segunda-feira, 26 de março de 2012

Veterinária foi presa por desacato a autoridade

Acostumada a lidar com os bichos a veterinária soltou o verbo chamou até de cabaré a delegacia de Pombal

A médica veterinária Antônia Tatiana F. de Araújo, 24 anos, foi detida por desacato a autoridade e calúnia, neste domingo (25) na cidade de Pombal, no Sertão da Paraíba.
Mulher presa
Foto ilustrativa
Segundo o relatório da Polícia Militar, o policial Jailson Araújo Ramos, foi desacatado pela jovem no interior da delegacia de Policia Civil de Pombal.
Tatiana não poupou palavras e chamou o PM de 'moleque safado', analfabeto, e ainda chamou a delegacia de cabaré.
Diante do fato, a mesma foi detida e será processada pela autoridade policial.

Forró Fest 2012 começa em Maio dia 5 em Conde confira local de inscrição

Falta pouco para os músicos paraibanos se inscreverem no maior festival da música nordestina. A partir desta segunda-feira, compositores de toda a região poderão entrar na disputa do Forró Fest 2012 e buscar uma chance de ter seu talento reconhecido entre os fãs da música popular.
A 24ª edição do festival, que presta uma homenagem aos 100 anos de nascimento de Luiz Gonzaga, inscreve os interessados até o dia 11 de abril. Para participar, basta imprimir a ficha de inscrição encontrada no site do evento (www.forrofestparaiba.com.br) e entregá-la na sede da TV Cabo Branco, em João Pessoa; na TV Paraíba, em Campina Grande ou em Patos; na Secretaria de Cultura de Guarabira; na Secretaria de Turismo de Sousa; ou no Memorial Jackson do Pandeiro, em Alagoa Grande.
Além da ficha, o candidato deve entregar a letra da música registrada em cartório e digitada em cinco folhas de papel ofício, acompanhada de um CD ou DVD contendo a linha melódica.
Também devem ser apresentados um comprovante de residência, CPF e RG. No caso de composição em parceria, a inscrição só é efetuada com a presença de todos os parceiros ou mediante procuração registrada em cartório.
Em cada uma das quatro eliminatórias que serão realizadas em maio – Conde (5/5), Guarabira (12/5), Alagoa Grande (19/5) e Sousa (26/5) -, uma comissão julgadora escolherá três obras que concorrerão na grande final, totalizando 12 canções.

Falha no projeto Jampa Digital a administração tenta se explicar

Após reportagem do Fantástico, que constatou falha no projeto que deveria oferecer internet gratuita e sem fio a João Pessoa, a prefeitura enviou nota nesta segunda-feira (26) negando as falhas no projeto Jampa Digital.

A administração municipal disse que houve um corte de R$ 22,3 milhões em recursos por parte do Governo Federal, o que teria provocado mudanças no projeto e o atraso na instalação do programa em sua totalidade.
 
Durante 30 dias, a reportagem do Fantástico tentou várias vezes conexões em diversos pontos da cidade e não obteve sucesso. A prefeitura rebateu a informação e disse que existem problemas de conectividade apenas no trecho entre a de Tambaú e a Estação Cabo Branco, devido a falhas em um dos equipamentos, que, segundo a prefeitura, foi encaminhado ao fabricante, pois ainda está na garantia. Em outros quatro locais, a administração municipal disse que o sistema funciona normalmente e tem uma média diária de 300 acessos.
A prefeitura admite que a conexão não está funcionando em alguns pontos da cidade e diz que o prazo para a conclusão do Jampa Digital é o dia 1º de outubro deste ano, segundo convênio firmado com o Ministério da Ciência e Tecnologia. Segundo a administração, o Jampa Digital foi orçado em R$ 27 milhões, quando foi concebido em 2010, mas a prfeitura alega que o Governo Federal contingenciou os recursos e repassou apenas R$ 4,7 milhões e que ela investe R$ 1,5 milhão.

Ainda de acordo com a prefeitura, em função da redução do valor do projeto, o processo de implantação ficou prejudicado e por isso se encontra em andamento, mesmo dois anos depois do projeto lançado. "Após iniciada a instalação dos equipamentos foi necessário fazer um novo estudo de viabilidade, tanto por conta do corte do orçamento, como também pela impossibilidade de cumprimento das premissas originais”, disse Adrivagner Dantas, que é coordenador da Unidade Municipal de Tecnologia da Informação.

Adrivagner disse que após as mudanças no projeto foi preciso fazer um novo plano de trabalho do convênio firmado com o ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação que ainda está em plena fase de instalação.

A reportagem apontou ainda indícios de que equipamentos foram comprados por preços acima do usual no mercado. A empresa Ideia Digital Sistemas, Consultoria e Comércio Ltda, foi a responsável pela implantação do projeto. Também ficou responsável pela instalação e manutenção. A prefeitura também negou esse fato, alegando que houve uma licitação, cujo edital e termo de referência foram acatados pelo Tribunal de Contas do Estado.

