terça-feira, 25 de julho de 2017

Prefeitura Municipal de Conde apresenta projeto para implementação do Refis na cidade


 
A Prefeitura Municipal de Conde, encaminhou para a Câmara Municipal o projeto de lei complementar referente ao Refis - Programa de Recuperação Fiscal, que concede incentivos temporários para regularização de débitos relativos ao Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU).
A prefeita Márcia Lucena ressaltou a importância da aprovação da implementação do Refis por parte do Legislativo e que a regularização dos débitos referentes ao IPTU é uma chance para que os munícipes que estão inadimplentes possam se regularizar, ao mesmo tempo que a cidade recuperará recursos importantes para a realização de melhorias.
“Nós acreditamos na harmonia que tem pautado as relações entre o Executivo e o Legislativo na busca do bem maior dos cidadãos de Conde e ao mesmo tempo já fazemos esse convite à população, quem tenha débitos do IPTU que possa tentar regularizar. Essa é uma ótima oportunidade já que há a possibilidade de redução é de até 100% dos juros e multas” destacou a gestora.
Aprovado o Refis na Câmara, para os contribuintes que preferirem realizar o pagamento em parcela única, os juros e multas serão reduzidos em 100%. Será concedido, ainda, 70% de desconto para quem decidir pagar em 2 até 12 parcelas e 50% para quem parcelar entre 13 e 24 parcelas.
A parcela mínima é de R$ 100 para pessoa física e R$ 200 para pessoa jurídica.
Para aderir ao Refis, o contribuinte deverá preencher um formulário instituído pela prefeitura e apresentar juntamente com o termo de desistência de impugnações, defesas, recursos e requerimentos administrativos, desistência das ações e dos embargos à execução fiscal e renúncia do direito, sobre os débitos, cópia do cartão do CNPJ e do registro comercial, do ato constitutivo, do estatuto ou contrato social em vigor, conforme o caso, em se tratando de pessoa jurídica, cópia do documento de identidade do requerente, ou do representante legal que assinar o pedido, no caso de pessoa jurídica.
No município de Conde, verifica-se um aumento exponencial da dívida ativa inscrita, a qual, no período de 2012 a 2016, apresenta crescimento de 942%, o que indica claramente a necessidade de edição da lei.
A estimativa de arrecadação prevista pela prefeitura, advindas do Programa de Recuperação Fiscal é de R$ 5 milhões em 2017, R$ 6 milhões em 2018 e R$ 7 milhões em 2019.

