sábado, 29 de setembro de 2012

A apresentadora Hebe Camargo morre aos 83 anos

A apresentadora Hebe Camargo morreu em São Paulo, neste sábado (29), aos 83 anos. Ela lutava contra o câncer desde 2010 e morreu, segundo a assessoria do SBT, após sofrer uma parada cardíaca, ao se deitar para dormir, nesta madrugada.
Carro funerário chega à casa de Hebe Camargo, para retirar o corpo da apresentadora, morta neste sábado, 29 de setembro de 2012 (Foto: Tadeu Meniconi/G1)Carro funerário chega à casa de Hebe por volta
das 16h15
Hebe é um dos maiores ícones da televisão brasileira e ficou internada pela última vez por quase duas semanas em agosto, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Nos últimos dois anos passou por várias cirurgias e tratamentos contra o câncer.
O velório será realizado no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, no Morumbi, a partir das 18h deste sábado – o carro funerário chegou à casa da apresentadora por volta das 16h15. Já o sepultamento está marcado para as 9h30 deste domingo (30), no cemitério Gethsemani, segundo funcionários do local e o governo do Estado de São Paulo.
A morte da diva causa repercussão entre artistas e políticos brasileiros nesta tarde. A apresentadora Ana Maria Braga publicou no Twitter uma homenagem: “Os amigos do Sorriso da TV brasileira, Hebe, choram a Estrela que se vai. Saudade”, escreveu."Uma mulher estupenda, corajosa, e uma entrevistadora franca e leal. Vai deixar muitas saudades. O exemplo dela foi dignificante", declarou o deputado federal pelo PP de São Paulo, Paulo Maluf. Já o apresentador Jô Soares comentou a impressão que Hebe causava nas pessoas: "Uma vez, eu fui intérprete de uma entrevista dela com várias pessoas. E todas se referiam a ela como uma grande senhora, uma grande estrela. Ela realmente tinha uma certeza do que fazia que era sensacional. Ela estava acima do bem e do mal”.
Em mais de 60 anos de história na televisão brasileira, a apresentadora tinha um estilo próprio de entrevistar as pessoas. Ela se tornou popular com a expressão “gracinha”, usada para elogiar convidados. Outra marca registrada de Hebe era dar selinhos nos entrevistados que passavam por seu famoso sofá.
“Estamos perdendo uma mulher que é um marco da televisão brasileira (...). Nos acostumamos a tê-la como uma de nós”, disse a atriz Irene Ravache, completando que estar com Hebe era "uma festa".
Biografia
Nascida em Taubaté (SP), a 130 km da capital, Hebe Maria Monteiro de Camargo Ravagnani começou a carreira cantando. Entrou para a TV logo após a fundação da primeira emissora brasileira, a TV Tupi, onde ela fazia aparições nos programas como cantora.
Estreou como apresentadora em 1955, no programa “O mundo é das mulheres”, na TV Carioca, a primeira atração voltada especialmente para mulheres. Antes disso, havia substituído Ary Barroso no programa de calouros apresentado por ele.

Depois disso, a apresentadora ficou afastada da TV por um período, até que em 1966 estreou o dominical que levava seu nome na TV Record. A atração contava com o músico
Caçulinha e era líder de audiência. Foi responsável por dar espaço para novos talentos ligados à Jovem Guarda.
Para dedicar-se ao filho, Hebe ficou afastada da televisão por cerca de dez anos, quando voltou a aparecer na TV Bandeirantes. Em 1985, aceitou o convite do SBT para comandar uma atração na emissora. Em quatro de março de 1986, entrava no ar o “Programa Hebe”, comandado por ela até 2010. Em dezembro do mesmo ano, Hebe assinou contrato com a RedeTV e estreou na emissora em março de 2011, onde ficou até este mês, quando acertou retorno ao SBT.
Segundo a assessoria do SBT, ela estava muito feliz com a volta à emissora.

