quarta-feira, 31 de outubro de 2012

No Conde: Filho do vereador Luzimar sofre acidente



Luciano Nunes filho do vereador Luzimar sofre acidente automobilístico

Ontem (30 de Outubro), pela manhã no Assentamento dona Antonia no  Ademário Régis, o filho do vereador Luzimar Nunes se chocou frente a frente com outro motociclista, Luciano Nunes foi socorrido na mesma hora pela equipe do SAMU. A nossa equipe falou por telefone com o vereador luzimar  que disse o seu filho e o outro motociclista estão bem mais continuam hospitalizados em observação médica no hospital de Emergência e TRAUMA em João Pessoa.

Homicídio segundo PM motivado por ciúmes e queima de arquivo

A Polícia Militar registrou na noite desta terça-feira (30) dois homicídios nos municípios de Guarabira (98 quilômetros de João Pessoa) e Mulungu (82 quilômetros da Capital), ambos pertencentes a região do Brejo da Paraíba.
No maior município do Brejo, Guarabira, o gari Fabiano Rodrigues Antônio, 28, bebia com amigos em um bar quando acabou se desentendendo com um homem por causa de ciúmes da sua mulher. O acusado que foi identificado apenas por “Preto” estava com uma faca-peixeira e desferiu dois golpes que atingiram as costas e o peito da vítima Ele ainda foi socorrido para o Hospital Regional de Guarabira, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
O acusado fugiu do local.
Já em Mulungu, Josinaldo Santiago Oliveira, 34, conhecido como “Naldinho” foi assassinado quando chegava em sua residência. Dois homens se aproximaram dele e efetuaram quatro disparos. A vítima ainda tentou fugir dos acusados pulando o muro de uma vizinha, porém já caiu morto.
O cabo Augusto do 4º BPM acredita que o crime tenha sido por queima de arquivo, já que a vítima costuma falar demais. A polícia não tem pista dos suspeitos e a população não quis falar com medo. O cabo revelou que o local do homicídio é uma região problemática.
- A população tem medo de falar, essa localidade é muito problemática.
 

Esposa atira no rosto do policial que estava dormindo

O soldado da PM, lotado no 5º BPM, Francisco Galdino da Silva, 32 anos, residente no Valentina de Figueiredo, foi atingido com um tiro no rosto pela companheira Renata Beatriz Mendes de Lira, 27 anos, após uma discussão na tarde desta quarta-feira (31),
O crime aconteceu por volta das 14h00, quando Francisco estava dormindo. Após efetuar o disparo, a acusada fugiu, levando a arma do policial.
  Francisco foi socorrido para o hospital Ortotrauma de Mangabeira, conhecido como Trauminha, por um também policial militar, que passava em frente da sua residência no bairro do Valentina.
  O PM o colocou no seu carro particular e o levou para o Trauminha.
  Francisco será submetido a uma cirurgia para recompor ossos da face, mas seu estado de saúde é regular.
  Já no José Américo mais outro caso parecido: Antonio Wellington Pereira, 39 anos, foi esfaqueado pela companheira conhecida apenas como Neide. Nos dois casos as mulheres continuam foragida.