Conde faz atendimento pediátrico em todas as Unidades Básicas de Saúde

            A partir do dia 1º de agosto, a população de Conde vai ter à sua disposição, mais um profissional da especialidade médica de Pediatria atendendo nas Unidades Básicas de Saúde do município. A Pediatra Maria Mércia Martins vai atender regularmente nas unidades Nossa Senhora da Conceição, Pousada, Gurugi e Mata da Chica.
            De acordo com a Secretária Renata Domingos, “com a chegada desta nova especialista, o atendimento pediátrico será regularizado em todas as 09 Unidades Básica de Saúde do Conde, garantindo o direito à saúde de todas as crianças e adolescentes do município”, disse.
            Desde o mês de junho, o atendimento na especialidade já vinha sendo realizado a cada 15 dias na Policlínica Central e em Mituaçu, a Pediatra Rita de Cássia Ribeiro, integrante do Programa Mais Médicos e que compõe a equipe da Unidade do local, já atende na especialidade. Com a chegada da nova médica, a Secretaria montou um cronograma de atendimento para as unidades.
Dra. Maria Mércia Martins:
·         UBS Nossa Senhora da Conceição – Dias 01 e 03/08;
·         UBS Pousada- Dias 08 e 10/08;
·         UBS Gurugi – Dias 15 e 17/08;
·         UBS Mata da Chica – Dias 22 e 24/08.
              O atendimento na Policlínica Central realizado pela Pediatra Maria Alice, continua normalmente a cada 15 dias, sendo o dia 29 de julho, a próxima data para as consultas. A partir deste novo cronograma, o atendimento da especialista vai contemplar as Unidades Básicas de Saúde do Nossa Senhora das Neves, Centro, Jacumã e Carapibus.
            A partir do dia 1º de agosto, a população de Conde vai ter à sua disposição, mais um profissional da especialidade médica de Pediatria atendendo nas Unidades Básicas de Saúde do município. A Pediatra Maria Mércia Martins vai atender regularmente nas unidades Nossa Senhora da Conceição, Pousada, Gurugi e Mata da Chica.
            De acordo com a Secretária Renata Domingos, “com a chegada desta nova especialista, o atendimento pediátrico será regularizado em todas as 09 Unidades Básica de Saúde do Conde, garantindo o direito à saúde de todas as crianças e adolescentes do município”, disse.
            Desde o mês de junho, o atendimento na especialidade já vinha sendo realizado a cada 15 dias na Policlínica Central e em Mituaçu, a Pediatra Rita de Cássia Ribeiro, integrante do Programa Mais Médicos e que compõe a equipe da Unidade do local, já atende na especialidade. Com a chegada da nova médica, a Secretaria montou um cronograma de atendimento para as unidades.
Dra. Maria Mércia Martins:
·         UBS Nossa Senhora da Conceição – Dias 01 e 03/08;
·         UBS Pousada- Dias 08 e 10/08;
·         UBS Gurugi – Dias 15 e 17/08;
·         UBS Mata da Chica – Dias 22 e 24/08.
              O atendimento na Policlínica Central realizado pela Pediatra Maria Alice, continua normalmente a cada 15 dias, sendo o dia 29 de julho, a próxima data para as consultas. A partir deste novo cronograma, o atendimento da especialista vai contemplar as Unidades Básicas de Saúde do Nossa Senhora das Neves, Centro, Jacumã e Carapibus.

Programa do Governo beneficia jovens que cumprem medidas socioeducativas


 

O governador Ricardo Coutinho lançou, nesta segunda-feira (24), no Centro Educacional do Jovem (CEJ), em João Pessoa, o programa de Educação Cidadã Integral Janela para o Futuro, ação pioneira no Brasil que visa oferecer educação em tempo integral e qualificação profissional aos jovens em cumprimento de medidas socioeducativas, promovendo a formação de cidadãos que possam reconstruir sua cidadania e atuar produtivamente na sociedade e no mercado de trabalho. O arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson, deputados estaduais, auxiliares do Governo, representantes do poder judiciário, conselheiros tutelares e outras autoridades participaram da solenidade.
 
Em seu pronunciamento, o governador Ricardo Coutinho ressaltou o pioneirismo do programa Janela para o Futuro e enfatizou a preocupação do Estado com a ressocialização dos jovens que cumprem medidas socioeducativas, destacando que o melhor caminho para isso é investir na educação e na profissionalização.
 
"Vamos garantir a ocupação do tempo desses jovens, a partir da educação com um conceito diferenciado, idêntico ao que estamos fazendo nas Escolas Cidadãs Integrais. Estamos também agregando cursos profissionalizantes, o que representa um avanço enorme. Creio que o resultado a médio prazo será extremamente importante, de ressocialização, propriamente dita. Nosso objetivo é dar uma profissão a estes adolescentes e jovens que estão cumprindo medidas socioeducativas. O programa é o grande salto de toda política específica para jovens em infração com a lei, de todos estes anos, porque estamos investindo em algo que poderá dar um futuro diferenciado para estas pessoas", observou Ricardo Coutinho.
 
“Estamos tratando da discussão da juventude que comete algum ato infracional e como fazer com que ela retorne a sociedade com uma nova perspectiva de vida. Implantar esse tipo de escola nas unidades socioeducacionais é algo inovador, ousado, mas também difícil, por isso é preciso a ajuda de todos nessa ação. A educação é fundamental, ela representa a oportunidade de dar um novo significado a vida destes jovens”, pontuou a secretária de Desenvolvimento Humano, Cida Ramos.
 
