quarta-feira, 27 de outubro de 2010

E AGORA EM QUEM VOCÊ VAI VOTAR?

E AGORA EM QUEM VOCÊ VAI VOTAR?

PRESIDENTE DA CAMARA DE CONDE FALA DOS TRABALHOS DO LEGISLATIVO

Os candidatos ao governo do estado particpam de mais um debate no segundo turno, desta vez, realizado pela TV Tambaú, às 21h10. Além do debate, os can


Os candidatos ao governo do estado particpam de mais um debate no segundo turno, desta vez, realizado pela TV Tambaú, às 21h10. Além do debate, os candidatos cumprem agenda de campanha durante o dia.

José Maranhão (PMDB) começa o dia em reunião com a coordenação da campanha. À tarde, se reúne com lideranças políticas da capital. À noite, participa do debate na TV Tambaú.

Ricardo Coutinho (PSB)grava o guia eleitoral pela manhã. À tarde, tem reunião com equipe da campanha. À noite, estará presente no debate da TV Tambaú. Em seguida, particpa de jantar de adesão no Paço dos Leões.

Provocações e cobranças esquentam debate da Record com Dilma Rousseff e José Serra


Os presidenciáveis Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) travaram um confronto direto em debate acalorado da TV Record nesta segunda-feira (25), a menos de uma semana do segundo turno. O formato do programa, com perguntas entre os candidatos, permitiu um embate sem rodeios entre a petista e o tucano.

Em mais de um momento, Serra tentou fugir das cobranças de Dilma sobre o ex-diretor da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto. O tucano voltou a dizer que o PT inventou a história. Souza é acusado de arrecadar R$ 4 milhões em doações para um suposto caixa dois da campanha de Serra, segundo revista IstoÉ. Na réplica, Dilma cobrou o tucano.

Unidades de saúde têm 60 dias para se adequarem a resolução

Foi publicado nesta terça-feira, 26 de outubro no Diário Oficial da União (DOU) a resolução que torna obrigatório o uso de álcool - líquido ou gel - para higienização das mãos nas unidades de saúde de todo o País. Os estabelecimentos terão 60 dias, a partir de hoje, para o cumprimento da norma.

A medida tomada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é considerada pelo órgão a mais importante e de menor custo para prevenção e o controle das infecções em ambientes hospitalares, principalmente pela superbactéria Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC).

O álcool gel 70% deverá ser colocado em salas onde haja atendimento de pacientes sendo obrigatório em estabelecimentos públicos e particulares. O uso do produto, porém, não dispensa a lavagem das mãos. A norma é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com o objetivo de prevenir e controlar infecções em pacientes e profissionais que atuam em hospitais.

Confirmado: Romário chega nesta quarta à Paraíba para “reforçar” a campanha de Ricardo Coutinho


Quem estará desembarcando na Paraíba nesta quarta-feira (27), é o tetracampeão mundial Romário. Eleito deputado federal pelo PSB do Rio de Janeiro, o “baixinho” chega para “reforçar” a campanha do ex-prefeito Ricardo Coutinho (PSB) ao Governo do Estado.

A informação foi confirmada agora a pouco à imprensa pelo vereador Bira Pereira, secretário geral do PSB paraibano. O parlamentar revelou que o “baixinho” estará participando ao lado de Ricardo do lançamento do programa de governo do candidato socialista para o segmento esportivo da Paraíba.

O evento acontecerá a partir das 10h00, no Hotel Atlântico Praia Othon,, em Tambaú. Bira adiantou, ainda, que outros deputados federais do PSB participarão do encontro. O vereador também confirmou a presença do ex-jogador Marcelinho Carioca, que concorreu a uma vaga de deputado federal nas eleições deste ano pelo PSB de São Paulo.

Iraê Lucena se reúne com Quinto nesta quarta para fortalecer tese da dissidência no PMDB e dispara: “O PMDB precisa se renovar e resgatar ideologia pa




Abrimos uma divergência dentro do PMDB, como o partido abriu em 2002 na questão nacional e, nestas eleições, como várias lideranças abriram”, justificou, alegando que vai lutar para permanecer na legenda.
Iraê Lucena acredita que a dissidência pode evoluir para mudar o comando do PMDB na Paraíba. “O partido tem que se renovar porque se exige um novo ciclo, uma mudança, e defendo o que meu defendia: o resgate à ideologia do PMDB”, declarou Iraê.
Nesta quarta, inclusive, ela se reúne com o deputado Quinto de Santa Rita, outro peemedebista divergente, para fortalecer a tese da dissidência interna. O grupo contará ainda com dissidentes do sertão, como o ex-prefeito Salomão Gadelha e ainda com forças que estão com Maranhão, mas que tem interesse no comando do PMDB, a exemplo dos Paulinos e do prefeito Veneziano Vital do Rego.