Psicológo acusado de matar acidentalmente a promotora foi a júri

Após 2 anos e 9 meses, o psicólogo Eduardo Henriques Paredes do Amaral - acusado de causar o acidente automobilístico que matou a defensora pública Fátima Lopes - vai a júri popular. O julgamento acontecerá nesta quarta-feira, às 9h, no 2º Tribunal do Júri, em João Pessoa. Ele foi indiciado por homicídio doloso, porque – no entendimento da polícia - assumiu o risco de matar. A expectativa do promotor Edjacir Luna é que o réu seja condenado a 30 anos de prisão em regime fechado.
“O inquérito elaborado pelo delegado Wagner Dorta foi bem embasado e cabe agora ao MP apresentar denúncia pelo crime de homicídio qualificado. Estamos confiantes que a condenação virá”, afirmou o promotor Edjacir Luna.
Para Anna Carla Lopes, filha da defensora pública, com esse julgamento a justiça será feita. “Acreditamos na Justiça dos homens. E queremos a condenação dele para que possa pagar por esse crime”, revelou. A família está convidando, através das redes sociais, a população para participar do julgamento. Participantes estarão vestidos com uma camiseta tendo a foto de Fátima Lopes e também da dona de casa Maria José dos Santos, atropelada e morta pelo psicólogo, em Mangabeira, em junho de 2010.
“O inquérito desta segunda morte causada por Eduardo Paredes já foi concluído e o caso está no 2º Tribunal do Juri, aguardando denúncia, que será feita ainda este ano, por mim. Temos provas do dolo eventual e ele será também julgado por este crime. Ele tinha consciência da sua incapacidade para impedir o homicídio e assumiu os riscos, assim como fez com Fátima Lopes”, explicou o promotor de justiça.
  Acusação pede pena máxima
  O advogado de acusação Arnaldo Escorel comentou que Eduardo Paredes responde pelo homicídio doloso de Fátima Lopes e pela tentativa de assassinato do esposo da vítima, Carlos Marinho de Vasconcelos Correia Lima. Para cada um desses crimes, a pena varia de seis a 20 anos, podendo a tentativa ser reduzida em um sexto ou dois terços. Se for a dois terços, a pena mínima chega oito anos e a máxima 33 anos. “Pedimos a pena máxima dele por esse caso”, ressaltou. Essa é a 1ª sessão do julgamento que pode terminar no dia seguinte.

A defesa

Já o advogado de Eduardo Paredes, Abraão Beltrão, comentou que é uma defesa como qualquer outra em que o réu fica apreensivo. “O que é uma situação normal”, disse, destacando que, no caso do atropelamento de Maria José dos Santos, ainda não há denúncia e ainda está em fase de inquérito.
Acidente na Epitácio Pessoa
  No dia 24 de janeiro de 2010, a caminhonete dirigida pelo psicólogo Eduardo Paredes avançou o sinal vermelho e colidiu com o carro da defensora pública Fátima Lopes. Ela ia à igreja com seu esposo, quando aconteceu o acidente no cruzamento das Avenidas Epitácio Pessoa e João Domingos. A suspeita era de que o psicólogo estaria embriagado e em alta velocidade. O marido de Fátima, Carlos Marinho, ficou gravemente ferido. O réu foi detido em flagrante, mas conseguiu habeas corpus. Segundo a polícia, meses depois de ter sido solto, Paredes atropelou e matou Maria José dos Santos, em avenida de Mangabeira.
 

O rapaz se considera o mais atraente do Conde



O homem mais lindo do Conde


Encontramos no Conde, mais precisamente no Loteamento Nossa Senhora da Conceição o charmoso e contagiante,  sorriso sem igual Israel  o gostoso das meninas. Ele disse a nossa equipe que só fica atrás para a beleza de Cauã Reymond



O servente de pedreiro esta sem compromisso a disposição das garotas solteiras e bonitas.

Avó esconde 55 pedras de crack na calcinha para proteger neta, diz Polícia Civil baiana

Berenice Alves Fernandes, de 74 anos, foi presa pela Polícia Civil baiana com 55 pedras de crack escondidas na calcinha. Segundo informações da polícia, que divulgou o caso nesta terça-feira (30), a suspeita foi presa em flagrante. A droga foi encontrada após uma revista feita por uma policial.
O caso foi descoberto após a polícia ter sido acionada por moradores do bairro da Boca do Rio, em Salvador, que reclamavam do barulho de uma festa em frente à casa da mulher, em uma localidade chamada de Cajueiro.
Investigadores da 9ª Delegacia de Polícia estiveram no local e, de acordo com informações da Polícia Civil, constataram que havia consumo de drogas na festa. Ao perceber a presença dos agentes, uma neta de Berenice, identificada como Glaucia Fernandes Bispo, 33, e apontada como traficante, tentou se esconder.
A neta foi seguida pelos agentes e localizada no interior da residência, onde também estava a avó. Muito nervosas e negando qualquer tipo de informação, as duas mulheres foram revistadas pela policial civil, que, além da droga, encontrou a quantia de R$ 132 com Gláucia, provenientes da venda de drogas, que estava sendo feita no local da festa, informou a Polícia Civil.
Ao ser ouvida, a idosa teria negado que a droga fosse sua e que estava “dentro de um saco plástico por culpa da neta, que queria esconder o material”. A polícia informou ainda que as duas são acusadas de integrar uma das quadrilhas que participaram de uma chacina no bairro, em outubro do ano passado, e que ambas estavam sendo monitoradas desde então.