Serão ofertados aos socioeducandos cursos de gesseiro, montador de calçados, eletricista, confeiteiro, padeiro, mecânico, manutenção de microcomputadores, entre outros.  O Programa funcionará sob a responsabilidade da Secretaria de Estado da Educação (SEE) em articulação com a Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente Alice de Almeida (Fundac) e a Secretaria de Desenvolvimento Humano (Sedh), com proposta pedagógica, base curricular e gestão administrativa específicas para estes estudantes, observando o Plano Estadual de Atendimento Socioeducativo da Paraíba (2015-2024) e a Resolução CNE/CEB nº 3, de 13 de maio de 2016.
 
O secretário da Educação, Aléssio Trindade, explicou que os professores vão se dedicar de forma integral ao programa Janela para o Futuro, além disso, os coordenadores pedagógicos estarão presentes dando todo o suporte necessário. "Serão ofertadas educação em tempo integral em todas as etapas e modalidades e ensino profissional. Já fizemos acolhimento com as famílias e alunos e está tudo preparado para o bom andamento das aulas, oficinas e cursos. Buscamos a conexão do estudante com um novo projeto de vida, dando uma nova visão e perspectiva de futuro", disse.
 
De acordo com o presidente da Fundac, Noaldo Meireles, este programa tem a capacidade de modificar a realidade dos jovens que cumprem medidas socioeducativas. “Para muitos será a grande oportunidade de mudança de vida. Eles terão a chance de estudar em uma escola em tempo integral com cursos profissionalizantes. As oito unidades da Fundac estão sendo contempladas, cinco em João Pessoa, duas em Lagoa Seca e uma em Sousa, beneficiando mais de 500 jovens”, frisou.
 
Para o procurador da República, José Godoy, o programa Janela para o Futuro é um grande passo na socioeducação na Paraíba. "Ter a coragem de instalar escolas em tempo integral nas unidades socioeducacionais é algo importantíssimo. Esta atitude representa um passo enorme na socioeducação e também vai contribuir para a diminuição da violência, já que a ideia é fazer com que os jovens que hoje se encontram nestas unidades não cometam mais nenhuma infração quando retornarem à sociedade. Eles terão qualificação para serem inseridos no mercado de trabalho e terem uma vida digna", comentou.
"Esse projeto merece todas as bênçãos, porque dá oportunidade de reeducação para os jovens, sendo uma ação que representa esperança para os que cumprem medidas socioeducativas. Parabenizo o Governo do Estado pela iniciativa", disse o arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson. 
 
O socioeducando D.L. ressaltou que esse programa representa uma nova oportunidade de vida para os jovens que querem se qualificar e ter uma profissão. "Faz um ano e meio que estou cumprindo medida socioeducativa. Quando eu cheguei na unidade, achei que tudo tinha acabado, mas vejo que através da educação eu tenho como mudar meu caminho. Fiz o Enem, estou cursando engenharia no IFPB e quero sair daqui um cidadão de bem", comentou.

Maranhão descarta aliança com o PSB e fala em candidatura própria

 
O senador e presidente estadual do PMDB na Paraíba, José Maranhão, rechaçou os rumores de aproximação com o PSB do governador Ricardo Coutinho, visando uma aliança para as eleições do ano que vem.
“Não [sobre aliança com o PSB]. O PMDB já tem uma linha sobre isso. PMDB vai ter candidatura própria”, comentou.
A fala do parlamentar paraibano foi veiculada em programa de rádio da Arapuan, comandado pelo jornalista Heron Cid.
 


A Receita Federal divulgou um alerta à população sobre o crescente número de vítimas do chamado "golpe do amor" ou "golpe Don Juan", em que mulheres são induzidas a fazer depósitos em troca de bens e benefícios supostamente retidos no aeroporto. Comente no fim da matéria.

A alfândega do órgão em Guarulhos vem recebendo um número crescente de ligações de vítimas do golpe. Os criminosos, de acordo com a Receita, criam perfis falsos nas redes sociais geralmente se passando por estrangeiros em boas condições financeiras e com empregos prestigiados. Após envolverem emocionalmente a vítima, declaram-se apaixonados e prometem o envio de bens diversos do exterior por via postal ou por meio de um viajante. Posteriormente, pedem que a vítima deposite dinheiro em contas para que possam resgatar bens que supostamente foram retidos pela Receita no aeroporto.

