quinta-feira, 16 de setembro de 2010

CHACINA DO RANGEL O DIA DO JULGAMENTO

Dois policiais que chegaram primeiro à cena do crime e o único sobrevivente da chacina já testemunharam no julgamento do casal acusado de matar sete pessoas da mesma família conhecido como a Chacina do Rangel. Desde às 9h15 desta quinta-feira (16) que a sessão foi aberta e neste momento está em recesso para o almoço.

Carlos José Soares de Lima e Edileuza de Oliveira são acusados de matar a golpes de facão cinco pessoas da mesma família, sendo que a mãe estava grávida de gêmeos.

A FOTO ACIMA E A BAIXO SÃO DOS DOIS ACUSADOS DA CHACINA DO RANGEL
O único dos sobreviventes da chacina foi o primeiro a depor. Ele foi levado para um ambiente separado, com a presença do juiz, advogados e jurados.

O julgamento começou com o juiz Marcos Willian, do primeiro Tribunal do Júri, separando as testemunhas em salas distintas e levando o casal até o plenário. A presença dos acusados causou emoção nos familiares das vítimas presentes ao recinto.

Depois disso, foram sorteados os jurados e o julgamento começou com o juiz lendo todo o processo impetrado pelo Ministério Público na presença dos acusados e testemunhas.

A chacina

Carlos José e Edileuza dos Santos foram presos pela morte dos vizinhos Moisés Soares Filho, 33 anos; da esposa Divanise Lima dos Santos, 35 anos, que estava grávida de gêmeos. A casa das vítimas foi invadida na madrugada de 9 de julho. Além dos adultos, foram mortos Raissa dos Santos Soares, 2 anos; Rai dos Santos Soares, 4 anos; e Raquel dos Santos Soares, esquartejados.

A brutalidade do crime só poupou o filho mais velho do casal, um adolescente de 11 anos que se escondeu embaixo da cama e não foi visto por Carlos e Edileuza. Ele é a principal testemunha do caso.
POSTADA POR ANA MARIA GOMES.

Corpo de homem é achado dentro de tubarão

tubarao4O corpo de um homem que estava desaparecido nas Bahamas foi encontrado dentro do estômago de um tubarão.

A polícia conseguiu identificar o corpo de Judson Newton na quarta-feira através das impressões digitais, segundo informações do jornal local The Tribune. As autoridades ainda estão aguardando os resultados de um exame de DNA.

Segundo o jornal, a polícia não sabe determinar se Judson Newton estava vivo quando foi engolido pelo tubarão.

Newton e um outro homem estavam desaparecidos desde o dia 29 de agosto, depois de terem saído com outras três pessoas para um passeio de barco na praia Jaws Beach, na ilha de New Providence, a principal das Bahamas.

O motor do barco parou de funcionar e Newton e o outro homem, Franklin Roosevelt Brown, entraram na água para tentar puxar o barco para a superfície. Segundo o relato das pessoas que ficaram no barco, eles não foram mais vistos.

As autoridades das Bahamas fizeram buscas no local, mas não encontraram nenhum corpo.

No dia 5 de setembro, um investidor financeiro que pescava com seus amigos em um barco a 50 km de New Providence pegou um tubarão-tigre em sua rede. Ao içarem o animal para dentro do barco, uma perna humana caiu da boca do tubarão.

Ex-parceiros em campo, Bebeto e Romário fazem campanha separados no RJ


Em cinco minutos cada um distribui cerca de 15 santinhos e posa para pelo menos umas dez fotos. Na equipe do camisa 7 tem até o endereço do site com um código para achar a imagem com o candidato. Quem diria que o Baixinho marrento da camisa 11 voltaria para cumprimentar a senhora que esbarrou nele pedindo atenção? Campanha eleitoral é assim. Bebeto e Romário, que buscam respectivamente uma vaga para deputado estadual e federal pelo Rio de Janeiro, sabem muito bem disso. Apesar de parceiros em campo, os craques fazem campanha separados.

“É muito pesado. No final do dia você chega cansado em casa, principalmente mentalmente”, conta Bebeto. “É uma satisfação para mim saber que tudo aquilo que eu fiz por mais de 20 anos no futebol gerou isso, as pessoas têm um reconhecimento, um carinho por mim muito grande”, completa Romário.

Datafolha aponta Dilma com 51% e Serra com 27%


Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (16) mostra a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, com 51% das intenções de voto. O candidato do PSDB, José Serra, aparece com 27%, e Marina Silva, do PV, tem 11%, segundo o levantamento.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo".

Considerando a margem de erro da pesquisa, de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, Dilma pode ter entre 49% e 53%. Serra pode ter entre 25% e 29%, e Marina, entre 9% e 13%.

Dentre os outros candidatos – Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Plínio (PSOL), Rui Costa Pimenta ( PCO) e Zé Maria (PSTU) - nenhum atingiu 1% das intenções de voto. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos somam 4%, e indecisos, 7%.