Sete deputados estão disputando prefeituras da PB entre eles Branco Mendes

Nas eleições deste ano sete deputados estaduais estão disputando prefeituras de cinco municípios da Paraíba. No entanto, eles não são os únicos membros da Assembleia Legislativa que estão envolvidos diretamente no pleito. Outros 15 parlamentares estão 'investindo' em familiares  na briga pelas administrações municipais. Filhos, irmãos, esposas e outros parentes de deputados são candidatos.
A maior parcela de parentes de parlamentares na disputa de outubro é formada por esposas e esposos. São seis conjugues de deputados estaduais que lutam para se manter ou conquistar as prefeituras municipais.
 Na cidade de Alhandra, por exemplo, a mulher de Branco Mendes (PEN), Gorete Mendes (PSDB), está na disputa par tentar substituir Renato Mendes (DEM), que é sobrinho do deputado.
Em Bayeux, na Grande João Pessoa, a esposa do deputado Domiciano Cabral (DEM), Sara Cabral (DEM), tenta voltar a prefeitura da cidade. No entanto, ela teve a candidatura barrada com base na Lei da Ficha Limpa  e ainda está recorrendo da decisão para participar do pleito. Já em Guarabira, quem concorre é o ex-prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), que é casado com a deputada e também ex-prefeita  Léa Toscano (PSB).
Nas cidades de Areia de Baraúnas e Monteiro as prefeitas Vanderlita Guedes (PSDB), a Dequinha Mineral, e Edna Henrique (PSDB) querem continuar no poder. As duas são casadas respectivamente com Antônio Mineral (PSDB) e João Henrique(DEM). Em Pocinhos, a candidata a vice-prefeita Eliane Galdino (PSB) é esposa do deputado Adriano Galdino (PSB), que governou a cidade por três mandatos. Já o prefeito e candidato à reeleição Arthur Galdino (PSDB) é sobrinho do parlamentar.

Limpador de janelas ficou pendurado a uma altura de 60 mt


O Corpo de Bombeiros da Paraíba conseguiu concluir com sucesso o resgate do limpador de janelas Paulo Pereira de Alcântara, 34 anos, que ficou pendurado a uma altura de 60 metros depois que o cabo de aço que o segurava enquanto fazia seu trabalho em um prédio na avenida João Câncio, bairro de Manaíra, em João Pessoa, se soltou.
Segundo o major do Corpo de Bombeiros, Nazareno de Oliveira, que comandou o resgate, 15 homens foram envolvidos na operação. Toda área foi isolada para afastar os curiosos. O autônomo ficou à altura do 19º andar, pendurado por uma corda de segurança.
De acordo com o major Oliveira, que comandante do 1º Batalhão dos Bombeiros em João Pessoa, os policiais desceram pela lateral do prédio, utilizando a técnica do rapel, para alcançar o trabalhador e levá-lo com segurança ao solo. 
O trabalhador foi atendido por uma equipe do Samu, mas estava fisicamente bem, apresentando apenas sinais de nervosismo por causa da situação vivida.
Segundo depoimento do próprio trabalhador, ele estava lavando as janelas do prédio e como estava ventando muito na altura em que estava o cabo que o segurava começou a balançar violentamente, fazendo com que perdesse o equilíbrio e ficasse pendurado.
Mesmo correndo risco de morte, o trabalhador conseguiu manter a calma e gritar por socorro. O Corpo de Bombeiros chegou rapidamente ao local e fez o resgate, que durou cerca de 40 minutos.
O prédio tem 25 andares e está em fase de acabamento.
Manaíra é um bairro nobre da Zona Leste da cidade João Pessoa, capital da Paraíba. Na orla marítima, é um dos bairros com melhor IQV (Índice de qualidade de vida) do Estado.
O bairro apresenta densa verticalização e ainda é muito procurado pelas construtoras. É apontado coo um dos mais verticalizados de João Pessoa.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Jovem é socorrida após acidente em comício em Mituaçú

 
Uma jovem identificada como Renata, sofreu um acidente de moto enquanto voltava de um comício na zona rural do município de Conde. O acidente aconteceu na noite dessa quarta- feira (26). 
De acordo com parente da vítima, Renata havia saído de casa para participar do comício em Mituaçú, juntamente com amigos na volta caiu da moto e sofreu lesão na medula espinhal.
A jovem foi levada pela própria irmã até a policlínica central, onde recebeu os primeiros atendimentos e depois foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital de Trauma de João Pessoa.  com esse sobe para três o numero de acidente envolvendo pessoas que estavam em movimentações política na cidade.
  