“A Receita Federal em Guarulhos já recebeu relatos de casos em que golpistas fizeram propostas de casamento e anunciaram que mandariam caixas contendo presentes diversos, como óculos, bolsas, celulares, anéis de ouro para o 'noivado', documentos pessoais e, em muitos casos, dinheiro em espécie em dólares, libras ou euros. Após o suposto envio dos presentes, a quadrilha exige pagamento da vítima alegando que as mercadorias estariam retidas na alfândega e só seriam liberadas após o pagamento de taxas e outros valores”, advertiu o órgão.

A Receita Federal ressalta que não exige qualquer pagamento em espécie ou por meio de depósito em conta-corrente e que todos os tributos aduaneiros administrados pelo órgão são recolhidos por meio Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf).

Suspeito de matar namorada tem prisão mantida e segue para o Roger, em João Pessoa


Yuri Ramos Coutinho Nóbrega, de 20 anos, suspeito de matar a jovem Luanna Alverga, de 20 anos, teve a prisão mantida após audiência de custódia realizada no Fórum Criminal de João Pessoa, na tarde desta segunda feira (24). O suspeito segue para o presídio do Roger, onde deve aguardar julgamento. Comente

Segundo a polícia, acontecia uma festa na casa da família do suspeito e o tiro aconteceu em um quarto. Ainda é investigado se o tiro foi acidental ou se houve alguma discussão entre o casal.

A jovem Luanna Alverga, de 20 anos, foi morta com um tiro de espingarda na tarde desse domingo (23), no bairro do Roger, em João Pessoa.

Familiares do suspeito tentaram socorrer a vítima, mas ela morreu ainda no cômodo. Peritos do Instituto de Polícia Científica (IPC) estiveram no local para analisar a cena do crime. A espingarda de onde partiu o tiro seria de um tio do suspeito, que ainda não foi localizado.

Estrangeiros suspeitos de estelionato e ligações com terroristas são soltos, em JP




O brasileiro e os cinco estrangeiros do Oriente Médio suspeitos de estelionato e de terem ligações com grupos de extremistas foram soltos nesta segunda-feira por decisão da 6ª Vara Criminal. Eles, no entanto, vão precisar usar tornozeleira eletrônica e se apresentar uma vez por semana à Justiça. Comente no fim da matéria.

Além dessas obrigações, os suspeitos precisam obedecer outras medidas cautelares. Os seis homens terão que, cada um, alugar um imóvel em João Pessoa e nenhum pode ter qualquer um tipo de contato com o outro. Eles ainda tiveram seus passaportes apreendidos.

Os iraquianos Feras Haussn e Hussein Ali Hussein, o saudita Saleh Alderaibi, o libanês Bahaaeddine Nasser e o brasileiro Sandro Adriano foram presos em maio deste ano, suspeitos de integrarem uma organização criminosa especializada na falsificação de documentos públicos no Brasil.

Segundo as investigações o esquema contava com auxílio de funcionários públicos e de diversos cartórios. O grupo negociaria documentos brasileiros (certidões de nascimento, identidades, passaportes e outros documentos) que seriam posteriormente revendidos a estrangeiros de diversos países, dentre eles Arábia Saudita, Iraque, Síria, Líbano e Paquistão, que não preenchem os requisitos para estadia legal no Brasil. Eles também são suspeitos de integrarem grupos extremistas do Oriente Médio.

Loja do Mercado Central de JP é arrombada sete vezes em menos de um ano; vídeo


Um estabelecimento comercial localizado ao lado do Mercado Central de João Pessoa sofreu, na madrugada desta segunda-feira (24), o sétimo arrombamento em menos de um ano. Comente no fim da

Para invadir o local, os criminosos entraram através do telhado. Uma semana antes, a loja havia sido violada de maneira semelhante. A polícia acredita que as ações criminosas foram feitas por uma mesma quadrilha.

Em menos de uma semana, segundo a proprietária do local arrombado, os prejuízos somaram mais de R$ 10 mil.

Homem pede água e faz arrastão em clínica de João Pessoa




Um homem supostamente armada fez um arrastão em uma clínica médica no Centro de João Pessoa.  "O assaltante, que estava com uma das mãos por baixo da camisa, prendeu os funcionários no banheiro e  roubou  três celulares", relatou uma funcionária.
A polícia disse que o suspeito pediu para beber água na clínica e entrou no estabelecimento.

