segunda-feira, 30 de maio de 2011

Mãe abraça filho morto e diz: “eu te avisei meu filho”


“Eu te avisei meu filho....eu te avise meu filho”. O desabafo emocionado é de uma mãe ao abraçar o corpo do filho executado na noite desta sexta-feira ( 27), no bairro Treze de Maio em João Pessoa.


A mãe se desespera ao ver Everson Bruno Nóbrega Souza, de 23 anos, caído ao solo sem vida. Emocionada e ao mesmo tempo lamentando o fim trágico do filho caçula, ela não se conteve com a cena.

A vítima foi sepultada no final da tarde deste sábado (28), no cemitério Santa Catarina, no bairro dos Estados, na Capital.

Cadela leva 40 tiros, é enterrada viva e sobrevive


Uma cadela levou 40 tiros de pequeno calibre no crânio e foi enterrada viva, em Malta, mas, desafiando todas as probabilidades, sobreviveu e passa bem. O caso, que ocorreu na semana passada na cidade de Birzebbuga, foi descoberto por acaso.

Um morador local ouviu um gemido vindo de uma tábua, no meio de um terreno. Quando o pedaço de madeira foi removido, o homem encontrou a cachorra enterrada, somente com o focinho para fora do chão.

A cadela, que agora se chama Star, foi retirada e levada a um hospital veterinário. Ela foi operada e passa bem. A cadela recebeu propostas de adoção de várias partes do mundo, mas ela ainda levará um bom tempo para se recuperar totalmente.

Agora, as autoridades de Malta querem rever as leis contra a crueldade em animais. Quem foi condenado por violência contra os bichos pode pegar até um ano de prisão.

Senado reserva R$ 331 mil para compra de armários embutidos


O Senado Federal decidiu se prevenir e contratou a Mobidivi Comércio de Móveis e Decorações para a confecção, fornecimento e instalação de armários embutidos, “à medida que houver necessidade”, conforme descrito na nota de empenho. A empresa deverá receber R$ 331.136,00 mil pelo serviço. Móveis planejados é tendência, e o Senado se planeja para não ficar de fora.

Outro órgão preocupado com a mobília é o Superior Tribunal de Justiça (STJ), com o empenho de R$ 86 mil para o reparo e manutenção de mobiliário. Cuidar do patrimônio se faz necessário. No Supremo Tribunal Federal (STF) a curiosidade da semana foi a contratação de serviços de manutenção preventiva e corretiva em triciclos de movimentação de carga. O STF pagará R$ 25,4 mil pelos serviços da Reimaq Assistência Técnica. Melhor prevenir do que remediar.

A Câmara dos Deputados também foi às compras. Nesta semana foram adquiridos 540 controles remotos automáticos da marca Rossi, modelo DZ4 HDL, para os imóveis funcionais dos deputados. Os controles custarão R$ 8,8 mil. Tudo pelo conforto e segurança dos parlamentares. Foram reservados ainda, cerca de R$ 8 mil para a compra de um tapete retangular medindo 22m², da marca Avanti.

O pedido foi feito pela coordenação da TV Câmara, que pelo visto não quer fazer feio diante dos seus convidados.

Professores que invadiram o Palácio do Governo estão sendo agredidos pelos seguranças de RC


Após a invasão do Palácio da Redenção pelos professores da rede estadual de ensino, seguranças do governador "à paisana" não permitem mais a entrada dos grevistas e querem que os professores que estão dentro do palácio saiam.

Agora a pouco, cerca de 15 seguranças utilizaram violência contra os grevistas, há três professores e dois alunos feridos. Os professores entoam as palavras "abaixo a repressão". Uma ambulância do SAMU chegou para socorrer os feridos.

Uma adolescente teve o braço quebrado pela truculência de um segurança, quando o segurança fechou a porta do palácio prendeu o braço da estudante.

Mais informações em instantes.

Anatel fecha rádio comunitária; dirigentes denunciam perseguição




Calaram nossa voz!!!
No último 23 de maio de 2011, a ANATEL (Agencia Nacional de Telecomunicações), graças a denuncias maldosas e invejosas a nosso respeito, lacrou e apreendeu todos os equipamentos de transmissão da nossa 90.5 Fm, que diga-se de passagem comprados honestamente, e homologados pela própria Agencia já citada a cima. É importante que todos saibam o respeito e o carinho que tivemos nesses um mês e um dia de radio no ar por todos os ouvintes, sempre obtemos o maior respeito, resultado do caracter, ética profissionalismo e amor ao ouvinte. Vale salientar a luta que existe, resiste e persiste contra as rádios comunitárias nesse país, (isso claro se não tiver um político ‘forte’ por trás), em contra partida nós formadores de opiniões ‘metemos o peito’ e colocamos a rádio no ar, sabíamos que corríamos o risco, porém nosso pedido de liberação chamado de está lá em Brasília na certa engavetado ou até quem sabe no lixo junto aos milhares de pedidos existentes naquela dita ‘favela’ chamada ministério das comunicações, onde só da vez a quem tem dinheiro a grandes palácio de transmissão: As Rádios comerciais, e nós que queremos fazer fazer uma programação nossa, mostrando nossas realidades e sempre abrindo espaço para o morador de vários bairros de João pessoa, só temos o direito de ficar calados, de não ter informações e não transmitir informação, cultura, educação temos o direito a não ter voz… Infelizmente quem poderia dar voz as comunidades com interesse em montar seu próprio sistema de radiodifusão é a classe mais podre desse país, OS POLÍTICOS. Mas não fazem, querem que todos de bairros periféricos que é o caso da Grande Mandacaru e outros aqui em joão Pessoa, fiquem sem nenhum tipo de conhecimento para voltarem neles próximo ano. Rádio, tornou-se um direito privado dos políticos, 99,9% das rádios comunitária desse país são de alguma forma comandadas por partidos ou por certo político, que sente-se donos, pois eles que ‘agilizaram o processo’ de liberação de uma rádio, fato que é de responsabilidade do ministério das comunicações, ou seja, a dita ‘favela’ como eu mesmo coloquei nesse texto.
Agradeçemos de coração pelo apoio de cada um, em nome da família 90.5Fm, que funcionava na Rua Geraldo Fagundes de Araújo, Nº 147, Bairro dos Ipês.