Formatura da 1° CIA Inteligente de polícia que vão atuar também em Conde



Formatura dos Policiais da 1° CIA Inteligente em Alhandra.
Com a presença do Major Benevides e o Tenente Betunes, os Policiais receberam orientações de como Proceder em seus trabalhos no dia 7 de Outubro (dia a eleições municipais) além de serem orientados nos trabalhos cotidianos em seus setores e localidades, como: Alhandra, Conde, Pedras de Fogo Caaporã e Pitimbu.
Durante a cerimônia de formatura, o Major Benevides convidou o Jornalista Jairo Silva, para discursar sobre os procedimentos de trabalho da Imprensa Condense junto com a Policia Militar da 1° CIA.
O jornalista falou sobre suas experiência de trabalho na área Policial há 12 anos, Jairo Silva disse ainda que se sentiu muito satisfeito de poder contar com a corporação da 1° CIA Inteligente no apoio aos trabalhos da Imprensa, ele ainda enfatizou que ele apenas estaria representando todos que fazem a IMPRENSA na cidade de Conde e Alhandra.
Já o Tenente Bertumes agradeceu a presença do Jornalista na cerimônia de formatura, ele ressaltou a indispensável parceria com a Imprensa para divulgara os trabalhos da Policia Militar e também satisfazer os munícipes.
A cerimônia contou também com a presença da Promotora de vendas Ana Karla da AGRUPM que também participou da cerimônia. 




Evento do SINE de Conde na pousada som das ondas


Aluisio Régis Prefeito de Conde



A Prefeitura Municipal de Conde, através da Secretaria de Ação Social e em parceria com o SINE-PB, apresentou ontem (26) a população e a empresários locais o projeto “Investindo no Trabalho” que tem como finalidade oferecer mão de obra qualificada para empresas da região, em diversas áreas como construção civil, comércio, serviços e indústria, com o intuito de capacitar a população local conforme a demanda, que está em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho ou aperfeiçoar seus conhecimentos.

Uma parceria do SINE que se instalou na cidade e com a colaboração de empresas privadas, CIMPOR, Elizabeth, dentre outras, a secretária da Ação Social, Karla Pimentel espera atender a demanda tanto das empresas quando da população que precisa de trabalho. “ Em quatro anos de trabalho a Ação Social de Conde já formou e qualificou cerca de quatro mil pessoas. Nosso trabalho é para o bem do povo condense”, finalizou Karla.

Estiveram presentes na apresentação do projeto o prefeito Aluísio Régis, coordenador do Sine-PB Dayse Farias, a articuladora empresarial do Sine, Rita Rocha, Dra. Joselma Campos, empresaria Susanne Cassou e o secretário de Turismo de Conde Saulo Barreto.

O vice-governador do estado, Rômulo Gouveia iria ao evento, mas cancelou sua ida de ultima hora devido a um compromisso em Campina Grande.





Saulo Barreto sec. de turismo de Conde


 

José Serra ganha beijo de eleitora

O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, fez caminhada na tarde desta quinta-feira (27) pela Rua José Paulino. Após o trajeto que durou pouco mais de uma hora e no qual o candidato ganhou beijo na boca de uma eleitora, Serra voltou a defender seu projeto de criar estrutura para que São Paulo tenha um circuito de compras formado pelas regiões do Bom Retiro, Santa Ifigênia, 25 de Março e Brás.
“Nós temos que melhorar esse circuito de compras, ter estacionamento para ônibus, ter mais enterramento de fios. Isso significa mais emprego, mais volume de comércio”, disse.
O estacionamento seria construído no Pari, assim como hotéis para receber as cerca de 50 mil pessoas que vêm todos os dias a São Paulo fazer compras, segundo Serra. São cerca de mil ônibus.
O candidato tucano falou ainda que vai intensificar o combate ao crack. A região tradicionalmente conhecida como Cracolândia é vizinha ao Bom Retiro. Em janeiro, a Polícia Militar de São Paulo iniciou uma nova etapa de combate ao tráfico na região. O número de usuários em ruas próximas à Avenida Rio Branco aumentou consideravelmente, e os usuários foram dispersados. “Foi uma boa ação e teve efeitos muito concretos”, afirmou Serra.