Após vasculhar toda a clínica e não encontrar dinheiro, o assaltante levou os celulares das funcionárias.

Homem morre e outro fica ferido durante tentativa de arrombamento em Cabedelo




Um jovem foi assassinado a tiros, durante uma tentativa de arrombamento na madrugada desta segunda-feira (24), no bairro de Camboinha, em Cabedelo, região metropolitana da grande João pessoa.
De acordo com testemunhas, dois jovens tentaram arrombar uma residência, quando foram surpreendidos por um desconhecido que passava no momento do crime e efetuou disparos na dupla.
Um suspeito identificado como Michel Gomes, foi atingido e morreu no local, enquanto seu comparsa conseguiu fugir.
A polícia isolou o local e realizou diligências na tentativa de localizar o segundo suspeito e o acusado dos disparos, mas não obtiveram êxito.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Uma das principais publicações argentinas destaca o Conde como destino preferencial na Paraíba A Télam, uma das principais agências de notícias da Argentina, destacou o Conde como destino preferencial para os argentinos fugirem do frio do inverno no país. De acordo com a publicação, a costa do Conde é um paraíso natural e uma alternativa à urbanidade de João Pessoa, destacando-se o seu entorno predominantemente natural e o seu mar cristalino. A matéria ainda ressalta que o voo direto entre Buenos Aires e João Pessoa tornou ainda mais acessível o sonho dos argentinos que buscam experiências de sol e praia em um dos destinos mais ‘caribenhos’ do Brasil. Para a prefeita Márcia Lucena, o reconhecimento do potencial do Conde é mais um incentivo para que a gestão siga firme na meta de transformar a cidade em um destino turístico e não apenas uma rota. “Ver que uma publicação argentina falou do nosso Conde de uma forma tão especial nos dá um ânimo ainda maior para que sigamos muito mais firmes na nossa meta de transformar nossa cidade em um destino turístico, tanto para os brasileiros quanto para os estrangeiros" declarou a gestora. Para o secretário de Turismo, Tote Souto Maior, esse destaque na imprensa argentina só fortalece o trabalho que o trade vem realizando junto a gestão municipal para efetivar a vinda direta de grupos da Argentina para o destino Conde

 

Uma das principais publicações argentinas destaca o Conde como destino preferencial na Paraíba
 
A Télam, uma das principais agências de notícias da Argentina, destacou o Conde como destino preferencial para os argentinos fugirem do frio do inverno no país.
De acordo com a publicação, a costa do Conde é um paraíso natural e uma alternativa à urbanidade de João Pessoa, destacando-se o seu entorno predominantemente natural e o seu mar cristalino.
A matéria ainda ressalta que o voo direto entre Buenos Aires e João Pessoa tornou ainda mais acessível o sonho dos argentinos que buscam experiências de sol e praia em um dos destinos mais ‘caribenhos’ do Brasil.
Para a prefeita Márcia Lucena, o reconhecimento do potencial do Conde é mais um incentivo para que a gestão siga firme na meta de transformar a cidade em um destino turístico e não apenas uma rota.
“Ver que uma publicação argentina falou do nosso Conde de uma forma tão especial nos dá um ânimo ainda maior para que sigamos muito mais firmes na nossa meta de transformar nossa cidade em um destino turístico, tanto para os brasileiros quanto para os estrangeiros" declarou a gestora.
Para o secretário de Turismo, Tote Souto Maior, esse destaque na imprensa argentina só fortalece o trabalho que o trade vem realizando junto a gestão municipal para efetivar a vinda direta de grupos da Argentina para o destino Conde
 