Ministro das cidades
O Jampa Digital foi lançado em 2010 pelo ministro das das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, à época secretário de Ciência e Tecnologia de João Pessoa. No vídeo exibido pelo Fantástico da festa de apresentação do projeto, Aguinaldo Ribeiro é apresentado por um dos presentes como "a pessoa responsável pela implantação desse projeto transformador".
O ministro não quis falar e a assessoria dele divulgou 2 ofícios endereçados ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas da Paraíba. Nos ofícios, Aguinaldo Ribeiro diz que, quando assumiu a secretaria de Ciência e Tecnologia de João Pessoa, a licitação e a contratação do Jampa Digital já tinham sido concluídas e que nunca liberou recursos para o projeto. Ele afirma ainda que há mais de 20 anos exerce atividade empresarial e que sua movimentação financeira é compatível com o patrimônio declarado à Receita.

Jovem em protesto ateia fogo em seu corpo na Índia

Janphel Yeshi colocou fogo no próprio corpo em protesto (Foto: AFP)

Janphel Yeshi foi levado para um hospital local.
Segundo agência, ele teve 85% do corpo queimado e seu estado é crítico.

 Tibetano ateia fogo no corpo contra visita de presidente chinês à Índia

Um exilado tibetano ateou fogo ao corpo nesta segunda-feira (26) em Nova Délhi durante uma manifestação de protesto contra a visita que o presidente chinês, Hu Jintao, fará em breve à Índia. O protesto ocorre dias antes da Quarta Cúpula dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), que ocorrerá entre 28 e 29 de março, em Nova Délhi, e terá a presença da presidente Dilma Rousseff. O homem, de 27 anos, identificado como Janphel Yeshi, colocou fogo no corpo em pleno centro da capital indiana, segundo fontes policiais. Ele foi levado para um hospital e, segundo a agência de notícias Associated Press, teve 85% do corpo queimado e seu estado é crítico. Ao menos 30 tibetanos já atearam fogo contra o corpo no último ano contra o controle chinês na região do Tibete e pela volta do Dalai Lama à região - 20 deles morreram.
Janphel Yeshi colocou fogo no próprio corpo em protesto

50 anos separadas mãe e filha se encontram e a emoção toma conta dos telespectadores

Um encontro real, depois de 50 anos separadas, mãe e filha se reencontram no Domingão do Faustão e a emoção  toma conta de quem estava no palco e em casa assistindo

Maria Helena foi sequestrada pelo pai e o avô com quatro anos de idade

 
Mais uma história de emoção invadiu o Domingão do Faustão. Há cinquenta anos o marido e o sogro de Juraci seqüestraram a filha deles, na época com quatro anos de idade. Desde então, ela nunca deixou de procurar pelo seu bem mais precioso.
Na época, segundo ela, seu marido era agressivo, o que desgastava a relação. Ele chegou até a receber uma surra do próprio pai. Mas mesmo depois disso, o marido e o sogro dela sequestraram sua filha.

O tempo passou, Dona Juraci se casou novamente e teve outros três filhos com outro marido. Um filho morreu aos 11 anos em um acidente junto com o pai; o outro filho, de 22 anos, morreu vítima de aneurisma; e a filha morreu atropelada aos 28 anos de idade.
A equipe do Domingão apurou os detalhes deste seqüestro e promoveu o encontro entre a mãe e a filha desaparecida no palco do programa. Na hora do abraço, o clima de emoção tomou conta de Maria Helena e ela precisou ser atendida pela equipe médica da TV Globo.
Depois de receber os primeiros socorros,  o médico que a atendeu foi a público atestar o bem estar da paciente. "Ela já foi encaminhada para a ambulância e passa bem. Até bronca da mãe ela já recebeu", disse Dr. Rafael.
  A emoção foi tão forte que Maria Helena chegou a passar mal. Depois de receber todo o atendimento médico necessário, a filha deu um depoimento para o site do Faustão: “Não tive como agüentar. Eu estava pensando como seria a minha reação, caso eu a encontrasse. Se eu tivesse encontrado algum parente próximo, talvez não fosse dessa forma. Mas com ela, como eu queria reencontrar muito a minha mãe, eu sabia que ia ser forte a emoção”. Dona Juraci, que teve a filha seqüestrada pelo marido e pelo sogro, contou que o coração ainda estava acelerado: “Eu não tenho nem palavras. Depois de tudo o que aconteceu comigo esses anos todos sem ela... Nunca desisti de procurá-la e não perdi a esperança de reencontrá-la”.

Polícia apreende 18 quilos de drogas enterradas dentro de tonel

    Políciais militares da Força Tática do 7º Batalhão aprenderam, neste domingo (22), aproximadamente 18 kg de uma substância se...