sexta-feira, 30 de julho de 2010

SUPERNANNY CONCORDA COM PALMADAS EM CRIANÇAS, ISSO É BÍBLICO, ESTÁ EM PROVERBIOS

A educadora Cris Poli, conhecida por orientar famílias no programa de televisão Supernanny, foi a uma das palestrantes da Semana Batista 2010, no 2º Encontro de Educadores realizado na semana passada em Barueri, cidade da Grande São Paulo. Segundo a protagonista do reality show do SBT, que já recebeu mais de 30 mil pedidos de ajuda, “as famílias cristãs estão tão perdidas quanto as que não são cristãs”. Na opinião de Cris, os princípios bíblicos – que deveriam balizar a educação – não têm sido colocados em prática mesmo em núcleos familiares cristãos. “A família precisa viver a Palavra de Deus”, destacou.
A educação, de acordo com ela, tem passado por uma fase de equilíbrio entre a rigidez e a permissividade. “Precisamos de regras e rotinas, mas sem esquecer o amor e a flexibilidade”, explicou a orientadora. “Eu me pergunto onde está a Palavra de Deus nessas famílias cristãs em coisas simples, como agradecer por uma comida e orar antes de dormir. É o beabá da educação”, relatou a instrutora que possui mais de 40 companheiras de profissão à frente de programas Supernanny ao redor do mundo.

“Se você quer saber sobre educação de filhos, pode ler o livro de Provérbios que está tudo lá. Cada pensamento de Deus está lá”, expressou. Ter voz de comando, organização, qualidade de tempo com os filhos e cumplicidade entre os pais, foram algumas dicas da superbabá que o pastor Creusi Santos, da 1ª Igreja Batista de Barueri, irá procurar passar para a sua família, que ganhará um novo integrante em breve.
“Eu
não concordo muito com a perspectiva da psicologia sobre a educação das crianças. Ela tem uma visão muito legal, porque a Bíblia tem uma visão muito mais equilibrada em termos de educação”, observou.
Prestes a completar cinco anos visitando casas pelo reality, com o contrato renovado por mais um ano com a emissora de Silvio Santos, Cris Poli dedicou a Deus o que considerou como sendo uma reviravolta na sua vida.
“Estou aqui pela graça e misericórdia do Senhor. Até 2005 eu era uma educadora que trabalhava numa escola de educação cristã bilíngue. Deus ‘moveu os pauzinhos’ e me convidaram para trabalhar no SBT”, disse Cris que, em virtude do sucesso do Supernanny, passou a escrever livros e a dar palestras.
DA REDAÇÃO A JORNALISTA ANA MARIA GOMES E DO PROGRAMA OH LORD. DJ TONTINHA.

Oito concursos oferecem 1.321 vagas no Estado; 738 com incrições até hoje


Oito concursos com inscrições abertas na Paraíba oferecem 1.321 em todo o Estado. Só em Patos são 738 vagas, mas o prazo para se inscrever no concurso termina nesta sexta-feira (30).

Para a Prefeitura de Patos, são 738 vagas em todos os níveis de escolaridade e diversos cargos, com salário de até R$ 3,2 mil. As inscrições vão até o dia 30 de julho.

Cento e vinte e duas vagas estão sendo oferecidas em Brejo do Cruz. As incrições começam amanhã e as oportunidades são para todos os níveis de escolaridade, com salário de até R$ 1.200 e inscrição até 6 de agosto.

Oito mil reais é o mais alto salário oferecido dos concursos com inscrições abertas. A oportunidade é para Prefeitura de São João do Cariri, que está oferecendo 61 vagas para diversos cargos com inscrições até o dia 6 de agosto.

Em São Vicente do Sérido, 50 vagas estão sendo oferecidas com salário de até R$ 2.448 e as inscrições serão realizadas até o dia 23 de agosto.

Cinquenta vagas para professor estão sendo oferecidas pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). As inscrições vão até o dia 4 de agosto, e o salário é de R$ 6.722,85.

Em Gado Bravo, a Prefeitura está oferecendo 84 vagas para 1º, 2º e 3º grau, com salário de até R$ 6.350 e inscrição até o dia 18 de agosto.

Em Quixada, são 22 vagas para professor e supervisor, com salário não informado e inscrições até 6 de agosto.

E em Mari, são 154 vagas com salário de até R$ 990 e oportunidades para todos os níveis de escolaridade. As inscrições vão até 13 de agosto.

DA REDAÇÃO ANA MARIA GOMES.

