A J.A INDO MAIS LONGE PRA CHEGAR MAIS PERTO DE VOCÊ

OLÁ OBRIGADO POR VISITAR ESSE BLOG FIQUE AVONTADE. É O SISTEMA J.A INDO MAIS LONGE PRA CHEGAR MAIS PERTO DE VOCÊS

quinta-feira, 29 de julho de 2010

COCO DE RODA DE GURUGI FAZ ABERTURA DA FESTA DAS NEVES NA CAPITAL

Diante da beleza de sua dança e da força dos seus versos, muitos folcloristas traçaram definições a respeito do coco. A maioria concorda que ele foi primeiramente um canto de trabalho dos tiradores de coco, e que somente depois transformou-se em ritmo dançado. Uns afirmam que ele nasceu nos engenhos, indo mais tarde para o litoral, e espalhando-se posteriormente nos ambientes mais chiques. Outros, no entanto, dizem que ele é essencialmente praieiro, devido à predominância da vegetação de coqueiros encontrados nesta região.Em relação ao Estado nordestino no qual teria nascido o coco a discordância ainda é maior. Alagoas, Paraíba e Pernambuco alternam-se nos textos existentes como prováveis "donos" deste folguedo. Mas afinal, qual seria realmente o seu local de origem ? Eis aí uma lacuna a ser preenchida por aqueles mais curiosos, interessados e com espírito descobridor. No meio de tantas dúvidas, uma coisa é certa: o coco tem origem é no povão! Sobre a sua forma de expressão, os pesquisadores 'definem' muitos 'tipos' de coco. Não seria muito confiável uma classificação diante da diversidade descrita por eles. O que observamos é que as variações do folguedo ocorrem pelas mudanças de nomenclatura de uma região para outra, por algum aspecto na dança e, principalmente, pela diferença na métrica dos versos que são cantados. Contudo, de maneira geral, o coco apresenta uma forma básica: os participantes formam filas ou rodas onde executam o sapateado característico, respondem o coro, e batem palmas marcando o ritmo. Muito comum também é a presença do mestre "cantadô". A festa sempre inicia quando ele "puxa" os cantos, que podem ser de improviso ou já conhecidos pelos demais. Este folguedo, aparentemente, não possui datas fixas para sua realização, ocorrendo em qualquer época do ano, embora seja mais facilmente encontrado no período junino. Em seu aspecto musical, os instrumentos de percussão são predominantes. Ganzás, bombos, zabumbas, caracaxás, pandeiros e cuícas são os mais encontrados nas descrições dos folcloristas. No entanto, para se formar uma roda de coco, não é necessária a presença de todos estes instrumentos. A brincadeira muitas vezes acontece apenas com as palmas ritmadas dos seus integrantes. Dentre suas características mais gerais podemos destacar o seu espírito comunitário. Em um clima de muita alegria, homens, mulheres, crianças, de qualquer classe social, cantam, dançam e misturam-se sem nenhuma distinção. No que se refere às suas influências étnicas, a presença africana é clara, principalmente no ritmo, e em certos movimentos da dança. Encontra-se também uma forte contribuição indígena observada nos movimentos coreográficos, pois tanto a roda como a fileira são heranças dos nossos nativos.
O coco pode ser dançado calçado ou descalço. Ele não possui vestimenta própria.E falando em coco de roda "Gurugi de Conde" vai está sendo representada pelo grupo fólclorico, na abertura da festa das Neves em João Pessoa, dia 30 de julho.
Está é uma homenagem do nosso Blog aos componentes do coco de roda de Gurugi Conde Pb
Da redação a jornalista Ana Maria Gomes.

Francesa admite ter sufocado oito recém-nascidos



Dominique Cottrez, de 45 anos, reconheceu ser a mãe dos bebês, cujos corpos foram encontrados nos últimos dias em dois locais distintos no vilarejo de Villers-au-Tertre, no norte da França.Ela também admitiu ter sufocado os oito recém-nascidos, disse o procurador de Douai, Éric Vaillant.Os crimes, segundo os primeiros elementos da investigação, teriam sido cometidos entre 1989 e 2006.Segundo o procurador, somente as autópsias revelarão as datas exatas do nascimento dos bebês.Esse pode ser o maior caso de infanticídio na França, de acordo com a imprensa do país.A mãe foi indiciada por homícidio voluntário cometido contra menor de idade, segundo a Procuradoria de Douai, no norte da França. Ela pode ser condenada à prisão perpétua.O pai, Pierre-Marie Cottrez, de 47 anos, vereador da câmara municipal do vilarejo de 700 habitantes, poderá ainda ser indiciado por não ter denunciado os crimes e por posse de cadáveres, afirmou o procurador.
O excesso de peso da mãe, que trabalha como auxiliar de enfermagem, teria contribuído para dissimular a gravidez. Ela teria cerca de 130 quilos.

