domingo, 25 de outubro de 2009

Prefeito de cidade de Minas Gerais é preso com crack


Político da região metropolitana de BH foi preso em flagrante.
Ele tinha três pedras de crack e foi levado ao hospital.

O prefeito da cidade de Raposos (MG) foi preso em flagrante neste domingo (25) com três pedras de crack.

O prefeito foi levado a um hospital. Em março deste ano, ele já havia sido preso em uma boca-de-fumo com o carro oficial, mas foi liberado em seguida. rep de ana maria gomes.

Piloto do helicóptero da PM refaz trajeto sobre Morro dos Macacos


Capitão Vaz conta que missão era resgate de policiais encurralados.
Segundo ele, aeronave teria sido atingida por mais de oito tirosUma semana depois de conseguir pousar um helicóptero em chamas depois de confronto armado no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, o piloto Marcelo Vaz refez o trajeto da aeronave e lembrou em detalhes a operação, que acabou com três policiais, companheiros de tripulação, mortos.rep. de ana maria gomes.

Carolina Ferraz e Eliana arrasam no look para festa da Calvin Klein


Seguindo o fim de semana de moda e festa, a noite do domingo, 24, é de badalação para os famosos. Carolina Ferraz, Eliana e Ana Lima foram algumas das famosas que investiram no look para a festa da Calvin Klein, que acontece no hotel Fasano em Ipanema.rep. de ana maria gomes.

Telescópio Espacial Hubble fotografa 'escombros' de explosão de estrela


Foto obtida pelo telescópio espacial Hubble mostra a "bagunça" que a explosão de uma estrela provoca. A imagem mostra a Nebulosa do Caranguejo, aglomerado de remanescentes de uma supernova de mil anos. Em seu centro há um pulsar, uma estrela de nêutrons com massa semelhante ao Sol mas com as dimensões de uma pequena cidade. Este 'miolo' da Nebulosa do Caranguejo tem uma rotação de aproximadamente 30 giros por segundo.report. de ana maria gomes


Polícia contabiliza 5 mortos no Roger e garante que ninguém fugiu






Dois dos mortos já foram identificados. As vítimas são Wilson Barbosa e Osias Marques de Sousa, que eram presos provisórios e aguardavam julgamento. Os outros três que já foram retirados mortos da penitenciária ainda não foram identificados porque, segundo a polícia, seus corpos estão muito carbonizados.

Até o momento, o saldo é de 59 feridos que foram encaminhados para a Emergência do Trauma. A situação já está controlada e, no momento, as equipes do Samu e da polícia fazem o resgate das pessoas que sofreram ferimentos menos graves. O Batalhão de Choque está no local.

Na Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ), foram abertos leitos extras para atender à grande demanda. A coordenação do setor de Emergência informou que muitos dos pacientes chegaram em estado grave e tiveram que ser encaminhados para os setores de UTQ, UTI, tratamento semi-intensivo e centro cirúrgico. Alguns foram submetidos a traqueostomia devido à asfixia pela fumaça.

De acordo com as informações já confirmadas, o tumulto aconteceu no pavilhão 3, quando detentos se revoltaram e atearam fogo em colchões. Os presos deste pavilhão foram os mais prejudicados porque não conseguiram sair do local a tempo. "Eles não imaginavam que o fogo iria se alastrar tão rápido", disse Manoel Idalino.

As equipes de socorro tiveram que derrubar paredes das celas com marretas para poder resgatar as vítimas. Atualmente, o Presídio do Roger tem cerca de 900 detentos.