Consult: para presidente, na Paraíba, Dilma lidera com 54,1%. Serra tem 27,9%


Pesquisa Correio/Consult para presidente da República na Paraíba aponta diferença de 26,2 pontos percentuais em favor da ex-ministra Dilma Rousseff (PT), que está agora com 54,1% das intenções de voto. O candidato mais próximo é o tucano José Serra, que está com apenas 27,9% da preferência dos paraibanos.
Em relação à pesquisa realizada no mês de junho, a petista Dilma Rousseff subiu 7,7 pontos. Ela estava com 46,40%. O ex-governador José Serra, que estava com 33,25%, perdeu 5,35 pontos.
A candidata Marina Silva (PT) aparece com apenas 4,35% das intenções de voto dos paraibanos. Na pesquisa anterior, Marina tinha 7,35%. Depois, aparece Zé Maria (PSTU), com 0,25%, seguido de Eymael (PSDC), que tem 0,10%, e Levy Fidelix (PRTB), com 0,05%. Os eleitores que manifestaram a intenção de votar em ‘outro’ candidato somaram 0,30%.
De acordo com o levantamento da Consult, os candidatos Rui Costa Pimenta (PCO), Ivan Pinheiro (PCB) e Plínio Arruda (PSOL) não pontuaram.
Postada por Ana Maria Gomes.

Estadão: Efraim transferiu 52 servidores pagos pelo Congresso para trabalhar na campanha



Uma tropa de cabos eleitorais pagos pelo Senado está trabalhando na campanha dos senadores candidatos nos Estados. São assessores que, oficialmente, deveriam apenas cumprir expediente nos gabinetes, mas estão nas ruas pedindo voto, coordenando e ajudando na corrida eleitoral dos parlamentares.

Levantamento feito pelo Estado identificou uma intensa transferência de servidores registrados em Brasília para os redutos eleitorais dos senadores e a reportagem flagrou assessores que recebem salário do Senado atuando na campanha. Os campeões são Efraim Morais (DEM-PB) e Mão Santa (PMDB-PI). O paraibano tem, oficialmente, 52 servidores lotados em seu Estado durante a campanha, enquanto o peemedebista conta com 34.




O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) retoma nesta quinta-feira o julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJ) contra o ex-governador Cássio Cunha Lima. Ele está sendo acusado pela prática de conduta vedada e abuso de poder econômico, por ter supostamente excedidos gastos com publicidade em 2006, ano eleitoral.

O julgamento do ex-governador teve início na última segunda-feira, dia 26, e foi interrompido pelo pedido de vista da juíza Niliane Meira. O relator do processo, juiz Carlos Neves da Franca Neto, e o juiz Ricardo Coelho já votam a favor da condenação de Cássio Cunha Lima.

Caso seja condenado, o ex-governador se tornará inelegível por oito anos, com base na nova lei chamada popularmente de ‘Ficha Limpa’. De acordo com o relator do processo, Cássio Cunha Lima gastou R$ 22,5 milhões em publicidade institucional nos seis primeiros meses de 2006. A média dos gastos realizados nos três anos anteriores foi de R$ 15,7 milhões

Bruno raspou cabeça e cabelos foram queimados no presídio, diz polícia


O goleiro Bruno de Souza raspou os cabelos no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, de acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil de Minas Gerais.

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Defesa Social informou que o corte de cabelo é um procedimento padrão de higiene. E, que quando soube que teria o cabelo cortado, o goleiro pediu para que ele próprio passasse a máquina, que pertence ao presídio.

A polícia disse que ele teria feito um primeiro corte com máquina com pente 3 (que deixa o cabelo com 10 milímetros de comprimento), mas não ficou satisfeito com o resultado. Em seguida, cortou com o pente 1 (três milímetros), ficando quase careca.

Os pedaços de cabelo cortados foram queimados por agentes penitenciários dentro da cela, na frente de Bruno, para não serem usados como provas de exames de DNA, segundo a polícia. Isso foi feito para mostrar para o preso que o material não seria usado posteriormente. Normalmente, os cabelos cortados de presos são jogados fora.

Na Paraíba, presidiários são liberados sem autorização judicial


Edmilson Paredes Morais, vulgo “Ninão”, condenado a 34 anos de prisão pelo assassinato do ex-prefeito de Santa Luzia, Itó Morais, era apenas um dos agraciados com a concessão de pernoites, pela diretora da Penitenciária Média de Segurança Média, Marilyn Sousa Santos, apenas pelo fato de trabalhar internamente (?), sem respaldo, portanto, em qualquer legislação penal ou de execução penal.

Além de Ninão, outros dez apenados vinha sendo liberados à noite, sem autorização judicial: Edson Ferreira de Oliveira, João Paulino da Silva Filho, Lauro Williams Freire de Castro, José Marques da Silva, Agamenon Oliveira Alves, André Luiz Pires, João Atanázio Nunes, José Domingos de Lima, Ricardo Assis de Lima Oliveira e Alcides da Costa Amorim. DA REDAÇÃO WAGNER ASSUNÇÃO

EM GURUGI: Programa Cidadão atende a população de Conde dia 07/12

O Programa Cidadão, desenvolvido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH) em parceria com a Prefeitura Municipal de ...