quarta-feira, 28 de abril de 2010

Ausência de deputados impede a Paraíba de obter R$ 52 milhões do Pac


28 DE ABRIL DE 2010
O Estado "está fora do PAC-Água e PAC-Saneamento" porque o Poder Legislativo não aprovou pedido de autorização ao Governo para contrair empréstimo de R$ 52 milhões.

A matéria deixou de ser votada na tarde de hoje, segundo a informação da Assembléia, por falta de quorum regimental e, agora, não há mais prazo hábil para que o empréstimo seja contraído.

A matéria não foi votada porque na hora regimental o plenário da Casa contava apenas com 13 deputados, quando o quorum exige 109 parlamentares. A bancada governista – a mais interessada no assunto – contava apenas com nove dos 16 parlamentares.POSTADA POR ANA MARIA GOMES

Caso Aryane Thaís: estudante fica em silêncio no depoimento e diz que só vai falar no julgamento.


O estudante de Direito Luiz Paes de Araújo Neto, suspeito da morte da estudante Aryane Thaís Carneiro de Azevedo, afirmou durante depoimento à delegada de Crimes contra a Pessoa, Iumara Bezerra Gomes, na Central de Polícia, na tarde desta terça-feira, dia 27, que só prestará qualquerdeclaração em juízo.
Juiz mantém prisão provisória do estudante suspeito de matar Aryane
O depoimento foi acompanhado pelo advogado Aluísio Lucena. Durante uma hora, a delegada Iumara Bezerra Gomes fez várias perguntas, mas Luiz Paes de Araújo Neto preferiu não responder. Ele só afirmava que responderia em juízo.
O advogado Aluísio Lucena relatou que o estudante não precisaria responder ao questionamento da delegada, já que havia prestado depoimento inicialmente.
Após o depoimento, o estudante saiu de cabeça baixa e chegou a declarar à imprensa que estava tranqüilo, que era inocente e que esperava que a família dele fosse resguardada.POSTADA POR ANA MARIA GOMES

Cassados os mandatos de Marcos Odilon e do prefeito Bolão



Mais dois prefeitos foram cassados na Paraíba: nesta terça-feira (27), a juíza Ângela Coelho, da 2ª zona eleitoral, cassou os mandados de Marcos Odilon (PMDB), de Santa Rita, e Antônio Mendonça (Bolão), de Lucena, no Litoral da Paraíba.

De acordo com a sentença da magistrada, os respectivos vice-prefeitos também estão com seus mandatos cassados. De acordo com a decisão da juíza, os cassados ficam impossibilitados de disputar cargos eleitorais por um período de três anos, com vigência a partir de 2008.

A juíza Ângela Coelho concluiu que deve haver novas eleições nos dois municípios e que, interinamente, assumirão o cargo de prefeito os respectivos presidentes de Câmaras Municipais.

Há dois anos que tanto Marcos Odilon Ribeiro Coutinho como o seu vice-prefeito, Gilvandro Inácio dos Anjos, estavam sob investigação da Justiça Eleitoral sob a acusação de abuso de poder político e econômico.

A denúncia que deu origem ao processo de cassação de Marcos Odilon partiu da segunda colocada nas eleições, Ana Cristina Alexandre.

Com relação ao processo contra Bolão, a coligação oposta foi quem formulou a denúncia à Justiça Eleitoral. Bolão foi reeleito em 2008 pelo PR, com 5.279 votos.

Na Aije 061/2008 (ação de investigação judicial eleitoral), ele é acusado de ter praticando captação de sufrágio de forma ilícita, abuso do poder econômico através de programas sociais e que teria realizado um verdadeiro derrame de cheques a pessoas ditas carentes, mesmo sem haver lei específica e previsão orçamentária no ano anterior. POSTADA POR ANA MARIA GOMES

Passeata e Ato Público marcarão 1º de maio em João Pessoa


O Dia Internacional do Trabalhador será comemorado nesta sexta-feira (30)DE MAIO DE 2010 com passeata e ato público no Centro de João Pessoa.A programação é realizada pela Central Única dos Trabalhadores na Paraíba (CUT-PB), a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e o Movimento Social da Paraíba e também irá contar com apresentação de artistas populares.

A programação se inicia às 10h da manhã da sexta, com concentração dos trabalhadores na Praça João Pessoa. Em seguida será realizada uma caminhada até a Lagoa, onde será realizado um Ato Público às 11h00.A manifestação será animada com artistas regionais. A CUT-PB ainda participará da Sessão Especial do Dia do Trabalhador, na Assembleia Legislativa, às 9h.A sessão foi proposta pelo deputado Rodrigo Soares, que também convocou outra Sessão Especial, com o objetivo de comemorar o Dia Estadual em Memória das Vitimas de Acidentes do Trabalho, no próximo dia 3, às 15h, no Plenário Deputado José Mariz.

Este ano, a principal bandeira de luta dos trabalhadores é pressionar os parlamentares para a aprovação da PEC 321/95, que prevê a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais no Brasil. De acordo com o secretário geral da CUT, Paulo Marcelo, a medida poderá criar 4,5 mil novos empregos na Paraíba e 2 milhões em todo o país.

"O objetivo é garantir ao profissional mais tempo para maior capacitação através de cursos, para que o trabalhador possa ter maior qualificação. Além disso, haverá mais tempo livre para a família", destacou o sindicalista.A unificação de vários movimentos sindicais e sociais será uma forma de garantir uma mobilização ampla e consciente sobre a importância da redução da jornada de trabalho.

Além da redução da jornada de trabalho, este ano as centrais sindicais e o movimento social também têm como bandeiras de luta a valorização do trabalho; a igualdade, distribuição de renda e inclusão social; a definição de limites de propriedade e reforma agrária e urbana; a defesa de um Estado democrático e trabalho decente, formal e com carteira assinada.POSTADA POR ANA MARIA GOMES

Carro derruba poste na av. Epitácio Pessoa e deixa trânsito lento em João Pessoa

  Um carro derrubou um poste na avenida Epitácio Pessoa com o cruzamento da rua Prefeito José Leite, nas imediações do bairro Bri...