem

Canadense se passava por Justin Bieber e abusava de meninas pela internet

O canadense Lee Moir, que se passaria por Justin Bieber na internet para abusar de menores (Foto: AP/Essex County, N.J., Prosecutor's Office)

Homem fingia ser Bieber na web para abusar de meninas, diz polícia

Lee Moir, canadense de 34 anos, é acusado de fazer vídeos pedófilos.
Policial se passou por menina de 14 anos e comprovou ação do criminoso.

O canadense Lee Moir, que se passaria por Justin
Bieber na internet para abusar de menores
A polícia de Nova Jersey, nos Estados Unidos, prendeu um canadense acusado de enganar jovens meninas pela internet e produzir vídeos com pornografia infantil fingindo ser o astro teen Justin Bieber.
Lee Moir, de 34 anos e nascido em Toronto, fingia ser Bieber para seduzir meninas no Facebook, diz uma promotora de Nova Jersey. Segundo autoridades do Canadá, ele teria ainda abusado sexualmente de uma menina de 12 anos em um chat na web.
Moir foi preso depois que um policial canadense fingiu ser uma menina de 14 anos e flagrou os abusos do homem.

Fabrica de tecido na India desaba e várias pessoas morrem e outras ficam feridas. Garoto é resgatado após 55hs do acontecido

O garoto Sandeep é resgatado nesta quarta-feira (18) na cidade indiana de Jalandhar (Foto: AP) O garoto indiano identificado como Sandeep foi resgatado nesta quarta-feira (18) depois de ter passado cerca de 55 horas sob os escombros de uma fábrica que desabou na cidade de Jalandhar.
Sandeep, de 17 anos, foi levado ao hospital, mas não tem ferimentos graves.
Os trabalhos de resgate continuam, pois os bombeiros acreditam que ainda haja dezenas de desaparecidos.
A fábrica de tecidos, um prédio de três andares, desmoronou durante a madrugada da segunda, matando pelo menos dez pessoas.
Noventa pessoas trabalhavam no turno no momento do acidente.

Fábrica desaba à noite na Índia e deixa ao menos seis mortos

Estima-se que 90 trabalhadores estavam no local no período noturno.
Dezenas ainda podem estar soterrados, diz mídia indiana.

Ao menos seis pessoas morreram e teme-se que outras dezenas podem estar soterradas após o desabamento do prédio de uma fábrica na cidade indiana de Jalandhar, informou nesta segunda-feira a mídia local.
O edifício veio abaixo or volta de 23h30 de domingo (15). Apesar do horário, o local estava cheio de trabalhadores, que atuavam na fabricação de roupa de cama. Dezenas de pessoas foram resgatadas com vida, mas acredita-se que havia cerca de 90 trabalhadores no prédio na hora do acidente.
Fábrica de roupa de cama veio abaixo de Jalandhar, na Índia

Ratos de laboratórios são a esperanças para os carecas

Folículos capilares feitos com células-tronco foram transplantados para o camundongo (Foto: Tokyo University of Science/AFP) Cientistas japoneses conseguiram fazer com que fios de cabelo humanos nascessem nas costas de um camundongo sem pelos. Além de ser uma esperança para o tratamento da calvície, o resultado representa um avanço importante nas terapias com células-tronco.
Os pesquisadores criaram um folículo – parte da pele onde os pelos nascem – a partir de células-tronco obtidas da pele de humanos adultos. Depois, eles transplantaram estes folículos nas costas do camundongo, conectando-os com as fibras nervosas e musculares do animal, e os pelos nasceram normalmente.
Como o novo folículo funciona perfeitamente, o “ciclo capilar” é reestabelecido. Em outras palavras, mesmo se o cabelo cair por algum motivo, um novo pelo nascerá no mesmo lugar.

Siameses morrem durante cirurgia de separação

foto ilustrativa de sianeses

O Hospital Pequeno Principe informou que os gêmeos siameses, que passavam por uma cirurgia desde as 11h desta quarta-feira (17), morreram por volta das 12h. Os bebês nasceram prematuros e unidos pelo tórax no Hospital de Clínicas (HC), por volta das 11h de terça-feira (17), e foram encaminhados para o Pequeno Príncipe duas horas depois.
O Hospital Pequeno Príncipe informou durante esta manhã que a cirurgia seria delicada porque as crianças dividiam o mesmo coração e fígado.
A família mora no interior do Paraná e disse que já sabia da situação dos filhos através das ecografias realizadas durante o pré-natal. A mãe continua em observação no HC.

Os gêmeos siameses, que nasceram ligados pelo tórax na manhã de terça-feira (17), em Curitiba, passam por uma cirurgia de separação desde as 11h desta quarta-feira (18), no Hospital Pequeno Príncipe. Os bebês nasceram prematuros no Hospital de Clínicas (HC) por volta das 11h e foram encaminhados para o Pequeno Príncipe duas horas depois. Eles ficaram internados na UTI Neonatal até o horário da cirurgia.
O Hospital Pequeno Príncipe informou que os gêmeos compartilham o mesmo coração e fígado e que a cirurgia deve durar cerca de cinco horas.
"Além do fato de serem prematuros, os bebês apresentam um quadro clínico instável, ou seja elas sofrem risco de morte. A motivação que levou as crianças para realizar a cirurgia ainda nesta quarta é que um dos bebês apresenta sinais de pressão muito baixa", explicou o diretor do hospital Donizette Giamberardino.
A família mora no interior do Paraná e informou que já sabia da situação dos filhos através das ecografias realizadas durante o pré-natal. A mãe continua em observação no HC.

Suspeito de assediar 2 crianças é preso

Crimes teriam acontecido no município de Princesa Isabel, no Sertão.
Suspeito ameaçava incendiar casas de parentes das vítimas, diz delegada.

Um homem de 30 anos foi preso na terça-feira (17) no município de Princesa Isabel, no Sertão paraibano, por suspeita de abuso sexual de crianças com até 11 anos de idade. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi alvo de um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça a pedido da delegada Tatiana Matos, que coordenava as investigações. Conforme o inquérito, ele teria assediado duas crianças em um intervalo de 30 dias. Uma das vítimas conseguiu escapar porque o avô teria flagrado tudo e aparecido com uma foice o ameaçando.
Segundo a delegada, o homem intimidava as vítimas, parentes e testemunhas dizendo que iria incendiar suas casas se as denúncias fossem feitas à policia. "As denúncias de estupros, principalmente quando atingem menores de idade, precisam ser incentivadas para que as inúmeras vítimas que se calam com medo da impunidade ou das ameaças vejam que a exposição de algo tão torturante vai lhe trazer sossego", defendeu a delegada.
Há cerca de 15 dias, também foi preso um homem suspeito de abusar sexualmente do sobrinho na cidade de Tavares, também no Sertão. Conforme a delegada, os casos podem ser denunciados anonimamente pelo telefone da Polícia Civil, o 147. A ligação é gratuita.

Polícia apreende 18 quilos de drogas enterradas dentro de tonel

    Políciais militares da Força Tática do 7º Batalhão aprenderam, neste domingo (22), aproximadamente 18 kg de uma substância se...