terça-feira, 5 de julho de 2011

Nucleo de Cultura de Conde informa: Inscrições para cursos

A escola de artes de Conde está abrindo as inscrições para os cursos de trombone, clarinete, sax, flauta transversal, flauta doce, tuba, bombardino e violão.
Vagas para danças populares, modernas,e dança de salão, dança do ventre, teatro e capoeira.
Vagas para meninas aprtir de 13 anos ( formação da banda marcial de conde corpo coreográfico).
O curso de artesanato oferece vaga para pintura em tela, arte em papel, macramê, biscuit, flores em E.V.A. e bordados.
Interessados devem fazer as inscrições na sede do Núcleo de Cultura: rua Manoel Alves centro da cidade frente aos Correios e telegráfos.

Acredite se quiser: Ricardo convida Cassio e Zé para a inalguração do hospital do trauma em CG

Em um gesto inusitado o governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) convidou os dois últimos Chefes do Executivo paraibano, Cássio Cunha Lima (PSDB) e José Targino Maranhão (PMDB) para a abertura do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande que ocorre nesta terça-feira (05).

De acordo com informações obtidas pelo PolíticaPB o convite feito pelo socialista é uma forma de reconhecimento a Cássio e Maranhão que tiveram participação na realização da obra. O tucano, por ter idealizado o projeto e iniciado a obra, e Maranhão por ter dado certa continuidade a proposta.

A construção do hospital de Trauma de Campina Grande é uma obra que foi pensada e iniciada no governo de Cássio Cunha Lima. Maranhão, em seu terceiro mandato, deu certa continuidade ao projeto e Ricardo Coutinho finalizou a obra comprando equipamentos e contratando pessoal capacitado para atual nos quadros da unidade de saúde.

Construído na extensão da Floriano Peixoto, nas Malvinas, tido como referência no Estado e o segundo maior do Norte-Nordeste, o local terá capacidade de atender a 1,9 milhão de paraibanos (52% da população do Estado), incluindo Agreste e Borborema e Cariri e Sertão totalizando 173 municípios. Na obra, foram investidos R$ 100 milhões, sendo R$ 44,3 milhões na construção e R$ 55 milhões em equipamentos.

O Hospital dispõe de 242 leitos, sendo 30 de UTI (adulto, pediátrica e de queimados), com área construída de 22 mil metros quadrados. O estacionamento tem capacidade para 516 vagas. Há ainda heliponto, clínica médica, clínica cirúrgica, clínica ortopédica e traumatológica, clínica pediátrica e traumatológica, além de clínicas especializadas em oftalmologia, otorrinolaringologia, neurologia e buco-maxilofacial, centro cirúrgico com seis salas, sala para pequenas intervenções cirúrgicas de emergência, centro de diagnóstico, laboratórios de hematologia, bioquímica, microbiologia, líquor e parasitologia/análise.

Para a nova unidade, foi criado um plantão presencial de radiologistas que não existe na unidade antiga. Isso foi possível com a implantação do serviço de imagem que contará com um tomógrafo de alta resolução, dois aparelhos de Raio X e um serviço de endoscopia digestiva e respiratória

O Hospital Regional de Emergência e Trauma de Campina Grande conta com 250 médicos, sendo 27 médicos de plantão 24 horas em todas as especialidades de urgência. A unidade hospitalar conta ainda com 150 enfermeiros, 450 técnicos de enfermagem, 48 fisioterapeutas, 30 assistentes sociais, 25 psicólogos e 1.500 funcionários técnico-administrativos.

O plano não deu certo: mulher tenta passar a perna na policia levando o namorado na mala.

Um homem tentou escapar da prisão escondido dentro de uma mala de viagem com rodinhas na cidade mexicana de Chetumal, informou a polícia nesta segunda-feira (4).

Segundo a polícia, o caso ocorreu no sábado (2), após uma visita conjugal. O presidiário Juan Ramirez Tijerina, que cumpre pena de 20 anos por posse ilegal de armas, se escondeu na mala que seria levada pela namorada, Maria del Mar Arjona, de 19 anos.

Mas o plano não deu certo.
Os agentes penitenciários perceberam o nervosismo da jovem e estranharam o fato de ela puxar uma mala muito pesada. A mulher foi presa.

É cremado o corpo do ex-presidente e senador Itamar Franco

O corpo do ex-presidente Itamar Franco foi cremado nesta segunda-feira (4) em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O corpo de Itamar Franco foi cremado na presença de amigos e familiares, que saíram do local sem falar com a imprensa.

Itamar foi velado no Palácio da Liberdade. De acordo com a Polícia Militar, 4,5 mil pessoas compareceram ao velório na capital mineira.

O corpo de Itamar deixou o local em uma limousine sob aplausos do público.

A presidente da República, Dilma Rousseff, chegou por volta de 13h45 desta segunda-feira (4) ao velório. Dilma ficou cerca de 40 minutos no velório e deixou o local às 14h25. Dilma estava acompanhada dos ministros Gleisi Hoffmann (Casa Civil) Ideli Salvatti (Relações Institucionais), Helena Chagas (Comunicação Social), Antonio Patriota (Relações Exteriores). O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel, que já estava em Minas Gerais, se uniu à comitiva presidencial.

Compareceram ao velório de Itamar em Juiz de Fora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente do Senado, José Sarney, o ex-presidente e senador Fernando Collor de Mello, o vice-presidente, Michel Temer, o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, além dos senadores Pedro Simon, Lindeberg Farias, Romero Jucá, Agripino Maia e Renan Calheiros, entre outros políticos. Lula foi aplaudido e Collor, vaiado.

O senador e ex-presidente Itamar Franco morreu neste sábado, aos 81 anos, no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Ele foi diagnosticado com leucemia e está internado desde o dia 21 de maio. Na sexta-feira, o estado de saúde do ex- presidente piorou e foi levado para a UTI, com pneumonia grave. De acrodo com o boletim médico divulgado na sexta-feira, Itamar respirava por aparelhos.

EM GURUGI: Programa Cidadão atende a população de Conde dia 07/12

O Programa Cidadão, desenvolvido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH) em parceria com a Prefeitura Municipal de ...