População tenta invadir Câmara Municipal e joga ovos contra vereadores

A intervenção de policiais militares evitou uma possível tragédia na noite dessa terça-feira, 30, quando um grupo de aproximadamente 100 pessoas tentou invadir a Câmara Municipal de Remígio, 157 km da Capital para protestar e impedir a aprovação de um projeto do prefeito Claudio Régis (PP) que prevê a doação de terrenos públicos e de quiosques instalados na praça central da cidade, no Agreste paraibano.
Segundo informações do tenente coronel Arilson Valério, comandante do 10º BPM, os policiais do destacamento de Remígio foram chamados para conter o tumulto na frente da Câmara Municipal, pois os manifestantes tentavam entrar para impedir a votação, chegando inclusive a jogar ovos contra os vereadores.
O tumulto começou quando o líder do prefeito na Câmara Municipal, vereador João Rafael de Souto Delfino (PR) apresentou o projeto. Houve protesto por parte dos vereadores de oposição que foram vencidos pela maioria de quatro votos.
A partir daí começou a confusão, sendo necessária a intervenção dos policiais, e a sessão foi suspensa por determinação do presidente.
Entenda o motivo da revolta da população
O projeto do prefeito Cláudio Régis prevê a doação de várias áreas públicas a particulares, nas localidades Lagoa Parque, Manoel Bento e do Mercado Público e serão cedidos por R$ 100 cada com cessão de uso por 50 anos, prorrogáveis por mais 50, sendo que os terrenos públicos poderão ser transferidos até por herança.
O que irritou ainda mais a população de Remígio foi que o projeto do prefeito foi apresentado no último dia 23, após perder o pleito eleitoral para Melchior Naelson Batista da Silva (Chió).
O caso foi parar na polícia e o delegado local deve instaurar inquérito para apurar a tentativa de invasão do prédio da Câmara Municipal de Remígio. O prefeito da cidade, Cláudio Régis, não foi localizado para comentar o projeto.
Cardoso Filho
WSCOM Online

Em Cajazeiras: Homem cai em barranco de mais de 4 metros ao tentar tirar carro da garagem

A polícia militar e o corpo de bombeiros de Cajazeiras foram acionados no início da noite desta segunda feira (29) para atender a uma ocorrência no bairro Fátima Santos zona oeste da cidade.
Um carro Citroen Air Cross de cor preta e placa OHC 6724 de União dos Palmares AL, caiu em barranco de aproximadamente quatro metros de altura.
Tudo aconteceu quando o motorista ao tentar tirar o veículo de ré da garagem que fica a cerca de seis metros do barranco, perdeu o controle do carro.
O motorista identificado pela nossa reportagem apenas como Antônio e que residia a poucos dias na rua, sofreu apenas escoriações leves pelo corpo e foi levado pelo SAMU para o Hospital Regional de Cajazeiras.

O carro foi guinchado e conduzido para o pátio do 6º BPM.

Prefeito de São Bento, vice-prefeito e presidente da Câmara recebem pedidos de expulsão do PMDB

O presidente do Diretório do PMDB do município de São Bento, no Sertão Paraibano, Francivaldo Silva Araújo (Nená), revelou, no Correio da Manhã, da Rádio São Bento FM, desta terça-feira(30/10), que os integrantes da Comissão de Ética do partido no município, pediram a expulsão do prefeito de São Bento, Jaci Severino de Souza (Galego Sousa), do vice-prefeito, Francisco de Assis Vieira da Nóbrega (Menininho Vieira) e do presidente da Câmara Municipal, o vereador Josué Diniz de Araújo, mais conhecido por Josué de Zé de Miguel.

Segundo Nená, esta é uma decisão do PMDB local, e não tem nada a ver com a Direção Estadual do partido, justificando que a atitude tomada pela Comissão de Ética Municipal, de pedir a expulsão, sobretudo do gestor municipal, se baseia no fato de o prefeito Galego Sousa ter apoiado o seu sobrinho, nas eleições 2012, o candidato Gemilton Souza(PR), em coligação com mais onze partidos, desobedecendo o Estatuto do Partido, e acredita que, diante dessa decisão do Galego, ele já devia ter procurado outra legenda pra se filiar.