A Télam, uma das principais agências de notícias da Argentina, destacou o Conde como destino preferencial para os argentinos fugirem do frio do inverno no país.
De acordo com a publicação, a costa do Conde é um paraíso natural e uma alternativa à urbanidade de João Pessoa, destacando-se o seu entorno predominantemente natural e o seu mar cristalino.
A matéria ainda ressalta que o voo direto entre Buenos Aires e João Pessoa tornou ainda mais acessível o sonho dos argentinos que buscam experiências de sol e praia em um dos destinos mais ‘caribenhos’ do Brasil.
Para a prefeita Márcia Lucena, o reconhecimento do potencial do Conde é mais um incentivo para que a gestão siga firme na meta de transformar a cidade em um destino turístico e não apenas uma rota.
“Ver que uma publicação argentina falou do nosso Conde de uma forma tão especial nos dá um ânimo ainda maior para que sigamos muito mais firmes na nossa meta de transformar nossa cidade em um destino turístico, tanto para os brasileiros quanto para os estrangeiros" declarou a gestora.
Para o secretário de Turismo, Tote Souto Maior, esse destaque na imprensa argentina só fortalece o trabalho que o trade vem realizando junto a gestão municipal para efetivar a vinda direta de grupos da Argentina para o destino Conde

Prefeita de Conde recebe senador João Capiberibe para discutir projeto de Gestão Compartilhada O senador do PSB (AP) João Capiberibe e a esposa deputada federal Janete Capiberibe, do mesmo partido, participaram neste sábado (22), a convite da prefeita de Conde Márcia Lucena, de manhã de trabalho especial na Secretaria de Educação do Município para troca de informações sobre transparência e gestão pública, interação via redes sociais e controle eletrônico de projetos e processos administrativos para a eficiência das ações destinadas à população. O senador se integrou, na sexta-feira, ao ato em defesa de eleições diretas para presidente da República que inaugurou campanha nacional na Praça Vida de Negreiros (Ponto de Cem Réis), centro de João Pessoa. Na manhã de Sábado (22), com a prefeita Márcia, sua companheira de partido, ele apresentou a secretárias e secretários, coordenadores e coordenadoras da Prefeitura, além dos vereadores Naldo Cell, presidente da Câmara, e Manga Rosa, o projeto Gestão Compartilhada. Através desse projeto os contribuintes podem acompanhar via grupos em redes sociais conectadas a utilização dos recursos das emendas parlamentares, entre outros transferidos para a população. Ele fez a entrega aos presentes ao encontro de cartilhas que informam regras e métodos de participação, fiscalização e controle por parte das comunidades organizadas. Capi, como o senador é mais conhecido, informou à equipe de gestão de Conde que pretende transformar o projeto experimental, que funciona há mais de dois anos no Amapá, em lei capaz de assegurar à população o acesso integral ao processo de como os recursos públicos arrecadados entre os contribuintes estão sendo aplicados. Sobre o funcionamento da ação, ele disse que ela acontece via grupos formados nas redes sociais, principalmente com o aplicativo WhatsApp, e possibilita às pessoas conectadas aos grupos das localidades em que os recursos públicos estejam sendo investidos, acompanhar a liberação das verbas, o planejamento para sua utilização, a própria utilização e o ritmo da obra sob observação. A prefeita Márcia Lucena considerou proveitosa, oportuna e positivamente impactante junto à população a experiência já desenvolvida pelo senador no Amapá, bem como o projeto para institucionalizar a fiscalização via redes sociais. Para Márcia Lucena, é possível realizar em Conde uma experiência semelhante: “Eu vejo, senador, que nós já estamos atuando nessa linha de maneira informal, e vamos nos organizar para fazer desse diálogo com a população através dos grupos uma ação institucional, planejada”. Ela disse também que atualmente já se dedica ao diálogo com a população através das redes sociais, principalmente o Facebook, e que a gestão precisa cada vez mais estar atenta para informar tudo o que a população quer saber sobre os gastos públicos.

 

