quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Tragédia na cidade de conde: homem é amarrado e assassinado a tiros

O empresário Ramires José Antunes (português), de 52 anos de idade, foi assassinado a tiros hoje (19 de agosto),por volta das 10:20 na cidade de Conde. O mesmo era casado residente numa granja em Pituaçu (ex-granja do deputado Wilsom Braga).
Segundo informações da viúva 02 elementos desconhecidos se passando por cliente querendo comprar uma granja naquela localidade chegou em sua residência, a vítima era corretor.. E hoje pela manhã a vitíma levou os elementos que se passaram por clientes a outra localidade para mostrar uma outra granja que estaria a venda. E não mais voltou, os seus funcionários escutaram os tiros e foram ao local mas encontraram a vitima amarrada e exposta ao solo como na foto todo ensanguentado. O SAMU chegou ao local mais não havia mais o que se fazer a vítima já se encontrava em óbito.

A policia não descarta a possibilidade de ser acerto de conta, até porque não levaram nada da vitíma.

Da redação a jornalista Ana Maria Gomes, fotos e informações de Wagner Assunção .

Recém-nascidos poderão ter pulseiras eletrônicas

Os vereadores Bosquinho (DEM) e Bruno Farias (PPS) estão propondo, conjuntamente, projeto de lei que obriga as maternidades públicas e privadas de João Pessoa a colocarem pulseira eletrônica nos bebês recém-nascidos, para evitar, por exemplo, casos de seqüestros ou troca de crianças. Bosquinho e Bruno destacam que em várias capitais do país a medida já é adotada em maternidades e o número de problemas, citados anteriormente, têm diminuído bastante. A imprensa nacional tem veiculado casos de recém-nascidos que são roubados das mães por criminosos que conseguem ter acesso às maternidades e depois fogem do local. “É uma medida importante e, com a pulseira eletrônica, o hospital terá o controle e poderá monitorar a criança. Esse equipamento terá todos os dados do recém-nascido e também da mãe”, explicou Bosquinho. Bruno comentou, por sua vez, que a medida é mais um mecanismo de modernização da prestação de serviços na saúde e de segurança nas maternidades.

Postada por Ana Maria Gomes.

Defensores públicos acabam greve de quase um ano

Os defensores públicos do Estado da Paraíba decidiram no final da tarde desta quarta-feira (18) acabar com uma greve que já durava quase um ano.

A decisão foi tomada após uma reunião na sede da OAB entre os dirigentes do Sindicato, entre os quais o presidente Levy Borges (foto) e representantes do Governo do Estado, mediados pela deputada estadual Nadja Palitot (PSL).

De acordo com informações da Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública, os defensores aceitaram a proposta do governo do Estado de conceber a equiparação aos subsídios dos procuradores, só que de forma escalonada até janeiro de 2013.

As negociações vão continuar para que seja decidida como será feita essa equiparação. A decisão foi tomada por unanimidade, e amanhã o atendimento voltará ao normal.

Postada por Ana Maria Gomes.

Roberto anuncia projeto de lei para que urna advirta eleitores sobre candidatos ficha suja


O senador Roberto Cavalcanti (PRB-PB) anunciou nesta quarta-feira (18) que apresentará projeto de lei instituindo mecanismos de esclarecimentos nas urnas eletrônicas sobre candidatos ficha sujas.

O parlamentar antecipou que o sistema esclarecerá os eleitores a respeito da situação jurídica dos candidatos que, apesar de terem registro negado, continuam na disputa por força de recurso em tramitação nas instâncias judiciais superiores.

Ele explicou que, ao digitar o número, o eleitor terá acesso a informações sobre condenações e processos respondidos pelos políticos, além da suspensão do registro da candidatura.

Postada por Ana Maria Gomes.

Advogado pede liberdade para goleiro Bruno à Justiça de Minas


O advogado Ércio Quaresma, que defende o goleiro Bruno Fernandes da acusação do sumiço e morte de sua ex-amante Eliza Samudio, entra nesta quinta-feira (19) com um novo pedido de liberdade para o atleta, dessa vez, na Quarta Câmara Criminal do TJ (Tribunal de Justiça) de Minas Gerais.
É o quarto pedido de habeas corpus para a liberdade do goleiro. Outros três já foram julgados e negados em Minas Gerais. No Rio de Janeiro, onde Bruno morava, um pedido de revogação da prisão foi feito à 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá no último dia 2.
Quaresma também entrega nesta quinta a apresentação da defesa prévia do goleiro no processo que corre em Contagem (MG). O advogado também vai dar entrada nesta quinta uma alegação de que a competência para julgar o caso deve ser transferida para Vespasiano, na região de Belo Horizonte, onde teria acontecido o crime.

Bruno e mais seis pessoas são suspeitas de envolvimento no desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante do atleta. Ela teria sido sequestrada e morta no início de junho na região metropolitana de Belo Horizonte, segundo um primo de Bruno que disse ter presenciado o crime.

Postada por Ana Maria Gomes.