quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

MULHER MORRE ELETROCUTADA (no Conde)


A funcionária pública a senhora Valquiria Marinho Ribeiro, sofreu uma descarga elétrica, em sua residência, na Utinga sitio da cidade de Conde, o fato aconteceu ontem por volta das 22hs quando a mesma estava lavando roupa no tanque no quintal de casa quando percebeu a lâmpada que tinha apagado e tratou logo de trocar por outra sofrendo assim uma descarga. Que a levou a morte. O seu sepultamento foi realizado hoje a tarde às 16hs

“Dengue. Se você agir, podemos evitar”.


Atualmente, a Dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública do mundo. Conforme projeção do Ministério da Saúde, com a temporada de chuvas, os riscos de surtos da doença serão ainda maiores este ano. Por isso, a campanha de combate à Dengue.
A secretária do municipio de Conde abre as portas para essa campanha do combate a dengue.
Se tem em sua casa alguem com suspeita de Dengue procure um posto médico.
não brinque com esse mosquito.
“Dengue. Se você agir, podemos evitar”.


"QUE VERGONHA EM SENADORES?"

Os senadores paraibanos Vital do Rêgo Filho (PMDB) e Wilson Santiago (PMDB) votaram contra o aumento do salário mínimo de R$ 600 indicado pelo PSDB e de R$ 560 indicado pelo DEM. Dos representantes paraibanos, apenas o senador Cícero Lucena (PSDB) votou favorável aos dois aumentos.
Na sessão desta quarta-feira (23), o valor do novo mínimo de R$ 545 foi aprovado em votação simbólica. Depois, os parlamentares votaram nominalmente sobre emendas que poderiam aumentar o piso para R$ 600 ou R$ 560.

Apenas um senador da base aliada votou com o governo e depois com a oposição. Pedro Taques (PDT-MT) primeiro rejeitou a emenda dos R$ 600, defendida pelo PSDB, para depois apoiar a dos R$ 560, apresentada pelo DEM.

Governo e policiais iniciam diálogo para evitar greve

O Governo do Estado e representantes dos policiais se reúnem na tarde desta quinta-feira (24) para discutir questões relativas à categoria, entre elas o reajuste salarial. O encontro será no Palácio da Redenção, às 16h, e marcará a formação de uma comissão entre o poder público e os profissionais.


delegados entram em greve dia 1º contra reajuste exclusivo da PM

Depois dos delegados, PMs também anunciam greve a partir da próxima semana

Da parte do Governo, a proposta é que a comissão será formada pelos secretários de Administração, Gilberto Carneiro; de Finanças, Aracilba Rocha; de Segurança, Cláudio Lima; de Governo, Walter Aguiar, além do secretário-chefe da Casa Civil do governador, Lúcio Flávio Vasconcelos, do comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves e do delegado geral de Polícia Civil, Severiano Pedro do Nascimento Filho.

O governo aguarda a indicação da categoria para a definição dos nomes propostos como representantes dos policiais.informações do portal correio.

Brasileiro diz que saída da Líbia foi 'tranquila


Um engenheiro que se identificou apenas como José Geraldo, e trabalhava havia três anos na Líbia, disse na manhã desta quinta-feira (24), ao chegar ao Brasil, que a saída do país foi tranqüila. Ele chegou ao aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, em um voo da companhia aérea TAP vindo de Lisboa. Outros brasileiros que estavam na Líbia também retornaram neste voo, mas não quiseram falar com a imprensa. O grupo foi retirado do país com ajuda do governo português.

Mundo condena repressão
Países condenaram nesta semana a repressão do governo líbio aos protestos, que já deixou 640 mortos, segundo a Federação Internacional de Direitos Humanos, mas até agora nenhuma ação concreta foi tomada contra o regime do ditador Kadhafi, há 42 anos no poder. O presidente americano, Barack Obama, qualificou de "escandalosa" a repressão que matou centenas de pessoas e afirmou que os responsáveis pela violência devem "responder" por seus atos.

Rebelião antigoverno divide a Líbia; pressão internacional cresce


O ditador da Líbia, Muammar Kadhafi, perdeu o controle do leste do país para a insurreição popular e enfrentava nesta quinta-feira (24) uma forte pressão do Ocidente para evitar um banho de sangue, que pode provocar um grande êxodo e uma desestabilização ainda maior desta rica nação petroleira.

Segundo a Reuters, milícias contrárias ao governo assumiram também o controle da cidade de Zuara, situada a cerca de 120 quilômetros a oeste da capital do país, de acordo com trabalhadores egípcios que cruzaram a fronteira da Tunísia.

Os egípcios, que disseram trabalhar numa obra em Zuara, declararam que não havia nenhum sinal de policiais ou militares e que a cidade estava sob controle de "comitês populares" portando armas automáticas. "O povo está controlando a cidade. As delegacias de polícia foram queimadas. Nos últimos dias não vimos nenhum policial ou militar", declarou o operário egípcio Ahmed Osman, depois de deixar a Líbia e ingressar no território tunisiano.

Motorista de alternativo assassinado a tiros dentro de carro; polícia registra mais quatro homicídios na grande João Pessoa


Cinco pessoas foram assassinadas a tiros durante a noite de quarta-feira (23) na grande João Pessoa. Uma das vítimas foi o motorista de transporte alternativo, Carlos Eduardo Trajano Nunes, 28 anos que foi executado com vários disparos de arma de fogo dentro do seu próprio veículo.

De acordo com a polícia, por volta da 21 horas, o motorista recebeu uma ligação para pegar uma corrida no conjunto Marcos Moura, em Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa. Ao chegar à Rua Jornalista Eudes Brito, Carlos Eduardo foi surpreendido por desconhecidos que já chegaram atirando. Carlos Eduardo foi alvejado com vários disparos e morreu dentro do veículo um Gol vinho de placas MMS-8516.

Criança de apenas 10 meses ferida com um disparo na mão no Bairro São José


Uma criança de apenas 10 meses de idade foi atingida com um disparo de arma de fogo na mão e encontra-se internada no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. O fato aconteceu na noite de quarta-feira (23) no bairro São José, em João Pessoa.

De acordo com a polícia, o alvo dos bandidos seria o pai do menino, o ex-presidiário Edson Isidro Silva, 36 anos. Segundo a polícia, o bebê estava no colo do pai em frente à residência na Rua Edmundo Filho quando bandidos chegaram e já foram atirando.