O senador do PSB (AP) João Capiberibe e a esposa deputada federal Janete Capiberibe, do mesmo partido, participaram neste sábado (22), a convite da prefeita de Conde Márcia Lucena, de manhã de trabalho especial na Secretaria de Educação do Município para troca de informações sobre transparência e gestão pública, interação via redes sociais e controle eletrônico de projetos e processos administrativos para a eficiência das ações destinadas à população.
O senador se integrou, na sexta-feira, ao ato em defesa de eleições diretas para presidente da República que inaugurou campanha nacional na Praça Vida de Negreiros (Ponto de Cem Réis), centro de João Pessoa.
Na manhã de Sábado (22), com a prefeita Márcia, sua companheira de partido, ele apresentou a secretárias e secretários, coordenadores e coordenadoras da Prefeitura, além dos vereadores Naldo Cell, presidente da Câmara, e Manga Rosa, o projeto Gestão Compartilhada. Através desse projeto os contribuintes podem acompanhar via grupos em redes sociais conectadas a utilização dos recursos das emendas parlamentares, entre outros transferidos para a população.
Ele fez a entrega aos presentes ao encontro de cartilhas que informam regras e métodos de participação, fiscalização e controle por parte das comunidades organizadas.
Capi, como o senador é mais conhecido, informou à equipe de gestão de Conde que pretende transformar o projeto experimental, que funciona há mais de dois anos no Amapá, em lei capaz de assegurar à população o acesso integral ao processo de como os recursos públicos arrecadados entre os contribuintes estão sendo aplicados.
Sobre o funcionamento da ação, ele disse que ela acontece via grupos formados nas redes sociais, principalmente com o aplicativo WhatsApp, e possibilita às pessoas conectadas aos grupos das localidades em que os  recursos públicos estejam sendo investidos, acompanhar a liberação das verbas, o planejamento para sua utilização, a própria utilização e o ritmo da obra sob observação.
A prefeita Márcia Lucena considerou proveitosa, oportuna e positivamente impactante junto à população a experiência já desenvolvida pelo senador no Amapá, bem como o projeto para institucionalizar a fiscalização via redes sociais.
Para Márcia Lucena, é possível realizar em Conde uma experiência semelhante: “Eu vejo, senador, que nós já estamos atuando nessa linha de maneira informal, e vamos nos organizar para fazer desse diálogo com a população através dos grupos uma ação institucional, planejada”. 
Ela disse também que atualmente já se dedica ao diálogo com a população através das redes sociais, principalmente o Facebook, e que a gestão precisa cada vez mais estar atenta para informar tudo o que a população quer saber sobre os gastos públicos.
O senador do PSB (AP) João Capiberibe e a esposa deputada federal Janete Capiberibe, do mesmo partido, participaram neste sábado (22), a convite da prefeita de Conde Márcia Lucena, de manhã de trabalho especial na Secretaria de Educação do Município para troca de informações sobre transparência e gestão pública, interação via redes sociais e controle eletrônico de projetos e processos administrativos para a eficiência das ações destinadas à população.
O senador se integrou, na sexta-feira, ao ato em defesa de eleições diretas para presidente da República que inaugurou campanha nacional na Praça Vida de Negreiros (Ponto de Cem Réis), centro de João Pessoa.
Na manhã de Sábado (22), com a prefeita Márcia, sua companheira de partido, ele apresentou a secretárias e secretários, coordenadores e coordenadoras da Prefeitura, além dos vereadores Naldo Cell, presidente da Câmara, e Manga Rosa, o projeto Gestão Compartilhada. Através desse projeto os contribuintes podem acompanhar via grupos em redes sociais conectadas a utilização dos recursos das emendas parlamentares, entre outros transferidos para a população.
Ele fez a entrega aos presentes ao encontro de cartilhas que informam regras e métodos de participação, fiscalização e controle por parte das comunidades organizadas.
Capi, como o senador é mais conhecido, informou à equipe de gestão de Conde que pretende transformar o projeto experimental, que funciona há mais de dois anos no Amapá, em lei capaz de assegurar à população o acesso integral ao processo de como os recursos públicos arrecadados entre os contribuintes estão sendo aplicados.
Sobre o funcionamento da ação, ele disse que ela acontece via grupos formados nas redes sociais, principalmente com o aplicativo WhatsApp, e possibilita às pessoas conectadas aos grupos das localidades em que os  recursos públicos estejam sendo investidos, acompanhar a liberação das verbas, o planejamento para sua utilização, a própria utilização e o ritmo da obra sob observação.
A prefeita Márcia Lucena considerou proveitosa, oportuna e positivamente impactante junto à população a experiência já desenvolvida pelo senador no Amapá, bem como o projeto para institucionalizar a fiscalização via redes sociais.
Para Márcia Lucena, é possível realizar em Conde uma experiência semelhante: “Eu vejo, senador, que nós já estamos atuando nessa linha de maneira informal, e vamos nos organizar para fazer desse diálogo com a população através dos grupos uma ação institucional, planejada”. 
Ela disse também que atualmente já se dedica ao diálogo com a população através das redes sociais, principalmente o Facebook, e que a gestão precisa cada vez mais estar atenta para informar tudo o que a população quer saber sobre os gastos públicos.

