sábado, 21 de agosto de 2010

Aeroportos do NE serão sinalizados contra exploração sexual infantil

Aeroportos de todo o Nordeste serão sinalizados, a pedido do Ministério Público do Trabalho na Paraíba, com cartazes e bunners que terão mensagens contra o turismo sexual e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Os monitores internos dos aeroportos também exibirão Vts em diversos idiomas alertando que a prática é crime.
A garantia foi dada pelo superintendente regional da Infraero no Nordeste, Fernando Nicácio da Cunha Filho, ao procurador do Trabalho Eduardo Varandas Araruna, que está à frente de uma ampla campanha contra a exploração sexual infantil na Paraíba.
“Decidimos estender a campanha a outros aeroportos, e não apenas aos da Paraíba, já que trata-se de um problema que atinge outros Estados”, justificou o procurador.

A parceria ainda prevê a possibilidade de extensão para todos os aeroportos do país e o chamamento das companhias aéreas para vincularem vídeos educativos no interior das aeronaves.

Fernando Nicácio aprovou a proposta do MPT. “Todos sairão ganhando com essa campanha, principalmente nossas crianças e adolescentes. Trata-se de uma iniciativa muito oportuna e a Infraero vai encampá-la”, prometeu.

A reunião em que a parceria foi firmada foi realizada no gabinete do procurador Eduardo Varandas. Também esteve presente o gerente de comunicação da Regional Nordeste da Infraero, Jorge Tadeu de Andrade.

“O turista que chegar as nossas terras deve estar ciente de que o Brasil é açougue de carne de criança”, alertou o Procurador Eduardo Varandas, idealizador da campanha.

POSTADA POR ANA MARIA GOMES.

Samu 192 amplia cobertura em mais 15 municípios paraibanos


Mais 169 mil moradores da Paraíba vão contar com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Começa a funcionar nesta sexta-feira (20/08) a Central de Cajazeiras, que vai coordenar a circulação de ambulâncias do Samu/192 em mais 15 municípios do estado.

No total, 1,9 milhão de pessoas podem acionar o 192 para receber atendimento de urgência – o que corresponde a 52% da população paraibana. A nova central vai receber nove veículos – sete Unidades de Suporte Básico (USB) e duas Unidades de Suporte Avançado (USA)

O Ministério da Saúde investiu R$ 1,4 milhão na construção da central e na compra de ambulâncias e equipamentos. Por mês, o repasse total para a manutenção do Samu/192 nesses municípios será de R$ 172,5 mil por mês – mais de R$ 2 milhões por ano. Isso representa um aumento de 25% no valor de custeio do serviço na Paraíba, que passa a ser de R$ 10 milhões anuais.

O estado já possui cinco centrais (Campina Grande, João Pessoa, Patos, Piancó e Sousa), que regulam o serviço prestado por 31 ambulâncias – sendo 22 USB e nove USA – em 42 municípios. A Central de Cajazeiras vai atender às seguintes cidades: Bernardino Batista, Bom Jesus, Bonito de Santa Fé, Cachoeira dos Índios, Cajazeiras, Carrapateira, Monte Horebe, Poço Dantas, Poço de José de Moura, Santa Helena, Santarém, São João do Rio do Peixe, São José de Piranhas, Triunfo e Uiraúna.
Para que o Samu/192 atenda a 100% dos paraibanos, o MS vai implementar nos próximos meses outra central de regulação – no sul do estado. Também está prevista a expansão da cobertura das centrais já existentes para outras cidades, com a ampliação de profissionais, veículos e equipamentos.

Samu/192 – O Samu/192 é uma das ações integradas dos programas de assistência a pacientes em situação de urgência. É um programa criado para funcionar 24 horas e organizar o fluxo de atendimento na rede pública, reduzindo as filas nos pronto-socorros dos hospitais.

POSTADA POR ANA MARIA GOMES.

Tiroteio na Zona Sul do Rio deixou 1 morto, 4 policiais feridos e dez suspeitos presos.


Cinco hóspedes do Hotel Intercontinental estavam entre as 35 pessoas feitas reféns por criminosos que invadiram o hotel de luxo em São Conrado, na Zona Sul do Rio na manhã deste sábado (21). Criminosos invadiram o local após trocarem tiros com a polícia na Rua Aquarela di Brasil, no mesmo bairro, por volta de 8h da manhã. Uma mulher morreu no tiroteio. Quatro policiais militares ficaram feridos.

Dez suspeitos foram presos após cerca de três horas de negociação, feita por policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar. Ninguém ficou ferido durante a invasão do hotel.

De acordo com o tenente-coronel Lima Castro, relações-públicas da PM, a ação dos criminosos começou quando o grupo deixava uma festa e se deparou com uma equipe da PM. O grupo estava em uma van e motos quando encontrou a equipe da PM, que chamou reforço para o local.

De acordo com a polícia, a mulher que morreu estava entre os criminosos. Contra ela havia um mandado de prisão.

Para fugir da polícia, alguns dos criminosos entraram no Hotel Intercontinental. Segundo testemunhas, eles entraram armados pela cozinha e fizeram hóspedes e funcionários reféns.

“A polícia está preocupada agora em verificar se nenhum outro criminoso está no hotel. Estamos checando tudo e vamos vasculhar quarto por quarto. Checar passaportes para ter certeza de que a área está totalmente limpa”, afirmou o coronel.

Há a suspeita de que ainda há criminosos no local. Já foram apreendidos oito fuzis e cinco pistolas. Uma granada foi encontrada num condomínio ao lado do hotel.

Testemunhas chegaram a contar que viram um grupo de aproximadamente 70 pessoas, vestidas de preto, atirando para o alto. De acordo com os relatos, os homens desceram de vans, motos e de um caminhão de lixo, e seguiram a pé pela Avenida Aquarela do Brasil em direção à orla de São Conrado.

POSTADA POR ANA MARIA GOMES.

PRF aponta irregularidades em veículos escolares de 20 Municípios e do Estado

O Ministério Público da Paraíba recebeu, na última segunda-feira (16), um relatório da Polícia Rodoviária Federal com informações rela...