quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Pedagoga terá a primeira cirurgia de mudança de sexo na PB pelo SUS


A pedagoga e cerimonialista Márcia Gadelha, de 40 anos, deverá ser a primeira transexual na Paraíba a fazer uma cirurgia de mudança do sexo masculino para o feminino pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O custeio do procedimento passou a ser obrigatório pelo SUS desde 2007, por determinação da Justiça Federal.

Segundo determinação do Ministério da Saúde (MS), antes da chamada transgenitalização propriamente dita, a paciente tem que passar, obrigatoriamente, pelo menos dois anos sendo acompanhada por psicólogos e uma equipe multidisciplinar, para que eles avaliem se realmente há necessidade da cirurgia, que é irreversível.

Na Paraíba, a sessão de DST/Aids da Secretaria de Saúde de João Pessoa está em processo de organização do serviço, que até então nunca foi feito no Estado.

EM GURUGI: Programa Cidadão atende a população de Conde dia 07/12

O Programa Cidadão, desenvolvido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH) em parceria com a Prefeitura Municipal de ...