Jovem é assassinada com tiro de espingarda; namorado suspeito se entrega à polícia



A jovem Luana Alverga, de 20 anos, foi morta com um tiro de espingarda na tarde desse domingo (23), no bairro do Roger, em João Pessoa. O namorado da vítima é apontado como principal suspeito do crime. Ele se apresentou à Polícia Civil e está preso na Central de Polícia. Comente no fim da matéria.

Segundo a polícia, acontecia uma festa na casa da família do suspeito e o tiro aconteceu em um quarto. Ainda é investigado se o tiro foi acidental ou se houve alguma discussão entre o casal.
Familiares do suspeito tentaram socorrer a vítima, mas ela morreu ainda no cômodo. Peritos do Instituto de Polícia Científica (IPC) estiveram no local para analisar a cena do crime. A espingarda de onde partiu o tiro seria de um tio do suspeito, que ainda não foi localizado.

Quase 500 mil ainda não fizeram cadastramento biométrico na PB



Mais de 47% do eleitorado paraibano ainda não fez o cadastramento biométrico. Significa que 485.521 dos 1.030.201 eleitores que devem se cadastrar precisam correr aos postos de atendimento da Justiça Eleitoral instalados em 102 municípios, já que a biometria será obrigatória nas eleições de 2018. Comente no fim
As eleições do ano que vem, nas quais serão escolhidos o presidente da República, deputados e senadores, terá o sistema de votação liberado a partir do reconhecimento da impressão digital de cada eleitor. Quem não comparecer para o cadastramento terá o título de eleitor cancelado e não poderá votar.
Todos os eleitores, incluindo os de voto facultativo,como aqueles com idade entre 16 e 18 anos e os com mais de 70 anos, são obrigados a cadastrar seus dados biométricos. Quem não fizer isso e tiver o título de eleitor cancelado, além de não poder votar no próximo pleito, em 2018, ficará com pendências com a Justiça Eleitoral que dificultam ações como, por exemplo, a retirada de passaporte, admissão em empresas, recebimento de benefícios do governo, tomar posse em concurso público, dentre outras restrições.
Para fazer o recadastramento e coleta dos dados biométricos é necessário apresentar um documento oficial com foto, comprovante de residência dos últimos três meses e o título de eleitor, se houver.

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) inaugura, nesta segunda-feira (24), dois novos postos de atendimento para o cadastramento biométrico, nas cidades de Santa Inês (41ª zona) e Riachão (20ª zona).
Os eleitores do município de Santa Inês terão até o dia 22 de setembro deste ano para se dirigir até o posto de sua cidade, e os do município de Riachão terão até o dia 25 de agosto. Quem não realizar o procedimento neste período corre o risco de perder o título de eleitor e benefícios sociais, como o Bolsa Família e aposentadoria.

Bandidos explodem caixa eletrônico e agência dos Correios no Cariri da PB



A agência dos Correios na cidade de Serra Branca, no Cariri paraibano, a 230 quilômetros de João Pessoa, foi alvo da ação de bandidos na madrugada desta segunda-feira (24). Por volta das 2h50, um grupo de bandidos chegou ao local e explodiu o prédio. Antes, porém, os assaltantes haviam explodido um caixa eletrônico de um banco privado, mas como não encontraram dinheiro no equipamento foram até os Correios.
De acordo com informações do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), os assaltantes chegaram ao local em dois veículos. Durante a ação os bandidos efetuaram vários disparos de arma de fogo de grosso calibre na tentativa de intimidar uma possível reação da polícia.

A polícia não informou se os bandidos conseguiram levar alguma quantia em dinheiro.
Rondas foram realizadas na região na tentativa de localizar algum suspeito, mas até o fechamento desta matéria ninguém havia sido preso.