quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

ADIADO O JUGAMENTO DO CASO CARLA EUGÊNIA

Foi adiado o julgamento do assassino de Carla Eugênia que seria quinta- feira dia 16 de Dezembro, foi adiado para o dia 15 de fevereiro do ano de 2011 na Comarca de Alhandra.
Josinaldo Soares está preso na espera do julgamento ele é acusado de matar e carbonizar a jovem. E segundo a mãe da jovem, ela acredita que josinaldo tenha cometido abuso sexual, porque foi encontrado camisinhas queimadas no local. Mas não teve como chegar a nenhuma conclusão pelo estado em que o corpo foi encontrado segundo a mãe de carla.

Veja como aconteceu:

O fato aconteceu no dia 11 de Novembro de 2008(há dois anos atrás), na cidade de Conde, quando Carla Eugenia foi a residência do Josinaldo para fazer uma cobrança de um perfumes. A jovem vendia perfumes e jóias e estava de casamento marcado com um rapaz comerciante da cidade.

As horas se passaram e ela não mais voltou para casa. A família entrou em desespero, procuraram em todos os locais. Os amigos ajudaram a família colocando cartazes. Nós que fazemos a imprensa local, também fizemos nossa parte divulgando o desaparecimento pedindo quem soubesse de algumas informações ligassem. Até o próprio acusado do assassinato visitou a casa da vitima desaparecida.

Mas como não existe crime perfeito. A policia conseguiu encontrar uma pista na casa do Josinaldo, o caderno de cobrança da vitima, os visinhos que desconfiaram de um buraco que o mesmo fez no quintal da casa. A policia foi até o local e exigiu que ele cavasse para saber o que tinha dentro, quando o mesmo começou a cavar, a policia constatou que ali havia morrido um cão e estava enterrado só que bem mais abaixou estava o corpo da jovem carbonizado irreconhecível. O caso chocou toda a população

PRF aponta irregularidades em veículos escolares de 20 Municípios e do Estado

O Ministério Público da Paraíba recebeu, na última segunda-feira (16), um relatório da Polícia Rodoviária Federal com informações rela...