quarta-feira, 29 de julho de 2009

Ricardo destaca parcerias que mudaram a realidade da capital




O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), participou na manhã desta terça-feira (28) da solenidade inauguração do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFET), na cidade de Campina Grande, ao lado do presidente Luís Inácio Lula da Silva e de vários representantes políticos da Paraíba. Ricardo fez parte da comitiva do presidente junto com demais prefeitos da região.
Ricardo Coutinho recepcionou o presidente Lula na sua chegada ao Aeroporto João Suassuna, em Campina Grande. “Com o Governo Lula, o Nordeste nunca recebeu tanto investimento e isso vem beneficiando diariamente a população com obras estruturantes e sociais, a exemplo da duplicação da BR-101, a construção do Porto de Suape, em Pernambuco, e a transposição do Rio São Francisco”, disse o prefeito Ricardo Coutinho. O presidente chegou à Paraíba às 10h40, acompanhado por assessores e pelos ministros Fernando Haddad (Educação) e Alfredo Nascimento (Transportes).
Em João Pessoa, o Governo Federal atuou como uma das principais parceiras de ações que modificaram a vida e o perfil da cidade. Uma delas foi a construção do Conjunto Gervásio Maia, reconhecido pela Caixa Econômica Federal com o mais completo conjunto habitacional construído no Governo Lula e que possibilitou moradia digna para mais de 3 mil famílias que viviam em situação de vulnerabilidade. Com o Gervásio Maia, sete acampamentos de sem-teto deixaram de existir.

Governo do DF informa que já adotou recomendações após morte de estudante


A Secretaria de Educação do Distrito Federal divulgou nota nesta terça-feira (28), para informar que já adotou todos os procedimentos recomendados após a morte, na Paraíba, do estudante Severino Galdino, vítima do vírus da gripe suína.
"Os estudantes que vieram ao Congresso voltaram aos seus estados. A Secretaria de Saúde informou que não há motivo para preocupação, porque o intervalo entre o fim do evento e o reinício das aulas é tempo suficiente para que o vírus causador da gripe seja eliminado", diz a nota.
O estudante paraibano se hospedou numa das nove escolas da rede pública cedidas à União Nacional dos Estudantes (UNE) durante seu 51º Congresso, realizado em Brasília entre os dias 15 e 19 de julho.
Segundo a secretaria, os servidores que trabalharam nas portarias e na limpeza das escolas não apresentam sintomas da gripe.