As mortes foram descobertas quando os novos proprietários de uma casa em Villers-au-Tertre faziam obras no jardim para construir um lago e encontraram, no último sábado, dois esqueletos embalados em sacos plásticos enterrados no local.Eles alertaram a polícia, que localizou os antigos moradores do local, Dominique e Marie-Pierre Cottrez. A casa pertencia à família da mãe dos bebês.

Os outros seis corpos foram encontrados na garagem da nova residência do casal, situada a apenas um quilômetro da primeira onde foram descobertos os dois esqueletos.

Cães
A polícia utilizou cães farejadores para localizar os corpos dos bebês. As operações de buscas foram realizadas até a noite de quarta-feira.

O caso, revelado à imprensa apenas na quarta-feira, chocou a França, sobretudo os moradores do pequeno e calmo vilarejo de Villers-au-Tertre.

O casal é descrito pelos moradores como pessoas "comuns, solícitas e educadas, que não indicavam nenhum comportamento anormal".

Outros casos de infantícidio abalaram recentemente a França. Em março passado, Céline Lesage, 38 anos, foi condenada a 15 anos de prisão por ter estrangulado seis bebês recém-nascidos entre 2000 e 2007.

Outro caso famoso de infanticídio na França é o do casal Courjault. A mãe foi condenada em junho do ano passado a oito anos de prisão por ter matado três recém-nascidos. Um deles foi morto em 1999 na França e, os outros dois, em 2002 e 2003, na Coreia do Sul.

Os cadávares dos dois bebês foram encontrados no congelador do apartamento que o casal morava em Seul.

Nesses dois casos mais antigos, os maridos não foram condenados porque ficou comprovado que eles ignoravam que a mulher havia ficado grávida e não estavam a par das mortes.

POSTADA POR ANA MARIA GOMES.

Notebooks roubados são apreendidos em Pernambuco


A Polícia Civil apreendeu, na madrugada desta quinta-feira (29), em Bezerros (PE), mais de 700 notebooks avaliados em cerca de R$ 1 milhão. De acordo com a polícia, a carga havia sido roubada há dois dias. Dois homens que descarregavam o material em um depósito fugiram quando perceberam a aproximação da polícia.

Dentro do depósito onde seriam guardados os notebooks, a polícia encontrou também peças de automóveis, roupas, utensílios domésticos e brinquedos. Os produtos também foram reconhecidos por seguradoras como fruto de outros roubos na região.

A polícia chegou ao local depois de uma denúncia anônima. Depois de catalogados, os produtos deverão ser devolvidos às seguradoras, segundo a polícia.

POSTADA POR ANA Mª GOMES.

Governo nomeia hoje o novo presidente dos Correios



Foi publicada nesta quinta-feira (29), no Diário Oficial da União, a nomeação do novo presidente dos Correios. O engenheiro David José de Matos vai assumir o cargo deixado por Carlos Henrique Custódio de Almeida, demitido em razão de crise na empresa estatal.

A assessoria de imprensa do Ministério das Comunicações informou que a decisão da demissão partiu do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Planalto, entretanto, também via assessoria, informou que não é da responsabilidade do presidente trocar o comando do órgão.

Os Correios vêm enfrentando uma crise nos últimos meses, com atraso em entregas e contratação de franquias sem licitação. Depois que a eficiência da estatal foi questionada, o PMDB, partido que comanda a empresa, entregou a cabeça do diretor de Operações dos Correios, Marco Antonio Oliveira. No lugar dele, foi nomeado hoje Eduardo Arthur Rodrigues, ex-presidente da VarigLog.
DA REDAÇÃO ANA MARIA GOMES.

Show de Roberta Miranda abre Festa das Neves nesta sexta




A cantora e compositora paraibana Roberta Miranda é uma das atrações da abertura da Festa das Neves 2010 nesta sexta-feira (30). O público também poderá assistir, na mesma noite, a irreverência do grupo Caronas do Opala, com seu “brega rock style”, e ouvir as canções interpretadas por Luzinete, a rainha da seresta. Os shows acontecem em palco armado no Ponto de Cem Réis, a partir das 18h.

Na mesma praça, haverá ainda um tablado montado exclusivamente para os folguedos da cultura popular. Nesse espaço, quem vai animar a festividade é a Nau Catarineta de Cabedelo, Vó Mera e Seus Netinhos e ainda o Coco de Guruji. A realização é da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope).

No show, Roberta Miranda promete mostrar por que merece o título de "Rainha da Canção Sertaneja", conquistado logo no início da carreira. Ela vai interpretar canções que marcaram época e também que retratam o amor por sua terra natal – João Pessoa. Afinal, mesmo morando em São Paulo, as belezas da Capital foram fontes de inspiração para que ela escrevesse músicas como "Tambaú", fazendo verdadeira reverência a uma das praias mais tradicionais da Paraíba.

POSTADA PELA JORNALISTA ANA MARIA GOMES.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...