quarta-feira, 21 de março de 2012

O estudante brasileiro é morto na Austrália durante perseguição policial familiares investiga caso

A família do estudante Roberto Laudisio Curti, de 21 anos, morto pela polícia de Sydney, na Austrália, tentava nesta terça-feira (20) trazer o corpo do rapaz de volta ao Brasil. As irmãs da vítima contrataram advogados australianos para fazer uma investigação paralela do caso. Elas querem saber onde estão as imagens das câmeras de segurança da loja de conveniência que foi assaltada e das ruas perto de onde ele foi morto. A família quer saber também por que não pôde ver o corpo do rapaz antes da realização da autópsia.
As imagens de uma câmera de segurança divulgadas pelo jornal australiano "Sydney Morning Herald" mostram uma pessoa sendo perseguida por seis policiais. Um dos agentes saca uma arma e mira. Amigos de Roberto disseram ao Consulado-Geral do Brasil em Sydney que o rapaz que aparece correndo no vídeo é diferente do brasileiro.
A vendedora da loja de conveniência deu pistas importantes. Contou que o rapaz parecia perturbado e conversou bastante com ela. Disse que o mundo iria acabar, depois pegou um pacote de biscoitos e saiu correndo. E ela deu outra informação importante: o rapaz estava sem camisa. Já os jornais de Sydney de segunda-feira (19) dizem que Roberto vestia uma camisa branca de manga curta.
A namorada de Roberto, Jeanne Berringer, disse ao Bom Dia São Paulo desta quarta-feira (21) que o jovem tinha planos de voltar ao Brasil. Ele estava lá desde junho de 2011, quando foi para estudar inglês e trabalhava como garçom.
 Estudante brasileiro é morto na Austrália durante perseguição policial

Turista
O brasileiro Roberto Laudisio Curti é assassinado em Sidney
A polícia da Austrália identificou como Roberto Laudisio Curti, de 21 anos, o brasileiro morto no domingo ao ser atingido por uma série de disparos de pistolas elétricas. O brasileiro foi morto durante perseguição policial em Sydney, a cidade mais populosa do país. O Consulado do Brasil acompanha o caso e o Ministério das Relações Exteriores informou que aguarda a família do estudante para prestar mais esclarecimentos.
Em 2005, o mineiro Jean Charles de Menezes, de 27 anos, foi morto por policiais em Londres , na Grã-Bretanha, ao ser confundido com um terrorista em um trem do metrô da capital britânica. A morte dele ocorreu depois de uma série de atentados ao sistema de transporte público.
Informações preliminares indicam que Curti foi perseguido por policiais, que desconfiaram que ele havia furtado biscoitos de uma loja de conveniência. Curti foi detido com armas elétricas e gás de pimenta.
O brasileiro vivia em Sydney há menos de um ano para estudar inglês. Curti morava com amigos, mas tinha uma irmã vivendo na cidade e casada com australiano.
Até a noite de segunda-feira, o Itamaraty aguardava mais informações detalhadas sobre o episódio. O corpo do estudante estava à espera de reconhecimento da família.

OPERAÇÃO HIDRA NA PARAÍBA

OPERAÇÃO HIDRA: Detentos saiam de presídios da Paraíba para traficar e matar com ajuda de agentes penitenciários

Vinte já foram presos, sendo que cinco deles agentes penitenciários

  
Operação Hidra
Uma mega operação denominada de ‘Hidra’ está ocorrendo nos presídios sertanejos da Paraíba para combater o tráfico de drogas e homicídios no Estado. As ordens para execução dos crimes saiam de dentro das penitenciárias.

A ação policial ocorre desde a madrugada desta quarta-feira (21). Vinte já foram presos, sendo que cinco deles agentes penitenciários.

De acordo com o coronel José de Almeida, comandante de Policiamento Regional II, há oito meses iniciaram as investigações. Foram feitas imagens onde agentes penitenciários faziam escoltas de detentos do presídio da cidade de Patos para cometer os crimes.