Em relação ao motivo apresentado pelo deputado estadual Gervásio Maia Filho, de que o pedido de expulsão do Galego Souza seria uma punição para que o prefeito não pudesse votar na convenção partidária do PMDB, prevista para o dia 18 de dezembro próximo, Nená afirmou que a decisão não tem nada a ver com o PMDB do estado e disse que Gervasinho, com esta história, estaria jogando conversa no mato, afirmando que o prefeito Galego Souza nem tem direito a voto na Convenção Estadual e que apenas os seis delegados regionais do partido, existentes no Diretório Municipal, é que votarão na Convenção do dia 18 de dezembro.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

CPI do Cachoeira deve decidir nesta terça novo prazo de encerramento

O comando da CPI mista do Cachoeira reúne-se com representantes dos partidos às 17h, na sala da Liderança do PMDB no Senado. A expectativa é que os parlamentares marquem o novo prazo para o término das investigações. A prorrogação dos trabalhos, previstos para terminarem no dia 4 de novembro, foi tomada em reunião realizada no último dia 16, mas não houve acordo sobre a data de encerramento.

A intenção de parlamentares oposicionistas é de que a prorrogação se dê por 180 dias, prazo máximo previsto em lei. O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que iniciou a coleta de assinaturas no Senado, já conseguiu 35 adesões, número superior ao mínimo necessário para a prorrogação, que é de 27 assinaturas.

Já na Câmara, são necessárias 171 assinaturas. O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) até agora coletou 80. A coleta também está sendo feita por Rubens Bueno (PPS-PR), mas os números não foram divulgados pela liderança do partido. A coleta deve ser intensificada na próxima semana, já que o movimento na casa deve voltar ao normal após o segundo turno das eleições.

Em entrevista recente, o relator da CPI, deputado Odair Cunha (PT-MG), afirmou que trabalha para que o relatório esteja pronto em 4 de novembro, mas disse que respeitará o que for decidido na reunião entre os representantes partidários na CPI.

O resultado da reunião deve influenciar a análise dos 507 requerimentos que ainda precisam ser votados. A reunião está marcada para esta quarta-feira (31) às 10h15. Entre os pedidos a serem analisados estão convocações e quebras de sigilo de empresas que seriam ligadas à organização criminosa que foi alvo da operação Monte Carlo.

Zebra é atacada por crocodilo durante migração anual no Quênia

Uma zebra adulta foi flagrada no Quênia, leste da África, sendo atacada por um crocodilo faminto enquanto cruzava o Rio Mara, durante a migração anual desses mamíferos e de gnus.
Seguindo as chuvas, os animais vieram de uma região chamada Serengeti, que vai do sudoeste do Quênia até o norte da Tanzânia.A foto abaixo foi feita pela alemã Gabriela Staebler, vencedora de vários prêmios de vida selvagem. O réptil conseguiu quebrar a mandíbula da zebra, que acabou escapando. Em seguida, porém, outros três crocodilos grandes se aproximaram da presa e a puxaram para baixo d’água, afogando e dilacerando o bicho.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Luciano é o novo prefeito de J. Pessoa

Depois de ser eleito o novo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) recebeu a imprensa em sua casa no início da noite deste domingo (28). Ele agradeceu à militância, ao prefeito Luciano Agra, à presidente Dilma Rousseff e ao ex-presidente Lula. Ele ainda comentou sobre sua trajetória política. “É importante ter uma trajetória política de ética e de coerência”, disse.

Veja a apuração completa em João Pessoa.

O novo prefeito eleito ainda fez suas primeiras considerações sobre a transição do governo. “A transição vai ser feita de forma tranquila, gradual. Vai ser mantido um relacionamento bom e aberto para diálogos com o prefeito Luciano Agra. Após a transição, terei o grande desafio de administrar João Pessoa com investimentos nas quatro principais áreas: saúde, educação, segurança e mobilidade urbana", disse.

