terça-feira, 20 de outubro de 2009

Suplicy pede e Pânico não transmite desfile de cueca


senador Eduardo Suplicy (PT-SP) pediu aos dirigentes do programa Pânico na TV, da Rede TV, que não exibissem suas imagens desfilando pelo Congresso com uma cueca vermelha por cima do paletó.

Segundo ele, o pedido foi atendido.

Suplicy usou a cueca numa referência ao 'Super Homem' numa matéria que Sabrina Sato buscava “senadores Super Heróis”.

A ação foi considerada abusiva por diversos senadores e o corregedor do Senado, Romeu Tuma (PTB-SP), abriu um processo para avaliar se ele quebrou ou não o decoro parlamentar fazendo uso do adereço.

Em nota à imprensa, Suplicy disse que em nenhum momento pensou que a brincadeira poderia denegrir a imagem do Senado.

Falou também que o charme da apresentadora Sabrina Sato foi o responsável por convencê-lo a usar a cueca heróica.

Sabrina, aliás, é figura presente no Congresso nas últimas semanas. Além de fazer matérias, também está namorando o deputado Fábio Faria (PMN-RN), ex de Adriane Galisteu, que usou a cota de passagens da Câmara para levar a antiga namorada e sua sogra para os Estados Unidos. (Com Noblat).

PRF aponta irregularidades em veículos escolares de 20 Municípios e do Estado

O Ministério Público da Paraíba recebeu, na última segunda-feira (16), um relatório da Polícia Rodoviária Federal com informações rela...