Trilha ecológica no litoral sul da PB no Conde

Trilha ecológica com banho de argila é opção de lazer no Litoral Sul da PB


Três horas de passeio ecológico por um trilha com diversas plantas, banho de argila e ainda paradas em três nascentes para refrescar o corpo é o que o visitante vai encontrar na Aldeia Flor d'Água localizada no município do Conde, no Litoral Sul da Paraíba. Durante o passeio, também é possível encontrar animais como pássaros, macacos e até cobras.
Julindio Macuxi, guia turístico e proprietário de uma das 12 casas localizadas nos 6 hectares da aldeia, acompanha os visitantes durante o trajeto que conta com 16 nascentes. Os passeios só são feitos com horário marcado, por isso é importante reservar com antecedência. A partir das 6h, o neto de índio já está acordado para descer com o primeiro grupo pela mata. Na entrada da casa, que foi construída pelo próprio Julindio, as sandálias são deixadas. Enquanto Julindio pinta cada um dos visitantes com tirna (fuligem da panela de barro), é possível observar os detalhes da casa. Garrafas de vidro dispostas na parede permitem que a luz do sol entre na casa refletindo  diversas cores. A escada é no estilo da mesma da casa de Santos Dummont, só é possível subir começando pelo pé direito. Na cozinha, tem o Cantinho da Gertrudes logo embaixo da pia. Lá mora uma aranha caranguejeira que já se tornou uma das atrações da casa. Um outro detalhe interessante é que a casa não tem nem portas e nem janelas. Com a tribo reunida é hora de iniciar a trilha. É preferível descer para o passeio vestido apenas com a roupa de banho e, se possível, descalço. Já que depois do banho de argila fica difícil carregar qualquer coisa sem melar e ainda é possível perder os calçados no caminho, que tem lema em alguns trechos. Na entrada da mata já é possível sentir o clima fresco e úmido. Julindio vai fazendo algumas paradas ao longo da trilha para falar sobre as propriedades medicinais de algumas plantas da mata. É importante lembrar que durante o trajeto o visitante pode se deparar com cobras, aranhas e outros animais silvestres. No tronco da Munguba, uma árvore centenária da reserva, o neto de índio convida todos a darem um abraço coletivo no tronco. Boa parte do trajeto é feito às margens de nascentes e com o barulho da água correndo em direção aos rios. A próxima parada é para ouvir a natureza. Ao lado de mais uma nascente Julindio pede para que todos se agachem e ouçam os pássaros. O som das aves se mistura com o da água correndo e juntos proporcionam um dos melhores momentos do passeio.
Banho de argila
Aldeia Flor d'Água na Paraíba é uma opção de lazer nas férias (Foto: Inaê Teles/G1)Na preparação para o banho argila
(Foto: Inaê Teles/G1)
Um dos momentos mais esperado do passeio é o banho de argila. Nele cada um dos visitantes pega um pouco da argila que se encontra próximo de uma das nascentes e espalha por todo corpo. Na visão popular a argila tem propriedades desintoxicante, mineralizante e antiinflamotoria.
Banho
Aldeia Flor d'Água na Paraíba é uma opção de lazer nas férias (Foto: Inaê Teles/G1)A retirada da argila é feita no primeiro rio da trilha. Ele não é muito profundo e por isso, dependendo do horário da visita, a água fica um pouco quente. O passeio pode ser feito com grupos de até 15 pessoas. É preferível ir nos primeiros grupos do horário da manhã por conta do sol. Segundo banho tem fonte (Foto: Inaê Teles/G1)
O segundo banho acontece em uma pequena queda d' água. O local não é tão extenso quanto o primeiro rio, mas a água é mais fresca. A queda d'água faz uma massagem agradável no corpo e o difícil é se levantar para ir para o terceiro banho da trilha.
Aldeia Flor d'Água na Paraíba é uma opção de lazer nas férias (Foto: Inaê Teles/G1)Terceiro banho dá até para 'surfar' no estilo
de Julindio (Foto: Inaê Teles/G1)
O terceiro é na verdade uma piscina natural que foi construída por Julíndio que represou a água de uma das nascentes. A piscina natural é mais profunda que o primeiro rio e a água é tão fresca quanto a do segundo banho.
É importante o visitante levar o que for consumir porque o local não dispõe de lanchonete. Na cozinha da casa de Julindio é possível preparar as refeições. Caso os visitantes queiram dormir no local basta levar uma barraca de camping ou se hospedar em uma das duas ocas localizadas na aldeia.
O passeio é uma oportunidade de entrar em contato com a natureza e ainda aprender um pouco mais sobre a fauna e flora brasileira.

