sábado, 9 de outubro de 2010

Marina afirma que país está pronto para ter mulher presidente


Terceira colocada na disputa à Presidência, a senadora Marina Silva (PV) apresentou na tarde desta sexta-feira (8) um programa com dez temas que vai servir como forma de negociação com os candidatos Dilma Rousseff e José Serra. O documento intitulado “Agenda por um Brasil justo e sustentável” deve ser apresentado ainda hoje às cúpulas das campanhas de PT e PSDB.

O apoio formal do PV, no entanto, só deve ser decidido na Convenção Nacional do partido, marcada para o dia 17, em Brasília.

Marina fez questão de afirmar que os pontos são negociáveis e que os militantes do partido estão livres para apoiar um dos candidatos no segundo turno. Entre os pontos apresentados estão a reforma política e a criação de uma agência reguladora para tratar de assuntos ligados às mudanças climáticas.

A candidata verde, que teve quase 20 milhões de votos no primeiro turno, evitou falar de negociações diretas com Dilma e Serra, mas afirmou que está disposta a encontrar os dois candidatos para discutir propostas.

Marina,voltou a dizer que uma mulher pode chegar à Presidência. A tese é defendida pela candidata verde desde o primeiro turno. Sem citar Dilma, Marina afirmou que cabe à petista conquistar o eleitorado.

- O Brasil está preparado para ter uma mulher [na Presidência]. Caberá a quem está na disputa conquistar e convencer [o eleitor].

Além de Marina, participaram da coletiva o presidente do PV, José Luiz de França Penna; o presidente do PV-RJ, Alfredo Sirkis; o candidato derrotado do PV ao governo paulista, Fabio Feldmann, além de dirigentes da sigla em São Paulo.

Postado por Ana Maria Gomes.

Vereadores de oposição de Alhandra fazem duras cobranças ao prefeito Renato Mendes

O vereador Edielson Nunes do PMDB da cidade de Alhandra usou da tribuna da casa na noite desta segunda-feira (20.11), cobrando ...