Foram realizadas 11.784 entrevistas em 423 municípios da segunda-feira (13) à quarta-feira (15). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 30014/2010.
Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada na última sexta-feira (10), Dilma aparecia com 50%, Serra, com 27%, e Marina, com 11%.

Maranhão deve participar do último debate na tv


Está agendado para o dia 28 de setembro, o último debate entre os candidatos ao governo do Estado da Paraíba, realizado pelas TVs Cabo Branco e Paraíba.
O governador José Maranhão, candidato a reeleição, assegurou presença através de sua assessoria, que julga de extrema importância a participação do candidato neste debate. A ausência de José Maranhão no tradicional debate da TV Globo, traria um grande prejuízo eleitoral,

Ibope mostra Tiririca em primeiro lugar em São Paulo


Milhares de eleitores paulistas estão apostando a solução de sérios problemas do país num candidato a deputado federal com larga experiência como equilibrista, mágico e palhaço. Com estes predicados, o comediante Tiririca, famoso pela canção-chiclete “Florentina, Florentina”, pretende sentar numa das cadeiras da Câmara dos Deputados, em Brasília, em janeiro de 2011

Horário de verão começa no dia 17 de outubro em três regiões do país


Ultimosegundo
O horário de verão deste ano terá início no dia 17 de outubro e terminará no dia 20 de fevereiro de 2011

1º era um vídeo, depois um áudio e agora o PT não tem provas que RC usou voz ou imagem de Lula


Três dias depois de acusar o candidato a governador Ricardo Coutinho (PSB) de fraude e propaganda enganosa, a bancada do PT na Assembléia Legislativa da Paraíba, em conjunto com a direção estadual da legenda, não protocolou a ação que prometeu junto a Justiça Eleitoral porque ainda não tem provas da utilização indevida do suposto áudio do presidente Lula pedindo votos para o socialista.

Na segunda-feira (13) a assessoria do PT divulgou matéria informando que a direção do partido na Paraíba iria impetrar uma ação na justiça contra a Coligação Uma Nova Paraíba para impedir o uso de um vídeo de 2008 em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedia voto para o então candidato à reeleição Ricardo Coutinho, que na época era prefeito de João Pessoa.

Na terça-feira (14), o deputado Rodrigo Soares voltou atrás e disse que não se tratava de um vídeo, mas sim de um áudio que estaria circulando em carros de som pelas cidades do Interior do Estado. O parlamentar disse, ainda, que só divulgaria o suposto áudio no momento adequado.

Jovem de 22 anos morre afogado durante pescaria em praia do RN


O pescador Francisco Júnior do Nascimento de Almeida, de 22 anos, morreu na manhã dessa terça-feira (14) enquanto mergulhava em alto mar, na praia de Porto do Mangue. Ele praticava pesca artesanal com arpão utilizando apenas máscara de mergulho e nadadeiras tipo "pé de pato".

Segundo o irmão da vítima que esteve ontem no Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP), o pescador não era acostumado a pescar em locais de grande profundidade, e pescava em zonas com no máximo seis metros.

O local onde o pescador mergulhou pela última vez tem 18 braças, o que equivale a 32,94 metros. Peritos do Itep acreditam que a vítima pode ter morrido em consequência da rápida alteração de pressões, ou seja, a descompressão, em decorrência do mergulho livre ou de apnéia - modalidade em que o mergulhador não usa equipamentos para respiração subaquática.

Acusado de matar sete relata noite do crime e diz: Não sou matador


Às vésperas de ir a júri popular por um dos crimes mais hediondos da história da Paraíba, José Carlos dos Santos, um dos acusados da Chacina do Rangel, afirmou não saber o que aconteceu consigo na noite em que ele e a esposa assassinaram a golpes de facão sete pessoas de uma mesma família.

Em entrevista a uma emissora de TV local, o acusado, que se encontra preso e isolado no presídio PB I, em Jacarapé (sem direito a receber visitas), manteve seu novo discurso, afirmando que foi a esposa, Edileuza de Oliveira dos Santos (presa na Colônia Penal Júlia Maranhão), quem o influenciou a cometer o crime, atribuindo a ela o assassinato das crianças. “Eu não toquei em nenhuma das crianças, quem tocou nas crianças foi Edileuza”, afirmou. Em depoimentos anteriores, Carlos José havia confessado ter cometido o crime sozinho.

Com um sorriso no rosto em alguns momentos, o acusado afirmou que ainda planeja um futuro: “Eu tenho planos de sair daqui de cabeça erguida, firme, com fé em Deus que eu vou vencer essa batalha, que eu vou vencer e vou pagar o que eu devo a Justiça”. Ele ainda afirmou que não sabe o que lhe aconteceu no dia do crime: ‘eu não sou um matador’.

Polícia apreende 18 quilos de drogas enterradas dentro de tonel

    Políciais militares da Força Tática do 7º Batalhão aprenderam, neste domingo (22), aproximadamente 18 kg de uma substância se...