Dupla invadiu uma residência em Bayeux faz a família refém, estrupa e rouba

A dupla que invadiu a residência em Bayeux, acabou presa e autuada em flagrante

A polícia agiu rápido e conseguiu prender dois homens acusados de invadir uma residência, manter uma família sob a mira de armas e ainda estuprar uma mulher. Anderson Juvino de Lima, 25 anos e Alisson Victor Botelho Lucena, 18 foram levados para a 6ª Delegacia de Polícia, edm Santa Rita e autuados em flagrante pelo delegado João Pereira de Melo Júnior.
Segundo consta de informações policiais, na noite dessa quarta-feira, 26, uma família chegava na residência, no bairro do Jardim Aeroporto, em Bayeux, quando foi surpreendida pela dupla de assaltantes. Todos foram levados para um dos cômodos e enquanto um bandido mantinha a família sob a mira da arma o outro fazia o ‘rapa’ se apoderando de jóias, dinheiro e outros objetos.
Após se apoderar dos objetos e dinheiro, um dos bandidos arrastou uma mulher de 41 anos para outro quarto e praticou a violência sexual e depois a dupla fugiu.
A polícia foi imediatamente comunicada, tomou conhecimento das características da dupla e passou a diligenciar e em menos de uma hora localizou a dupla de assaltantes que foi levada para a Delegacia de Polícia. Com Alisson e Anderson foram apreendidos, além de dois revólveres, objetos e mais de R$ 900 em dinheiro.
As vítimas foram orientadas a irem até a delegacia para o reconhecimento. No local a mulher reconheceu um dos homens como o autor da violência sexual, entrou em estado de choque e passou a chorar copiosamente.
Nesse momento ela foi levada para outra sala da delegacia e revelou o estupro, o que a polícia ainda não sabia. A mulher na manhã desta sexta-feira deverá ser levada a uma maternidade para o exame de conjunção carnal. A dupla deve ser transferida para um presídio.
 

Aquecimento global, matará 100 milhões de pessoas

Relatório afirma que aumento das temperaturas vai ameaçar populações e meios de subsistência

 Mais de 100 milhões de pessoas vão morrer e o crescimento econômico global será reduzido em 3,2 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) até 2030 se o mundo fracassar no combate às mudanças climáticas, alertou um relatório encomendado por 20 governos divulgado nesta quarta-feira.
À medida que as temperaturas médias globais  sobem devido às emissões de gases de efeito estufa, as consequências sobre o planeta, tais como derretimento do gelo nos polos, condições meteorológicas extremas, secas e elevação dos mares, vão ameaçar populações e meios de subsistência, disse o relatório conduzido pela organização humanitária DARA.
O órgão calculou que 5 milhões de mortes ocorrem a cada ano devido à poluição do ar, fome e doenças como resultado das mudanças climáticas e das economias com uso intenso de carbono, e esse número provavelmente vai subir para 6 milhões por ano até 2030 se os atuais padrões de uso de combustíveis fósseis continuar.