Ele acompanhou a apuração em seu apartamento no Bairro dos Estados ao lado da família. Após receber a imprensa em casa, o prefeito eleito seguiu para Comitê na Avenida Epitácio Pessoa, onde vai dar uma nova entrevista e depois segue para a festa da vitória na orla da capital.

O petista foi eleito, em segundo turno, com 68,13% dos votos válidos (246.581 votos). O resultado oficial foi divulgado às 18h20. O candidato Cícero Lucena (PSDB) foi derrotado e obteve 115.369 votos, o que corresponde a 31,87% dos votos válidos.

Com a vitória de Luciano Cartaxo, o PT vai governar pela primeira vez a capital da Paraíba. Na campanha ele contou com o apoio do prefeito Luciano Agra (sem partido) e com participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que inclusive esteve em um comício em João Pessoa.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Incêndio causou apagão que atingiu Nordeste e Norte do País, informa ONS

O apagão que afetou o nordeste e parte da região norte do País na madrugada desta sexta-feira, 26 incluindo a Paraíba, foi causado por um incêndio em uma linha que liga o sistema Norte-Nordeste ao sistema Sul-Sudeste, segundo informações preliminares do diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp. De acordo com o ONS, o problema teve início por volta das 0h14 (horário de Brasília) e as linhas começaram a ser recompostas às 1h20 em algumas cidades - o número não foi especificado.

Às 2h40 da madrugada a energia foi restabelecida nos locais atingidos na região Norte e depois, às 5h30, no Nordeste, segundo a ONS.

Em entrevista ao Bom Dia Brasil, da TV Globo, Chipp afirmou que uma reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) foi marcada para as 11h desta sexta para avaliar com maior precisão os motivos da falta de energia. Ele adiantou, no entanto, que a pane pode ter começado com um curto-circuito em uma linha entre as subestações nos municípios de Colinas, no Tocantins, e Imperatriz, no Maranhão.

"Em princípio, sem identificação de causa com precisão ainda, houve um incêndio em uma chave seccionadora de um equipamento que é um capacitor série do circuito dois da linha de transmissão de 500 kV entre as subestações Colinas e Imperatriz, a interligação do sistema Norte-Nordeste ao sistema Sul-Sudeste", explicou.

Após o incêndio, um sistema de proteção desligou todas as linhas, com oito circuitos que se conectam à subestação Colinas, isolando o sistema Norte-Sul do restante da rede, informou Chipp.

Furacão da CPI contrata assessor e cobra R$ 5 mil para fazer presença

Bota aí que agora é que o Furacão vai ser furacão mesmo, avisa a ex-assessora parlamentar do Senado Denise Leitão Rocha, três meses após ter um vídeo íntimo seu divulgado na internet e ser visto por parlamentares durante a CPI do Cachoeira, o que lhe rendeu o apelido de Furacão da CPI. Quem queria me ver no buraco se frustrou. Me reergui, comemora a brasiliense de 29 anos.
A nova fase, descrita por Denise como uma mudança total, começou com a decisão de encarar os fatos e aceitar o convite da revista Playboy para posar nua, após ser demitida do Senado. Fiquei conhecida por causa de uma sacanagem. Ia ?morrer? ali, difamada, como uma garota de programa de Brasília, reclama. Mas tenho contas para pagar. Não é porque apareci pelada que não tenho dignidade.
Com a autoestima resgatada pelos elogios ao ensaio nu e o apoio do namorado - o empresário Bernardo Pietro, que recentemente a pediu em noivado -, ela decidiu aproveitar a maré. Se antes ganhava cerca de R$ 10 mil por mês (como assessora e com trabalhos como advogada freelancer), agora cobra até R$ 5 mil para fazer uma presença em festas. Para presença VIP, pode falar com a minha assessoria, diz ela, que agora anda com o assessor a tiracolo.
Denise não revela quanto faturou com a Playboy. Fiz para pagar as custas do processo, justifica, referindo-se à batalha judicial contra o ex-namorado que tornou o vídeo público. E quero ajudar a minha mãe. Ela tem enfisema pulmonar e gasta três mil reais por mês em remédio, conta, sem querer dar detalhes sobre a família. Eles estão muito tristes.
A ex-assessora também ainda chora quando lembra o que aconteceu, mas não depende mais de remédios para dormir. As sessões de terapia continuam, entre uma viagem e outra a trabalho. Denise não quer mais saber de política - me fez muito mal -, e diz que se quisesse de fato aparecer, teria aceitado as várias propostas que recebeu de deputados e senadores para sair ? alguns chegaram a oferecer dinheiro. Já pensou um vídeo com um deles? Aí sim seria um escândalo, alfineta. Não faltam senadores e deputados dando em cima. Mas nunca namorei um político, e nunca namoraria.