Veja fotos de Geisy Arruda na revista Sexy



Foram divulgadas as primeiras imagens do ensaio que Geisy Arruda fez para a revista Sexy. Depois de sair do reality show A Fazenda (Record) na segunda semana, Geisy agora vai se dedicar à divulgação da edição de novembro da revista masculina, na qual é a capa e o recheio.

As fotos foram tiradas em uma praia e também em um castelinho, chamado Casa Pueblo, no Uruguai. O local é a residência de um artista plástico local.

Governo vai reduzir IPVA na PB


Governo vai reduzir em 90% valor do IPVA em atraso para quem pagar à vistaPagamento parcelado terá redução de 50 a 80% do valor

O Governo do Estado está enviando à Assembléia Legislativa um Projeto de Lei que trata das pendências de IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. O projeto prevê, em caso de IPVA em atraso, uma redução de 90% do valor da multa quando o pagamento for à vista. A proposta prevê ainda um parcelamento de até 48 vezes.

De acordo com o secretário da Receita Estadual, Nailton Ramalho, a redução nos parcelamentos varia de 80% a 50%. O projeto deve ser votado entre novembro e dezembro.

O texto prevê, que o contribuinte terá um prazo de 180 dias para procurar a secretaria e fazer o seu parcelamento, isto após a aprovação do Projeto de Lei na Assembléia Legislativa.

“O benefício tem o objetivo de facilitar a vida de quem tem IPVA em atraso”, destacou o secretário.

FLAGRA EM CAMPINA: PF apreende material de campanha com faturas de contas e lista de títulos eleitorais, mas omite Coligação responsável


FLAGRA EM CAMPINA: PF apreende material de campanha com faturas de contas e lista de números de eleitores, mas omite Coligação responsável

Em coletiva, concedida na tarde desta terça-feira, o delegado da Polícia Federal (PF), Francisco Leônidas confirmou a apreensão de material de campanha ocorrida durante operação da Polícia Militar, na manhã de hoje.

O material foi apreendido dentro de um carro, num matagal, no bairro do Monte Santo, em Campina Grande. No entanto, Leônidas não revelou a qual Coligação pertence. “Essa informação só poderá ser repassada pelo juiz eleitoral. O material agora será encaminhado à Justiça Eleitoral”, disse.

Francisco Leônidas disse que o material de campanha foi encontrado dentro de um Gol prata e no momento da abordagem policial, os acusados tentaram subornar os policiais, oferecendo a quantia de R$ 100. “Nesse instante, os policiais deram ordem de prisão e como viram que havia material de campanha dentro do carro, encaminhou o caso à Polícia Federal”, frisou.

Além do material de campanha, foram encontrados em posse dos acusados listagem com números de títulos de eleitor, além de contas de água e luz. Os dois acusados ainda se encontram na sede da Polícia Federal e de lá saem direto para o presídio do Serrotão, acusados de Corrupção Ativa, Artigo 333 do Código Penal Brasileiro (CPB), que diz:

Juiz determina retirada do ar de inserção que diz que Ricardo defende legalização das drogas


O juiz substituto do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Rodrigo Marques Silva Lima, determinou a retirada do ar de uma inserção produzida pela Coligação Paraíba Unida, encabeçada pelo governador José Maranhão (PMDB), que afirma que o candidato Ricardo Coutinho (PSB) é a favor da legalização das drogas. O descumprimento da determinação acarreta em multa diária de R$ 10 mil.

O magistrado acatou ação com pedido de liminar impetrada pelos advogados da Coligação Uma Nova Paraíba, que alegava, entre outros pontos, que o áudio foi ao ar após uma edição que acabou distorcendo a fala do candidato socialista. De acordo com os advogados, o áudio utilizado na propaganda se valeu do recurso de montagem vedado pelo artigo 51 IV da Lei 9.504/1997, ao cortar trecho final da entrevista, onde o candidato representante afirma expressamente ser desfavorável a legalização das drogas.

“Verifico a veiculação de informação sabidamente inverídica uma vez que, ouvindo a entrevista concedida pelo candidato representante e utilizada pela representada na propaganda questionada, observo que o referido candidato, logo após o trecho reproduzido pela representada, afirma claramente que é contra a legalização das drogas”, destacou o juiz.