Ainda segundo o coronel, as ordens para execuções e alimentação do tráfico de drogas na Paraíba ocorriam nos presídios de Patos com ramificações nas cidades de São Bento, Sousa e São José do Egito, em Pernambuco.

Os presos serão encaminhados para a Delegacia de Patos.

A ‘Operação Hidra’ foi desencadeada pelas policias civis, militares, Rodoviária Federal e Polícia Militar de Pernambuco.

Significado de Hidra - 
A Hidra era uma serpente gigantesca e de muitas cabeças, que aterrorizava a região de Lerna, na Argólida. A picada da Hidra era extremamente venenosa, e contra o veneno não existia antídoto. Quando uma cabeça era cortada, outra nascia em seu lugar, e além disso uma delas era imortal.

Policia consegue prender 7 assaltantes, BB de Aroeiras 02 morrem em troca de tiros e 01 esta foragido

Dos dez criminosos que participaram da ação, 07 foram presos, 02 morrem em troca de tiros e um continua foragido.

    
Dois dos assaltantes que roubaram na manhã de ontem a agência do Banco do Brasil de Aroeiras, no agreste paraibano, morreram após troca de tiros com a Polícia da Paraíba. A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira pela Polícia Civil através do Twitter. Os assaltantes feridos ainda chegaram a ser socorridos para o hospital, mas não resistiram aos ferimentos. Ainda segundo a Polícia Civil, dos 10 assaltantes que participaram do assalto, apenas um está foragido.

Os assaltantes  estavam escondidos no mato entre as cidades de Umbuzeiro e Aroeiras quando foram abordados pela Polícia.

Os presos estão na Central de Polícia de Campina Grande. No mesmo local será concedida uma entrevista na manhã desta quinta-feira (22).

Cofira a matéria do assalto


 Uma agência do Banco do Brasil foi invadida por assaltantes por volta das 10h45 desta terça-feira (20) no município de Aroeiras, localizado na região metropolitana de Campina Grande, no Agreste paraibano. De acordo com a Polícia Civil, pelo menos 10 homens participaram da ação criminosa.
A assessoria de imprensa do banco informou que o gerente e um outro funcionário foram sequestrados pelos criminosos. Por volta das 12h as vítimas foram liberadas em uma estrada da cidade. O gerente disse para assessoria do banco que ele e o outro funcionário não sofreram ferimentos.
Segundo a Polícia Militar, os criminosos estavam armados e usavam coletes à prova de bala. Eles atiraram contra as portas de vidro, invadiram a agência e roubaram malotes. Dois policiais militares que estavam de plantão reagiram no momento do assalto e atiraram contra o grupo, que fugiu em três carros. A assessoria do BB informou que no momento do assalto um funcionário foi ferido na perna. Ele foi encaminhado para o hospital da cidade

03 ficam feridos em capotamento de caminhão no Conde em praia Bela r

Caminhão capota e deixa feridos na PB-008 na cidade de Conde, Litoral Sul



Três pessoas ficaram feridas em um acidente na manhã desta terça-feira (20) na PB-008 no município de Conde, no Litoral Sul da Paraíba. De acordo com o as informações do Corpo de Bombeiros, o motorista de um caminhão que transportava pedras perdeu o controle do veículo e capotou.
Um dos ocupantes do veículo foi socorrido por uma equipe do Samu. Um outro passageiro e o motorista ficaram presos nas ferragens e foram socorridos pelos
bombeiros. Os feridos foram encaminhados para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.
O sargento Lavor, do Corpo de Bombeiros, esteve no local e informou que o acidente ocorreu nas proximidades da entrada de Praia Bela quando o motorista do caminhão descia uma ladeira.

Segundo o sargento Lavor, os dois ocupantes socorridos pelo Corpo de Bombeiros estão em estado grave. O outro passageiro sofreu apenas escoriações pelo corpo. A assessoria do hospital informou, via boletim, que o estado de saúde dos dois pacientes é considerado regular. 

Polícia apreende 18 quilos de drogas enterradas dentro de tonel

    Políciais militares da Força Tática do 7º Batalhão aprenderam, neste domingo (22), aproximadamente 18 kg de uma substância se...