Paraíba já tem 5.671 casos de dengue clássica registrados este ano

A Secretaria de Estado da Saúde, divulgou nesta terça-feira (22) um novo boletim da dengue no Estado. Os dados são relativos a 42ª semana epidemiológica e correspondem ao período de 1º de janeiro a 18 de outubro, onde foram verificadas a notificação de 11.002 casos da doença, sendo que deste total 5.671 foram confirmados como dengue clássica.
O último boletim divulgado no início deste mês de outubro mostrava um total de 5.332 casos confirmados de dengue clássica na Paraíba, o novo levantamento traz um acréscimo de 339 casos confirmados da doença.
De acordo com a análise da Gerência de Vigilância em Saúde da SES, o número de casos graves confirmados chegou a 153 e do total de 11.002 notificações, 2.292 foram descartadas e o restante continua sendo investigado.
De acordo com a gerente executiva de vigilância em saúde Talita Tavares, durante a 42ª semana epidemiológica não houve nenhum registro de mortes, ela disse ainda que até agora foram confirmadas oito mortes por dengue na Paraíba, sendo cinco na capital João Pessoa, uma em Bayeux na Região Metropolitana e uma em Itabaiana no Agreste do Estado.

Da redação com G1PB

Bebê morre em hospital da PB e família denuncia falta de leitos de UTI

Um bebê de apenas 45 dias, com problemas cardíacos, morreu no final da tarde desta quarta-feira (24) em João Pessoa, no Complexo Hospitalar Governador Tarcísio Burity, mais conhecido como Trauminha de Mangabeira. Ele deu entrada ainda de manhã, em estado grave, mas segundo a família a culpa pela morte da criança foi a falta de leitos em unidades de terapia intensiva pediátricas na cidade. Segundo a tia da criança, Danielle Araújo da Silva, vários hospitais foram procurados e em nenhum deles a criança foi atendida.
Ainda de acordo com Danielle, o sobrinho estava com falta de ar e foi atendido por volta das 7h30 (horário local) no Trauminha de Mangabeira. A equipe médica realizou uma pequena intervenção cirúrgica para implantar um marcapasso na criança, que em seguida foi entubada para receber oxigênio por meio de aparelhos.
Era preciso então que o bebê fosse internado em uma UTI pediátrica, mas não havia o leito disponível no Trauminha, levando a uma busca pela vaga em cinco outras unidades hospitalares: Hospital Infantil Arlinda Marques, Maternidade Frei Damião, Maternidade Cândida Vargas, Hospital Universitário e Hospital Santa Isabel, conforme relatou a tia do bebê.
Danielle disse só no final da tarde foi encontrada uma vaga no Hospital da Unimed, mas a criança morreu por volta das 16h55 antes de ser transferida. Ela informou também que a família só foi avisada da morte da criança às 18h (horário local).
De acordo com Raiana Mota, responsável pelo plantão administrativo na noite desta quarta-feira (24) no Complexo Hospitalar Governador Tarcísio Burity, o bebê atendido no hospital era prematuro e tinha histórico de problemas cardíacos. A criança atendida era um bebê prematuro de 45 dias, cardiopata, que foi trazido pelo Samu. Durante o atendimento ele teve uma parada cardiorrespiratória e foi entubado. A Secretaria Municipal de Saúde conseguiu uma vaga na UTI do Hospital da Unimed, mas infelizmente na hora da transferência ele não resistiu e veio a óbito, explicou a plantonista.
Raiana Mota confirmou que foram feitas diversas tentativas em outros hospitais e que a vaga não foi conseguida. Realmente foram feitas diversas tentativas em outros hospitais. Tendo em vista a negativa, a Secretaria Municipal de Saúde conseguiu a vaga na Unimed, mas infelizmente o bebê não resistiu, concluiu.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Vídeo mostra jovem dar a luz ao filho e em seguida o abandona na rua


  Reprodução/Daily MailParece impossível de acreditar, mas as imagens do circuito interno de um prédio em Istambul, na Turquia, mostram uma jovem dando à luz enquanto anda pela rua. A adolescente é vista andando desajeitadamente ao longo da calçada escura com os pais quando o bebê cai no chão. 

Os três olham brevemente para a criança e continuam caminhando, deixando o bebê no chão. 

Em pouco tempo, a criança é vista por pedestres que se reúnem em volta. Eles parecem não acreditar no que veem. Uma das testemunhas liga para o Serviço de Emergência da cidade e para a polícia. Então, logo uma ambulância chega e embrulha o bebê em cobertor antes de ser levado ao hospital. 

Apesar das circunstâncias traumáticas, o bebê sobreviveu e foi chamado de Ecem Ahu pela equipe do hospital. 

Diante do caso, houve intenso debate nos meios de comunicação turcos. De acordo com Hurriyet Daily News, a adolescente disse à polícia que teve seu bebê na rua. "Algo caiu de mim. Eu pensei que era um coágulo de sangue. Eu não sabia que era um bebê. " 
Os pais também disseram que não sabiam que a filha estava grávida, mas a equipe do hospital disse que o recém-nascido foi encontrado com o cordão umbilical amarrado, o que sugere que ele já havia nascido há algum tempo. 

A polícia também afirmou que a falta de reação por parte dos pais dela no vídeo sugere que o nascimento do bebê não foi uma surpresa. O caso continua sendo investigado.

Vem veio a Paraíba e participou de comício do PT

A campanha do candidato à Prefeitura de João Pessoa Luciano Cartaxo (PT) ganhou o apoio presencial do ex-presidente Lula na noite desta terça-feira (23). Em um comício no bairro de Mangabeira, Lula se juntou no palanque a Cartaxo, ao candidato a vice Nonato Bandeira (PPS), ao atual prefeito Luciano Agra (sem partido) e a outros apoiadores da campanha.
Ex-presidente Lula visita Paraíba (Foto: Krystine Carneiro/G1)
“Eu estou aqui hoje, na verdade não por causa de voto, porque pelas pesquisas de opinião pública, se Deus quiser e o povo de João Pessoa quiser, esse moço aqui será prefeito eleito de João Pessoa”, comentou Lula durante seu discurso. À imprensa, ele disse que não tinha visitado a Paraíba ainda porque passou dois anos afastado da política.
Ex-presidente Lula visita Paraíba (Foto: Krystine Carneiro/G1) Em seu discurso, ele deu dicas para o candidato, para ele executar caso seja eleito. "Quando você for montar o seu governo, você nunca coloque alguém que você não pode tirar. Monte a equipe e coloque gente competente, gente que sabe fazer. Mas coloque gente também que goste do povo, porque tem muita gente empinadinha que não gosta do povo. Tem muita gente que só gosta do povo em época de eleição”, disse a Cartaxo.

Ele ainda comentou sobre como pode ajudar Luciano durante uma suposta gestão. “Você não vai receber dinheiro do Governo Federal se você apenas disser que não tem dinheiro. O que vai trazer dinheiro para João Pessoa é você ter projeto. Se por acaso tiver qualquer dificuldade, você liga para o seu amigo Lula em São Paulo que a gente vai tentar ajudar”, prometeu.

Pastor que promete cura do câncer estrupa menina

O pastor da igreja Assembleia de Deus a Caminho do Céu Luciano Félix da Silva foi denunciado pelo Ministério Público estadual (MP) pelo estupro de uma adolescente. Ele consumou o fato prometendo a cura para um câncer inexistente. A igreja fica no município de Areal, na Região Serrana.
De acordo com a promotora de Justiça Maria de Lourdes Féo Polonio, a adolescente contou em depoimento que o pastor a abordou e disse que ela tinha um câncer e que isto havia sido revelado ao pastor por Deus. A cura, de acordo com Luciano, seria manter relações sexuais com ele. Ainda conforme a denúncia apresentada pelo MP, como a adolescente se negou a ter relações sexuais com o pastor, ele insistiu dizendo que a doença estava se agravando e se masturbou na frente dela, dizendo que a cura, entretanto, não seria completa. Em seguida, com a mão em cima de sua genitália, “orou” pela sua cura.
A promotoria do MP pediu a conversão da prisão de Luciano, detido desde segunda-feira, de temporária para preventiva e destacou que Luciano aproveitou a autoridade que exercia sobre a vítima, já que era pastor na igreja frequentada tanto pela menina como por sua família, para a prática do crime. Em caso de condenação, a pena pode chegar a 18 anos.

EM AUDIÊNCIA COM O MINISTRO DAS CIDADES TATIANA CORRÊA FOI A PRIMEIRA A SER OUVIDA

O ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) recebeu nesta terça-feira (23) em seu gabinete, em Brasília, quatro prefeitos eleitos da região metropolitana da capital paraibana em audiências distintas. Individualmente, Aguinaldo dialogou com Tatiana Correa (PT do B) do município do Conde,
 Luceninha (PMDB) de Cabedelo, Reginaldo Pereira (PRP) de Santa Rita e o representante da cidade de Bayeux Expedito Pereira (PSB). A prefeita eleita do Conde Tatiana Correia (PT do B) foi a primeira a ser recebida pelo ministro Aguinaldo Ribeiro. Em seu primeiro contato com o ministro paraibano, a futura gestora buscou informações para elaboração de projetos que possam contemplar seu município nas ações do Ministério em 2013,Tatiana recebeu de Aguinaldo integral apoio, tendo o ministro colocado sua equipe técnica à disposição da prefeita para orientar nos projetos a serem apresentados. Urbanização, saneamento, habitação, entre outros temas puderam ser tratados pelos dois. Aguinaldo Ribeiro recebeu em seguida, José Lucena Filho (Luceninha), do PMDB de Cabedelo. Luceninha mostrou-se determinado a resolver problemas históricos de saneamento e pavimentação em bairros como Intermares, Poço e Camboinha. O prefeito de Cabedelo também demonstrou sua preocupação com moradores da Comunidade Salinas Ribamar, pois pretende contemplar os habitantes daquela localidade no projeto ‘Minha Casa, Minha Vida’. O ponto alto da audiência foi à autorização do ministro Aguinaldo Ribeiro para atender o principal pedido do prefeito Luceninha para a construção da chamada terceira via. Uma rodovia que ligará Cabedelo as BR’S 230 e 101, para atendimento ao fluxo de carga pesada de caminhões que abastecem o Porto de Cabedelo. Esta obra desafogará sensivelmente o fluxo de veículos no trecho que liga Cabedelo a João Pessoa. Na pauta de trabalho, Aguinaldo despachou com o prefeito eleito de Santa Rita Reginaldo Pereira que se mostrou preocupado com o baixíssimo índice de áreas saneadas na cidade que, segundo ele, não chegam a 30% da área urbana. Os dois trataram também da perspectiva de construção de novas moradias para população da cidade, distritos e até das aéreas rurais, dentro do programa nacional de Habitação Rural (PNHR). Reginaldo Pereira recebeu também do ministro uma relação de obras de infra-estrutura liberadas pelo Ministério das Cidades, mas que ainda não foram executadas na cidade. O último prefeito a ser recebido foi Expedito Pereira (PSB) de Bayeux ,que recebeu do ministro Aguinaldo uma boa notícia: é que sua cidade foi uma das poucas da Paraíba a se inscrever em programa de financiamento lançado pelo Governo Federal, o que pode representar a liberação de R$40 mi, para aplicação em infra-estrutura, saneamento e pavimentação no município. Expedito Pereira tratou também de temas como mobilidade urbana e o destino final do lixo da região metropolitana. Os prefeitos eleitos do Conde, Cabedelo, Santa Rita e Bayeux agendaram para o mês de novembro, uma nova rodada de audiências com o ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro. ASCOM

EM GURUGI: Programa Cidadão atende a população de Conde dia 07/12

O Programa Cidadão, desenvolvido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH) em parceria com a Prefeitura Municipal de ...